WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Domingo, 18 de Novembro de 2018
casa facil prefeitura urucuca prefeitura ubaitaba
faculdade madre thais cenoe faculdade de ilheus

GOVERNO DO ESTADO INVESTE NA PRODUÇÃO DE CACAU ALIADA À CONSERVAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA

A cultura do “cacau cabruca” ajuda a manter em pé várias espécies de árvores nativas da Mata Atlântica. Foto: Portal Sul da Bahia.

O Governo do Estado lançou nesta quinta-feira, 8, em parceria com Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira – CEPLAC/MAPA, o Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018 – 2022. O lançamento aconteceu na sede regional da Ceplac, em Ilhéus, e contou com as presenças do vice-governador João Leão e dos secretários Jeronimo Rodrigues (Desenvolvimento Rural), José Alves (Turismo), e Geraldo Reis (Meio Ambiente).

O projeto, que atenderá cerca de 20 mil agricultores, prevê o desenvolvimento de ações estratégicas que permitirão elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas/ano até 2022, a consolidar a fabricação de chocolates finos, com certificado de origem no Sul da Bahia, através da instalação de 20 agroindústrias.

As ações incluem abertura de linha de crédito específica para a lavoura cacaueira, subsídios para produção de mudas e insumos, criação e indicação geográfica da produção do cacau, preservação da Mata Atlântica, prospecção de novos mercados, capacitação profissional, regularização fundiária e ambiental, difusão tecnológica, assistência técnica e extensão rural (ATER), capacitação, educação, gestão e empreendedorismo e infraestrutura rural. Os investimentos do Governo do Estado no plano devem atingir R$ 80 milhões.

Emprego, renda e inclusão social

Jerônimo Rodrigues, secretário de Desenvolvimento Rural, afirmou que ao incentivar o aumento da produção, a diversificação e a agroindústria, o governo estadual alavanca a inclusão social de assentados, indígenas, quilombolas e agricultores familiares, com foco na sustentabilidade: “O resgate do cacau, que também passa por investimentos em tecnologia, infraestrutura, somado a obras de infraestrutura, permitirá a retomada do desenvolvimento regional”.

Serão atendidos agricultores de 114 municípios nos territórios Litoral Sul, Médio Rio das Contas e Baixo Sul.

 “O cacau tem uma grande importância da conservação da Mata Nativa e estamos incentivando a produção do cacau cabruca, que concilia a atividade econômica com o respeito à natureza”, disse o secretário de Meio Ambiente, Geraldo Reis.

Vice-governador da Bahia, João Leão (centro da foto), exibe a autorização de início do Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018 – 2022.

(mais…)

PSOL, RAIZ E REDE DEBATEM A CRISE HÍDRICA

rede, raiz e psol

Imagens: Shi Mário e José Nazal.

Na manhã desse sábado, 21, ativistas sociais, professores e militantes do PSOL, da REDE e da RAIZ participaram de uma reunião com o propósito de unir esforços para amenizar os efeitos da crise hídrica que atinge Ilhéus.

No encontro realizado no Restaurante Gabriela ficou decidido que será realizado um evento em alusão ao Dia Internacional do Meio Ambiente (dia 05 de junho), com rodas de conversas e apresentações artísticas sobre a importância da conservação do meio ambiente para todos os seres vivos.

No evento, Durval Libânio Neto, do Instituto Cabruca, vai falar dos benefícios do cacau cabruca para a preservação de remanescentes da Mata Atlântica e para o clima da região. O comunicólogo Emilio Gusmão vai apresentar sua pesquisa de mestrado “Porto Sul e Imprensa: mito do progresso ou desenvolvimento no eixo Ilhéus-Itabuna”, um estudo de caso sobre a perspectiva desenvolvimentista nos veículos de comunicação.

Para finalizar, a crise hídrica e o contrato de concessão da Embasa (firmado pelo município) serão temas de um debate com propostas de ações efetivas.

O encontro está previsto para acontecer no sábado dia 04 de junho, às 9 horas, na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus que fica Avenida Soares Lopes.

DECRETO FLORESTAL BAIANO PODE AUMENTAR PRODUÇÃO DE CACAU

Imagem do blog Acorda Meu Povo.

Imagem do blog Acorda Meu Povo.

Do site Mercado do Cacau

O secretário estadual de Meio Ambiente, Eugênio Spengler, assinou nesta terça-feira, 16, o Decreto sobre a gestão ambiental do Estado da Bahia, que cria o Programa de Regularização Ambiental dos Imóveis Rurais do Estado e disciplina as etapas do processo e dá outras providências, durante o Simpósio do Cacau que aconteceu no Congresso Brasileiro de Sistemas Agroflorestais, em Ilhéus.

Dentre outros, o Decreto, define o que é Sistema de Produção de Cacau Cabruca, o que, poderá viabilizar o manejo das árvores, que sombreiam as lavouras na região, incentivando também o plantio de árvores nativas em substituição de árvores exóticas, preservação de nascentes e recuperação de APP.

Para o Superintendente da Comissão Executiva do Plano Executivo da Lavoura Cacaueira (Ceplac) Bahia, Juvenal Maynart, o decreto poderá viabilizar economicamente os produtores: “O Decreto define que é sistema de produção e o que é Mata Atlântica, dessa forma ele poderá favorecer a busca da viabilidade econômica através da definição clara do espaço que é passível de exploração econômica, que não é o caso da Mata Atlântica”.

(mais…)

ABOBREIRA, JUVENAL E ZUGAIB DEBATEM AS PERSPECTIVAS DO CACAU

Juvenal Maynart, Abobreira e Zugaib. Foto: Emílio Gusmão.

O ativismo social de José Henrique Abobreira, ex-vereador, vice-prefeito e secretário de desenvolvimento econômico de Ilhéus (1997 a 2000), despertou a atenção do superintendente regional da Ceplac, Juvenal Maynart.

No facebook, Abobreira defende com entusiasmo a recuperação da lavoura cacaueira e do sistema cabruca (sob a sombra da mata atlântica), com outro viés: a criação de um pólo chocolateiro regional.

Segundo Abobreira, outra medida viável seria a criação de um “selo verde” para o cacau produzido de acordo com a sustentabilidade, que propiciaria à produção grapiúna, um fator de diferenciação e agregação de valor diante do mercado. “Passei a defender essa ideia, depois que ouvi palestras de dois técnicos experientes da Ceplac, Roberto Setubal e Sérgio Murilo”, salienta o ex-vice-prefeito.

Juvenal Maynart e o diretor de projetos da Ceplac, Antonio Zugaib, quando leram as publicações na rede social, convidaram Abobreira para uma conversa no dia 1º de agosto, última quarta-feira.

Na sala da superintendência, Juvenal afirmou que a Ceplac vive um novo tempo, preocupada com os problemas da região, deixando de priorizar apenas as questões administrativas internas.

Informou que o órgão apóia a implantação de um selo de indicação geográfica de procedência, para o cacau cabruca do Sul da Bahia. Segundo Antonio Zugaib, a instituição também pretende atrair e incentivar a criação de agroindústrias de chocolate. Uma área, dentro da própria sede, será destinada aos novos empreendedores.

Descontraídos, Abobreira e Zugaib lembraram do tempo em que atuaram juntos (1997 a 2000) na secretaria de desenvolvimento econômico de Ilhéus. Nesse período, a agricultura familiar, no município, recebeu suporte da prefeitura por meio de diversos convênios firmados com o governo federal e bancos estatais. Dezessete assentamentos foram apoiados com a criação de agrovilas e infraestrutura (habitações, energia elétrica, cisternas, casas de farinha e etc).

Satisfeito com o encontro, Abobreira se dispôs a marcar uma reunião entre Juvenal Maynart e Jabes Ribeiro (candidato a prefeito de Ilhéus pelo PP) para discutir os rumos da agricultura na região.

WAGNER PASSOU O CORRETIVO EM NEWTON

A abertura do festival do chocolate, na noite de ontem (quarta, 06), no Centro de Convenções, propiciou momentos desagráveis ao prefeito de Ilhéus, Newton Lima.

O governador Jaques Wagner deixou o alcaide meio deslocado, sem lhe dar atenção, demonstrando maior interesse na troca de informações com dois jabistas: Henrique Almeida, presidente da Associação dos Produtores de Cacau (APC), e Isaac Albagli, presidente da Bahia Pesca.

Para fechar a noite de fracassos, Wagner corrigiu o gestor em público, ao dizer que a pronúncia certa do método agroecológico é cacau-cabruca.  Newton disse “cacau-cabrunca”.

Imagem do site Ilhéus Eventos.

 

error: Content is protected !!