WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



vog torres do sul


transporte ilegal
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

:: ‘Notícias’

ERRO DO IBGE PODE DESESTIMULAR INVESTIDORES, AFIRMA NAZAL

Vice-prefeito José Nazal. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Vice-prefeito José Nazal. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

O vice-prefeito José Nazal (REDE) divulgou hoje (31) uma nota pública sobre as projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a respeito da população de Ilhéus.

Antes de disso, numa conversa por telefone, ele explicou o seu questionamento ao Blog do Gusmão – lembre aqui.

Na nota, Nazal deu mais detalhes do seu argumento, como a expansão da “mancha urbana” do município.

Segundo ele, a contagem superestimada do Censo de 2000, quando Ilhéus figurou com 222.127 habitantes, ainda induz os indicadores do IBGE a erro. Como o Censo de 2010 contou 37.891 moradores a menos do que o seu antecessor, as projeções atuais tendem a estimar a continuidade da queda populacional. E será assim até que uma nova contagem acurada seja feita, em 2020.

Se por um lado os novos números “não representam nenhum tipo de prejuízo financeiro direto”, por outro, escreveu Nazal, “podem gerar consequências danosas nas avaliações sobre o nosso município, conquanto a prováveis investimentos pelos quais nos empenhamos diuturnamente, mas cujo decréscimo populacional pode vir a representar um dado desestimulante”. Leia a íntegra.

Nota Pública

Os números projetados e divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), instituição nacional responsável pela guarda, controle e contagem da população brasileira, mais uma vez mostraram o crescimento populacional negativo no município de Ilhéus.

Chama a atenção da opinião pública, especialmente dos ilheenses, a significativa diminuição populacional ocorrida no município entre as contagens do Censo de 2000 e o de 2010.

Há sete anos, representando Ilhéus na Comissão de Geografia e Estatística, fui informado pelo coordenador que a projeção que estava sendo feita, com base nos dados levantados até aquele momento, daria ao município algo em torno de 185 mil habitantes, o que se comprovou com o registro oficial de 184.236 habitantes.

A perplexidade ocorreu ao compararmos aqueles números com os do Censo de 2000, que identificou uma população de 222.127, ou seja, 37.891 habitantes a menos, num período de 10 anos.

:: LEIA MAIS »

TJ-BA PROÍBE JAMIL DE IR À CÂMARA E À PREFEITURA

Jamil Ocké. Imagem de abril de 2016/Chico Andrade.

Jamil Ocké durante sessão legislativa em abril de 2016. Imagem: Chico Andrade.

Antes de deixar a prisão nessa quarta-feira (30), o ex-vereador Jamil Ocké, do Partido Progressista (PP), assinou um termo de compromisso. Expedido pela Segunda Turma da Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), o documento atesta a ciência do pepista sobre as condições a que a sua saída do presídio Ariston Cardoso foi submetida.

O tribunal impôs várias restrições a Jamil, como a proibição do seu acesso à prefeitura e à Câmara de Vereadores de Ilhéus. Além disso, para sair do município, deverá pedir autorização à Justiça.

O ex-vereador também é obrigado a ficar em casa à noite, no intervalo entre as 22 e 6 horas. O mesmo vale para os dias de folga, o que inclui os sábados (a partir das 14 horas), domingos e feriados.

Acompanhado por toda a Segunda Turma, o voto do desembargador Abelardo Paulo da Matta Neto, relator do processo na corte, considerou que a manutenção do encarceramento tornou-se uma medida “desproporcional”, especialmente após a extinção do mandato de Jamil Ocké. Ou seja, a prisão deve ser um recurso extraordinário, não uma regra do processo penal. Esse entendimento respeita o princípio da presunção de inocência.

O magistrado também enfatizou o fato de Jamil não ter antecedentes criminais. Contudo, alertou que “a quebra de qualquer das condições alhures detalhadas [citadas acima] autorizará a revogação da medida supracitada [do habeas corpus] e a consequente decretação da prisão preventiva”.

Por fim, é importante lembrar que Jamil é apenas réu. Não foi alvo de condenação. A Justiça poderá inocentá-lo ao final do processo.

PREFEITURA FAZ PARCERIA PARA REVITALIZAR RIOS DE ITABUNA

Projeto para revitalização de rios. Imagem: Pedro Augusto.

