WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Sexta-Feira, 22 de Junho de 2018
ubaitaba
master class cenoe faculdade madre thais

UFSB ABRE NOVO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

A Universidade Federal do Sul da Bahia abriu processo seletivo para contratação de Professor Substituto. Serão oferecidas 04 (quatro) vagas para pessoas graduadas em ciências da saúde ou biológicas, com mestrado nas áreas de: saúde ou biológicas ou medicina ou enfermagem com especialização na área da saúde.

Os candidatos deverão se inscrever até o dia 10 de junho, através do Portal Público do SIGRH. O valor da inscrição é de R$ 100,00 (cem reais), a ser pago por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) gerada pelo sistema de inscrição.

O Processo Seletivo Simplificado tem data provável para ocorrer no dia 21/06/2018, em etapa única. O processo compreenderá dois momentos avaliativos: 1) Prova Didática, de caráter eliminatório e classificatório;  e 2) Prova de Títulos, de caráter classificatório.

As vagas são para a cidade de Teixeira de Freitas e a remuneração pode chegar a cerca de R$ 4.700,00. O edital está neste link.

BAHIA: MAIORIA DOS CASOS DE “A H1N1” ATINGE CRIANÇAS MENORES DE 5 ANOS E IDOSOS ACIMA DE 60

Imagem: Google.

Dados fornecidos pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informam que até o dia 02 de junho desse ano foram notificados 1.166 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 87 óbitos. Dentre esses casos, 225 foram confirmados para Influenza, sendo 174 pelo subtipo A H1N1, com 20 deles evoluindo para óbito.

No mesmo período de 2017 foram notificados 300 casos de SRAG, com 23 óbitos. Dentre eles, 23 foram confirmados para Influenza, sendo dois casos de Influenza A H1N1 e nenhum óbito por A H1N1.

Foram confirmados casos de A H1N1 em 45 municípios e os óbitos ocorreram em nove deles. Salvador registrou doze (12) óbitos. Os outros municípios foram Apuarema (1); Camaçari (1); Irará (1); Lauro de Freitas (1); Retirolândia (1); Saúde (1); Serrinha (1) e Vitória da Conquista (1).

A faixa etária de maior ocorrência ficou entre os menores de cinco anos e maiores de 60, sendo que 60% dos óbitos ocorreram nesses grupos.

VACILO DE MARÃO NA VALEC TIROU R$ 22 MILHÕES DE ILHÉUS

Desdém do prefeito em reunião na Valec fez Ilhéus perder recursos de compensação ambiental. Imagem: Instituto Nossa Ilhéus.

A Valec estava disposta a destinar 22 milhões de reais para Ilhéus como compensação ambiental pelos impactos da construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, a FIOL. Havia a expectativa de que o município ficasse com a maior parte ou até todo o recurso.

Ouvidos pelo Blog do Gusmão, representantes da Valec disseram que um depósito de seis milhões de reais já estava garantido, em janeiro de 2018, na conta do município, mas, uma irresponsabilidade do prefeito Mário Alexandre (PSD) tirou todo o recurso de Ilhéus.

Em janeiro, o prefeito foi convidado a participar de uma reunião em Brasília, na sede da Valec, com os diretores da empresa. Sem qualquer explicação aceitável,  Marão chegou três horas atrasado no encontro.

Segundo informações recebidas pelo blog, além do atraso, o prefeito não apresentava condições físicas de participar do diálogo, como se tivesse passado por uma noite de festa. O próprio teria dito que estava de “ressaca”.

O comportamento de Marão, que revelou desdém no encontro em Brasília, fez com que os diretores não quisessem mais nenhum tipo de contato com o prefeito.

Com isso, Ilhéus perdeu recursos importantes. O valor da compensação ambiental cobriria diversos projetos, como: o mapa de áreas sensíveis da cidade, a revisão do plano diretor urbano, a estruturação das unidades municipais de conservação ambiental já existentes (a exemplo do Parque Marinho de Ilhéus e o Parque da Boa Esperança) e a criação de novas. 

Na manhã desta quarta-feira, às 8h54min., por meio do Secretário de Comunicação, Alcides Kruschewsky, tentamos ouvir a versão do prefeito. Até a publicação dessa postagem não conseguimos obter resposta.

