WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Sexta-Feira, 22 de Junho de 2018
ubaitaba
master class cenoe faculdade madre thais

A REUNIÃO

Na manhã de ontem (quinta-feira/04) uma reunião no Salão Nobre do Paranaguá decidiu um assunto de importância, digamos, questionável. Ou melhor, uma questão evidentemente básica e lógica, e que ao nosso ver não mereceria tal. E muito menos motivaria a produção de um release.

Vejamos, quem é que discorda que o Natal, por ser uma data onde as pessoas possuem o hábito de comprar muito, faz-se necessária uma decoração especial no comércio? Até mesmo como uma estratégia para que os consumidores se sintam contagiados pelo clima da data. Isso é mais do que evidente. E precisaria de uma reunião pra decidir algo tão óbvio?

Daqui a pouco não soará estranho aos ouvidos dos ilheenses a notícia de que varredores de rua se reuniram a portas trancadas no Paranaguá com o prefeito para definirem as suas ações diárias. São coisas de Ilhéus.

.

RESPOSTA AO COMUNISTA AMIGO E ANÔNIMO

O apoio de Fernando Gomes a Renato Costa foi contraditório e ruim, porém, firmado às claras, perante a opinião pública. Na época em que nasceu a idéia, todos os analistas foram favoráveis: “apoio político não se rejeita”.

Já o apoio de Azevedo ao vereador Wenceslau foi na surdina, às escuras, nas trevas, camuflado e quase eficaz, quase.

As articulações dos comunistas foram mais cuidadosas.

“SARNEY” BARRA PERGUNTA DE BLOGUEIRO

Jailson “Sarney” Nascimento, presidente da câmara de vereadores de Ilhéus, só concede entrevistas às emissoras de rádio como uma condição: o telefone deve permanecer mudo.

Na manhã desta sexta-feira (05), “Sarney” foi entrevistado por Gil Gomes, rádio Santa Cruz. Revestido de princípios de moralidade pública, afirmou que vai propor a criação de uma comissão parlamentar para investigar as irregularidades na secretaria de ação social.

Diante da proposta, nos veio uma dúvida: por que Jailson não propõe uma comissão para averiguar as irregularidades praticadas na secretaria de saúde (constatadas pelo governo do estado e pela secretaria nacional de auditorias) na época em que sua amiga Marleide Figueiredo comandava a pasta?

Decidimos encaminhar o pleito no ar, através do telefone, mas “Sarney”, ao ouvir o nome deste editor, exigiu que o apresentador não liberasse a indagação.

“Sarney” só gosta de ser espeto, não gosta de ser contrafilé.

Depois, a equipe do programa, sempre democrática, permitiu que este blogueiro fizesse um comentário.

“TURISMO CULTURAL”: UMA OBRA DA UESC

Indicação de leitura, em especial, para o secretário de turismo de Ilhéus, Paulo Moreira, gestor de uma cidade turística. A obra serve para ampliar o conhecimento, pois traz um conteúdo rico sobre turismo cultural e planejamento do turismo, já conferida pelo editor desse blog.

O livro Turismo Cultural: Estratégias, Sustentabilidade e Tendências foi publicado pela Editus – editora da universidade estadual de santa cruz (UESC) e, escrita por 19 autores de diversos países (Brasil, Equador, Peru, Espanha, Itália e Argentina).

A obra, organizada pelo professor Gustavo da Cruz, coordenador do mestrado em cultura e turismo da UESC, em conjunto com a professora Patrícia de Camargo, do master internacional de turismo da ULPGC – Espanha, foi indicada para leitura pela edição especial comemorativa dos 12 anos da revista “Aventura & Ação”, de circulação nacional, especializada em destinos turísticos.

As estratégias, diretrizes e políticas voltadas para o turismo cultural apresentadas no livro servem para inspirar gestores de entidades oficiais locais, regionais e nacionais que atuam na atividade turística em busca de um desenvolvimento mais equilibrado e harmônico.

TÁ CERCADA

No bairro da Nova Brasília, antes da construção da Maramata, existia um grande areal no lugar, com um estaleiro localizado ao centro, onde os pescadores da comunidade se reuniam para se organizarem antes das pescarias e em dias que estavam em terra firme, se encontravam para conversas, confraternizações, bebericações, etc.

Depois da construção da imponente Universidade Livre do Mar e da Mata, como é possível constatar, a localidade passou por uma positiva intervenção paisagística. O então estaleiro foi refeito em outro ponto, ganhou uma decoração especial e foi rebatizado como Espaço do Pescador. Mas, há cerca de dois anos que os moradores da Nova Brasília se veem privados de transitarem pelo lugar que um dia foi seu.

O “campus” da Maramata foi todo cercado por uma tela de proteção, e quem sempre habitou a bela Nova Brasília, teve repentinamente a sua área de circulação bastante reduzida. Segundo informações, essa atitude foi tomada para coibir que algumas pessoas continuassem utilizando o local para usar drogas e até mesmo para traficar. Mas o ideal não seria combater essas atividades ilícitas ao invés de privarem os pescadores de transitar livremente pelo seu bairro? Afinal de contas, eles estavam, por lá antes da Maramata. São coisas de Ilhéus.

.

SABRINA CALÇADÃO E JEAN MARQUES, DE CHUTEIRA, ESCREVEM:

Dentadura e Política.

Político influente, político temido desta cidade de São Jorge de Ilhéus perdeu a dentadura de marfim quando se divertia, se banhava na piscina do “Barravento Hotel”, zona norte. Conversou demasiadamente o que não deveria conversar ou não sabe nadar com o pescoço empinado. Uma coisa ou outra.

.

CESTA BÁSICA AUMENTA EM ILHÉUS E ITABUNA

O custo da cesta básica na cidade de Ilhéus aumentou 7,28%, passou de 168,55 reais em setembro para 180,82 em outubro. A elevação de 31,54% no preço do feijão foi o que mais influenciou no crescimento desse custo. Os outros produtos que apresentaram comportamento semelhante foram: açúcar (13,56%), banana (8,69%), pão (7,12%), tomate (4,96%), manteiga (4,44%), carne (4,22%), óleo de soja (4,18%), café (3,15%) e leite (0,68%).

Em Itabuna, o custo da cesta básica aumentou 4,28% em relação a setembro, de 168,31 passou para 175,51 em outubro. A elevação no preço do feijão de 24,63% foi também o que maior responsável pelo custo da cesta. Outros produtos que tiveram comportamento semelhante foram: açúcar (15,56%), pão (13,74%), banana (5,44%) e manteiga (3,75%).

Já os produtos que apresentaram redução de preço foram: carne (-1,68%), tomate (-1,59%), leite (-1,38%), óleo de soja (-1,12%) e café (-0,80%).

.

IR E VIR?

O ser humano tem o direito de ir e vir. Aliás, isso está devidamente previsto na Constituição brasileira e também no Estatuto da Criança e do Adolescente. Mas, existe um lugar em Ilhéus, que um dia já foi uma via pública, que esse direito está sendo desrespeitado.

Trata-se do local onde funciona o shopping popular, nas proximidades do terminal. Lá, depois de certa hora da noite, os portões são fechados, e quem quiser passar terá que se contentar em pegar outro caminho.

Vale ressaltar que naquela localidade, famosa por comercializar mercadorias diversas “Made in China”, um dia já foi rua. O ex-prefeito Jabes Ribeiro a fechou, objetivando criar um terminal de transbordo, e em seguida, quando Valderico assumiu o Paranaguá, ele resolveu não dar continuidade a obra idealizada por Jabes e transformou o ponto no que hoje em dia conhecemos.

Um cidadão que passava no lugar na noite de ontem, ao constatar que não poderia dar continuidade ao seu trajeto pela via, entrará com representação no Ministério Público, por considerar que o Município está lesando o Direito Constitucional de ir e vir dos ilheenses. Eis a questão.

.

SABRINA CALÇADÃO E JEAN MARQUES, DE CHUTEIRA, ESCREVEM:

Comerciantes.

Comerciantes prósperos, com mansões e outros privilégios materiais ficam reclamando dos pagamentos de impostos. É uma minoria poderosa, rica, que fica circulando entre Itabuna e Ilhéus. Não entendo, é difícil acreditar em comerciantes independentes, com poupanças, reclamando da vida. O comerciante gananciosamente só vê o que paga, não vê o que recebe, não vê o lucro.

.

VIRADA CULTURAL DE ILHÉUS

Clique na imagem para ampliar.

A virada cultural, realizada nas principais capitais do país, reunindo artistas de diferentes segmentos, serve de referência para Ilhéus, que nesta quinta-feira (04) a partir das 18:00 horas, em frente ao Teatro Municipal, até amanhã (sexta-feira/05), dia nacional da cultura, realizará um evento com características semelhantes.

A programação terá a participação de cantores e bandas de estilos variados. Do rock à MPB, passando pelos grupos afros, reggae e rap da cidade. Haverá também visitas abertas às casas de cultura da cidade, galerias e museus, além de atividades literárias, teatrais e cinema nacional, afinal também é o dia do cinema brasileiro.

.

UTI DO HOSPITAL SÃO JOSÉ ESTÁ DESATIVADA

Texto baseado em um e-mail recebido pelo Blog do Gusmão.

O autor reclama do descaso da secretaria de saúde de Ilhéus. Segundo o relato, sua mãe está com uma cirurgia marcada há um mês, no Hospital São José, para retirada de um tumor no estômago. No entanto, a operação não acontece, pois a UTI está desativada.

Ao procurar a diretoria do hospital, a informação recebida é que a prefeitura não repassa a verba para o pagamento dos médicos que trabalham na unidade de terapia intensiva.

O Blog do Gusmão entrou em contato com o hospital, e uma funcionária alegou que não tem previsão para retornar o funcionamento.

ESTUDANTE É PROCESSADA POR DIZER QUE “NORDESTINO NÃO É GENTE”

Do Comunique-se.

A Ordem dos Advogados do Brasil, seção Pernambuco, entrou ontem (quarta-feira/03) com uma representação criminal contra a estudante de Direito Mayara Petruso, que iniciou a série de ataques contra os nordestinos, logo após a vitória de Dilma Rousseff (PT) à presidência da República. A presidente eleita teve mais votos na região nordeste do Brasil.

Mayara, que se revoltou com o resultado da eleição, postou a mensagem “Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!”. Depois dela, outros usuários postaram outras ofensas, como “Tinham que separar o Nordeste e os bolsas vadio do Brasil” e “Construindo câmara de gás no Nordeste matando geral”.Os nordestinos reagiram e levaram a hashtag “#orgulhodesernordestino” para os Trending Topics mundial, como o assunto mais discutido no Twitter.

(mais…)

.

PERGUNTAS QUE PAIRAM

Ilhéus é uma cidade turística. Ao que nos consta ninguém duvida ou questiona essa afirmação. Afinal de contas, a cada ano, cresce consideravelmente o número de turistas que desembarcam por essas bandas.

Existem os que afirmam que Ilhéus é uma cidade de veraneio, e não necessariamente turística. Isso baseado no contexto que insiste em nos evidenciar que faltam investimentos sérios nesse setor. Ou seja, as pessoas se deslocam até aqui porque temos preciosos atrativos naturais, e mais nada. Será exagero?

Pois bem, se resolvermos focar essa análise ante o trato da atual gestão com os chamados pontos turísticos, ou cartões postais, poderíamos crer que tal teoria não está equivocada por  completo.

Um bom exemplo para isso é a situação da avenida Soares Lopes, dentre outras localidades. Que espécie de cartão postal é esse que sofre visivelmente com o abandono? Ou melhor, que espécie de turismo nos queremos para a cidade? São perguntas que insistem em pairar no ar sem encontrar as suas devidas respostas.

SABRINA CALÇADÃO E JEAN MARQUES, DE CHUTEIRA, ESCREVEM:

Ozéas Gomes.

O chiquíssimo cacauicultor e empresário Ozéas Gomes, flor de gente, conhece os Estados Unidos, Búzios, Paris e outros territórios, plagas. Ele teve participação, presença ativa nos movimentos partidários e políticos desta encantadora e heróica cidade de Ilhéus. Ozéas Gomes decidiu tirar férias da política. Férias já longas. Há quem confirme que vai continuar em férias.

Página 1.480 de 1.677« Primeira...1.480...Última »