WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Terca-Feira, 21 de Novembro de 2017
cenoe faculdade madre thais

TRANSPORTE PÚBLICO CHEGA AO CONDOMÍNIO RESIDENCIAL VILELA

Hermano Fanning.

Hermano Fanning.

Na manhã desta quarta-feira (25), o Secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fanning, confirmou ao radialista Vila Nova, que a partir de amanhã (26) o transporte coletivo vai chegar ao Residencial Vilela. A confirmação foi transmitida no programa O Tabuleiro, da Ilhéus FM.

Hermano enviou uma nota após questionamento do comunicador Vila Nova sobre a falta de transporte coletivo para o residencial. De acordo com o secretário, as empresas de ônibus solicitaram melhorias nas vias e relocação do Parque Infantil, os serviços irão ser concluídos hoje e amanhã os moradores já vão ter acesso ao transporte coletivo.

Nota na Íntegra

As empresas de ônibus solicitaram que a prefeitura fizesse o patrolamento e o encascalhamento das ruas sem pavimentação que dão acesso ao condomínio Residencial Vilela e fizesse a relocação do Parque infantil que está na rotatória onde os ônibus fazem o retorno. O objetivo é prevenir acidentes. O serviço nas ruas de acesso já estão prontos e a relocação do Parque está acontecendo hoje. Então a partir de amanhã os ônibus do transporte coletivo irão atender aos moradores do Residencial Vilela.

SEMANA DA MOBILIDADE DISCUTE REGULAMENTAÇÃO DOS MOTOTAXISTAS DE ILHÉUS

Reunião para debater Semana da Mobilidade. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

Vice-prefeito José Nazal participa dos debates da Semana de Mobilidade. Imagem: Clodoaldo Ribeiro/SECOM-Ilhéus.

Nessa quinta-feira (14), a Semana da Mobilidade Urbana vai ter como pauta a viabilidade da regulamentação do serviço de mototáxi em Ilhéus. O tema surgiu em reunião com a presença do vice-prefeito José Nazal (REDE) e dos secretários de Relações Institucionais e de Indústria e Comércio, Sérgio Souza e Paulo Sérgio dos Santos, entre outros.

A pauta dos serviços de mototáxi vai ser debatida hoje e amanhã, sexta-feira (15), como uma espécie de júri popular. O resultado vai ser transformado em um relatório e depois entregue ao Poder Executivo para servir de subsídio de uma possível regulamentação dessa atividade em Ilhéus.

INSTITUTO NOSSA ILHÉUS PROMOVE SEMANA DA MOBILIDADE

Divulgação.

Divulgação.

Entre esta quinta-feita (14) e o dia 24 de setembro, o Instituto Nossa Ilhéus (INI) vai realizar a Semana da Mobilidade, o programa é gratuito e faz parte do projeto União Europeia, coordenado pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC).

O objetivo do programa é pensar em um sistema de mobilidade inteligente, que acompanhe as mudanças socioeconômicas e geográficas do município. As atividades vão incluir debates, júri de cidadãos, concursos de fotografia e de arquitetura e urbanismo, bicicletaço e atividades nas ruas.

O evento vai integrar as ações da Semana do Trânsito realizada pela Prefeitura de Ilhéus. Para mais informações, acesse o site do Instituto Nossa Ilhéus.

SÃO PAULO EXIGE MÁQUINA DE CARTÃO DE CRÉDITO EM TODOS OS TÁXIS

taxis

Essa medida deveria ser adotada em Ilhéus, uma cidade turística.

Do G1 São Paulo.

A Prefeitura de São Paulo já tinha programado duas vezes o prazo para os taxistas comprarem a máquina que passa cartões de crédito ou débito. A partir desta terça-feira (5), os taxistas que estiverem sem o equipamento poderão ser multados em R$ 32. As informações são do SPTV.

A lei foi publicada em novembro do ano passado. O prazo para os taxistas se adequarem era de 30 dias, mas acabou sendo adiado por duas vezes.