TCE APROVA CONTAS DE 2017 DO GOVERNO RUI COSTA

Imagem: ASCOM TCE/BA.

Em decisão por maioria de votos (5×1), o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) aprovou proposta de parecer prévio que aprovou as contas de 2017 do Governador Rui Costa. O parecer fez 23 recomendações e um alerta, e será enviado à Assembleia Legislativa do Estado para votação.

Foi vencido o voto do relator do processo, conselheiro Pedro Henrique Lino, que apresentou proposta pela desaprovação das contas. Após a leitura do relatório, Pedro Henrique Lino encaminhou sua sugestão de parecer, citando a existência de graves irregularidades e falhas. O conselheiro propôs  a imposição de 15 determinações e 15 recomendações.

A posição do relator foi acompanhada, com voto em separado, pela conselheira Carolina Matos Alves Costa apenas no que se refere às determinações e recomendações, acrescentando ainda alertas e ressalvas, uma vez que em relação ao mérito ela seguiu a proposição divergente. Os conselheiros Antonio Honorato, João Bonfim e Marcus Presídio, este último com um voto em separado, acompanharam a proposição de voto e de parecer prévio feita pelo conselheiro Inaldo Araújo. Os votos pela aprovação seguiram os opinativos da equipe de auditores do TCE/BA e da representação do Ministério Público de Contas (MPC), embora este último também sugeriu ressalvas e determinações.

O alerta constante do parecer prévio, que também foi proposto pelo relator Pedro Henrique Lino, chama a atenção do Poder Executivo sobre o fato de que o montante da despesa total com pessoal e encargos sociais ultrapassou, em 31 de dezembro de 2017, 90% do limite de gasto imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

COCA-COLA SECA NASCENTES EM MINAS GERAIS, ACUSAM BIÓLOGOS

Fábrica consome mais do que a metade da água usada na região. Imagem: Pedro Contijo/Deutsche Welle.

Publicada nesta terça-feira (5), uma reportagem do Deutsche Welle (reproduzida pela CartaCapital) revela os impactos de uma fábrica da Coca-Cola na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Segundo biólogos da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (AMDA), os poços artesanais de onde a empresa retira água para fabricar refrigerantes rebaixaram o nível do lençol freático da região e secaram nascentes dos rios Paraopeba e das Velhas, responsáveis por quase toda a água de Belo Horizonte.

A fábrica começou a funcionar em 2015, no bairro Água Limpa. Em dias de maior consumo, utiliza até 125 metro cúbicos de água por hora. Isso significa mais do que a metade dos 274m³ que abastecem toda a região.

Apesar de atender comunidades afetadas com o envio de caminhões-pipa, a Colo-Cola afirma que os poços artesanais não prejudicam as nascentes. O Ministério Público do Estado de Minas Gerais abriu um inquérito civil para investigar o caso.

De acordo com pesquisadores que trabalham na região, os impactos da fábrica ameaçam um ecossistema chamado de “campos sobre substrato ferruginoso”. Esse tipo de formação ecológica existe apenas na região do Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais e na Serra dos Carajás, no Pará.

Leia a matéria completa aqui.

PREFEITURA DE ILHÉUS RESPONDE ACUSAÇÃO DO PRESIDENTE DO SINSEPI

Ontem (4), veiculamos acusação do presidente do Sinsepi, Joaques Silva, contra o governo Mário Alexandre. O líder sindical levantou questionamentos sobre licitações realizadas pela prefeitura – lembre aqui.

Hoje (5), em nota enviada ao blog, o governo Marão afirmou que considera as declarações de Joaques “como fruto do calor do debate”.

No texto, a gestão também afirma que se mantém disposta a dialogar com os servidores. Leia a íntegra.

“Referindo-nos à vossa publicação sob o título “Presidente do Sinsepi acusa governo Marão de usurpar cofres públicos”, na edição de ontem deste blog, cabe-nos esclarecer:

Consideramos algumas das declarações atribuídas ao presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Joaques Silva, a esse informativo, como fruto do calor do debate, que neste momento envolve questões salariais da categoria na medida em que todos eles já tiveram respostas e considerações feitas anteriormente por seus responsáveis, quando questionados publicamente e/ou pela Câmara de Vereadores.

