WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



transporte ilegal
agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Brasil’

MINISTÉRIO DISCUTE PLANO DE REESTRUTURAÇÃO DA CACAUICULTURA

Plano de reestruturação da cacauicultura do Brasil. Imagem: SUFRAMA

Plano de reestruturação da cacauicultura do Brasil. Imagem: SUFRAMA

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) deve fechar, até o final deste ano, convênio com a Word Cocoa Foundation (WCF), a fim de desenvolver ações que garantam a sustentabilidade da cacauicultura brasileira. As negociações começaram durante reunião, no dia 16, entre os representes do Mapa, da WCF e da cadeia produtiva, na Secretaria executiva do ministério.

De acordo com Jair Oliveira, coordenador-geral de Desenvolvimento Institucional do Mapa, o projeto foi idealizado com base no programa já implantado na África.  No continente africano, a Cocoa Action, órgão da WCF, liga empresas mundiais de chocolate com governos e setores interessados na sustentabilidade do cacau.

A World Cocoa Foundation tem suas ações voltadas para as parcerias público-privadas, ao aprendizado conjunto e compartilhamento de conhecimento que busca a sustentabilidade da cadeia produtiva do cacau. Para o consultor da Comissão Executiva do Plano de Lavoura Cacaueira (Ceplac), Pedro Ronca, “o interesse da WCF em firmar parcerias com o Brasil deve-se ao potencial da cultura, além da importância que o atual governo dispensa ao cacau por meio da Ceplac”, afirma.

O consultor comenta ainda sobre o reconhecimento internacional da Ceplac pelos serviços prestados à cacauicultura e da sua relevância para a pesquisa, compreendendo que a instituição tem o maior bando de germoplasma do mundo. Segundo ele, o plano de reestruturação da Ceplac deverá trazer grandes benefícios ao setor.

Para o diretor da Ceplac, Juvenal Maynart, a parceria é essencial para a organização do sistema de produção com sustentabilidade socioeconômica e ambiental. Adiantou também que a Ceplac vai promover pesquisa para definir as necessidades da cadeia produtiva e que a assistência técnica terá o envolvimento de todos os agentes da cacauicultura.

REDE É O PARTIDO QUE MAIS COMBATE A CORRUPÇÃO, DIZ ESTUDO DA FGV

2017-08-18-18-49-30

Rede contra corrupção. IMAGEM: Rede Sustentabilidade

A REDE é o partido que mais tem se destacado na proposição de ações anticorrupção, com uma média de 3,5 projetos por parlamentar. Os dados são do livro “Diagnóstico Institucional: primeiros passos para um plano nacional anticorrupção”, feito a partir de um estudo desenvolvido pelo departamento de Direto da Fundação Getúlio Vargas no Rio (FGV-RJ), e patrocinado pelo Prosperity Fund, do Reino Unido.

Segundo o estudo, a REDE é seguida pelo PSOL, com 1,83 proposições por deputado, PPS, com 1,63 proposições por deputado e PV, com 1,33.. Os demais partidos possuem menos de uma proposição em tramitação por deputado. PTN, PTdoB, PSL, PRP, PMB e PEN não possuem proposições em tramitação sobre o tema na Câmara dos Deputados.

Nesta semana, a REDE divulgou seus primeiros vídeos da propaganda partidária, denunciando a união dos principais partidos por um fundo bilionário e desproporcional de financiamento de campanha. “Chegou a hora da sociedade fazer a Operação Lava-Voto”, diz Marina Silva, porta-voz nacional da REDE.

GOVERNO TEMER VAI CORTAR 60 MIL BENEFÍCIOS DE IDOSOS E DEFICIENTES

Imagem ilustrativa.

Imagem ilustrativa.

Da Folha de S. Paulo

Em busca de receitas e maior eficiência nos programas sociais, o governo deu início a um primeiro pente fino no BPC (Benefício de Prestação Continuada), direcionado a idosos e deficientes de baixíssima renda, e encontrou 60 mil benefícios irregulares.

Os cancelamentos gerarão uma economia inicial estimada em R$ 670 milhões.

