WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Domingo, 24 de Junho de 2018
ubaitaba
master class cenoe faculdade madre thais

ILHÉUS: FACÇÕES PODEM ESTAR POR TRÁS DOS TRÊS ASSASSINATOS REGISTRADOS EM 24 HORAS

No último final de semana, a Polícia Civil registrou três homicídios em Ilhéus. Na tarde de sábado (20), no Salobrinho, rivais de um homem conhecido como Berenquinha o assassinaram no bairro, com vários tiros.

Menos de 24 horas depois, na madrugada de domingo (21), no bairro Teotônio Vilela, homens armados que estavam num caro e numa moto atiraram contra Sílvio Costa Bonfim e Jancarlos Mangueira dos Santos. Jeancarlos chegou a ser socorrido, mas, faleceu antes da chegada da equipe de socorro ao Hospital Regional Costa do Cacau.

Conforme as primeiras informações obtidas pelas polícias Civil e Militar, os autores dos crimes seriam membros de facções de traficantes. Os investigadores trabalham para identificar os suspeitos.

Com informações do Pimenta.

ILHÉUS TEM MÉDIA DE OITO ASSASSINATOS POR MÊS EM 2017

Cidade registrou 41 homicídios entre janeiro e maio. Imagem: Wikipédia.

Cidade registrou 41 homicídios entre janeiro e maio. Imagem: Wikipédia.

A informação é da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) e está em matéria do blog Pimenta.

O levantamento considera o intervalo entre janeiro e maio de 2017, quando Ilhéus registrou quarenta e um homicídios. O número é menor do que o do mesmo período de 2016 (49).

Enquanto a média mensal de Ilhéus foi de oito homicídios, a vizinha Itabuna atingiu a marca de doze assassinatos por mês entre janeiro e maio, num total de sessenta e dois nesses cinco meses.

MENOR ASSASSINADO NA FESTA DO TRABALHADOR DEVIA NA BOCA DE FUMO

Foto: Blog Pimenta.

Foto: Blog Pimenta.

A informação é do Major Câmara, comandante da 68ª CIA da Polícia Militar, responsável pelo policiamento no bairro do Malhado.

Ontem à noite, três pessoas foram baleadas na Festa do 1º de maio, organizada pela Força Sindical na Avenida Litorânea Norte, em Ilhéus. O menor de nome Felipe e um adulto apelidado como “Kiko” morreram no local.

Segundo o Major Câmara, as investigações da PM constataram que o menor devia numa “boca de fumo” e teria furtado duas balanças na feira da Central de Abastecimento. O adulto cumpriu pena no Presídio Ariston Cardoso, entretanto, o oficial não pôde afirmar se “Kiko” voltou a cometer ilegalidades.

O Major Câmara afirmou que o autor dos disparos já foi identificado. A PM efetua diligências para prender o assassino.

BANDIDOS MATAM DOIS ÍNDIOS EM DISTRITO DE ILHÉUS

arma preto e brancoSegundo o site O Defensor, nesta segunda-feira (28), bandidos mataram o ex-vereador de Pau Brasil, Antônio Raimundo dos Santos (69 anos), e o seu filho, Elan Santos, de 27 anos. Os dois eram índios.

O crime ocorreu na Vila Santaninha, distrito de Ilhéus próximo a Buerarema. A região é assolada por conflitos entre empresas, produtores rurais e tupinambás. Ainda não foi confirmado se os assassinatos têm relação com o conflito. 

De acordo com o site, moradores da região ouviram mais de 15 disparos de arma de fogo na hora do crime. As vítimas foram alvejadas enquanto cavalgavam em uma estrada vicinal.

ILHÉUS: DUAS MORTES NO SÁBADO

Leandro Argolo de Lima. Foto do Reclame Boca.

No bairro Nossa Senhora da Vitória, zona sul, Leandro Argolo de Lima, 21 anos, foi assassinado a tiros por volta das 10h de sábado. O rapaz foi morto ao lado da casa onde morava, na Rua da Felicidade, 722.

Também no sábado, à noite, Manoel Messias Ferreira da Silva, 18 anos, morreu atingido por 3 tiros na Praça Nossa Senhora de Fátima, no bairro Basílio, onde morava.

Segundo o Reclame Boca, há algo em comum entre os dois assassinatos: as vítimas eram ligadas ao tráfico de drogas.

ITABUNA REGISTRA 123 MORTES VIOLENTAS NO ANO

Chegou a 123 o número de assassinatos em Itabuna neste ano. No fim de semana foram mais três homicídios, o último deles na madrugada de segunda-feira (14), no bairro Nova Califórnia.

Os crimes, em sua maioria, são motivados pelo tráfico e consumo de drogas. Consumiu e não pagou, entra na lista negra dos traficantes e acaba morrendo.

ILHÉUS REGISTRA 73 ASSASSINATOS EM 2010

De janeiro a julho deste ano,  a 7ª COORPIN registrou 66 homicídios, sendo que 26 não foram elucidados.

Números atualizados que incluem as ocorrências de agosto, aumentam a estatística macabra em mais sete casos, portanto, ao todo, 73 pessoas foram assassinadas em Ilhéus, até agora.

Grande parte das mortes está vinculada ao tráfico de drogas.