Assim ocorreu com referência à licitação para compra de materiais de construção e mobiliário, cujo esclarecimento foi dado público e pessoalmente pelo secretário de administração municipal, Bento Lima, quando atendeu  à convocação da Câmara de Vereadores de Ilhéus. Sobre a compra das urnas funerárias pela Secretaria de Desenvolvimento Social, a própria publicação cita a nota distribuída pelo órgão municipal com as devidas explicações, plenamente satisfatórias, embora nenhuma urna funerária tenha sido ainda adquirida. No entanto, em havendo necessidade, a Prefeitura poderá amparar pessoas de famílias em situação de vulnerabilidade, que desse benefício vierem a precisar, de forma transparente.

A Secretaria de Administração, que realiza os certames licitatórios da Prefeitura de Ilhéus, reitera que todos os procedimentos das concorrências para contratações pelo município obedecem à legislação e que todos os documentos sempre estarão à disposição para quaisquer averiguações necessárias.

As informações sobre as destinações dos recursos do município estão disponíveis e são fiscalizadas. Destacamos que a Prefeitura destina parte significativa desses recursos, 12 milhões e setecentos mil reais mensais, aproximadamente, à folha de pagamento dos servidores municipais com os devidos recolhimentos obrigatórios que sobre esta incidem, e que esta gestão mantém em dia, liquidada no mês trabalhado.

O atual governo não mediu esforços para, depois de 5 anos de entendimento interrompido entre governo e servidor, conceder a reposição salarial e reajuste do valor do ticket alimentação em até 80%, impactando o erário em mais de 1 milhão de reais mensais, a partir de 2017. A reposição salarial será efetivada  pelo segundo ano consecutivo, em 2018, dentro da política de valorização dos servidores municipais, que consideramos como o grande patrimônio da administração pública municipal.

O governo municipal acredita no diálogo e mantém a mesa de negociação com os representantes dos servidores municipais como um eficaz instrumento para um acordo, e releva eventuais excessos a fim de favorecer o entendimento.

São estas as explicações que se fazem necessárias para a sociedade”.

SANTA CASA DE ILHÉUS EMITE NOTA SOBRE ATENDIMENTO VIA SUS

Hospital São José mantém atendimento via SUS, informa Santa Casa.

Em nota divulgada ontem (4), a Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus desmentiu informação segundo a qual o Hospital São José havia interrompido o atendimento de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Conforme a entidade, como muitas pessoas recorrem ao hospital, quando as instalações da unidade ficam lotadas, o atendimento a pacientes fora do quadro de emergência pode ser suspenso “momentaneamente”. Leia a íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE ILHÉUS, com o propósito de melhor esclarecer a população de Ilhéus e cidades circunvizinhas, vem informar que em nenhum momento deixou ou deixará de atender a qualquer paciente que precise dos seus serviços médico hospitalares,  principalmente pacientes do SUS, pois é essa a sua missão prevista nos seus estatutos e, que por mais de cem anos vem sendo cotidianamente cumprida.

(mais…)

SALVADOR SEDIA ENCONTRO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO

O governador Rui Costa, a deputada Ângela Sousa e o secretário Walter Pinheiro prestigiaram abertura do “Virtual Educa”.

Ontem à noite, em Salvador, ao lado do governador Rui Costa (PT) e do secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, a deputada estadual Ângela Sousa (PSD) prestigiou a cerimônia de abertura do XIX Encontro Internacional Virtual Educa. O evento é um dos maiores do mundo na área de inovação e tecnologia aplicadas à educação. Essa é a primeira vez que o estado sedia o encontro.

Desta terça-feira (5) até sexta-feira (8), o encontro vai acontecer no Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado (ICEIA). Com o tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”, o Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, do Caribe e da África.

“Esse é um encontro extremamente importante e enriquecedor para os profissionais ligados à área da educação, principalmente para o corpo docente da nossa na rede es­ta­dual de en­sino, que tem contado com grandes transformações implementadas pelo governador Rui Costa”, destacou a deputada Ângela Sousa.

ASSOCIAÇÃO REFORMA PISTA DE SKATE DE ILHÉUS

Gradativa, reforma avança com doações e trabalho voluntário. Imagem: Carlos Augusto.

A Associação Ilheense de Esportes Radicais (AIER) iniciou a restauração da pista de skate localizada na avenida Soares Lopes, em Ilhéus. O grupo decidiu meter a mão na massa porque cansou de esperar que uma das inúmeras solicitações feitas à prefeitura fosse atendida. Quando o trabalho for concluído, o espaço também vai beneficiar ciclistas e patinadores, além dos skatistas.

A reforma é gradativa. Avança dentro das possibilidades do seu financiamento coletivo. Os recursos provêm de “vaquinhas”, doações e eventos organizados pela associação. O dinheiro arrecadado paga as diárias de um pedreiro e os materiais. A mão de obra de apoio fica por conta de quem se dispõe a trabalhar voluntariamente em benefício da cidade.

Grupo se reúne aos domingos para “meter a mão na massa”

A fórmula do trabalho voluntário deu certo. Foi assim no último domingo (3). O próximo encontro está marcado para o domingo que vem, dia 10, a partir das 7 horas. Segundo a AIER, quem puder somar está convidado a comparecer.

Antes, nesse sábado (9), vai rolar o Ten Line #8, a partir das 14 horas, na quadra poliesportiva da Soares Lopes. O evento de skate também vai arrecadar recursos para a reforma.

Interessados em colaborar podem manter contato com Carlos Augusto  no Facebook.

MARÃO DEIXA POSTOS DE SAÚDE SEM INTERNET. MARCAÇÃO DE EXAMES ESTÁ SUSPENSA

Postos estão sem internet desde a última quarta-feira.

Desde a última quarta-feira (30), os postos de saúde de Ilhéus estão sem internet. Sem o serviço, as pessoas que procuram as unidades não podem marcar exames médicos.

Não há previsão de restabelecimento da rede. O Blog do Gusmão tenta apurar se a origem do problema é de natureza técnica. Isso parece improvável. Como todos os postos estão sem internet, o defeito técnico teria que ser geral. Por outro lado, é possível que um atraso de pagamento das contas da operadora Oi tenha interrompido o serviço. Usuários do SUS afirmam que esse tipo de problema é recorrente.

Os pacientes são penalizados. Muitos chegam aos postos de madrugada para tentar marcar exames. Após longa espera nas filas, descobrem que a marcação está suspensa por falta de internet. A situação gera revolta. Em algumas unidades, usuários do SUS já ameaçaram servidores.

O Blog do Gusmão tenta manter contato com a secretária de Saúde Elizângela Oliveira, que, segundo informações, está em Salvador. Enviamos mensagem para a gestora às 9h30min. Não obtivemos resposta até o fechamento desta matéria. Este espaço está aberto caso o governo queira prestar esclarecimentos.

TCE AVALIA CONTAS DE RUI COSTA NESTA TERÇA-FEIRA

Sede do tribunal.

Às 14h30min desta terça-feira (5), o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) vai apreciar a prestação das contas de 2017 do governo Rui Costa. O parecer prévio da corte vai auxiliar a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA) no julgamento da gestão. No tribunal, a relatoria do processo coube ao conselheiro Pedro Henrique Lino.

 

MADRE THAÍS REALIZA O 4º SIMPÓSIO DE RECURSOS HUMANOS

Amanhã (6) e na quinta-feira (7), a Faculdade Madre Thaís vai realizar o quarto Simpósio de Recursos Humanos. O evento ocorrerá no auditório da FMT, que fica no térreo da sua sede, localizada na avenida Itabuna, em Ilhéus.

Com o tema “Gestão da Acessibilidade”, o IV Simpósio de RH da FMT vai discutir a importância do olhar do gestor para os portadores de deficiências como profissionais aptos a aproveitar as oportunidades do mundo do trabalho.

Segundo a professora Elba Karla Leão Silva, coordenadora do curso de Gestão de Recursos Humanos, “além da obrigatoriedade das leis, o gestor precisa trabalhar a empatia para com este profissional”. Por isso, os organizadores do simpósio vão apresentar “resultados de pesquisas, vídeos, entrevistas, discussões e palestras sobre o tema”. “Não podemos pensar em gestão de pessoas sem pensar na inclusão social”, concluiu a docente.

A ALFACE OCULTA E O NABO EXPOSTO

Por Mohammad Jamal.

Seria Papai Noel? Ah… Aqueles olhos azuis encravados naquele rosto angelical coberto em pele de nenê, rosa avermelhada. Aqueles dentes alvos, facetados em madrepérola, emoldurando sorrisos parcimoniosos. Uma voz profunda que oscilava métrica e tons entre o arpejo bravíssimo maestoso da veemência e o Allegro ma non troppo da coerência harmônica para a conformidade entre seus pares. O cabelo branco imaculados lembrava as neves perenes nos picos do Himalaia, inspirava-nos respeito e admiração! O seu porte físico imponente e elegante lembrava-nos o Encouraçado Potemkin navegando os mares bravios do Atlântico Norte nos corredores do congresso nacional. Sorria, o resgate e a salvação estão a caminho! Mas para a tristeza de todos, pior ainda, dos seus pares, quem poderia imaginar? Esse homem carregava uma enorme alface fálico-ofensiva sob seu elegante vestuário Black tié.  Ele era o homem da alface oculto, e ninguém sabia!

Judas oportuno. Amigos parceiros, inimigos parceiros no crime, inimigos utilitários, ferramentas. Essa é a sequência da lógica instrumental que integra o senso aglutinador que harmoniza parcerias ambivalentes entre indivíduos falso divergentes, mas, no entanto, convergentes nas metas, na maioria das vezes, grosseiras derivações da ética, tripudiada descaradamente. A moral é achacada e corrompida para favorecer a obtenção de bens financeiros e a patrimoniais próprios por meios capitulados como criminosos.

Fala pelos cotovelos. Nada pior que um “amigo” boquirroto, daqueles sem modos ao meter a mão no alheio. Um novo-rico-espalhafatoso e, pra completar, medroso à cana. Como Narciso, ele teme ao ver à própria imagem refletida nas telas da tensão superficial dos líquidos em poças de esgotos; comentada nas reuniões do condomínio; na Feira de Carangola. Tem medo de algemas, treme e se borra todo só de ouvir falar Ministério Público; ainda bem não se falou em pau-de-arara, e ele já vai rasgando o verbo, contando tudo, melando todo mundo, “ate quem nada tem a ver com as suas ruidosas defecadas”. O Tomás de Torquemada ainda que se encontre a léguas de distância da fortaleza carcerária em que está claustrofóbico, detido a pão e água. Más o frouxo e medroso-infrator a essa altura já redigiu voluntariamente seu libelo confessional sem esquecer mínimos detalhes; contou ate sobre aquelas moedas que surrupiou da Caixinha da Abadia, exagerando em minudências desimportantes.

(mais…)

ILHÉUS VAI TER INVENTÁRIO DA ARBORIZAÇÃO URBANA

Primeira parte do projeto vai mapear a a venida Soares Lopes e o bairro Nelson Costa. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Antes de deixar o governo Mário Alexandre no dia 30 de abril deste ano, o vice-prefeito José Nazal (Rede), ex-secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, e o ex-superintendente do Meio Ambiente Emílio Gusmão deixaram um convênio de cooperação técnica com a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) praticamente pronto. Esse acordo vai permitir ao município fazer o inventário da arborização urbana de Ilhéus.

O primeiro passo do inventário vai ser a realização do mapeamento das árvores da avenida Soares Lopes e do bairro Nelson Costa. As duas áreas são bem distintas, tanto no poder aquisitivo dos seus moradores como no número de árvores. A avenida é muito bem urbanizada, enquanto o Nelson Costa tem pouca arborização.

Vista aérea dos bairros Nelson Costa (à esquerda, colado na pista do aeroporto Jorge Amado) e Hernani Sá. Imagem: José Nazal.

O inventário é fundamental para saber quais são as espécies que predominam na cidade, qual o estado fitossanitário de cada indivíduo arbóreo (a saúde de cada árvore) e como essas árvores interagem com o espaço público: calçadas, ruas, casas e fiação de eletricidade, telefonia e outros serviços que usam cabos.