Rio Cachoeira. Imagem: Pedro Augusto/SECOM-ITABUNA.

O prefeito Fernando Gomes fechou parceria institucional de apoio ao Programa de Humanização do Rio Cachoeira. O projeto é coordenado por Maria Luzia Mello e foi apresentado pelo Centro das Águas – Espaço Cidadão, iniciativa que reúne instituições do sul da Bahia. O seu primeiro objetivo é revitalizar o rio Água Branca, também em Itabuna.

O prefeito pensa numa ação em conjunto para trabalhar na revitalização do próprio rio Cachoeira. Segundo ele, técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e da Emasa discutem um projeto para eliminar o despejo de esgoto no Cachoeira.

A parceria entre a Prefeitura de Itabuna e o Centro das Águas envolve as seguintes instituições: Amurc, Rotary, Lions, Maçonaria, TV Santa Cruz, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e entidades da sociedade civil organizada.

JAMIL OCKÉ QUER REASSUMIR O MANDATO DE VEREADOR

Saída de Jamil do presidio. Imagem: O tabuleiro.

Saída de Jamil do presídio. Imagem: O Tabuleiro.

A informação é de uma fonte do radialista Vila Nova, apresentador do programa O Tabuleiro na Conquista FM. A pessoa com quem Vila Nova conversou preferiu ter a sua identidade mantida em sigilo. O ex-vereador Jamil Ocké (PP), um dos oito réus na Operação Citrus, está disposto a reassumir o seu cargo na Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Segundo advogados ouvidos pelo Agravo, a cassação do mandato de Jamil Ocké pode ter influenciado na decisão do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) para a concessão do alvará de soltura do ex-vereador. Isto porque, afastado do poder legislativo, ele perderia significativamente o seu poder de influência política no município.

Cabe lembrar que Jamil não foi alvo de condenação. Ao final do processo, a Justiça poderá absolvê-lo.

CONCURSO DA EMBASA DIVULGA RESULTADO DAS PROVAS DISCURSIVAS

Concurso abre 600 vagas.

Consulte o resultado no link abaixo. Imagem: Correio.

A Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) divulgou nessa terça-feira (29) o resultado preliminar das provas discursivas do seu concurso público. A data da divulgação do resultado final não está definida.

O certame vai preencher 600 vagas para onze funções dos níveis médio, técnico e superior. As oportunidades são para 64 municípios de várias regiões da Bahia.

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), organizador do concurso, disponibiliza o resultado neste link. Para a verificação individual da própria nota, o candidato deve informar o CPF e o número de inscrição do certame.

DECRETO FACILITA ABERTURA DE EMPRESAS EM ILHÉUS

Prefeito Mário Alexandre. Imagem: Divulgação.

Prefeito Mário Alexandre. Imagem: Clodoaldo Ribeiro/ASCOM-Ilhéus.

Publicado na última segunda-feira (28), o Decreto 109/2017 facilita a concessão de alvará de funcionamento definitivo e provisório para as microempresas e para as empresas de pequeno porte de Ilhéus. O prefeito Mário Alexandre (PSD) e o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal (Rede Sustentabilidade), respaldaram a iniciativa.

Segundo a Prefeitura de Ilhéus, a medida já em vigor atende reivindicações dos setores produtivos, com o objetivo de flexibilizar e desburocratizar a abertura de novos empreendimentos. O alvará de funcionamento provisório passou a ter o prazo de até 180 dias. Nesse período, a empresa deverá entregar os documentos necessários para obter a autorização definitiva.

Além disso, o decreto estabelece que os órgãos municipais responsáveis pelo processo de abertura de empresas têm três dias úteis para proferir o despacho a respeito da viabilidade.

Acesse o decreto aqui.

UESC ABRE SEIS VAGAS PARA MONITORES DO TOPA

UESC. Imagem: Rede Sul Bahia.

UESC. Imagem: Rede Sul Bahia.

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de monitores do programa Todos pela Alfabetização (TOPA). As seis vagas são para graduandos da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

A monitoria administrativa exige um ano de experiência na área. Já os monitores de turma devem estar, no mínimo, no 3º semestre de um curso de licenciatura. As duas funções vão ser remuneradas.

As inscrições devem ser feitas até as 21 horas dessa sexta-feira (1º), no Protocolo Geral da UESC. No ato, o candidato deve apresentar os seguintes documentos: cópias do RG e do CPF, histórico escolar, comprovante de matrícula e currículo com experiências comprovadas.

Os aprovados na análise dos currículos vão ser entrevistados na próxima quarta-feira (6), no Pavilhão Adonias Filho.

Acesse mais informações no edital.

PREFEITURA DE ILHÉUS VAI VISTORIAR ÔNIBUS DO TRANSPORTE COLETIVO

Prefeitura determinou a apresentação das listas de veículos das concessionárias.

Prefeitura determinou a apresentação das listas de veículos das concessionárias.

A prefeitura convocou as empresas responsáveis pelo transporte público de Ilhéus, Viametro e São Miguel, para que apresentem uma lista com seus veículos para vistoria. As concessionárias devem atender a convocação até essa sexta-feira, 1º de setembro.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito da Prefeitura de Ilhéus, Hermano Fahning, o objetivo da iniciativa é garantir a segurança e o conforto das pessoas que dependem do transporte coletivo.

AZUL ANUNCIA NOVO VOO ENTRE RIO DE JANEIRO E ILHÉUS

O futuro do aeroporto de Ilhéus. Imagem: José Nazal.

Aeroporto Jorge Amado. Imagem: José Nazal.

A Azul, empresa aérea nacional, anunciou que a partir do dia 11 de dezembro vai oferecer mais um voo entre o Rio de Janeiro e Ilhéus.

Inicialmente, a nova linha vai funcionar apenas na alta estação. A expectativa é de que outras companhias aéreas também anunciem novas rotas para o período.

JUIZ SUSPENDE DECRETO PRESIDENCIAL QUE EXTINGUE RESERVA NA REGIÃO AMAZÔNICA

Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, área de proteção ambiental integral.
Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, área de proteção ambiental integral.

Da Folha de S. Paulo.

O juiz federal Rolando Spanholo, da 21ª Vara do Distrito Federal, suspendeu o decreto presidencial que extingue a Renca (Reserva Nacional do Cobre e Associados), na Amazônia.

Para o magistrado, a decisão não poderia ter sido tomada sem apreciação do Congresso, que deveria editar uma lei para alterar a área. A AGU (Advocacia-Geral da União) informou à Folha que vai recorrer da decisão.

Assim, Spanholo suspendeu eventuais atos administrativos com a finalidade de permitir a imediata exploração dos recursos minerais existentes na Reserva Nacional do Cobre e Associados. Localizada na divisa entre o Sul e Sudoeste do Amapá com o Noroeste do Pará, a Renca foi extinta pelo presidente Michel Temer (PMDB) na semana passada.

Na segunda (28), Temer voltou atrás e decidiu publicar novo texto mais detalhado sobre o tema. O novo decreto –que anula o anterior mas volta a extinguir a Renca –proíbe, “exceto se previsto no plano de manejo”, a exploração mineral nas áreas da extinta reserva onde houver “sobreposição parcial com unidades de conservação da natureza ou com terras indígenas demarcadas”.

:: LEIA MAIS »

DONO DA FARMÁCIA ALCÂNTARA FALECE NO DIA DO PRÓPRIO ANIVERSÁRIO

Manú.

Manú.

Manoel de Moura Alcântara faleceu hoje (30), dia em que completou 71 anos de idade. Mais conhecido como “Manú”, era o proprietário da Farmácia Alcântara, localizada na rua Araújo Pinho, no Centro de Ilhéus.

Em conversa via WhatsApp com o Blog do Gusmão, a sobrinha do comerciante, Érica Lemos, explicou que o tio sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) há três meses e estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital São José.

Manoel era irmão de Antônio Alcântara, o “China”, fundador do antigo restaurante Chinaê, que faleceu há dois anos, também em agosto – lembre aqui.

Manú deixou um casal de filhos. A família vela o seu corpo na sala três do SAF, no alto da Conquista. O sepultamento está previsto para as 16 horas desta quarta-feira, no Cemitério da Vitória.

DETRAN VAI ATENDER PESSOAS COM DIFICULDADE DE LOCOMOÇÃO EM ILHÉUS

 Atendimento médico para pessoas com dificuldade de locomoção. Imagem: Jornal Sport News

Atendimento médico para pessoas com dificuldade de locomoção. Imagem: Jornal Sport News.

Nesse sábado (2) e no domingo (3), a Junta Médica Especial do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) vai atender pessoas com dificuldade de locomoção em Ilhéus, Itabuna, Eunápolis, Itamaraju, Porto Seguro, Teixeira de Freitas e Medeiros Neto.

Para o atendimento, é necessário apresentar a carteira de identidade e relatórios médicos atualizados, com informações detalhadas da patologia. Os portadores de alteração completa ou parcial de um ou mais membros do corpo vão ter prioridade. A expectativa é de que 700 pessoas sejam atendidas.

A coordenadora de saúde do Detran, Ísis Medeiros, comentou sobre a necessidade da análise médica entre os deficientes habilitados e os não habilitados. “Embora o parecer do médico que indica a patologia seja importante, o parecer final é da junta, que, além de beneficiar o motorista que dirige um carro adaptado, favorece também os deficientes que não dirigem, dando isenção de impostos aos responsáveis por eles”.

Com informações do Pimenta.

PRESSIONADO, GOVERNO ANUNCIA NOVO DECRETO SOBRE EXPLORAÇÃO MINERAL NA AMAZÔNIA

Segundo a ONG, o novo decreto para a Renca é tímido e mantém os riscos socioambientais à região.
Segundo a ONG, o novo decreto para a Renca é tímido e mantém os riscos socioambientais à região.

Pressionado pela repercussão negativa causada pelo decreto que extinguiu na semana passada a Reserva Natural do Cobre e Associados (Renca), o governo anunciou nesta terça-feira (28) um novo decreto que define mais claramente as regras para a mineração na antiga reserva, um território de 47 mil quilômetros quadrados entre o Pará e o Amapá e que terá trechos de sua área – cerca de 30% do total – abertos à atividade minerária.

A área estava vedada para a extração de minérios desde a década de 1980, por iniciativa dos militares, e tem potencial para exploração de ouro, ferro, manganês e tântalo. O novo texto mantém a extinção da Renca. A diferença é que tenta deixar explícitos cuidados que devem ser tomados nas eventuais atividades mineradoras que o governo espera atrair para aquela área na tentativa de engordar o PIB nacional. A menção aos cuidados ambientais era tênue no decreto anterior.

Ao anunciar a medida, o ministro das Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, disse que a intenção é deixar as regras para exploração mineral na região mais claras e preservar as reservas ambientais e indígenas. De acordo com o ministro, “o novo decreto destaca a importância de se manterem intactas as terras indígenas e unidades de conservação”, e propõe mecanismos para auxiliar o controle da exploração mineral na região da extinta Renca.

Nenhum paraíso

Para o WWF-Brasil, o governo acerta ao trazer para o novo texto a importância dos cuidados ambientais e sociais para a extração mineral na Amazônia. No entanto, o novo decreto apenas frisa o que a legislação ambiental já previa.

De novidade, há apenas a criação do Comitê de Acompanhamento das Áreas Ambientais da Extinta Renca, no âmbito da Casa Civil da Presidência da República. “A efetividade do Comitê proposto no novo decreto depederá de uma política pública consistente para o setor da mineração, que inclua salvaguardas socioambientais e um pacto junto aos estados. E isso está longe de ser considerado no atual governo, incapaz de fazer neste momento uma mobilização que agregue os setores econômico e ambiental em torno de um projeto sustentável para a Amazônia”, disse Maurício Voivodic, diretor executivo do WWF-Brasil. Segundo a ONG, o novo decreto para a Renca é tímido e mantém os riscos socioambientais à região.

“Mais parece um esforço de retórica e comunicação do governo para fugir às críticas do que medidas que irão, de fato, garantir a sustentabilidade da atividade minerária na região”, destacou Jaime Gesisky, especialista em Políticas Públicas do WWF-Brasil, responsável pela publicação de um relatório em maio deste ano que antecipava as medidas do governo Temer para a mineração, incluindo a extinção da Renca.

O documento reafirma a posição do WWF-Brasil de não ser contrário à atividades econômicas na Amazônia, desde que elas ocorram de modo a garantir a integridade das áreas protegidas e o interesse das populações tradicionais, como ribeirinhos, extrativistas e povos indígenas.

Desde que anunciou a extinção da Renca, o governo foi alvejado por críticas de toda a sociedade, incluindo artistas e ambientalistas. A modelo Gisele Bündchen avaliou o decreto como uma “vergonha”. Em resposta, o governo divulgou nota para afirmar que a reserva “não é um paraíso como querem fazer parecer”. O ministro Fernando Coelho Filho tentou minimizar, dizendo que a extinção da Renca não torna “irrestrita” a atividade mineral na região.

Questionado sobre o novo decreto, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, disse que “houve muita confusão na percepção desse decreto por parte da sociedade como um todo”. Porém, o titular da pasta ambiental não havia sido sequer chamado para discutir os termos da abertura da Renca para a mineração, assunto tratado apenas entre o Ministério das Minas e Energia e o setor da mineração.

A menção aos cuidados ambientais e aos povos e comunidades tradicionais veio apenas com o novo decreto.

Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) o novo decreto é uma tentativa de “enganar a sociedade brasileira e a comunidade internacional”. Segundo ele, novo texto não muda nada, na prática e ainda mantém a ameaça de mineração nessas áreas, em oito unidades de conservação e duas reservas indígenas, declarou.

Leia íntegra do novo decreto

:: LEIA MAIS »

CONCURSO DA PM DIVULGA RESULTADO PRELIMINAR DA PROVA OBJETIVA

Mais de 29 mil candidatos estão habilitados. Imagem: PM-BA.

Mais de 29 mil candidatos estão habilitados. Imagem: PM-BA.

O governo estadual divulgou hoje (30) o resultado preliminar da prova objetiva do concurso para ingresso no Corpo de Bombeiros e na Polícia Militar. Conforme a publicação no Diário Oficial do Estado da Bahia, 29.369 candidatos conseguiram se habilitar na primeira fase do certame.

Acesse o resultado aqui.

Do total de habilitados, 26.192 concorrem a uma das duas mil vagas ofertadas para a Polícia Militar, enquanto 3.177 disputam as 750 vagas para o Corpo de Bombeiros Militar. O resultado definitivo dessa primeira etapa está previsto para o dia 29 de setembro.

JUSTIÇA DÁ LIBERDADE A JAMIL OCKÉ

Ex-vereador Jamil Ocké. Imagem: Instituto Nossa Ilhéus.

Ex-vereador Jamil Ocké. Imagem: Instituto Nossa Ilhéus.

O site Agravo informa que a Primeira Câmara Crininal do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia aceitou hoje (29) pedido de liberdade do ex-vereador Jamil Ocké (PP), que está preso desde o dia 21 de março de 2017. Ele deve deixar o presídio Ariston Cardoso nessa quarta-feira (30).

Jamil foi preso no âmbito da Operação Citrus, que investiga supostas fraudes a processos licitatórios da Prefeitura de Ilhéus no intervalo entre 2009 e 2016. As investigações também abrangem contratos da Câmara de Vereadores.

O ex-secretário de Desenvolvimento Social Kácio Brandão e o empresário Enoch Andrade, também acusados de envolvimento no suposto esquema, continuam presos.

PROFESSOR DA UESC DEFENDE O USO DA FIBRA DE COCO NA FABRICAÇÃO DE PNEUS

Professor Celso Carlino Mario Fornarj Junior. Imagem: Divulgação.

Professor Celso Carlino Mario Fornarj Junior. Imagem: Divulgação

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) investe no desenvolvimento de tecnologias sustentáveis. O professor Celso Carlino Mario Fornarj Junior revelou a possibilidade de fabricação de inúmeros artefatos com o uso da fibra do coco-de-baia, entre eles o “pneu verde”.

Barata e maleável, a fibra da casca do coco pode substituir o negro de fumo na produção de diversos produtos que usam borracha, como os pneus.

O negro de fumo é um derivado do petróleo, portanto, vem de uma fonte não renovável. Além disso, é prejudicial à saúde humana e ao meio ambiente. Por outro lado, explica Fornarj Junior, “a fibra vegetal é biodegradável, tem produção ecologicamente correta, contribui para o sequestro de gás carbônico, gera aumento de renda para o setor agrícola e aumenta a resistência mecânica do pneu em mais de 500%”.

Segundo o pesquisador, o projeto da UESC está totalmente de acordo com as normas brasileiras de proteção e cuidados ambientais, já que oferece novas alternativas para o desenvolvimento de uma tecnologia sustentável.

A produção também pode ser um ótimo investimento para as regiões Nordeste e Norte, visto que gera novas oportunidades de emprego e ganhos para a comunidade agrícola.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia