outubro 2014
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


faculdade madre thais

:: ‘Central de Abastecimento do Malhado’

ÔNIBUS SOBEM A LADEIRA DO MAMBAPE

Magal cumpre promessa de campanha com os moradores do Mambape.

Magal cumpre promessa de campanha com os moradores do Mambape.

A comunidade do Alto do Mambape (zona sul de Ilhéus) comemora a conquista de uma reivindicação antiga.

Nesse sábado (15 de junho), às 07 horas, pela primeira vez um ônibus do transporte coletivo subiu a ladeira que dá acesso à localidade.

Trata-se de uma promessa de campanha do Vereador Fabio Magal (PSC), que no dia 19 de fevereiro apresentou na Câmara a indicação nº 03, com a proposta de uma linha ligando o Alto do Mambape ao bairro do Malhado.

O secretário de desenvolvimento urbano, Isaac Albagli, reconheceu a importância da solicitação e fez o encaminhamento para a empresa São Miguel. No dia 21 de maio, Magal esteve na sede da concessionária, ocasião em que discutiu os últimos detalhes com o diretor Josemir Dias (Joca).

Magal e Joca no dia 21 de maio.

Magal e Joca no dia 21 de maio.

O itinerário da nova linha inicia na Rua do Cano, passa pela Central de Abastecimento do Malhado, Avenida Itabuna, Centro, e vem para a zona Sul até o bairro Hernani Sá, onde sobe a ladeira do Mambape. No Alto, os ônibus ficarão parados 10 minutos à espera de passageiros, para depois fazerem o caminho inverso.

SONY DSC

Dois ônibus atenderão a linha: um da empresa São Miguel e o outro da Viametro. O segundo não passará pela Avenida Itabuna, e sim, pelo bairro Cidade Nova.

O Vereador Fabio Magal pede que a comunidade fiscalize o cumprimento dos horários, contribuindo para que as empresas prestem um bom serviço. O tempo entre a saída de um veículo e a chegada de outro, no Mambape, é de 50 minutos.

Magal agradece o empenho do secretário Isaac Albagli e a boa vontade de Josemir Dias (Joca da São Miguel).

Motorista da São Miguel, Magal e o administrador Eli Madureira.

Motorista da São Miguel, Magal e o administrador Eli Madureira.

FRAUDE NA CENTRAL DE ABASTECIMENTO: RESPOSTA DE JOSÉ VICTOR PESSOA

Jose Victor Pessoa.

Jose Victor Pessoa.

O atual superintendente municipal do interior, José Victor Pessoa, responde a denúncia feita pela Rádio Santa Cruz, sobre a possível existência de uma fraude na Central de Abastecimento do Malhado, durante a gestão do ex-prefeito Newton Lima (veja aqui).

José Victor foi chefe da “central” durante 3 anos da gestão anterior.

Leia as explicações.

“Achei o título da matéria temerária, eis que ainda não foi apurada nenhuma fraude.

Em resposta pela citação do nosso nome, tenho a dizer que fui coordenador da Central de Abastecimento do Malhado e da Urbis de abril/2009 a abril/2012, e durante este período toda a arrecadação foi contabilizada, aplicada em obras e manutenção das próprias centrais, e devidamente realizada a prestação de contas perante os secretários e controladores da época.

Por fim, não temos culpa se quem recebeu as prestações de contas, não repassou as informações para o cadastro da prefeitura”.

FRAUDE NA CENTRAL DE ABASTECIMENTO DO MALHADO

Central de Abastecimento do Malhado.

Central de Abastecimento do Malhado.

Comerciantes da Central de Abastecimento do Malhado pagaram taxas mensais antigas cobradas pela COMAIL, mas continuam devendo no cadastro da prefeitura.