Com esse tipo de inventário, a cidade pode planejar a sua arborização. Ou seja: substituir indivíduos arbóreos inadequados (que causam problemas nas casas, destroem passeios) e espécies que derrubam folhas durante todo o ano. Também pode definir áreas prioritárias para o plantio de novas mudas.

“Nós já deixamos tudo pronto”, afirma Emílio Gusmão. “A prefeitura de Ilhéus vai contratar dez estagiários. A seleção já foi feita por professores da Universidade Federal do Sul da Bahia. O professor Daniel Piotto coordena o trabalho. Pesquisador muito bem conceituado, ele é um dos maiores especialistas em árvores do Brasil, com publicações em várias revistas científicas internacionais.

A compra dos equipamentos necessários para projeto também já está encaminhada. A empresa Polimix, que está em processo de licenciamento ambiental na Superintendência de Meio Ambiente, assinou um termo de ajustamento de conduta em que se comprometeu a comprar equipamentos avaliados em 30 mil reais.

A lista de materiais incluiu: equipamentos de segurança para os estagiários que vão fazer o censo das árvores (capacetes, coletes, camisas e etc,) e o direito de uso por um ano de um aplicativo da empresa Geosite. Essa tecnologia vai possibilitar que Ilhéus tenha as suas árvores mapeadas numa plataforma digital.

A plataforma vai informar quais são as áreas com mais árvores, o predomínio de determinadas espécies e outros dados fundamentais para o planejamento da arborização urbana.

Além disso, antes do inventário, por meio da Superintendência de Meio Ambiente, a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável (SEPLANDES) ofereceu um curso de manejo aos servidores. Isso porque não adiantaria planejar a arborização da cidade, se a equipe que cuida desse serviço não estivesse preparada para executá-lo. Os trabalhadores já aprenderam a lidar com as árvores de maneira adequada. A pasta também doou equipamentos (motosserras, escadas e aparelhos de segurança) para o pessoal do setor de Parques e Jardins, da Secretaria de Serviços Urbanos.

Nessa terça-feira (5), numa solenidade na prefeitura, os gestores que assumiram a SEPLANDES, o secretário Alisson Mendonça, e a Superintendência de Meio Ambiente, a superintendente Joélia Sampaio, vão assinar o acordo de cooperação técnica. “É muito bom saber que os gestores atuais estão dando andamento ao programa de arborização urbana. Afinal, esse não é um projeto de Nazal e Gusmão nem de Alisson e Joélia. É um trabalho para a cidade, que vai se dar bem com isso, não só os gestores. Nós (Nazal, eu e Vanessa Paim, com os setores de fiscalização e licenciamento ambiental) já deixamos o projeto pronto, no entanto, caso quisessem, eles poderiam interrompê-lo”, comentou Gusmão.

O ex-superintendente adverte que o programa não pode parar na avenida Soares Lopes e no bairro Nelson Costa. “Ele deve alcançar outros bairros e atingir a maior parte possível da cidade. Para que se tenha um inventário eficaz, que propicie um planejamento adequado da arborização urbana, é necessário que o mapeamento seja o mais completo possível. O inventário não pode ser amostral, deve ser integral. Sabe-se que chegar a cem por cento das árvores é muito difícil, mas, acima de 70% já é um percentual muito bom. Por isso o município não pode parar nesses dois locais”, concluiu.

Os benefícios das árvores e das áreas verdes:

Absorvem parte dos raios solares, umidificam o meio ambiente, reduzem os efeitos das ilhas de calor, propiciam conforto térmico e alteração do microclima (sensação de bem-estar promovido pelo sombreamento), diminuem a poluição sonora (funcionam como barreiras que dificultam a propagação dos ruídos), protegem contra poeira e ventos fortes, absorvem parte da poluição atmosférica (diminuindo seus efeitos negativos), reduzem os impactos das chuvas (absorvem a água e evitam o escorrimento superficial, contribuindo para a diminuição de enxurradas e enchentes), aproximam as pessoas da natureza (permitem a contemplação e aplacam a fadiga mental), favorecem o convício social e comunitário, permitem o lazer e a prática de exercícios físicos (caminhadas, corridas e outros, a depender da oferta de equipamentos apropriados), também oferecem vantagem paisagística (embelezam a cidade e contribuem para a diminuição do impacto visual das construções de concreto). Além disso, atraem pássaros, que também contribuem para o bem-estar humano.

VENDE-SE GOL 2014 BEM CONSERVADO

Com IVPA quitado e sem multas, carro passou por todas as revisões.

Com 81 mil quilômetros rodados, este Gol branco (ano/modelo 2014) está em excelente estado de conservação. Todas as revisões foram feitas. Nos três primeiros anos, a revisão aconteceu na Cristal Veículos, a autorizada da Volskwagen em Itabuna, e depois, na LR Autopeças, oficina localizada na avenida Itabuna, em Ilhéus. 

O carro tem: ar condicionado, vidro elétrico nas quatro portas, computador de bordo, direção hidráulica, alarme e bancos limpos. É um veículo muito bem cuidado.

Além disso, não tem nenhuma multa. O IPVA está pago. O comprador só vai pagar o próximo imposto em março de 2019.

Interessados podem ligar para os números disponíveis abaixo.

Quem tiver interesse pode entrar em contato por meio dos telefones (73) 9 9963-4894 e (73) 9 8815-9675.

PRESIDENTE DO SINSEPI ACUSA GOVERNO MARÃO DE USURPAR COFRES PÚBLICOS

Nesta imagem de 2017, Joaques aparece ao lado de Marão. Fonte: Secom/Ilhéus.

Hoje (4), em meio ao protesto do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Ilhéus (Sinsepi), o Blog do Gusmão conversou com o presidente da entidade, Joaques Silva. O líder sindical subiu o tom das críticas ao governo Mário Alexandre.

Primeiro, citou um processo licitatório para a compra de urnas funerárias. “Mais de duzentos mil reais para a compra de caixão”, disse o presidente. Em nota divulgada hoje, o governo alegou que as notícias publicadas sobre o assunto são falsas. “Matérias veiculadas, sem o mínimo de apuração, em alguns sites da cidade, dando conta de que a Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, comprou 141 mil reais em urnas funerárias, faltam com a verdade. O documento apresentado como prova refere-se a um extrato de contrato onde os pagamentos só são feitos 30 dias após a aquisição de cada urna, de acordo ao valor unitário da compra”, diz o texto.

O presidente do Sinsepi, no entanto, também questiona outras licitações. Segundo ele, a prefeitura chegou a preparar a compra de cadeiras que custariam cinco mil reais cada uma. “Recentemente, nós não deixamos fazer uma licitação que era para comprar cimento de cento e cinquenta reais. A argamassa, que era de brilhante, era de sessenta reais por pacote. Nós fomos pra cima e não deixamos”, afirma.

Em seguida, criticou a concentração de poder na figura do secretário de Administração Bento Lima, a quem acusou de usurpar o município. “Um cara tá lá de Itabuna e só pode resolver com ele. E o restante dos secretários que têm a caneta na mão. Estão onde? Só Bento Lima que pode resolver a situação? Um clandestino que está na nossa cidade usurpando os cofres públicos. Milhões de reais estão sendo usurpados dos cofres públicos”, disparou o presidente do Sinsepi.

Também citou o processo licitatório para o gerenciamento dos combustíveis usados nos veículos da prefeitura. “Uma empresa ganhou uma licitação para gerenciar combustível: R$ 3 milhões”. Perguntamos a Joaques quem é o responsável por essas licitações. “O prefeito. Ele sabe de tudo”, respondeu.

Depois, questionou o destino dado aos recursos investidos pela prefeitura. “A gente não vê esse dinheiro: está indo para onde? São licitações usurpantes. A gente não sabe para onde está indo esse dinheiro. São milhões. E a gente vê que os preços dos materiais que estão nas licitações são incompatíveis com o valor de mercado. Está indo para onde esse dinheiro?”.

Às 14h17min, o Blog do Gusmão enviou o conteúdo das acusações de Joaques ao secretário de Comunicação Alcides Kruschewsky. Aguardamos a resposta do governo municipal.

Atualizado às 14h08min de 5 de junho de 2018.

A prefeitura respondeu a acusação: veja aqui.

Página 5 de 843« Primeira...5...Última »