O Ministério do Desenvolvimento Social encontrou 17 mil pagamentos a pessoas que já morreram. Esses casos totalizam R$ 190 milhões por ano e já foram cancelados.

Em outro cruzamento de dados, foram identificadas 43 mil pessoas que recebem o recurso mesmo possuindo renda maior que o valor fixado para entrar no programa.

Uma redução ainda maior de custos é esperada em 2018, quando peritos verificarão in loco as condições físicas e de moradia dos beneficiários.

:: LEIA MAIS »

GOVERNO CORTA UM MILHÃO DE BENEFÍCIOS DO BOLSA FAMÍLIA, DIZ SOLLA

Jorge Solla.

Jorge Solla.

Hoje (10), na Câmara dos Deputados, o deputado federal Jorge Solla, do PT da Bahia, fez um pronunciamento sobre o programa Bolsa Família. O parlamentar disse que levantou dados do Ministério de Desenvolvimento Social e descobriu um corte de 8,2 por cento do número de benefícios.

Conforme o seu levantamento, entre a chegada de Michel Temer (PMDB) à Presidência da República em abril de 2016 e julho de 2017, o governo federal cortou 1.151.505 famílias do programa.

“A estimativa”, especulou o petista, “é que 3,4 milhões de brasileiros ficaram sem assistência”. Segundo ele, esse corte ocorreu numa conjuntura socioeconômica que tende a aumentar o número de beneficiados, já que o desemprego cresceu no mesmo período.

“Temos de lá para cá, segundo dados do Caged, mais um milhão de desempregados. O Brasil vive uma grave crise social em decorrência do arrocho desse governo, e o único amparo que há para que não passem fome, que é o Bolsa Família, está sendo cortado. Qual a consequência? O aumento da fome e da miséria”, alertou Jorge Solla.

Ainda segundo os seus cálculos,  o governo economizou R$ 773 milhões com o corte que atingiu famílias humildes. Por outro lado, “esse mesmo governo gastou R$ 10 bilhões para comprar votos dos ruralistas dando dinheiro público nas mãos desses parlamentares via isenção fiscal. É um escândalo!”, emendou.

TRIBUNAIS DE CONTAS VÃO AJUDAR TSE A FISCALIZAR PARTIDOS

Assinatura de convênio em Brasília.

Assinatura de convênio em Brasília.

Como forma de fortalecer o controle da movimentação financeira dos partidos políticos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) assinaram um convênio, por meio do qual os tribunais de contas dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios vão dar apoio técnico no exame das prestações de contas das agremiações partidárias.

O convênio foi assinado na última terça-feira (8), em Brasília, em ato que contou com a presença dos presidentes do TSE, ministro Gilmar Mendes; da Atricon, Valdecir Pascoal, do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Raimundo Carneiro, e de 23 presidentes de Tribunais de Contas.

O presidente do TCE/BA, conselheiro Inaldo da Paixão Santos Araújo, ao assinar o termo de adesão, ressaltou que a medida vai fortalecer e dar mais eficácia ao controle do uso do dinheiro público. “O Tribunal de Contas do Estado da Bahia já prepara os seus servidores para auxiliar o Tribunal Regional Eleitoral na sua missão. Com a celebração desse convênio, estaremos ainda mais respaldados para exercer, no âmbito nacional, o controle das contas dos partidos”, acrescentou.

:: LEIA MAIS »

TUCANATO NAMORA REGIME PARA VOLTAR AO PODER SEM VOTO

Elio GaspariPor Elio Gaspari/publicado hoje na Folha de S. Paulo

Estranho partido o PSDB, não consegue decidir se fica na base de apoio do governo (seja lá o que for o que isso quer dizer), mas um pedaço do seu cardinalato começou a fazer campanha pelo parlamentarismo ou pela sua versão diet, chamando-o de semipresidencialismo.

À frente da charanga está o senador José Serra, duas vezes derrotado em disputas presidenciais. Michel Temer teria aderido à ideia, mas, como o presidente já aderiu a muitas ideias, resta saber se irá na bola.

