setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


faculdade madre thais

:: ‘Augusto Junior’

GREVE DA PM PODE ACABAR A QUALQUER MOMENTO

Prisco e outros dirigentes estão reunidos com os policiais em Salvador. Foto: Bocão News.

Prisco e outros dirigentes estão reunidos com os policiais em Salvador. Foto: Bocão News.

Neste momento, em Salvador, o vereador Marco Prisco, um dos líderes da greve da PM, conversa com os militares que aderiram à paralisação.

A categoria recebeu uma contraproposta do governo e vai decidir se manterá a greve ou não.

Nesta quinta-feira 17, entrevistamos o soldado Augusto Júnior, representante da Aspra em Ilhéus. Segundo ele, o que dificultou o fim da greve é que o governo não estava disposto a conceder ampla anistia aos grevistas do movimento passado e do atual.

MORADOR DE RUA ASSASSINADO NO CENTRO

Equipe do Samu chegou ao local, mas Manchinha já estava sem vida (foto: Augusto Júnior)

No último sábado (22), um morador de rua conhecido como “manchinha” foi assasinado na Praça Cairu, centro de Ilhéus.

Manchinha foi baleado no peito. Uma equipe do Samu 192 ainda tentou o socorrer, mas este faleceu no local.

Ainda não se sabe quem cometeu o crime. Segundo informações de populares, manchinha tinha envolvimento com drogas.

O policial militar Augusto Júnior esteve no local e registrou a foto do corpo. Clique em leia mais para ver (imagem forte).

:: LEIA MAIS »

AUGUSTO JUNIOR NO PSB

O soldado PM, Augusto Junior, é candidato a vereador pelo PSB. Líder da última greve em Ilhéus, Junior terá uma missão difícil pela frente. Seu partido tem como candidato à reeleição, o vereador Aldemir Almeida. Os socialistas coligaram com o PDT (de Cosme Araújo e Fred Geddeon), o PMDB (de Chico Xavier e Raimundo do Basílio) mais o PTB. Além do mais, entre os policiais militares há outros nomes na disputa, a exemplo de Luís Carlos “Escuta” (vencedor de um plebiscito entre os praças) e Tyrone. A coligação PSB, PDT, PMDB e PTB tem condições de eleger 4 vereadores. Caberá aos PMs incluir ou não Junior nessa lista.

AUGUSTO JÚNIOR PODE DISPUTAR VAGA NA CÂMARA

Augusto Júnior.

Os soldados da PM que atuam em Ilhéus vão refazer o plebiscito que determinará o representante da categoria na disputa por uma vaga na câmara de vereadores.

Em janeiro desse ano, a categoria realizou um plebiscito, que indicou o soldado Luiz Carlos para a peleja, mas com a greve da PM, novas lideranças surgiram e outra consulta será necessária.

Entre os soldados que pretendem disputar a preferência da categoria, está Augusto Júnior, que liderou a greve da PM em Ilhéus e, com isso, ganhou grande respaldo no meio.

Segundo o blog Agravo, pesam contra Luiz Carlos sua filiação ao PP (da base do governador Jaques Wagner) e a fraca atuação no movimento paredista, frente ao protagonismo de Augusto.

AUGUSTO JÚNIOR EM LIBERDADE

Augusto Júnior.

O soldado Augusto Júnior, que liderou a greve da PM em Ilhéus e estava preso desde o dia 26 de março no Batalhão de Choque da Polícia Militar em Lauro de Freitas, teve o pedido de habeas corpus aceito pela justiça ontem (quarta, 26) e será libertado na manhã dessa sexta-feira (27).

Durante os dias em que ficou preso, Augusto escreveu uma carta aberta à sociedade, contando detalhes do cárcere, clique aqui para ler. O soldado responderá às acusações em liberdade.

AUGUSTO JR ESCREVE DO PRESÍDIO – REFLEXÕES DO CÁRCERE

Carta escrita pelo soldado Augusto Júnior, que liderou a greve da polícia militar, em Ilhéus, no mês de fevereiro.

Augusto Júnior.

Na contramão do que faria a maioria das pessoas jogadas na prisão, me vi obrigado a refletir sobre esse lugar que aqui estou. Os efeitos que esperam e os efetivamente causados com a minha condução a esse lugar nefasto, onde não desejo que os meus piores inimigos passem, se é que os tenho. Nessas reflexões, cheguei a algumas conclusões, que por questões óbvias não esgotarei nessa carta. Qual o escopo genérico da prisão? Uns afirmam que essa serve para arrancar o “mal” do seio da sociedade, outros que é o meio para penalizar os que andam a margem da lei, haverá ainda os que dirão que essa serve para ressocializar o apenado.

Todas as assertivas acima podem até está correta, depende de quem as avalia, mas quero chamar atenção para a gravidade da prisão, ela é muito mais nociva quando deixa de ser gênero e passa a ser espécie, e sobre esse prisma quero refletir. A prisão militar do ponto de vista pragmático, ela difere muito da prisão genérica, é certo que a prisão militar não extirpa “o mal” da PM, pois muitos estão presos, tantos outros estiveram presos como os diretores da Aspra e os índices de violência policial só aumentam.

:: LEIA MAIS »

A SURPRESA NO CONTRACHEQUE DO SOLDADO AUGUSTO JÚNIOR

Contracheque foi emitido com valores abaixo do normal.

O blog da Associação dos Praças da Polícia Militar (Aspra – Ilhéus) publicou uma cópia do contracheque do soldado Augusto Júnior, que liderou a greve da PM na cidade.

Para surpresa de Augusto, o comprovante de pagamento veio com valores abaixo do normal.

Segundo o blog (clique aqui), outros policiais que participaram da greve receberam os vencimentos normais.

Para Augusto, houve retaliação do governo do estado ou algum erro técnico na impressão do documento.

CIDADÃO MARGINAL

Por Augusto Júnior, soldado que liderou a greve da polícia militar, em Ilhéus

Augusto Júnior.

Quem é esse “marginal” chamado Augusto Júnior que teve mandado de prisão expedido pela Justiça Baiana, que é caçado pelas Tropas de Elite da Polícia Federal, Polícia Civil e Militar, que o Governo Federal disponibiliza vaga em presídio de segurança máxima para deixá-lo recluso? Que a Rede Globo (Rede Bahia) execra e apresenta como um marginal de alta periculosidade, tentando jogar a opinião pública contra esse cidadão marginalizado pelo Estado da Bahia. Augusto Júnior, quem é esse terrorista?

A pessoa supracitada é apenas um cidadão como outro qualquer: um homem de 30 anos de idade, nascido e criado na periferia de Ilhéus, no Bairro da Conquista, Cristão Católico praticante da Paróquia Santa Rita de Cássia, catequista, vice-coordenador do Encontro Eucarístico Com Crianças – ENEUC, ex-coordenador de Grupo Jovem, do Grupo de Renovação Carismática, filho de um “trapicheiro”, arrumador, (pessoa que carrega 60 kg de cacau na cabeça), e de uma lavadeira da rouparia do Hospital São José. Casado há quase dez anos, pai de uma menina de nove anos de idade e de um menino de quatro meses. Pedagogo, Especialista em Educação e Relações Étnico-raciais, discente do sexto semestre do Curso de Direito, todos na Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC. Supervisor Escolar da Rede Municipal de Ensino em Ilhéus, Policial Militar ainda, lotado na briosa, porém extinta RONDESP Sul.

:: LEIA MAIS »

PROTESTO EM APOIO A AUGUSTO JÚNIOR

Fotos do protesto em apoio ao soldado Augusto Júnior, líder da greve da polícia em Ilhéus. Na última semana, a justiça baiana expediu mandado de prisão contra Augusto, que está aquartelado no Batalhão-Escola da PM. As fotos são de Gustavo Pestana.

O protesto foi organizado por familiares e colegas de Augusto. Veja outras fotos abaixo.

:: LEIA MAIS »

CARTA DE APOIO A AUGUSTO JÚNIOR, LÍDER DA GREVE EM ILHÉUS

Augusto Júnior.

A turma do sétimo semestre noturno do curso de Direito da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) enviou carta de apoio ao policial militar Augusto Júnior, líder do movimento grevista da PM em Ilhéus.

Augusto é integrante da turma e está aquartelado no Batalhão-Escola da polícia na cidade, de onde coordena o movimento. Durante a greve, a justiça expediu mandado de prisão contra o policial. Confira a íntegra da carta.

Reconhecemos que ainda engatinhamos no universo jurídico, mas há algo que é intrínseco ao ser humano: o combate às injustiças. Muito mais do que a busca pela justiça, combater a impiedade não é somente exigir aquilo que nos é de direito. É sentir intravenosamente a vontade de lutar, é ser chamado pelo seu próprio instinto a defender-se ou defender os seus. Talvez por isso a forma como os policiais grevistas estão sendo tratados nos revolta tanto.

Convivemos com Augusto Júnior – hoje conhecido por ser o líder do movimento grevista da nossa região -, e não podemos admitir ou cogitar que um ser humano tão nobre e generoso tenha sua prisão preventiva decretada. Mais do que isso. Levar ao cárcere alguém que apenas luta por direitos que são legitimamente seus, como se a  repressão da década de 60 ainda fosse concebível, como se os ideais nazi-fascistas ainda pudessem ser cogitados.

É no mínimo irônico assistir as pessoas que hoje ocupam os altos cargos eletivos estaduais, pessoas estas que sempre se disseram tão perseguidas e censuradas, perseguirem e censurarem movimentos sociais, e pior, utilizando-se dos mesmos artifícios mesquinhos e desumanos.

:: LEIA MAIS »

PM DE ILHÉUS CONTINUA EM GREVE

A greve da polícia em Ilhéus não acabou. Foi o que o soldado Mendes afirmou ao repórter Luck Rei, na manhã dessa quinta-feira (09).

Mendes, que é membro da Associação dos Praças da Policia Militar (APPM), disse que ainda existem  reivindicações para serem atendidas pelo governo. “Tudo acaba, o governo não dá nada, e nossos direitos?”, questionou.

O líder da greve na cidade, Augusto Júnior, afirmou que o movimento só será finalizado quando uma assembléia da categoria acontecer. Augusto conclamou a população para se rebelar e firmar apoio à luta dos policiais.

Augusto disse que a prisão de Marco Prisco foi simbólica, mas não significa o fim da paralisação. O PM declarou também que as afirmações do comandante da polícia baiana sobre o fim da greve são equivocadas e que o movimento da polícia na Bahia tem grande chance de se alastrar por todo o Brasil.

Confira a entrevista.

 

 

 

GREVE DA PM: BLOG DO GUSMÃO CONVERSA COM O LÍDER DO MOVIMENTO EM ILHÉUS

O Blog do Gusmão entrevistou na tarde dessa segunda-feira (06) com o soldado Augusto Júnior, coordenador da ASPRA e líder do movimento grevista da PM em Ilhéus.

Principais pontos da entrevista:

possibilidade da PF invadir o batalhão, onde as tropas estão alojadas, para prender Augusto Junior;

a legalidade da greve;

as exigências dos grevistas e os rumos das negociações;

a possibilidade de suspensão do carnaval baiano;

o uso de armas durante a greve e as acusações do governo, que atribuem aos grevistas alguns crimes cometidos em Salvador.

 

BLOG DO GUSMÃO ENTREVISTA AUGUSTO JUNIOR, COORDENADOR DA GREVE DOS POLICIAIS MILITARES EM ILHÉUS

No final da tarde deste sábado (04), o Blog do Gusmão esteve no batalhão-escola da Polícia Militar, em Ilhéus, local onde estão aquartelados os policiais militares em greve.

Entrevistamos o soldado Augusto Junior, coordenador da ASPRA (Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia) entidade responsável pelo inicio da greve.

Principais destaques da entrevista:

os motivos da paralisação;

o andamento das negociações com o governador Jaques Wagner;

a situação do policiamento em Ilhéus;

a anistia aos PMs que lideraram a greve de 2001 (incluindo Marco Prisco, principal líder da ASPRA), reivindicação que o governo do estado se recusa a atender.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia