WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017
cenoe faculdade madre thais

ILHÉUS RECEBE NOVA AMBULÂNCIA

Prefeito de Ilhéus Mário Alexandre, deputada estadual Ângela Sousa e secretária de Saúde Elizângela Oliveira.

Nessa terça-feira (5), a Prefeitura de Ilhéus recebeu mais uma ambulância para reforçar o atendimento à população. O veículo foi adquirido por meio de uma emenda impositiva da deputada estadual Ângela Sousa (PSD).

Segundo a deputada, o objetivo é garantir agilidade e uma melhor qualidade no serviço de assistência médica aos ilheenses.

O prefeito Mário Alexandre (PSD) ressaltou a importância da ambulância para o sistema de saúde. “Temos buscado avançar. A nossa luta é diária para garantir aos ilheenses serviços de saúde adequados”.

VIGÍLIA DAS MULHERES REÚNE MAIS DE 900 PESSOAS EM ILHÉUS

Ângela Sousa e Mário Alexandre. Imagem: Vigília das Mulheres/Divulgação.

Na noite dessa terça-feira (14), mais de 900 fiéis lotaram o Centro de Convenções de Ilhéus para celebrar a 4ª Vigília das Mulheres. Com o apoio da deputada estadual Ângela Sousa (PSD), o ato liderado pelo Círculo de Oração da igreja Assembleia de Deus é considerado uma das principais celebrações evangélicas do Sul da Bahia.

Ângela Sousa revelou o orgulho que sente ao participar da Vigília das Mulheres. “Esse ano chega em sua quarta edição e, com fé em Deus, chegará ao seu quinto ano em 2018. Esse é um momento lindo, de muita fé e louvor, no qual temos a oportunidade de agradecer por todas as bênçãos alcançadas e pelos livramentos também”.

Essa edição da vigília teve o tema “Uma Mulher de Fé”. A atividade reuniu mulheres de Ilhéus e região, a exemplo de Una, Itabuna e Itamarati.

Entre os presentes na vigília, estavam o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), as missionárias e organizadoras Tereza Nascimento e Sandra Santos, as cantoras Léia Barbosa, Savanna Pérola e o Coral Vozes de Júbilo. “Agradeço imensamente a todos que abrilhantaram essa noite, e que Deus abençoe essas mulheres guerreiras e virtuosas que aqui glorificaram e honraram o nome do Senhor”, completou a deputada Ângela.

Mário Alexandre falou da satisfação em sediar o evento e frisou a sua admiração pela vida espiritual da mãe. “Tenho um grande respeito pelos evangélicos, por ter sido criado por minha mãe, a deputada Ângela, essa grande serva de Deus que sempre falou do amor incondicional de Jesus a mim e aos meus três irmãos. Por isso, a presença de Deus tem sido o combustível para que continuemos firmes na condução dos destinos de nossa querida Ilhéus”, disse.

PROGRAMA DESPERTAR PROMOVE SUSTENTABILIDADE EM ILHÉUS

Programa Despertar. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

Programa Despertar. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

O trabalho em conjunto do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/Bahia) e da Prefeitura de Ilhéus premiou a estudante do Japu, Maria Eloisa Pinto, de 11 anos, pelo seu trabalho no Programa Despertar. A líder da comunidade estudantil desenvolveu um projeto de conscientização ambiental na localidade interiorana de Ilhéus.

O grupo da estudante do 9º ano construiu uma horta comunitária, esclareceu a respeito de como identificar resíduos recicláveis, diminuiu a quantidade de lixeiras viciadas e hoje trabalha a conscientização entre os moradores mais antigos do local. “O primeiro passo que dei foi limpar o meu próprio quintal”, afirma Maria Eloisa. A estudante recebeu uma bicicleta e os prêmios de melhor projeto e melhor “Agente Despertar” na rede municipal de Ensino.

O Programa Despertar foi criado em 2005. A iniciativa envolveu professores e cerca de 4.500 estudantes de dez localidades e 13 escolas da zona rural de Ilhéus. A chegada do projeto ao município foi um pedido da deputada estadual Ângela Sousa. O Programa Despertar é um instrumento para formar cidadãos empenhados na revitalização da importância do coletivo, na defesa da sociedade e do meio em que vivem.

ÂNGELA SOUSA PEDE ESCOLA ESTADUAL NO NOSSA SENHORA DA VITÓRIA

Governador Rui Costa e a Deputada Estadual Ângela Sousa. Imagem: ASCOM-PSD.

Governador Rui Costa e a Deputada Estadual Ângela Sousa. Imagem: ASCOM-PSD.

A deputada Ângela Sousa (PSD) solicitou ao governador Rui Costa (PT), por meio de uma indicação, a criação de uma escola pública de ensino fundamental II e de ensino médio no bairro Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus.

De acordo com a parlamentar, a ausência de uma instituição estadual de ensino na localidade, é a razão pela qual os alunos necessitam se descolar para bairros afastados e, em diversos casos, os familiares não possuem condições para arcar com tais deslocamentos, o que contribui para a evasão escolar.

Ainda segundo Ângela Sousa, o atendimento do pleito também vai favorecer alunos de outras localidades, incluindo da zona rural. “Tal indicação, além de inclusiva, possui ampla abrangência. Vale salientar que a Prefeitura de Ilhéus já foi informada por representantes da população sobre o referido pleito, demonstrando apoio e se colocando à disposição para auxiliar no que for preciso para a construção desse estabelecimento tão requisitado pela população”, ressaltou.

No documento, Ângela Sousa considera a escola como um ambiente de extrema importância na vida social de um ser humano. “É ali que o indivíduo vai se constituindo como ser pensante e questionador. Os estabelecimentos de ensino propagam valores, despertam em seus alunos potenciais criativos, curiosidades, talentos e diversas outras características que possuem o potencial de transformar positivamente a sociedade”, concluiu.

NAZAL ASSUME PREFEITURA DE ILHÉUS POR 12 DIAS

Termo de Transmissão de Cargo. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

Termo de Transmissão de Cargo. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

Hoje (26), o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal (REDE), assume temporariamente o cargo de prefeito. A cerimônia simples aconteceu nessa quarta-feira (25), com a presença de Mário Alexandre (PSD), do presidente da Câmara de Vereadores, Lukas Paiva, da deputada estadual Ângela Sousa (PSD), do vice-prefeito, entre outros servidores municipais.

A razão para Nazal assumir é a necessidade de viagem do prefeito Mário Alexandre pelo período de 12 dias. O prefeito viaja nessa quinta-feira (26) e retorna no próximo dia 6 de novembro, período em que vai representar o município no Festival Internacional do Chocolate.

Para ver o termo de transmissão completo, acesse aqui.

ÂNGELA SOUSA EXIGE PRESENÇA DE INTÉRPRETE DE LIBRAS EM EVENTOS PÚBLICOS

Deputada estadual Ângela Sousa.

Deputada estadual Ângela Sousa.

O novo projeto de Lei da deputada estadual Ângela Sousa (PSD) determina que é obrigatório a contratação de tradutores e intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) pelo Estado. Caso a matéria seja aprovada, os profissionais contratados deverão realizar traduções e interpretações em eventos oficiais.

Para a deputada estadual Ângela Sousa o projeto visa garantir direitos. “O projeto impõe-se como necessária política de inclusão e providência de natureza afirmativa, reforçando e dando concreção à Constituição Federal, que assegura, em inúmeros dispositivos, direitos às pessoas com deficiência”, justificou a parlamentar.

Ainda de acordo com Ângela, é preciso que as oportunidades, a igualdade e a facilidade de acesso à informação saiam do campo da teoria e se tornem realidade na vida de todos. “O profissional de libras é um instrumento para obtenção desse objetivo, uma vez que possui conhecimento importante, integrador e de relevante interesse público. Inclusive, quando se inclui neste projeto a possibilidade de participação em eventos privados, trata-se de uma clara intenção do Estado de incentivar a eliminação de barreiras na comunicação”, afirmou a deputada. 

Segundo o projeto da pessedista, os intérpretes de libras têm como função ser o canal comunicativo entre o ambiente e a pessoa com problemas auditivos, e seu papel é servir como tradutor entre pessoas que compartilham línguas e culturas diferentes.

SONILDA MELO QUER SER DIRETORA DO HOSPITAL REGIONAL

Sonilda Melo.

Sonilda Melo.

Atual diretora da 6ª Diretoria Regional de Saúde (DIRES), a enfermeira Sonilda Melo quer assumir o comando do Hospital Regional Luiz Vianna Filho, hoje ocupado pelo médico cubano Julio Guzmán.

Julio não deve permanecer no cargo e Sonilda sabe disso. Guzmán foi indicado pelo ex-secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, que está sem prestígio junto a Rui Costa. Solla não apoiou o nome de Rui desde o início do processo eleitoral. Só aceitou o então pré-candidato depois que o governador Jaques Wagner fez prevalecer o “dedaço”.

Sonilda assumiu a 6ª DIRES indicada pela deputada estadual Ângela Sousa (PSD) e foi mantida no cargo por influência do sindicalista Bebeto Galvão, hoje deputado federal eleito pelo PSB – veja aqui.

Comentário do blog.

Como é sabido, Sonilda não demonstra fidelidade a nenhum grupo político. Se assim o fosse, teria apoiado Bebeto Galvão para deputado federal. Em 2014 apoiou Jorge Solla. 

O que a move é o interesse em permanecer no poder. Sua boa relação com políticos de círculos distintos funciona como “escada para o sucesso”. A votação expressiva de Ângela no município inspirou a enfermeira a voos mais altos. A direção do regional é seu “sonho de consumo” para o ano novo.

Sonilda é apegada a cargos públicos, mas, não gosta de ser fiscalizada pela imprensa. Além disso, inspira medo em colegas de trabalho e subordinados – veja aqui. Por outro lado, sabe aliar seus interesses aos de políticos que a mantêm nas esferas do poder, mesmo quando não assume posições claras – lembre aqui

DOBRADINHA COM ÂNGELA NÃO FOI BOA PARA JOSIAS GOMES

O eleitorado fiel de Ângela não vota em peso nos aliados da "irmã".

O eleitorado fiel da “irmã” não vota em peso nos seus aliados.

Em Ilhéus, a dobradinha com a deputada estadual Ângela Sousa (PSD) não foi um bom negócio para o deputado federal Josias Gomes (PT). Na eleição desse domingo, 5, enquanto a “irmã” recebeu 11.517 votos ilheenses, o petista teve apenas 2.630. Desempenho muito inferior ao de 2010, quando Josias conquistou 5.296 eleitores do município.

Essa diferença significativa nos lembra a extinta parceria entre Ângela e o deputado federal Geraldo Simões (PT). Em 2010, após rezar trezentas mil orações para a “irmã”, o petista recebeu 3.122 votos na cidade e viu a “parceira” conquistar 13.708.

Os números não mentem. Em ilhéus, as dobradinhas com Ângela só são boas para ela.

As relações entre a cúpula petista em Ilhéus e o grupo político da “irmã” estão abaladas. Segundo fontes deste blog, Ednei Mendonça e Marcos Sousa, filho da deputada, desentenderam durante a campanha. Após uma discussão, o “capa preta” do PT ilheense saiu muito aborrecido da casa da parlamentar na Avenida Bahia, a ponto de dirigir em alta velocidade e quase atropelar uma pessoa.

DEUS ABENÇOE TODO MUNDO!

Propaganda de Ângela Sousa e Valmir Assunção. Imagem: site do Chico Andrade.

Propaganda de Ângela Sousa e Valmir Assunção. Imagem: site do Chico Andrade.

A imagem acima foi registrada no bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus, e publicada no site do Chico Andrade. A propaganda é da deputada estadual Ângela Sousa (PSD) e do deputado federal Valmir Assunção (PT), candidatos à reeleição. 

Conforme o site, os moradores do Vilela estão confusos, pois a “irmã” declarou apoio a Josias Gomes, outro petista que disputa a reeleição ao Congresso Nacional.

Na dúvida… Deus abençoe todo mundo!

ÂNGELA SOUSA: 13 MIL VOTOS E MUITAS PROMESSAS

Ângela Sousa.

Ângela Sousa.

O Blog do Gusmão analisa a partir desta quarta-feira (20) o empenho dos deputados estaduais que se elegeram com boa margem de votos em Ilhéus no pleito de 2010.

Durante a semana passada, analisamos as ações (ou a falta delas) dos parlamentares federais. As matérias você pode ver clicando aqui.

Os cinco deputados mais bem votados em Ilhéus foram: Ângela Sousa (PSD/13.708 votos); Ronaldo Carletto (PP­/5.312 votos); Fátima Nunes (PT/3.092 votos); Augusto Castro (PSDB/1.783 votos); e José de Arimatéia (PRB/1.745).

Outros nomes como dos itabunenses Gilberto Santana (eleito) e Wenceslau Júnior (suplente) e do atual vice-prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões (suplente) também angariaram considerável quantidade de votos na cidade. Cacá, por exemplo, teve 14.004 votos.

A série de matérias será iniciada com um apanhado das ações de Ângela Sousa, a mais votada em Ilhéus.

Ângela tem 60 anos. Foi vice-prefeita de Ilhéus entre 2000 e 2004, quando o titular era Jabes Ribeiro. Hoje, os dois são inimigos políticos. Está na Assembleia Legislativa da Bahia desde 2007.

É vice-líder da maioria na Alba e, nos últimos dois anos, ocupou comissões como de infraestrutura e direitos das mulheres.

Ângela é vista com desconfiança por vários setores da sociedade por fazer pequena política, sem grandes propósitos ou ações. Tem sua base eleitoral nas igrejas protestantes espalhadas pelo sul da Bahia.

Desde sua reeleição, em 2010, a deputada demonstra interesse pela implantação do Porto Sul em Ilhéus, pela reforma das centrais de abastecimento da cidade e pela implantação do sinal de telefonia no distrito de Inema.

Apesar de todo o interesse da parlamentar, ações concretizadas contam-se a dedo. Ângela é apontada como a responsável pela construção do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus.

A deputada é famosa pelos releases que envia à imprensa onde aparece ‘parabenizando’, ‘aplaudindo’ ou ‘prestigiando’ ações e eventos alheios.

Na atual legislatura, já apresentou à mesa diretora da Alba mais de 30 documentos, entre Projetos de Lei, requerimentos e moções.

MAURÍCIO LANDI FICA

Landi.

Landi.

O biomédico Maurício Landi Viana foi realocado na gerência da Sudic de Ilhéus.

Segundo o Pimenta, a exoneração de Viana, publicada no diário oficial de quarta (09), foi revogada nesta sexta (11).

Ele ocupava o cargo sob indicação da deputada, e seria substituído pelo sogro de Mário Alexandre, filho de Ângela.

“NÃO PRETENDO SER APENAS MAIS UM VEREADOR”, AFIRMA FÁBIO MAGAL

Magal.

O jornal Diário de Ilhéus publicou na edição de sábado (01) entrevista com o vereador eleito Fábio Magal (PSC), campeão de votos nas eleições de Ilhéus. A vitória veio após quatro tentativas.

O Blog do Gusmão reproduz a entrevista.

Fábio Ferreira Menezes tem 34 anos, e desde a infância os amigos lhe chamam de Magal. Até os 8 anos morou na Conquista, depois no Alto da Gamboa. Aos nove, ele e sua família passaram a morar na Urbis, hoje Hernani Sá, bairro da Zona Sul de Ilhéus.

Foi trabalhador do Pólo de Informática de Ilhéus, da empresa Bahiatec, entre os anos de 1998 a 2000. Neste período percebeu que os jovens careciam de políticas públicas capazes de gerar qualificação profissional. Movido por essa idéia, decidiu entrar para a vida pública, e foi candidato a vereador em 2000, quando obteve 185 votos.

Em 2001, por meio de uma parceria com o microempresário Henrique Menezes, criou um Núcleo de Inclusão Digital da zona Sul (NID), no bairro Hernani Sá. Essa iniciativa possibilitou que mais de 200 jovens fizessem cursos de informática gratuitamente. Posteriormente, candidatou-se a vereador em 2004, e saiu das urnas com 331 votos.

Em 2008, Magal foi o mais votado da coligação entre os partidos PSC/PV, obtendo 1197 votos, mas, infelizmente, a coligação não elegeu nenhum candidato, pois não atingiu o quociente eleitoral.

Magal administrou a 6ª diretoria regional de saúde (DIRES), de abril de 2009 a março de 2012. E nas eleições deste ano (2012), saiu das urnas consagrado com 2271 votos, a maior votação para vereador no Sul da Bahia.

DIÁRIO DE ILHÉUS: Diante de tantos comentários, é pertinente esclarecer: você ainda continua vinculado ao grupo político da deputada Ângela Sousa?

FÁBIO MAGAL: Continuo, mas com outra conotação.

DI: Como assim?

FM: Continuo, mas hoje também existe o grupo político de Fábio Magal. Pretendo continuar no grupo de Ângela, mas sob uma nova perspectiva. Com o mandato eu vou querer interferir, opinar e indicar novos rumos. Quero ser tratado com respeito.

DI: Por ser o vereador eleito que mais obteve votos nas últimas eleições, seu nome seria uma escolha natural para o cargo de presidente da Câmara de Vereadores. Porém, em diversas oportunidades você já afirmou que não pretende lançar seu nome. O senhor já escolheu em quem pretende votar?

FM: Não, ainda não tenho um candidato que vou apoiar. Sobre a possibilidade de ser presidente da câmara, este é um passo cuja decisão considero muito precoce. Para o segundo biênio, podemos pensar.

“O meu apoio ao prefeito Jabes Ribeiro não vai acontecer se ele me der apenas os cargos. Eu quero que o governo viabilize os projetos para as comunidades que eu tenho compromisso”.

(mais…)

Página 1 de 21...Última »