O parlamentarismo já foi submetido ao julgamento popular em dois plebiscitos e nunca chegou à marca de 25% dos votos. Nunca será demais repetir que em 1888 a escravidão foi abolida por meio de uma lei ordinária. O plebiscito de 1963 rejeitou um parlamentarismo mambembe, porém vigente. O de 1993 confirmou a opção presidencialista de 1963.

:: LEIA MAIS »

UNIVERSIDADE PÚBLICA E AS COTAS

cerqueira leitePor Rogério Cezar de Cerqueira Leite/publicado hoje na Folha de S. Paulo

Aproveitando-se da corajosa, porém controversa, iniciativa da USP de estabelecer cotas de ingresso a estudantes socialmente carentes, as mesmas carpideiras de sempre do defunto “ensino pago” retomam sua irracional e obsoleta cantilena demagógica pelo pagamento de mensalidades à universidade pública.

Aqueles que vociferam contra a gratuidade da universidade são exatamente os mesmos que praguejam contra as cotas, o que torna óbvia a natureza de sua intolerância de elitistas sociais.

Para os cotistas, a universidade será uma ferramenta de ascensão social, e é isso o que incomoda a muita gente.

Pois bem, vejamos para que serve uma universidade. Escolas públicas de medicina são criadas por governos porque as suas comunidades precisam de médicos e não porque os futuros médicos precisem de empregos. Para estes últimos são criadas as faculdades privadas.

:: LEIA MAIS »

“GOLPE DO AMOR” FAZ VÍTIMAS NAS REDES SOCIAIS

Estelionatários convencem vítimas a depositar dinheiro para liberar produtos retidos em alfândegas.

Golpistas convencem vítimas a dar dinheiro para reaver produtos que estariam retidos em alfândegas.

Estelionatários já fizeram centenas de vítimas com o “golpe do amor” na internet. O esquema funciona assim: os golpistas usam perfis falsos de homens para seduzir mulheres nas redes sociais. Quando conquistam a confiança delas, pedem dinheiro para liberar supostos presentes de viagens retidos em alfândegas.

Conforme reportagem do Bom Dia Brasil, telejornal da Rede Globo, os estelionatários chegam a enviar fotos dos produtos que dizem ter comprado como presentes para as mulheres. A quadrilha age com mais frequência nas capitais do país. Também há casos de vítimas fora do Brasil.

Para tornar a história mais verossímil, os golpistas usam documentos falsificados de cobrança do fisco. Assim, as vítimas fazem depósitos em contas que pensam ser da Receita Federal. Contudo, em comunicado de alerta, o órgão informou que não faz cobranças por correspondência para liberar bens retidos.

Quem recebeu cobranças desse tipo deve procurar a Receita Federal para verificar a autenticidade dos documentos.

O SILÊNCIO

vladimir-safatleVladimir Safatle/publicado hoje na Folha de S. Paulo

Há algo de instrutivo no ritual que o Congresso Nacional ofereceu ao país na última quarta-feira, quando um ocupante do cargo da Presidência, gravado em situação flagrante de prevaricação e corrupção passiva, formalmente denunciado pela Procuradoria Geral da União, foi poupado.

É difícil imaginar algum país no mundo que chegaria a um espetáculo tamanho de degradação comandado por uma casta de políticos dignos de filmes de gângsteres série B. Ao menos, depois dessa confissão de desprezo oligárquico pela opinião pública, quem sabe agora parem de falar que estamos em uma “democracia”.

Enquanto o país assiste a universidades públicas suspenderem as aulas por se encontrarem em situação falimentar, serviços públicos entrarem em deterioração, agências de pesquisa decretarem estado de calamidade e 3,6 milhões de pessoas saírem da classe média baixa em direção à pobreza, o ocupante do trono da Presidência, único presidente da história brasileira a ser denunciado pela Justiça no cargo, gastava milhões de reais em suborno explícito de deputados, uso de cargos públicos para aliciamento de votos e liberação de emendas escusas a fim de garantir sua sobrevida.

Ou seja, bem-vindos a uma cleptocracia que agora não faz nem sequer questão de conservar as aparências. Há algo de terminal quando até mesmo as aparências já não são mais conservadas. Tudo isso com o beneplácito daqueles que dizem que o país precisa, afinal, de “estabilidade”.

:: LEIA MAIS »

MAIA QUER VOTAR REFORMA DA PREVIDÊNCIA EM SETEMBRO

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), esbanja harmonia com a agenda econômica do Planalto. Se depender dele, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que muda as regras da Previdência Social vai ser votada no próximo mês.

O democrata revelou a previsão otimista logo após a votação em que o seu partido, o DEM, teve papel de destaque na defesa do presidente Michel Temer (PMDB) contra a denúncia da Procuradoria-Geral da República.

A empolgação de Maia é justificável. Alguns partidos que se dividiram na votação da denúncia já fecharam questão em defesa da reforma. É o caso do PSDB. Com tucanos, peemedebistas e democratas unidos em torno da PEC da Previdência, o governo ganha mais força para atrair o “Centrão”, que reúne partidos menores. Esse cenário pode diminuir o número de dissidentes da base governista.

CHAPECOENSE EXPLORA TRAGÉDIA, E VÍTIMAS ENTRAM EM DESESPERO

juca-kfouriPor Juca Kfouri/publicado hoje (3) na Folha de S.Paulo

Desagradável ter de informar, mas obrigatório: enquanto a solidariedade mundial continua a se manifestar em torno da tragédia que matou 71 pessoas no voo da Chapecoense para Medellín, as vítimas que perderam seus filhos, maridos, pais e irmãos não encontram o mesmo respaldo nem do clube, nem da CBF, nem da Conmebol.

A maior revista esportiva do mundo, a americana “Sports Illustrated”, acaba de publicar tocante reportagem sobre o pesadelo vivido na madrugada de 29 de novembro passado, o Barcelona receberá a equipe catarinense na próxima segunda-feira (7), o Papa vai abençoar o time que jogará com a Roma no dia 1º de setembro, mas quem ficou, as maiores vítimas, estão a cada dia mais desamparadas.

A ponto de terem criado uma Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo da Chapecoense (AFAV-C) e constituído advogados cíveis e trabalhistas para lutar pelos seus direitos mal atendidos até aqui.

Não se trata de vitimismo, diferentemente do marketing feito pelos cartolas do clube.

:: LEIA MAIS »

PARA ALÉM DA VOTAÇÃO

O presidente Michel Temer. Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress.

O presidente Michel Temer. Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress.

Por Bernardo Mello Franco/publicado hoje na Folha de S. Paulo

Ao que tudo indica, Michel Temer se salvará da primeira denúncia da Procuradoria-Geral da República. Há pouquíssima chance de reviravolta na sessão marcada para esta quarta. A oposição admite que não reuniu os 342 votos necessários para afastar o presidente. Na melhor hipótese, conseguirá adiar a decisão até a próxima semana.

A principal dúvida em Brasília é sobre o dia seguinte à votação. O placar dará a medida do estrago causado pelo escândalo da JBS. A depender dos números, será possível projetar a força de Temer para tocar o governo e enfrentar novas turbulências.

O presidente sonhava em chegar perto dos 300 votos a favor do arquivamento da denúncia. Neste caso, ele poderia dizer que continua com ampla maioria na Câmara. Bastaria recuperar mais alguns votos para aprovar mudanças na Constituição.

:: LEIA MAIS »

DEPUTADO EXIBE TATUAGEM COM O NOME DE TEMER

Wladimir  revela "homenagem" durante ato no Pará. Imagem: Diário do Pará.

Wladimir revela “homenagem” durante ato no Pará. Imagem: Diário do Pará.

O deputado federal Wladimir Costa (SD-PR) carrega na própria pele a marca da sua fidelidade política ao presidente Michel Temer (PMDB). Trata-se de uma tatuagem no seu ombro direito, que tem o nome “Temer” sob uma bandeira do Brasil. 