Segundo o repórter Coutinho Neto, do Programa Alerta Geral (Rádio Santa Cruz), um dono de box, por iniciativa própria, foi à prefeitura quitar as taxas recentes, não cobradas pelo novo governo. Quando teve acesso ao seu histórico, foi comunicado sobre a existência de dívidas antigas, de janeiro a agosto de 2010.

O comerciante tem como provar o pagamento do tributo. Outros feirantes são vítimas do mesma irregularidade e muitos perderam os comprovantes.

As cobranças são realizadas de maneira rudimentar. Os fiscais emitem um recibo manuscrito, quando o correto seria um boleto bancário com código de barras. A prefeitura não tem controle dos recursos arrecadados.

O atual superintendente municipal do interior, José Victor Pessoa, foi chefe da Comail no governo passado. Cabe a ele emitir explicações.

CENTRAL DE ABASTECIMENTO DO MALHADO: ÂNGELA ESTÁ COMPLETAMENTE POR FORA

Ângela conhece a "central", mas não sabe do que ela precisa.

Ângela conhece a “central” mas não sabe do que ela precisa.

Este blog é acusado de ter má vontade com a deputada estadual Ângela Sousa (PSD).

Quando afirmamos que ela atua politicamente de forma amadora, seus aliados ficam aborrecidos.

Contudo, nós insistimos na tese.

No dia 05 de março, a deputada divulgou a apresentação da emenda 23.235, na Assembléia Legislativa, propondo a destinação de um milhão e seiscentos mil reais para as reformas das Centrais de Abastecimento do Malhado e Hernani Sá. Os recursos sairiam da secretaria estadual de desenvolvimento urbano (SEDUR).

Ângela está completamente desinformada.

A companhia de ações regionais do estado (CAR) já finalizou o projeto de requalificação da Central de Abastecimento do Malhado. As obras demandarão um aporte financeiro de 10 milhões de reais.

Sendo assim, o montante requisitado pela deputada é insuficiente diante das reais necessidades.

É ou não é um sinal inequívoco de amadorismo?

Se possível, deixe sua opinião.

FÁBIO MAGAL COBRA LINHA DE ÔNIBUS DA CENTRAL DE ABASTECIMENTO PARA O MAMBAPE

Magal não participou da guerra oposição x governo. Preferiu encaminhar reivindicações de suas comunidades.

Magal não participou da guerra oposição x governo. Preferiu encaminhar reivindicações de suas comunidades.

O Vereador ilheense Fábio Magal (PSC) apresentou quatro indicações de interesse público, durante a primeira sessão legislativa, realizada nessa terça, 19, no Palácio Monsenhor Teodolino Ferreira.

Na primeira indicação, relacionada ao campo de futebol de areia entre os caminhos 07 e 08 do bairro Hernani Sá, o Vereador solicitou a reforma do alambrado, colocação de areia e manutenção da rede elétrica e reposição das lâmpadas queimadas.

Na segunda, solicitou a instalação de uma academia ao ar livre no bairro Hernani Sá, seguindo os exemplos das que foram instaladas na Avenida Getúlio Vargas (próxima à ponte Lomanto Júnior) e nas imediações da Praia do Cristo (centro da cidade).

Na terceira indicação, Magal pede que a secretaria municipal de desenvolvimento urbano, responsável pelo setor de transportes, crie uma nova linha de ônibus, compreendendo os seguintes roteiros: da Central de Abastecimento do Malhado para os altos Bela Vista e Mambape e vice-versa.

O pedido está fundamentado numa reivindicação antiga das comunidades. Quando retornam das compras, os moradores sobem as ladeiras de acesso “a pé”, carregando o peso das sacolas.

Na quarta, o parlamentar solicitou a recuperação do caminho 46, no bairro Hernani Sá. Devido às chuvas, a viela encontra-se repleta de buracos, situação que impede o tráfego de veículos.

Fabio Magal explica que segundo o Regimento Interno da Câmara, as indicações serão encaminhadas imediatamente ao poder executivo, já que não dependem de votação no plenário. Na opinião do vereador, “não basta apresentar, é necessário cobrar do prefeito e dos secretários a execução rápida das intervenções. Farei isso todas as vezes que encontrar as autoridades responsáveis”, garantiu o vereador.

RUA DA HORTA: UM LUGAR ABANDONADO PELO PODER PÚBLICO

Na última terça-feira, 10, o Blog do Gusmão visitou a Rua da Horta (próxima à Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus) atendendo convite do amigo Gideon Nunes.

A localidade surgiu em meados dos anos 80, quando a construtora Incon (falida), responsável pelo condomínio Moradas do Bosque (Avenida Esperança), indenizou ex-funcionários com terrenos que lhe pertenciam. No lugar onde hoje tem um campo de futebol, havia uma grande horta, daí surgiu o nome alcunhado pelos moradores.

De lá pra cá, apenas um canal que escoa água de dois córregos foi construído. A obra foi iniciada no último governo de Jabes Ribeiro (2001 a 2004) e concluída na gestão de Valderico Reis (2005 a setembro de 2007). Infelizmente, por falta de esgotamento sanitário, os moradores despejam os esgotos domiciliares no canal.

A rua principal e as transversais não são calçadas, esgoto corre a céu aberto, insetos e pestes atormentam os moradores que vivem em condições insalubres.

No dia 14 de junho, um caminhão da empresa Solar Ambiental ficou preso, após quebrar placas de cimento do canal de esgoto da Rua da Horta. Funcionários da Solar deram garantias aos moradores de que tudo seria consertado. Até a presente data, as placas continuam quebradas. Foto: Gideon Nunes.

O prejuízo deixado pela Solar Ambiental.

Mato, muito mato! A gestão do prefeito Newton Lima se nega a dar manutenções mínimas. O quadro é de total abandono.

PADRÃO GERSON MARQUES

Os urubus fazem a festa com o lixo deixado por Gerson. Foto: Luiz Fernandes.

A Central de Abastecimento do Malhado é detentora do selo “Padrão Gerson Marques” quando o assunto é coleta de lixo (ou a falta dela).

A feira produz enormes quantidades diárias de lixo, mas a prefeitura e a secretaria de serviços públicos, comandada por Gerson, não reconhecem a necessidade de intensificar a coleta na área.

Com sujeira para todos os lados, está garantida a festa dos urubus, que fazem até fila.

JACA NA BOQUINHA

O andarilho Jabes Ribeiro, pré-candidato a prefeito de Ilhéus (PP), aproveitou o sábado de aleluia para andar na Central de Abastecimento do Malhado. Nessa imagem feita por sua assessoria, JR aparece recebendo na boca, um suculento bago de jaca.

O Blog do Gusmão está aberto para divulgar informações dos demais pré-candidatos a prefeito. Basta enviar para o email emilio.gusmao@gmail.com.

CAMBALACHO DO FRANGO NA CENTRAL DE ABASTECIMENTO

Um dos pacotes vendidos na Central de "aborrecimentos".

Um caminhão carregado de frango amanheceu neste sábado (21), na Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus, oferecendo uma super promoção.

Um pacotão de frango com cinco quilos de coxa e sobrecoxa por 10 reais. O preço normal é 25.

A galera caiu matando. Até policiais militares compraram.

Uma dona de casa, conhecida como Socorro, feliz da vida, ao chegar em casa decidiu preparar um ensopadinho de “penosas” para o almoço.

Quando descongelou o pacote, só havia carcaça (miúdos), muito gelo e alguns pés-de-galinha.

Socorro voltou correndo para a Central, na tentativa de fazer uma troca, mas o caminhão, placa de Feira de Santana, já tinha “dado no pé”.

Dezenas de pessoas também caíram no cambalacho.

RAIO-X DA CENTRAL DE ABASTECIMENTO

As carnes ficam expostas ao ar livre.

A Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus, abriga cerca de mil boxes, divididos em três galpões, além de contar com 300 barraqueiros independentes, que garantem a compra de milhares de pessoas que passam pelo local.

Na central, encontra-se tudo, de verduras e hortaliças, até roupas, restaurantes e salões de beleza, além de muito lixo, desorganização, esgoto a céu aberto, manejo irregular de alimentos e muita negligência do poder público.

A coleta de lixo é deficitária.

Inaugurada no dia 28 de junho (aniversário da cidade) de 1981, a feira do malhado completou 30 anos, e segundo os comerciantes mais antigos, nenhuma reforma significativa foi feita. As instalações elétricas, de água e esgoto, são precárias. Carnes são expostas ao ar livre, contrariando as normas da vigilância sanitária, que exige o refrigeramento desse tipo de material.

Segundo Maria das Graças, que comercializa verduras há 10 anos no local, quando chove, o esgoto não suporta o volume de água e transborda, aumentando o mau cheiro e o risco de proliferação de doenças e a contaminação dos alimentos.

Variedade de produtos e os preços baixos atraem os consumidores.

Para Antônio Barbosa, vendedor de carne, entre os principais problemas da Central estão à violência (ele já teve o box arrombado durante a noite) e a ineficiência da coleta de lixo, que atrai urubus e afasta os consumidores.

Questionado sobre o modo de acomodação das carnes, em cima da bancada e sem refrigeração, Antônio afirma que o problema é corriqueiro. Segundo ele, se o produto for guardado no refrigerador, o cliente não compra.

A rede de esgoto é ineficiente, deixando o sangue correr pelos becos estreitos.

Para vários comerciantes, os problemas da Central são causados pela negligência da prefeitura, já que o município recolhe semanalmente as taxas de manutenção da feira, (que variam de R$ 7,50 a R$ 30, 00) mas não costuma reverter esses ganhos em melhorias.

As fotos são de Andrei Sansil, veja outras.

:: LEIA MAIS »

CAMPANHA DE VACINAÇÃO COMEÇA HOJE

Seguindo o calendário nacional, a prefeitura de Ilhéus inicia neste sábado a Campanha de Vacinação Contra a Gripe. 42 postos vão funcionar das 7h às 17h, em diversas áreas da cidade.

Pontos extras de atendimento serão montados no Terminal Urbano, Hospital Regional, Central de Abastecimento do Malhado e nos distritos de Ponta da Tulha, Sambaituba e Olivença. Além de quatro equipes itinerantes, uma para cada zona da cidade.

A vacinação é destinada às pessoas maiores de 60 anos, índios, gestantes, trabalhadores da área da saúde e crianças de seis meses a dois anos de idade. A previsão é de que sejam imunizadas cerca de 36 mil pessoas em Ilhéus.

MATO DO TAMANHO DE UM MURO

Os bairros periféricos de Ilhéus estão abandonados. A situação nos distritos e povoados é ainda pior.

Na Rua da Horta, localidade próxima à Central de Abastecimento do Malhado, o governo municipal não existe.

Lama, esgotos a céu aberto e muito mato tomam conta das ruas. Ratos e outras pestes invadem as residências.

O pior de tudo é que o secretário responsável quer ser candidato a prefeito em 2012.

Durma com um barulho desse!

Rua da Horta: onde o mato sobe sem parar.

HITCHCOCK PERDE

Já deu nos jornais, nos blogs, na TV. Já foi denunciado nas rádios. E até agora nenhuma ação satisfatória foi colocada em prática por parte da secretaria municipal competente.

Trata-se da situação da central de abastecimento do Malhado, que há algum tempo flerta com o absurdo. Quem quiser comprovar empiricamente basta se dirigir ao local.

Como é possível permitir que um lugar onde se comercializa itens alimentícios, chegue a um nível de falta de higiene, que nos faz despertar que ainda falta muito para que abandonemos o status de país de terceiro mundo.

O lado mais crítico do lugar é o que foi batizado de Malvinas. Somada a inacreditável falta de higiene, e estrutura de filme de terror de quinta categoria, no período noturno o lugar se transforma em ponto de prostituição e de uso de drogas. Como diz o povo: “Tenha medo !”

MINISTÉRIO PÚBLICO DENUNCIA POLICIAIS MILITARES

O promotor de justiça da comarca de Ilhéus, Dr. Olivan Costa Leal ofereceu denúncia no juizado especial criminal contra os policiais militares: Sd.Albert Peruna Souza, Sd.Aldo José dos Santos, Sd.Getúlio Oliveira Silva, Sd.Moisés Ribeiro Lima e a Ten.Thais Ramos Ferreira Santos, por cometerem abuso de autoridade e ameaça contra o líder comunitário do bairro Basílio, Vandilson Gomes, no dia 18 de junho de 2009, na Central de Abastecimento do Malhado.

Caso sejam condenados, os policiais poderão pegar de 2 a 4 anos de detenção, além de multa que poderá ser estipulada na próxima audiência. No caso do Sd. PM Getúlio Silva, a condenação poderá ser maior, se apurado as denúncias e comprovado que o policial fez disparo de arma de fogo.

RENATO COSTA VISITA CENTRAL DE ABASTECIMENTO

Da assessoria de Renato Costa.

Renato ao lado de Ronaldo "Meinha" (camisa listrada) durante visita à feira do malhado.

O candidato a deputado estadual Renato Costa (PMDB) teve mais um fim de semana movimentado em sua campanha para a Assembleia Legislativa. Na manhã de sábado (4), visitou a Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus. À noite, Renato Costa recebeu apoio de membro do Rotary Club Itabuna Sul. No domingo, o candidato ficha limpa esteve em Ibicuí, onde participou de um almoço promovido pela comunidade jovem do distrito de Água Doce (a 26 quilômetros da sede). Para fechar o dia, campanha em Iguaí.

Durante a visita à Central de Abastecimento do Malhado, Renato Costa recebeu o calor dos eleitores, entre eles feirantes e clientes. Renato foi saudado como o homem certo para ocupar uma cadeira no parlamento, por ser um homem público que não tem seu nome envolvido em escândalos e por já haver demonstrado que na Assembleia seu trabalho é incansável pela Região Sul.

“Renato Costa é um político competente, que procura sempre ajudar o povo, além disso, ele é o nosso médico. Tenho certeza que a região vai voltar a ser bem representada com Renato Costa na Assembleia Legislativa”, comentou o comerciante Antônio da Silva, enquanto fazia compras na Central de Abastecimento.

:: LEIA MAIS »

A NOVA CONSCIÊNCIA DOS FEIRANTES

Os feirantes da Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus, estão acordando para a nova realidade imposta pelas redes de supermercados.

A higiene é um diferencial oferecido pelos concorrentes das feiras-livres, sendo assim, cada dono de barraca tem que zelar por seu espaço, limpando e recolhendo a sujeira que marca negativamente o local de trabalho.

Essa nova consciência foi exposta ao Blog do Gusmão pela presidente da associação dos feirantes de Ilhéus, Rita Marli Santos, que considera um erro, quando os trabalhadores reclamam – através dos meios de comunicação – do lixo acumulado na Central de Abastecimento. Segundo ela, a propaganda negativa tira os clientes.

“As feiras têm sempre os preços mais baixos, maior variedade e qualidade, agora temos que cuidar da nossa imagem perante os fregueses, assumindo parte da limpeza”, explicou Marli.

Este blogueiro, depois de muitos anos esteve na CAM, no último feriado, e constatou que a situação já foi muito pior,  e que tende a melhorar cada vez mais.

Rita (de camisa preta) e sua companheira de trabalho Virginia, cientes de que é preciso agir ao invés de esperar.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia