WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Terca-Feira, 12 de Dezembro de 2017
cenoe faculdade madre thais

MARINA SILVA: “NENHUM ATAQUE OU OFENSA PESSOAL SERÁ DIRIGIDO A QUALQUER PRÉ-CANDIDATO”

Marina Silva.

Da REDE.

“Desde 2010 tenho defendido campanhas eleitorais limpas e éticas, sem nenhum tipo de violência, agressão ou mentiras contra os adversários. Campanhas são oportunidades para se debater projetos para o país. Mantive o mesmo compromisso e postura em 2014, apesar de ter sido alvo de inúmeros ataques, mentiras e ofensas. Por isso, louvo essa iniciativa de organizações da sociedade civil em defesa do uso ético das tecnologias, por candidatos e pelos cidadãos, para que tenhamos campanhas republicanas nas eleições de 2018.

Reafirmo o compromisso do nosso documento de diretrizes de 2010, “vamos nos pautar pelo debate de ideias e propostas sobre o Brasil evitando factoides, notícias falsas, embates vazios e consensos ocos. Nenhum ataque ou ofensa pessoal será dirigido a qualquer pré-candidato, bem como qualquer forma de obtenção de informação ou uso de tecnologia que violem os marcos do estado democrático de direito.” Espero termos aprendido com a fraude eleitoral de 2014, que demonstrou a duras penas de que não há separação entre meios e fins. A forma como se ganha determina a forma como se governa. Assim endosso, desde já, os termos apresentados nessa carta e espero que esse seja um compromisso assumido por todos nós. #NãoValeTudo. https://naovaletudo.com.br/

EXCLUSIVO: INVESTIGAÇÃO REVELA EXÉRCITO DE PERFIS FALSOS USADOS PARA INFLUENCIAR ELEIÇÕES NO BRASIL

Cada funcionário seria responsável por controlar de 20 a 50 perfis falsos | Ilustração: Kako Abraham/BBC.

Da BBC Brasil.

São sete da manhã e um rapaz de 18 anos liga o computador em sua casa em Vitória, no Espírito Santo, e dá início à sua rotina de trabalho. Atualiza o status de um dos perfis que mantém no Facebook: “Alguém tem um filme para recomendar?”, pergunta. Abre outro perfil na mesma rede. “Só queria dormir a tarde inteira”, escreve. Um terceiro perfil: “Estou com muita fome”. Ele intercala esses textos com outros em que apoia políticos brasileiros.

Esses perfis não tinham sua foto ou nome verdadeiros, assim como os outros 17 que ele disse controlar no Facebook e no Twitter em troca de R$ 1,2 mil por mês. Eram, segundo afirma, perfis falsos com fotos roubadas, nomes e cotidianos inventados. O jovem relatou à BBC Brasil que esses perfis foram usados ativamente para influenciar o debate político durante as eleições de 2014.

As evidências reunidas por uma investigação da BBC Brasil ao longo de três meses sugerem que uma espécie de exército virtual de fakes foi usado por uma empresa com base no Rio de Janeiro para manipular a opinião pública, principalmente, no pleito de 2014.

A estratégia de manipulação eleitoral e da opinião pública nas redes sociais seria similar à usada por russos nas eleições americanas, e já existiria no Brasil ao menos desde 2012. A reportagem identificou também um caso recente, ativo até novembro de 2017, de suposto uso da estratégia para beneficiar uma deputada federal do Rio.

A reportagem entrevistou quatro pessoas que dizem ser ex-funcionários da empresa, reuniu vasto material com o histórico da atividade online de mais de 100 supostos fakes e identificou 13 políticos que teriam se beneficiado da atividade. Não há evidências de que os políticos soubessem que perfis falsos estavam sendo usados.

Com ajuda de especialistas, a BBC Brasil identificou como os perfis se interligavam e seus padrões típicos de comportamento. Seriam o que pesquisadores começam a identificar agora como ciborgues, uma evolução dos já conhecidos robôs ou bots, uma mistura entre pessoas reais e “máquinas” com rastros de atividade mais difíceis de serem detectados por computador devido ao comportamento mais parecido com o de humanos.

Parte desses perfis já vinha sendo pesquisada pelo Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura (Labic) da Universidade Federal do Espírito Santo, coordenado pelo pesquisador Fábio Malini.

“Os ciborgues ou personas geram cortinas de fumaça, orientando discussões para determinados temas, atacando adversários políticos e criando rumores, com clima de ‘já ganhou’ ou ‘já perdeu'”, afirma ele. Exploram o chamado “comportamento de manada”.

“Ou vencíamos pelo volume, já que a nossa quantidade de posts era muito maior do que o público em geral conseguia contra-argumentar, ou conseguíamos estimular pessoas reais, militâncias, a comprarem nossa briga. Criávamos uma noção de maioria”, diz um dos ex-funcionários entrevistados.

Esta reportagem é a primeira da série Democracia Ciborgue, em que a BBC Brasil mergulha no universo dos fakes mercenários, que teriam sido usados por pelo menos uma empresa, mas que podem ser apenas a ponta do iceberg de um fenômeno que não preocupa apenas o Brasil, mas também o mundo.

Segundo Pablo Ortellado, professor do curso de Gestão de Políticas Públicas da Universidade de São Paulo (USP), a suspeita de que esse seria um serviço oferecido normalmente para candidatos e grupos políticos “faz pensar que a prática deva já estar bem disseminada nesse ambiente político polarizado e que vai ser bastante explorada nas eleições de 2018, que, ao que tudo indica, serão ainda mais polarizadas que as últimas de 2014”.

Philip Howard, professor do Instituto de Internet da Oxford, vê os ciborgues como “um perigo para a democracia”. “Democracias funcionam bem quando há informação correta circulando nas redes sociais”, afirma, colocando os fakes ao lado do problema da disseminação das fake news, ou seja, notícias falsas.

Robôs estariam tentando manipular opinião pública nas redes sociais no Brasil desde 2012.

Exército fake

(mais…)

ARTISTA PLÁSTICO EXPÕE TRABALHOS EM NANQUIM NA GALERIA DO TEATRO

Artista radicado de Ilhéus, Clóvis Loureiro.

Da Secom.

O artista plástico Clóvis Loureiro, radicado em Ilhéus, mantém na Galeria do Teatro Municipal uma exposição de telas em nanquim. As obras em acrílico em tela móveis e louças podem ser visitadas até o dia 31 deste mês, das 9 às 18 horas, com a proposta de ser uma das atrações no âmbito cultural durante a temporada de verão.

Clóvis Loureiro nasceu no Rio de Janeiro e, aos nove anos de idade, veio morar em Ilhéus. “Aqui é a terra da minha família, comecei a dar meus primeiros traços em grafite em papel. E quando contava com 10 de idade recebi de minha avó materna uma caneta nanquim de presente e passei a desenhar centenas de formas geométricas e abstratas. Na realidade, sou autodidata”, lembrou.

O artista plástico contou ainda que quando morou em Curitiba conheceu um professor de arte alemã que o incentivou a pintar em acrílica, ajudando a aperfeiçoar a técnica. O artista tem trabalhos comercializados no Japão, Dubai (cidade nos Emirados Árabes Unidos), Suíça, França, Itália e Brasil com divulgação em algumas revistas internacionais. “Também, participei do projeto Pan American Arte, na Alemanha, e este ano recebi certificado de o mais novo membro da América da Latina, na Federação de Arte e Cultura (ICAF), da Coreia do Sul”, destacou.

 

BRASIL ULTRAPASSA RÚSSIA E AGORA TEM 3ª MAIOR POPULAÇÃO CARCERÁRIA DO MUNDO

Preso mostra perna machucada durante rebelião em presídio de Manaus.

Da Folha.

O Brasil ultrapassou a Rússia em 2015 e agora abriga a terceira maior população prisional do mundo, segundo dados divulgados nesta sexta (8) pelo Ministério da Justiça.

Eram 699 mil brasileiros presos naquele ano, contra 642 mil russos. Só perdemos para os Estados Unidos (2,1 milhões) e a China (1,6 milhão).

Também temos a terceira maior taxa de encarceramento por 100 mil habitantes (342) desde 2000, quando ultrapassamos os chineses (119). O índice é mais baixo apenas que o dos americanos (698) e da Rússia (445), mas é o único que está em crescimento contínuo desde 1995.

Os dados são do Infopen (Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias), que é feito pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional) desde 2004. A coleta é realizada por meio de um formulário digital, preenchido pelos gestores de todos os estabelecimentos prisionais dos Estados brasileiros.

O censo de dezembro de 2014 era o mais atual até esta sexta, quando o órgão lançou as informações de dezembro de 2015 e junho de 2016, colhidas de maneira simultânea no ano passado.

MAIS SUPERLOTAÇÃO

O levantamento mais recente indica que o número de vagas no sistema prisional brasileiro diminuiu, na contramão da população carcerária, que só cresce. Foram registradas 3.152 vagas a menos (queda de 0,8%) e 28.094 presos a mais (alta de 4%) no primeiro semestre de 2016, com relação ao fim de 2015.

Com isso, a taxa de ocupação nas prisões saltou de 188% para 197% no período, ou seja, há dois presos para cada vaga em presídios no Brasil. Na prática, nove em cada dez detentos vivem em unidades superlotadas.

Para Rafael Custódio, da ONG Conectas Direitos Humanos, os novos números não são surpresa. “O resultado do levantamento é reflexo de uma opção política. O Brasil continua insistindo no erro do encarceramento em massa de pobres, negros e jovens.”

O levantamento, afirma, reforça o fato de que as rebeliões que ocorreram no início deste ano no Amazonas, em Roraima e no Rio Grande do Norte não foram por acaso.

Em janeiro, conflitos entre facções criminosas dentro de presídios deixaram mais de 120 detentos mortos nesses Estados. Os três registraram taxas de superlotação acima da média nacional em 2016 –o AM é disparado o pior do país, com 484%.

“Um Estado que deixa sua taxa de ocupação chegar a esse ponto é um Estado omisso e que está conivente com a violação dos direitos humanos”, diz Custódio.

PERFIL DOS PRESOS

Segundo o estudo, o perfil do detento brasileiro não mudou. A maioria é negra, homem, tem 18 a 29 anos, fundamental incompleto e foi presa por crimes ligados ao tráfico de drogas ou roubos e furtos.

Já a porcentagem de presos sem condenação aumentou. Passou de 37,5% em dezembro de 2015 para 40,2% em junho de 2016.

Os piores Estados são Ceará (66%) e Sergipe (65%); os melhores são Amapá (23%) e Rondônia (17%). São Paulo está abaixo da média nacional, com 32%.

Apesar de o relatório do Infopen ser público, os dados em formato aberto – que permitiriam análises mais completas das informações – não serão divulgados, segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça.

 

ESTÁCIO DE SÁ DEMITE 1,2 MIL PROFESSORES APÓS REFORMA TRABALHISTA

Prédio da Estácio no Rio de Janeiro.

Da Folha.

Quase um mês após a entrada em vigor das novas regras trabalhistas, o grupo de ensino superior Estácio comunicou nesta terça-feira a demissão de 1.200 professores. A instituição possui hoje cerca de 10 mil docentes.

Novos profissionais serão recontratados para substitui-los sob o modelo trabalhista renovado. A empresa diz que lançou “um cadastro reserva de docentes para atender possíveis demandas nos próximos semestres, de acordo com as evoluções curriculares”. A informação foi antecipada pelo jornal “O Globo”.

De acordo com nota da assessoria de imprensa da companhia, “todos os profissionais que vierem a integrar o quadro da Estácio serão contratados pelo regime CLT, conforme é padrão no grupo”.

A nova lei trabalhista formalizou o trabalho intermitente, permitindo que as empresas criem um banco de funcionários que podem ser acionados quando houver demanda. O pagamento é proporcional ao tempo dedicado.

“A reorganização tem como objetivo manter a sustentabilidade da instituição e foi realizada dentro dos princípios do órgão regulatório”, diz o comunicado da empresa.

Um professor demitido na manhã desta terça-feira (5), que pediu para não ter sua identidade divulgada, afirma que a demissão em massa não havia sido sinalizada e surpreendeu a todos. Segundo ele, existia uma desconfiança por parte dos professores quando a reforma trabalhista entrou em vigor, mas não se esperava que aconteceria tão cedo e com tamanha dimensão.

Questionada pela reportagem, a empresa não informou que critérios usará para selecionar o novos professores que cobrirão o rombo. A nova CLT determina um intervalo de 18 meses para que os mesmos profissionais sejam recontratados pelo regime intermitente.

Salários e benefícios: planos de carreira poderão ser negociados sem registro em contrato de trabalho nem homologação pelo Ministério do Trabalho, uma exigência da legislação antiga, e, para pedir equiparação com colegas que ganham mais na mesma função, trabalhadores precisarão ter pelo menos quatro anos na empresa e dois anos na função.

PETROBRAS ANUNCIA SEXTO AUMENTO CONSECUTIVO NO GÁS DE COZINHA

Preço do gás de cozinha continua a aumentar.

Nessa segunda-feira (4), a Petrobras anunciou o sexto aumento consecutivo no preço do gás de cozinho vendido em botijões de 13 quilos. A alta desse mês será de 8,9%.

A Petrobras passou a aumentar o preço do gás vendido em botijões de 13 quilos em agosto. O aumento desses 5 meses é de 42,8%. Segundo a empresa, se o repasse for integral, o valor do botijão vai subir R$ 2,53.

A estatal justifica os reajustes com base na sua nova política de preços, adotada durante a gestão do presidente Michel Temer (PMDB), que considera as cotações internacionais, a taxa do câmbio e a margem de lucro.

TORCIDA DO FLAMENGO TROCA MURALHA POR PAREDÃO

Paredão rubro-negro não jogava há dois anos. Imagem: Luis Acosta/AFP.

Nessa quinta-feira, 30 de novembro, o Flamengo foi à Colômbia jogar contra o Junior Barranquilla, em mais um jogo da semifinal da Copa Sul-Americana. 

O clima da equipe carioca era tenso. Os jogadores estavam sendo cobrados pela diretoria, comissão técnica e principalmente pelos torcedores. A derrota poderia trazer consequências graves para o time que não faz uma boa temporada, como não ir para a Copa Libertadores 2018.

O elenco inteiro estava sobre pressão, mas a posição de goleiro era a mais questionada. A contusão do titular Diego Alves e a má fase do seu substituto direto, Alex Muralha, fez com que os torcedores “derrubassem” a internet pedindo para que o técnico Reinaldo Rueda desse oportunidade a algum dos jovens arqueiros, Thiago ou César.

O técnico colombiano optou pelo goleiro César, jovem de 25 anos, que não atuava em uma partida há 2 anos. A dúvida pairava sobre o time que teria que enfrentar uma estádio com mais de 50 mil pessoas. 

A partida começou equilibrada. Os dois times não conseguiam desenvolver as suas técnicas, mas após a primeira boa jogada da equipe colombiana, o jogo mudou. O Flamengo passou a rifar a bola para o ataque, cada vez mais o Junior pressionava e o jovem goleiro César compareceu e se destacou.

Após a primeira defesa do arqueiro brasileiro, o time ganhou confiança e conseguiu marcar o primeiro gol em um contra-ataque fatal. O time colombiano tentou corresponder o mais rápido possível e em uma das jogadas de linha de fundo, o volante William Arão cometeu pênalti. O lance que poderia por ‘fogo’ no jogo e colocar a equipe colombiana para cima do Flamengo parou nas mãos do jovem César. 

O goleiro agarrou o pênalti e passou de dúvida para o novo herói que a torcida alvejava. Os torcedores trocaram a “Muralha” pelo “Paredão”.

BEBETO PARTICIPA DE CONGRESSO MUNDIAL DOS TRABALHADORES

Bebeto em Durban, na África do Sul.

Entre os dias 27 de novembro e 1 de dezembro, o deputado federal Bebeto Galvão (PSB) participa da 4ª edição do Congresso Global da Federação Internacional dos Trabalhadores da Construção e Madeira (ICM), em Durban, na África do Sul.

O evento reúne os representantes sindicais de todo o mundo, com o objetivo de discutir os impactos da crise econômica, das mudanças nas leis trabalhistas, e busca apontar caminhos para alcançar a justiça social.

Na oportunidade, Bebeto destacou o papel da construção civil para a produção de trabalho. “Segura a geração de empregos e é um dos responsáveis por dar o empurrão que precisa a economia para voltar a girar, sobretudo no Brasil, que vive uma crise econômica e política”.

Os dados do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostram que a construção civil eleva o PIB dos países, mas no Brasil, o setor está negativo desde 2014.

A Federação Internacional é formada por centenas de organizações pelo mundo, entre elas, o Sintepav (Sindicato que representa os trabalhadores da construção Civil e Pesada) e mais 43 entidades sindicais afiliadas no Brasil.

DEPUTADO PERDE DIREITO DE SAIR DA PAPUDA POR ESCONDER QUEIJO E BISCOITOS NA CUECA

Deputado federal Celso Jacob (PMDB).

No último domingo (19), o deputado federal Celso Jabob (PMDB-RJ) tentou entrar no presídio da Papuda (DF) com dois pacotes de biscoitos e um queijo provolone escondidos na cueca. Ele tinha o direito de sair do presídio para trabalhar no Congresso Nacional durante o dia.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), os alimentos foram confiscados e o parlamentar vai ficar sete dias em isolamento. Um inquérito foi aberto e as penas podem aumentar, além da perda de benefícios.

Jacob foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a sete anos e dois meses de prisão por falsificar documentos e liberar uma licitação para a construção de uma creche em 2002, quando ainda era prefeito da cidade de Três Rios (RJ).

PETROBRAS AUMENTA PREÇO DA GASOLINA EM 4,8% EM DOIS DIAS

Petrobras anuncia aumento da na gasolina e diesel.

Nessa quinta-feira (23), a Petrobras anunciou um reajuste de 5,1% na gasolina. Já nessa sexta-feira (24), a estatal reduziu em 0,3%. Um total de 4,8% em dois dias.

A estatal justifica os reajustes com base na sua nova política de preços, adotada durante a gestão do presidente Michel Temer (PMDB), que prevê até mudanças diárias nas cotações.

O preço do diesel também vai subir. Nos últimos três dias, a Petrobras anunciou um aumento de 2,7%.

Confira a tabela de ajustes de preços de diesel e gasolina.

‘DUZENTÃO’ FATURA O BRONZE NO BRASILEIRO DE VÔLEI MASTER

Duzentão.

Entre os dias 13 e 18 de novembro, o atleta ilheense de vôlei, Marcelo Miranda, conhecido como “Duzentão”, de 63 anos, disputou o Campeonato Brasileiro de Vôlei Master, em Saquarema, no Rio de Janeiro.

Duzentão disputou o campeonato pelo Fluminense. A equipe conquistou o terceiro lugar para a categoria com 59 anos ou mais, depois de uma vitória contra o Clube de Campos do Goytacazes. O Sogipa, time do Rio Grande do Sul, venceu a competição derrotando o Light RJ.

Fluminense de vôlei Master.

CDL DE CANAVIEIRAS FAZ APELO CONTRA FECHAMENTO DA AGÊNCIA DA CAIXA

Os comerciantes de Canavieiras estão preocupados com o anúncio do fechamento da agência da Caixa Econômica Federal da cidade.

Hoje (22), o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Canavieiras, Ériston Nascimento, enviou correspondência ao superintendente regional do banco, Marcos Vinícius Nascimento.

No texto, solicita a permanência da agência na cidade e cita os prejuízos que o fechamento pode trazer para toda a população.

O dirigente ressaltou que, ao encerrar as atividades, a Caixa Econômica Federal criará inúmeros transtornos, não só aos correntistas, mas, sobretudo, aos beneficiários dos programas sociais do Governo Federal. “A partir do fechamento, toda a clientela terá que se deslocar a Ilhéus, num percurso de 240 quilômetros, ida e volta, onerando, notadamente, as pessoas de baixo poder aquisitivo, bem como aos empresários que acreditaram na CEF”.

Para o presidente da CDL, os prejuízos para o setor produtivo, de maneira geral, e o comércio, em particular, serão incalculáveis com a ida dos clientes para Ilhéus. Segundo ele, ao receber os recursos, os consumidores tenderão a realizar suas compras na mesma cidade, provocando uma mudança no comportamento do consumo local, já que Canavieiras tem apenas uma agência lotérica em funcionamento.

Ériston Nascimento argumenta que a medida anunciada pelo banco público está na contramão da história de Canavieiras. “O município se encontra em franco desenvolvimento econômico, com um grande volume de investimentos nos segmentos da agropecuária, na pesca marinha, carcinicultura e no turismo, o que o torna um centro comercial pujante”.

Além de enfatizar o papel social do banco público, o presidente da CDL acredita que a Caixa deveria atuar como uma agência de fomento. Entretanto, age “de forma a desestimular o desenvolvimento das atividades produtivas”.

Página 1 de 3721...Última »