Em conversa com a coluna Expresso (site da Época), o parlamentar disse que fez o desenho como uma “homenagem” ao “único estadista que apareceu nesse país”. 

Ele também antecipou o voto contra a admissibilidade da denúncia de corrupção passiva respondida pelo presidente. Segundo Wladimir Costa, “só Deus derruba Temer. E ele é honesto. Então Deus não vai querer derrubá-lo.”

O deputado revelou a tatuagem ao mundo no último sábado (29), quando apareceu sem camisa numa solenidade no Pará.

MARINA SE PREPARA

Marina Silva.

Marina Silva.

Por Merval Pereira|publicado no jornal O Globo

Sempre que surgem pesquisas eleitorais o nome da ex-senadora Marina Silva, líder do partido Rede, aparece entre os mais cotados, embora ela não tenha ainda afirmado que vai se candidatar novamente à presidência da República. 

Mesmo tendo sido senadora, ministra do governo Lula por sete anos, fundadora do PT, e candidata à presidência da República duas vezes, Marina não é vista como uma política tradicional pelo eleitorado. Possivelmente por sua maneira independente de fazer política. 

Provavelmente vai se candidatar mais uma vez, mas tenta mudar algumas regras eleitorais para ter competitividade. Pelas atuais, seu partido terá 20 segundos de rádio e televisão, se não fizer alianças, e uma parte ínfima do fundo partidário.

Ela diz que as regras foram feitas para impedir que a Rede se desenvolva, o que pode distorcer as eleições de 2018. Os partidos majoritários que fizeram essas regras são os mesmos que estão sendo investigados pela Operação Lava Jato por terem fraudado as eleições anteriores com financiamentos de Caixa 2 ou propinas de grandes empresas. 

:: LEIA MAIS »

SINDSEFAZ PROMOVE SEMINÁRIO EM SALVADOR

Seminário discute caminhos para o país sair da crise fiscal.

Seminário discute caminhos para o país sair da crise fiscal.

O Gran Hotel Stella, em Salvador, sedia o seminário “Fiscalização – Paradigmas em um Cenário de Mudanças”. Promovido pelo Sindicato dos Fazendários da Bahia (Sindsefaz), o evento começou ontem (27) e continua nessa sexta. O secretário da Fazenda do Ceará, Mauro Benevides Filho, o jornalista Luis Nassif e o presidente da Federação Nacional do Fisco (Fenafisco), Charles Alcântara, foram os palestrantes do primeiro dia.

Mauro Benevides traçou um cenário preocupante das finanças públicas no Brasil. Segundo ele, provavelmente, somente em 2022 o país vai equilibrar as suas contas. Há 11 anos no cargo de secretário de Fazenda cearense, ele comemorou os resultados obtidos em seu estado com o que chamou de “uma gestão fiscal responsável”.

Segundo Benevides, o Ceará ocupa o primeiro lugar entre todos os estados do Brasil em termos de equilíbrio fiscal. “Este compromisso responsável com as finanças nos permitiu dar saltos de qualidade em várias áreas, entre as quais a educação. Hoje, das 100 melhores escolas públicas do país, 77 estão no Ceará, incluindo as 20 primeiras do ranking nacional”, declarou.

:: LEIA MAIS »

CÁRMEN LÚCIA SUSPENDE REINTEGRAÇÃO DE POSSE DE FAZENDAS OCUPADAS POR PATAXÓS

Índios pataxós em ritual na Aldeia Cahy. Imagem de arquivo do CIMI.

Índios pataxós em ritual na Aldeia Cahy. Imagem de arquivo do CIMI.

Da Agência Brasil

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, decidiu ontem (27) suspender a ordem de reintegração de posse de fazendas ocupadas por indígenas da etnia pataxó, em Prado, no sul da Bahia.

A ministra atendeu a um pedido liminar da Procuradoria-Geral da República (PGR) para evitar a deflagração de conflitos em duas fazendas da região, ocupadas por índios que reivindicam a posse da área e o término do processo de demarcação da Terra Indígena Comexatibá (Cahy Pequi).

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia