WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017
cenoe faculdade madre thais

HOSPITAL COSTA DO CACAU VAI ATENDER 67 MUNICÍPIOS

Hospital Regional Costa do Cacau inaugura nessa sexta-feira..

Nessa sexta-feira (15), o governador Rui Costa (PT) vai inaugurar o Hospital Geral da Costa do Cacau, situado na BR-415, em Ilhéus. A unidade hospitalar vai atender a mais de 1,6 milhão de habitantes de 67 municípios do Sul da Bahia.

O hospital foi um investimento de R$ 120 milhões, entre construção e equipamentos, a nova unidade hospitalar vai prestar atendimentos por demanda espontânea e referenciada aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), pela Central de Regulação de Leitos Macrorregional.

Na nova unidade também serão prestados atendimentos de média e alta complexidade ambulatorial, de Serviço de Diagnose e Terapêutica e internação hospitalar, com um total de 225 leitos distribuídos entre as especialidades Clínica Médica, Clínica Cirúrgica e Terapia Intensiva (UTI), esta última com 30 leitos exclusivos.

(mais…)

RUI COSTA FALA SOBRE INAUGURAÇÃO DO HOSPITAL COSTA DO CACAU E FUTURO DO REGIONAL LUIZ VIANA FILHO

Rui Costa destaca região Sul da Bahia.

Hoje (13), no programa “Digaí, Governador”, Rui Costa (PT) comentou sobre a inauguração do Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, que acontece nessa sexta-feira (15).

Segundo o governador, na próxima sexta-feira, às 8h, ele, os gestores regionais e a imprensa vão visitar a unidade hospitalar. Já às 16h, acontecerá a inauguração do Hospital Regional Costa do Cacau.

“É um hospital importante, mais de 200 leitos, vai fazer aí para a região do cacau todos os procedimentos de alta complexidade, e com isso nós vamos aumentar a quantidade de atendimentos e melhorar em muito a qualidade. Porque o (hospital) Luiz Viana não respondia mais ao crescimento da população da região”, pontuou Rui Costa.

Rui Costa ainda comentou sobre o futuro do Hospital Geral Luiz Viana Filho. “Vai passar por uma grande reforma e vai ser transformado numa maternidade, uma unidade materno-infantil para a região inteira. Partos de alto risco serão feitos no Luiz Viana, que passará – repito – por uma grande reforma. Nós estamos finalizando o projeto e a gente deve estar licitando o mais tardar em janeiro e iniciando a obra, com certeza até março, de recuperação e reforma geral do Luiz Viana”, completou.

GOVERNO DA BAHIA VAI CONTRATAR 6.859 AGENTES DE SEGURANÇA ATÉ 2018

Governador Rui Costa destaca investimento em Segurança pública.

No programa “Digaí, Governador” de hoje, 13 de dezembro, o governador Rui Costa (PT) destacou que com o próximo concurso da Polícia Civil, a Bahia vai ter, contando os seus três anos de mandato, 6.859 novos agentes de Segurança pública – veja.

O governador ressaltou o esforço e a prioridade para reforçar o setor de Segurança na Bahia. “É um esforço enorme, e olhe que eu estou falando de um período de forte crise que o Brasil passa. Nunca é demais lembrar que no noticiário nacional o que mais se tem publicado é atraso de salário dos outros estados brasileiros. Não pagamento de benefícios e cancelamento de vários serviços. Então isso mostra o esforço de nossa equipe e o que a gente está fazendo para melhorar a segurança pública e melhorar os serviços na Bahia”.

TCM REJEITA CONTAS DE EX-PREFEITA DE URUÇUCA

Ex-prefeita Fernanda Santos da Silva.

Ontem (12), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou as contas da ex-prefeita de Uruçuca, Fernanda Santos da Silva, relativas ao exercício de 2016. O relatório apresenta diversas irregularidades, como o descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, que trata da ausência de recursos em caixa para pagamento dos restos a pagar, e a abertura de créditos sem autorização legislativa ou recursos para suporte.

O conselheiro Raimundo Moreira, relator do parecer, determinou a formulação de representação ao Ministério Público da Bahia contra a gestora para que sejam adotadas as medidas judiciais cabíveis diante das irregularidades. Além de uma multa de R$ 15 mil e outra correspondente a 12% dos seus subsídios anuais.

Também foi determinando o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$1.329.140,14, com recursos pessoais, devido a não apresentação de 64 processos de pagamentos, o que caracteriza a ausência de comprovação das despesas.

(mais…)

ILHÉUS RECEBE TRÊS DOS 9 TRANSATLÂNTICOS NA BAHIA EM DEZEMBRO

Costa Fabulosa em Ilhéus. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

Ontem, 11 de dezembro, o transatlântico Costa Fabulosa marcou o começou da temporada de transatlânticos em Ilhéus. Nesse período, são esperados 21 navios no Sul da Bahia.

A capital baiana recebe 10 transatlânticos nesse mês. Conforme os dados da Companhia das Docas da Bahia (Codeba), 220 mil passageiros desembarcarão no estado por via marítima de novembro de 2017 até abril 2018.

Para mais informações, acesse aqui.

POLICIAIS CIVIS VÃO PROTESTAR NA ABERTURA DO HOSPITAL COSTA DO CACAU

Campanha “Polícia Civil da Bahia, Orgulho do que faço, vergonha do que ganho”.

Nessa sexta-feira (15), o Sindicato dos Policiais Civis vai realizar um protesto na inauguração do Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, para reivindicar o pagamento da GAPJ 3 e 4, além de melhorias para os agentes de Segurança.

A categoria também colocou três outdoors na rodovia Ilhéus-Itabuna, BR-415, para informar aos cidadãos sobre as reivindicações dos policiais civis. Em busca dessa valorização surgiu a campanha publicitária “Polícia Civil da Bahia, orgulho do que faço, vergonha do que ganho”.

MUTIRÃO DE CIRURGIAS COMEÇA NESSA TERÇA-FEIRA EM ILHÉUS

Mutirão em Ilhéus.

Hoje, 12 de dezembro, o Mutirão de Cirurgias Eletivas do Governo do Estado começa com as consultas para aprovar as pessoas que farão as cirurgias a partir desse domingo (17), no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus. As pré-consultas seguem até quinta-feira (14), nas unidades estacionadas na Praça Soares Lopes, ao lado da Catedral.

O mutirão vai contemplar os pacientes que precisam realizar as cirurgias de hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica), histerectomia e colecistectomia. No total, serão realizados 540 atendimentos, a partir das 7h nos três dias.

GRUPO MULHERES EM DOMÍNIO PÚBLICO PROMOVE RIFA

Mulheres em Domínio. Imagem: Natali Yamas.

O grupo musical de Ilhéus Mulheres em Domínio Público (MDP) promove uma rifa para angariar recursos a fim de finalizar a gravação do primeiro EP, que vai permitir ao público acessar as plataformas digitais e escutar as músicas apresentadas há cinco anos na região.

As cantigas são interpretadas por Cris Passos, Geisa Pena, Ingrid Luíse e Tacila Mendes. A banda é formada por mais quatro músicos atuantes na cena musical da região e unidos por interesse em pesquisas sonoras dessa natureza – Marcelo Santana, Danilo Ornelas, Lula Soares Lopes e Igor Rodrigues.

O EP terá ainda a participação da ex-lavadeira de 83 anos e principal fonte de pesquisa deste trabalho, Valderez Teixeira, moradora do Salobrinho, mais conhecida como Dona Val.

Os shows de estreia da banda tiveram apoio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), por meio do edital Calendário das Artes, e reuniram mais de 1000 pessoas nas praças Pedro Mattos e Maramata. De lá para cá, o grupo já se apresentou em diversas ocasiões como na abertura do show de Caetano Veloso no centenário de Jorge Amado; a abertura do show de Raymundo Sodré, no Festival de Culturas Populares de Ilhéus; no Projeto Seis e Meia e no Festival Literário de Ilhéus.

“Com a rifa, é possível reverter os valores investidos pelos compradores direto no processo de gravação, que tem sido realizado por etapas, na medida em que os bilhetes são vendidos”, explica a produção do grupo. Até o momento, já foi realizada parte da captação dos instrumentos e vozes pela Canoa Sonora. Para finalizar o EP são necessárias edição, masterização e mixagem das músicas, além do processo de promoção do grupo e a disponibilização em plataformas digitais.

Buscando reunir parceiros da região, a rifa terá como prêmios produtos como a cerveja artesanal Cacauêra, dos chocolates Maltez e Coroa Azul, a Lavigne Brasil, o Spa de Sobrancelhas e o artista AyamU’Brais, que vai confeccionar um desenho o(a) vencedor(a).

Os bilhetes custam R$10 e podem ser adquiridos na Barrakítika, Livraria Papirus, Loja Wense e com a produção do grupo. O sorteio será pela Loteria Federal, dia 15 de janeiro de 2018. Interessados também podem realizar doações de outros valores. Acesse mais informações em facebook.com/mulheresemdominiopublico, no Instagram @mulheresemdominiopublico, ou entre em contato pelomulheresemdominiopublico@gmail.com ou pelo (73) 99107-7999 (VejoArte Produções).

ERROS NA LISTA DE APROVADOS DO HOSPITAL COSTA DO CACAU

Erros chamam a atenção.

Ontem, 10 de dezembro, o Instituto Gerir, responsável pelo Hospital Regional Costa do Cacau, publicou a lista de aprovados para trabalhar na nova unidade hospitalar do Sul da Bahia.

No entanto, a lista repercute em Ilhéus. O prazo curto e algumas irregularidades chamaram a atenção dos candidatos, como por exemplo a duplicidade de nomes e candidatos com apenas nome ou sobrenome.

Para mais informações, acesse aqui.

RESULTADO FINAL DOS APROVADOS NA SELEÇÃO DO HOSPITAL COSTA DO CACAU

Resultado final do Processo seletivo do Hospital Regional Costa do Cacau.

Nesse domingo (10), o Instituto Gerir, organização responsável pelo Hospital Geral Costa do Cacau, publicou o resultado final dos aprovados para trabalhar na nova unidade hospitalar de Ilhéus.

O processo seletivo apresentou 159 vagas distribuídas entre os níveis médio: almoxarife, assistente de departamento pessoal, assistente farmácia, auxiliar administrativo, auxiliar almoxarifado e faturista; técnico: em enfermagem, em informática, em segurança do trabalho e em imobilização ortopédica; e superior: assistente social, biomédico, enfermeiro, enfermeiro especialista em terapia intensiva, enfermeiro especialista em CCIH, enfermeiro do trabalho, farmacêutico, fisioterapeuta, profissional especialista em PGRS.

Os Candidatos deverão comparecer no Recursos Humanos do Hospital Regional Costa do Cacau, portando todos os documentos – veja aqui.

Acesse a lista de aprovados, aqui.

É HORA DE DEFENDER A UNIVERSIDADE

Luiz Carlos Cancellier de Olivo, ex-reitor da UFSC.

Da Folha.

Na quarta (6), três meses depois do episódio que levou o então reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) ao suicídio, a Polícia Federal (PF) resolveu repetir a dose com o da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O procedimento foi o mesmo. Agentes chegam de surpresa à casa da vítima, que nunca fora intimada a depor, cedo de manhã, e a levam, sob vara, para alguma instalação policial.

O engenheiro Jaime Arturo Ramirez teve mais sorte do que o advogado catarinense Luiz Carlos Cancellier, sendo liberado após algumas horas. O segundo, submetido à humilhação de algemas, correntes nos pés, desnudamento, revista íntima, uniforme de presidiário e a cela onde teve que dormir, matou-se 15 dias mais tarde.

Ao deixar as dependências da PF, Ramirez, levado ao mesmo tempo que outros seis quadros da UFMG, fez uma declaração sucinta: “Fomos conduzidos de forma coercitiva e abusiva para um depoimento à Polícia Federal. Se tivéssemos sido intimados antes, evidentemente teríamos ido de livre e espontânea vontade”. Alguém duvida?

Segundo os documentos disponíveis, o Ministério Público foi contrário à condução coercitiva. Mas a PF insistiu, e a juíza encarregada acatou a demanda, alegando “possibilitar que sejam ouvidos concomitantemente todos os investigados, (…) impedir a articulação de artifícios e a subtração de provas”. Sem qualquer justificativa consistente, a direção da universidade, tal como havia ocorrido em setembro na UFSC, foi tratada como uma quadrilha de assaltantes, justificando o aparato —84 policiais— destinado a capturá-los.

Na realidade, de acordo com o reitor de uma instituição congênere, a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a onda de criminalização dos campi começou no final de 2016, quando “a Polícia Federal irrompeu na UFRGS [a federal do Rio Grande do Sul], em vista de uma suspeita de fraude em um programa de extensão”. Em fevereiro de 2016, a própria UFPR foi atingida: 180 agentes cumpriram vários mandados de prisão e oito conduções coercitivas. Depois veio a prisão de Cancellier, a condução de Ramirez e, para cúmulo, mais uma incursão semelhante, na quinta, de novo na UFSC.

Reparem nos nomes das operações sequenciais da PF: “Research”, “PhD”, “Ouvidos moucos”, “Esperança equilibrista” e “Torre de Marfim”. É óbvio que estamos diante de uma ação orquestrada e arbitrária, usando os mecanismos de exceção abertos pela conjuntura política, com o objetivo de desmoralizar o sistema público de ensino superior no Brasil.

Se a sociedade civil não for capaz de superar divergências e se unir na defesa da universidade, teremos perdas irreparáveis. Não só na educação como na democracia.

 

FUNDAÇÃO MARAMATA E INSTITUTO BALEIA JUBARTE ESTABELECEM PARCERIA

Visita a unidade do Instituto Baleia Jubarte em Caravelas.

O presidente da Fundação Maramata, Lucas Xavier, e o coordenador do museu do Mar e da Capitania, Miguel Arcanjo visitaram a unidade do Instituto Baleia Jubarte, em Caravelas. Na oportunidade, foram recebidos por Milton Marcondes e Adriana Colosio, respectivamente, coordenador de pesquisa e médica veterinária do Instituto. 

O Baleia Jubarte conta com duas sedes, uma instalada em Caravelas e outra na Praia do Forte, em Salvador, onde existe um centro de visitantes de 3500 m² e abriga um esqueleto de baleia de 13 metros de comprimento, além de outros atrativos para os visitantes. A instituição é reconhecida como referência mundial em pesquisa científica, turismo de observação de baleias e educação ambiental.

Na oportunidade, foram apresentados os projetos e atividades desenvolvidos pelo instituto aos representantes da Maramata. O objetivo da visita, segundo Lucas, faz parte da implementação do modelo adotado pela fundação de atuar em rede conectado a instituições e pessoas que operam na fronteira do conhecimento e das melhores práticas socioambientais.  “Estamos abertos e precisamos estabelecer novas e importantes parcerias como estas, pois favorecem a complementação das competências da fundação com as de outras instituições, permitindo a ampliação de nosso portfólio e a participação em novos projetos”.

Na parceria,o Instituto Baleia Jubarte vai apoiar a Fundação Maramata no fomento a atividade de “Whale watching” (turismo de observação de baleias) em Ilhéus. A iniciativa já existe em outros locais, como: Barra Grande, Itacaré e Morro de São Paulo. De acordo com Lucas, “Ilhéus tem potencial vocação para atividades como estas e precisamos aprender a tirar melhor proveito delas, favorecendo a conservação da biodiversidade, o fomento a novas atividades socioeconômicas e a educação ambiental no município”. Em contrapartida, a Maramata dará suporte aos estudos de identificação de baleias encalhadas nas praias de Ilhéus.

Peças para exposição.

O Baleia Jubarte também doou materiais biológicos a fundação para compor a requalificação de seu acervo de exposição. Os materiais foram: 1 úmero; 2 costelas de Jubarte; 1 Bula timpânica de Jubarte; Placas de barbatanas de Jubarte; e 1 esqueleto de Boto Cinza. Além desta doação, em outra oportunidade, a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) cedeu a fundação algumas caixas entomológicas para exposição.

Segundo Lucas, a parceria é fundamental para o desenvolvimento da iniciativa. “A fundação está numa localização estratégica devido à proximidade da nova ponte Ilhéus-Pontal o que fará o fluxo de pessoas aumentar significativamente em seu entorno e na própria fundação e por isto é importante requalificar e tornar a Maramata um espaço público com mais atrativos para os visitantes, sendo necessário para isto a captação externa de recursos humanos, financeiros e materiais como estes”. 

Página 1 de 5001...Última »