Alguns taxistas consideram a regra boa porque evita de andar com muito dinheiro. “O pessoal na rua nunca carrega dinheiro porque em dia está perigoso”, afirma Alfredo Puchecci. Mas tem taxista que acha que a regra não deveria ser obrigatória e reclama da taxa cobrada pelas operadoras de cartões. “O débito e 2,5%, o crédito é 4,5%. A gente não tem aumento mas todo mundo quer morder a gente”, diz o taxista Walter Scafurio.

O presidente de um dos sindicatos de taxistas diz que a medida é boa e deve valer para todos, mas acha justa a reclamação sobre as taxas. “Cabe a nós dos sindicatos negociarmos com os bancos e diminuir essa taxa. Centralizar tudo isso num local para diminuir essas taxas e até dar de graça pro taxista, porque o taxista vai movimentar o mercado e girar esse capital interno”, diz Antônio Matias, presidente do Sindicato dos Motoristas nas Empresas de Táxi no Estado de São Paulo.

EM MOMENTO DE DESEMPREGO, GOVERNO MUNICIPAL TENTA CRIMINALIZAR TRABALHADORES

professor-Reinaldo-Soares-Ibec-21

Por Reinaldo Soares.

Diante da crise econômica em que vive o país resultado da instabilidade política, os indicadores sociais e econômicos tem sido os piores das últimas décadas. Segundo o IBGE, a taxa de desemprego chegou ao patamar de 8,5% no mês de fevereiro, ocasionando os sentimentos de apreensão e instabilidade na população por sentirem suas conquistas se perderem juntamente com a segurança familiar.

Se essa realidade é complexa a nível nacional, em Ilhéus se acentua, pois a crise nacional tornou-se mais visível e profunda a crise econômica no município onde, nos últimos quatro anos não se constatou atração de novas empresas que gerasse emprego e renda à população Ilheense, mesmo com tantas promessas como a Ferrovia, Porto Sul, siderúrgica, empresas de call center, reabertura do moinho, etc.

O governo das ilusões, depois de patrocinar um arrocho tributário, afetando diretamente as empresas com aumento do IPTU e Alvará de Funcionamento, agora resolve criminalizar os trabalhadores do transporte alternativo, tornando criminosos mais de cem pais de famílias que desejam de forma digna, trabalhar e manter seus familiares.

O transporte alternativo tem sido tratado pelas gestões municipais como caso de polícia, em vez de ser tratado de forma séria com políticas públicas que permita o cadastramento e regulamentação dos seus agentes. Se existe o alternativo, é porque há uma demanda em face ao não atendimento satisfatório dos “principais”.

É muito estranho que o governo tenha reduzido o ISS das empresas de Transporte Coletivo e não exija com rigor a ampliação de ônibus nas linhas, cumprimento dos horários e mudança da frota com oferta de ônibus novos.

(mais…)

ÔNIBUS VÃO CIRCULAR NO RÉVEILLON

Mudanças foram solicitadas pelos rodoviários em virtude do Natal.

Réveillon com ônibus garantido na zona urbana de Ilhéus.

O sistema de transporte coletivo de Ilhéus irá funcionar durante a madrugada desta quinta-feira, dia 1º de janeiro. Haverá linhas de todos os bairros para o Centro da cidade, para atender aos ilheenses e turistas que pretendem participar do Réveillon Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, promovido pela Prefeitura Municipal, em parceria com o Governo do Estado.  

A prefeitura informa que as linhas do interior irão circular até as 22 horas desta quarta-feira, obedecendo os horários afixados nos veículos. Na sede, as modificações também serão a partir das 22 horas, onde será utilizada a tabela de domingo. Portanto, a partir das 22 horas desta quarta, os usuários deverão seguir os horários de circulação do transporte coletivo praticados nos domingos. As alterações foram realizadas a pedido do Sindicato dos Rodoviários.

ESTUDANTES FECHAM A PONTE ILHÉUS-PONTAL

Depois do bloqueio da Rua da Linha, no centro de Ilhéus, estudantes interditaram a Ponte Lomanto Junior, ligação do centro com a zona sul. Apenas motos e viaturas do SAMU conseguem atravessar. Imagens: Gabriel Almeida para o Blog do Gusmão.

Depois do bloqueio da Rua da Linha, no centro de Ilhéus, estudantes interditaram a Ponte Lomanto Junior, única ligação com a zona sul. Apenas motos e viaturas do SAMU conseguem atravessar. O protesto é contra o reajuste da tarifa do transporte coletivo, determinado pelo Prefeito Jabes Ribeiro, a partir do próximo domingo, 08 de junho. Imagens: Gabriel Almeida para o Blog do Gusmão.

ponte fechada 1

ponte fechada 2

Atualizado às 12h40.

Segundo informações do repórter Thiago Dias, a Polícia Militar usou a força para desbloquear a ponte. Os veículos voltaram a trafegar, mas os estudantes continuam encostados na mureta.

ESTUDANTES PARALISAM TRÂNSITO NO CENTRO DE ILHÉUS

Dezenas de estudantes paralisaram o trânsito no centro de Ilhéus na manhã dessa segunda-feira, 02. O protesto é contra o aumento da tarifa do transporte coletivo, determinado pelo Prefeito Jabes Ribeiro a partir do dia 08 de junho (próximo domingo).

Dezenas de estudantes paralisaram o trânsito no centro de Ilhéus na manhã dessa segunda-feira, 02. O protesto é contra o reajuste da tarifa do transporte coletivo, determinado pelo Prefeito Jabes Ribeiro, a partir do próximo domingo, 08 de junho. Por volta das 11 horas, após negociação com a Polícia Militar, a estudantada liberou a Rua da Linha, local da manifestação. Imagem: Thiago Dias.

 

APESAR DA PARALISAÇÃO DA PM, ÔNIBUS VÃO CIRCULAR NESSA QUARTA-FEIRA

Os ônibus estarão nas ruas, garantem os empresários.

Os ônibus estarão nas ruas, garantem os empresários.

As empresas São Miguel e Viametro, responsáveis pelo transporte coletivo de Ilhéus, vão operar normalmente amanhã, quarta-feira 16.

Em contato com este blog, a assessoria de imprensa das concessionárias afirmou que a paralisação da PM não vai interromper a livre circulação dos ônibus.

Caso ocorram atos de violência, o quadro será reavaliado.

O SILÊNCIO DE JABES RIBEIRO EM RELAÇÃO À FACADA CONTRA O ESTUDANTE IGOR

o TERROR

Sangue derramado nas discussões sobre o transporte coletivo.

Até agora, o Prefeito Jabes Ribeiro não emitiu qualquer esclarecimento sobre o atentado sofrido pelo estudante Igor do Carmo, membro do Reúne Ilhéus.

No último sábado, o estudante foi esfaqueado quando saiu da Câmara de Vereadores de Ilhéus.  Fabio Barreto, comumente visto ao lado de Jabes (assim como de outros políticos) foi reconhecido pela vítima (e por várias testemunhas) como autor da facada. Na queixa prestada na 7ª Coorpin, Igor afirmou que o carro usado pelo Prefeito deu fuga a Barreto.

A acusação é muito grave e o silêncio de JR nos preocupa. Há muita animosidade entre o Reúne Ilhéus e o Prefeito. Além do mais, o governo sugere estar receoso de se desvincular de Fabio Barreto. Sequer uma nota de repúdio ao ato violento foi liberada pela secretaria de comunicação.

A história registra o “terror” como ferramenta clássica e útil ao poder. O atentado motivador deste texto levantou algumas mensagens subliminares. Mesmo que não tenha sido provado o envolvimento dos principais homens do palácio, algumas dúvidas persistem em nossa inquieta imaginação. Vamos a elas.

A facada desferida contra Igor serve de aviso para quem desafia o poder?

A facada que furou as costas de Igor pretende impor medo na juventude?

Até que ponto a companhia de Fabio Barreto, nos atos públicos, é útil ao Prefeito?

Se a companhia dele (sempre ao lado) não é conveniente, por que nunca o dispensaram?

JUSTIÇA DETERMINA NOVAS ELEIÇÕES NO SINDROD ILHÉUS

SINDRODA justiça do trabalho determinou a realização de novas eleições no Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviário de Ilhéus (Sindrod).

A partir de denúncias feitas por trabalhadores da categoria, o Ministério Público do Trabalho investigou o caso e concluiu que havia indícios de irregularidades na gestão da entidade. A juíza da 2ª Vara do Trabalho de Ilhéus, Nélia Maria Santos de Oliveira Hudson, acatou os pedidos do MPT e determinou, além da realização de novo pleito, o bloqueio das contas da entidade e a redução do mandato da diretoria de seis para quatro anos, apesar de manter os diretores no cargo até a posse da nova diretoria eleita.

Segundo o procurador do trabalho Ilan Fonseca, “a ação visa à anulação das eleições  do Sindrod ocorridas em 2012, não apenas pelas irregularidades constatadas no processo eleitoral, mas também pela conduta ilegal, ilegítima e irresponsável dos dirigentes do período 2006/2012. É necessário que os trabalhadores possam ter o direito de escolher livremente seus representantes sindicais, sem que pretensos donos do sindicato continuem agindo em nome de uma suposta e falsa liberdade e autonomia sindicais com condutas antidemocráticas, arbitrárias e irregulares no tocante às eleições sindicais, visando à manutenção vitalícia no poder”, declarou o procurador.

A Justiça determinou que seja formada uma comissão eleitoral para a realização de novo pleito, no prazo de 45 dias. A ação tem como réus o Sindicato e todos os seus diretores atuais e o descumprimento de qualquer uma das determinações da Justiça do Trabalho poderá resultar em aplicação de multa diária de R$5 mil, reversível ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

MANOBRA DA CÂMARA DE ILHÉUS CONTRA IDOSOS PODE SER DISCUTIDA NA JUSTIÇA

Cosme Araújo.

Cosme Araújo pretende recorrer à justiça.

Na última terça-feira, 15, a Câmara de Vereadores de Ilhéus aceitou o veto do prefeito Jabes Ribeiro ao projeto que concederia gratuidade, no transporte coletivo,  aos idosos a partir de 60 anos (mais detalhes aqui).

Em contato com este blog na tarde de hoje, o vereador Cosme Araújo (PDT) informou que pretende levar o caso ao judiciário.

Segundo o parlamentar, o parecer que analisou o veto deveria ser assinado pelos três membros da comissão de justiça. De maneira irregular, foi ao plenário com apenas duas rubricas (de Tarcisio Paixão e Gurita).

Cosme Araújo, que também é membro da comissão, já havia anunciado sua posição contrária ao veto. O prazo para apreciação expirou ontem (quarta, 16). A mesa da câmara, ao perceber a ausência de Cosme, adiantou a votação para terça-feira. “Eu estava em Salvador, participando de um evento de Marcelo Nilo (presidente da Assembleia Legislativa). A minha viagem foi comunicada”, explicou o vereador.

Entretanto, um erro foi cometido. Segundo Cosme,  a presidência da casa deveria nomear outro vereador para assinar o parecer. Como isso não aconteceu, há margem para questionamento na justiça.

O vereador disse que pediu uma reunião com os vereadores para resolver o assunto. “Se não houver entendimento de que o veto deve retornar ao plenário, tomarei as providências necessárias”.

Informação importante do blog.

Para que o veto fosse derrubado na última terça-feira, seriam necessários 13 votos (2/3).

Caso Roland Lavigne, Cosme Araújo e Valmir Freitas tivessem comparecido, a soma dos votos contrários à posição do prefeito chegaria a 10, número insuficiente.

Página 1 de 81...Última »