WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Domingo, 21 de Outubro de 2018
casa facil prefeitura urucuca prefeitura ubaitaba
faculdade madre thais cenoe faculdade de ilheus

KADU SEM PRESTÍGIO COM MARÃO

Notinhas.

Marão e Kadu: derrota nas eleições e despedida.

O prefeiturável de Coaraci, Kadu Castro, atual superintendente do fundo municipal de saúde, está sem prestígio com o prefeito de Ilhéus, Mario Alexandre.

No último domingo, a deputada estadual Ângela Sousa (mãe de Marão) conquistou 1.444 votos na terra do aliado. Kadu teria prometido em torno de 2.000.

Com o resultado aquém do prometido, somado ao chororô da derrota, é provável que ele deixe o cargo, pois eleição para deputado só daqui a quatros anos. Caso Mario tente novo mandato, hipótese quase improvável, Kadu seria um zero à esquerda uma vez que não tem votos em Ilhéus.

O secretário de saúde, Geraldo Magela, não esconde o desconforto com os métodos do superintendente e já diminuiu seu poder. O cabo eleitoral não decide mais nada sobre os pagamentos feitos pela secretaria.

Voltando às eleições do último domingo, fonte do grupo de Marão disse que Kadu levou oitenta mil “santinhos” para Coaraci. Ao dividir a quantidade de “propagandas” pelos votos conquistados por Ângela na cidade (1.444), o quociente atinge 55 “santinhos” por voto. 

“Até que não saiu caro”, disse a fonte.

EXCLUSIVO: EMPRESA LIGADA A HOMEM FORTE DO GOVERNO MARÃO É ALVO DA PRELÚDIO

Prefeito Marão e o seu homem forte da saúde, Kadu Castro. Fotos: Internet.

Em primeira mão.

A empresa Licitar Serviços de Consultoria Municipal Ltda, que presta serviços de assessoria de licitações à Câmara de Vereadores de Ilhéus, é alvo de investigação da Operação Prelúdio, desencadeada nessa sexta-feira, 31, pelo Ministério Público da Bahia com o auxílio da Polícia Militar.

A Licitar pertence à dupla Romilton Sergio Cerqueira da Silva e Leandro Silva Santos, está sediada em Coaraci e, segundo nossas fontes, os seus proprietários são amigos de Kadu Castro, ex-candidato a prefeito da cidade e atual superintendente do fundo municipal de Saúde, nomeado pelo prefeito Mario Alexandre (PSD).

Conforme dados obtidos no site do TCM, a Licitar firmou seu primeiro contrato com a Câmara no biênio em que Josevaldo Machado (PC do B) presidiu a casa (2013-2014), foi mantida por Tarcisio Paixão (PP) e pelo atual presidente Lukas Paiva (PSB).

A secretaria de saúde de Ilhéus, sob o comando de Mario Alexandre e com Kadu Castro na superintendência, também firmou um contrato com a Licitar no valor de dez mil reais, cujo pagamento foi realizado no dia 28 de dezembro de 2017.

Após mandado expedido pelo juiz Alex Vinicius Miranda, a sede da empresa foi “visitada” por promotores e policiais militares. Documentos foram apreendidos e, conforme relatos, coincidentemente Kadu Castro não atendeu ligações no dia da operação.

A Prelúdio está na fase inicial. Não há, até o momento, nenhum fato comprovado que desabone a conduta das pessoas citadas neste texto.

PREFEITOS DE CANAVIEIRAS E COARACI PARTICIPAM DE EVENTO EM ILHÉUS SOBRE EMPREENDEDORISMO

Jadson Albano (Coaraci) e Dr. Almeida (Canaveiras) farão apresentações em evento realizado pela AMPESBA.

Os prefeitos de Canavieiras, Clóvis Roberto Almeida de Souza (Dr. Almeida), e de Coaraci, Jadson Albano, vão estar nesta sexta-feira, 10, no auditório da CEPLAC (centro de Ilhéus) no Encontro Regional de Novos Empreendedores – Empreendedorismo com Inovação.

Tanto Almeida como Albano vão apresentar modelos de gestão bem sucedida com ênfase em ações voltadas para o desenvolvimento dos pequenos negócios em suas cidades.

As apresentações acontecem durante evento que, a partir de 8h30 da manhã, terá palestras de cunho tecnológico e motivacional com direcionamento para novos e atuais empreendedores entre profissionais e estudantes de diversas áreas.

O Encontro é uma realização da AMPESBA – Associação das Micro, Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais do Estado da Bahia. Tem como co-realizador o CONAMPE – Conselho Nacional da Micro e Pequena Empresa. E como apoiadores a CDL, Associação Comercial e o Sincomercio de Ilhéus.

PRIMEIRO DESAFIO DE MAGELA É MEDIR O TAMANHO DAS ASAS DE CADU

Cadu Castro e Geraldo Magela. Imagens: Google.

Por Emilio Gusmão.

O próximo secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, vai assumir o cargo com as bençãos de Fábio Vilas Boas, secretário estadual da área no governo Rui Costa.

Magela veio para cumprir uma missão: fazer a atenção básica do município funcionar e diminuir a grande demanda que bate todo dia nas portas do Hospital Costa do Cacau.

Obra cara e vultosa, até agora o novo hospital não trouxe dividendos políticos para o governador que busca a reeleição. Pesquisas recentes feitas pelo Governo do Estado, em Ilhéus, acenderam o sinal amarelo. Rui Costa e Vilas Boas culpam a incompetência e o imobilismo do governo Marão.

Aparentemente, Magela chega com  “licença para matar”, ou seja, vai ter autonomia para fazer as mudanças que forem necessárias, principalmente na equipe.

O primeiro desafio está no superintendente do fundo municipal de saúde. Cadu Castro é personalidade de Coaraci. Almeja o comando da prefeitura local. Não tem compromisso com o povo de Ilhéus e lhe falta competência para gerir o setor. Trata-se de um alienígena na política ilheense. Foi alçado ao posto por ser cabo eleitoral do grupo do prefeito. Pode conseguir de 2000 a 3000 votos nas eleições deste ano, dizem.

Empresas de Coaraci venceram licitações em Ilhéus, a exemplo da Lenocar, que vendeu quarenta mil reais em pneus para a secretaria de saúde. O ambiente da pequena política não guarda espaço para simples coincidências. É bom ficar de olho e medir o tamanho das asas.

Se forem grandes, há quem duvide que Magela terá poder e coragem para cortá-las

Veja aqui o processo de pagamento da Lenocar referente à compra de pneus. No documento a controladoria geral do município constatou que não houve manifestação da fiscalização do contrato sobre o recebimento dos produtos (imagem abaixo).

 

NAZAL ACOMPANHA INSTALAÇÃO DE MARCOS TERRITORIAIS DE ILHÉUS

Seu Adalgisio, de 92 anos, agora sabe que mora bem próximo à linha limítrofe de Ilhéus e Uruçuca. Imagem: SECOM-Ilhéus.

 

Ilhéus é o primeiro município da Bahia a iniciar a instalação de marcos territoriais em consonância à Lei 12.057, aprovada pela Assembleia Legislativa, que baseou o trabalho de atualização dos limites municipais no estado. O trabalho prático já está sendo executado por técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) e acompanhado in loco pelo vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal.

Ilhéus possui 60 vértices que constituem o seu memorial descritivo e todos serão visitados e identificados. O município faz divisa com Una, Buerarema, Itabuna, Itajuípe, Coaraci, Itapitanga, Aurelino Leal e Uruçuca. Neste momento, estão sendo instaladas estacas provisórias nas áreas limítrofes mas, em seguida, a Prefeitura irá construir estruturas de concreto, instalar placas sinalizadoras e, através de um GPS Geodésico, o IBGE vai oficializar a certificação dos marcos.

Ilheenses – “A iniciativa facilita a vida do cidadão que passa a saber onde começa e onde termina o seu município”, destaca o vice-prefeito de Ilhéus. “Este trabalho estava previsto após a aprovação da lei e, como ele, evita-se a invasão de município pelo outro, que era uma prática generalizada na Bahia”, completa Manoel Lamartin, pesquisador do IBGE que participa da operação. Logo após às identificações dos limites entre as cidades, Ilhéus também vai realizar o trabalho nos limites dos seus distritos e povoados, informa Nazal.

Todo o trabalho realizado pelo IBGE e SEI tem o acompanhamento de representantes dos municípios limites, que testemunham toda a operação. Ilhéus já concluiu a identificação no limite com Aurelino Leal e está em fase final com Uruçuca.

Pioneirismo – Lamartin destaca ainda que a Bahia é o primeiro estado da federação que está completando o trabalho de atualização dos limites municipais. “É um trabalho pioneiro, com metodologia nossa mas que o IBGE pretende levar como referência para o restante do País”, destaca.

Na primeira fase de campo, logo no início destes debates, foi possível, por exemplo, identificar que cinco municípios baianos tinham suas sedes em territórios que não lhes pertenciam, em municípios vizinhos.

Modelo – O passo pioneiro que Ilhéus dá, neste momento, deverá ser estendido para todos os 417 municípios da Bahia. “Seu” Adalgiso, com 92 anos, agora sabe que mora bem na linha limítrofe de Ilhéus e Uruçuca. Ele foi um dos entrevistados em 2012, quando foi realizado o primeiro levantamento. Um diretor nacional de Estruturas Territoriais do IBGE estará chegando a Ilhéus nos próximos dias para conhecer de perto a metodologia usada e que será levada para todo o território nacional.

Texto da SECOM Ilhéus.

OFICINA DAS AMBULÂNCIAS DE ILHÉUS É DA CIDADE DO GESTOR DO FUNDO DE SAÚDE

Kadu foi candidato a prefeito de Coaraci e assumiu o cargo de superintendente do Fundo de Saúde de Ilhéus no último dia 11.

Fontes da Secretaria de Saúde de Ilhéus informam ao Blog do Gusmão que a empresa contratada para realizar a manutenção das ambulâncias do SAMU é de Coaraci. Também afirmam que a oficina mecânica teria começado a funcionar no improviso, de maneira muito rápida, num prédio onde funcionava uma pousada.

No último dia 11, o Diário Oficial do Município publicou a nomeação de Eduardo Haendel de Castro Santos para o cargo de superintendente do Fundo Municipal de Saúde. Kadu, como é mais conhecido, é liderança política de Coaraci. Em 2016, foi candidato a prefeito pelo PC do B.

As fontes que procuraram o blog afirmam que a oficina contratada pela secretaria teria ligações com Kadu.

O outro lado

Hoje (25), por meio do WhatsApp, o Blog do Gusmão apresentou à secretária de Saúde Elizângela Oliveira as informações das fontes. Segundo a gestora, a empresa foi contratada de maneira lícita.

“Foi contratada uma empresa, e o processo licitatório foi lícito e com o ganhador. Para levantar a informação que Carlos Eduardo, o atual superintendente, não tem procedência”, escreveu Elizângela.

Em seguida, o Blog do Gusmão perguntou o nome da empresa à secretária, já que não encontramos o contrato da oficina no Diário Oficial do Município, em busca realizada nesta sexta-feira. Também informamos à gestora que o nome “Carlos Eduardo” não aparece na nomeação do dia 11. Na publicação oficial e no registro das eleições de 2016, o nome de Kadu é apresentado como Eduardo Haendel de Castro Santos, conforme informado acima. A secretária não respondeu essas questões.

Este espaço está aberto caso o governo queira prestar maiores esclarecimentos.

O Blog do Gusmão tenta obter mais informações sobre a empresa de Coaraci.

UFSB OFERECE 400 VAGAS PARA INGRESSO NOS COLÉGIOS UNIVERSITÁRIOS

 

Inscrições começarão nessa segunda-feira. Acesse o edital.

DA ASCOM/UFSB

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) oferece 400 vagas para ingresso por meio das notas do ENEM 2014 ou 2015.

As inscrições vão ser abertas de 11 a 19 de abril e devem ser feitas pela Internet, por meio do requerimento online no site http://selecao.ufsb.edu.br/abi/.

O edital nº07/2016 foi publicado na segunda-feira (04) e organiza a entrada de alunos na Área Básica de Ingresso da Rede Anísio Teixeira de Colégios Universitários. As 400 vagas serão distribuídas entre os colégios universitários das cidades de Itabuna, Ilhéus, Coaraci, Ibicaraí, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas e Itamaraju. A classificação e o ingresso se dão através das notas do ENEM 2014 ou 2015. O candidato aprovado deverá comprovar conclusão de ensino médio, ou equivalente, no momento da matrícula.

O edital nº07/2016 pode ser conferido no portal da UFSB (ufsb.edu.br), na página Editais.

O que é a área básica de ingresso?

(mais…)

COARACI: MORRE EX-PREFEITO JOAQUIM TORQUATO

Joaquim Torquato faleceu nesta madrugada. Imagem: Fabio Nascimento.

Joaquim Torquato faleceu nesta madrugada. Imagem: Fabio Nascimento.

Do Pimenta

Joaquim Torquato, ex-prefeito de Coaraci, faleceu na madrugada de hoje (16), no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna, vítima de falência múltipla de órgãos. Torquato lutava contra câncer de próstata.

O velório do ex-prefeito ocorrerá no Ginásio de Esportes de Coaraci. O horário do sepultamento ainda não foi divulgado.

Joaquim de Almeida Torquato morreu aos 87 anos. Ele foi prefeito de Coaraci por três mandatos e eleito vereador por quatro, mas em um deles não pôde assumir por causa da Ditadura, com a decretação do Ato Institucional 5 (AI 5), no final dos anos 1960.

Militou na política partidária sempre pelo PMDB (MDB). Como prefeito executou obras importantes, como a Central de Abastecimento, colégios, praças e pontes. A prefeita de Coaraci, Josefina Castro, lamentou a morte do político e decretou luto oficial de três dias no município.

MULHER É ASSASSINADA NA FRENTE DO FILHO EM COARACI

Tatiane e Rafael. Imagem: Blog Pimenta.

Tatiane e Rafael. Imagem: Blog Pimenta.

Tatiana de Souza de Jesus, 28 anos, foi morta a tiros por volta das 20 horas de sábado (12), em Coaraci. Seu filho de dez anos presenciou o crime. O pai da jovem chegou a ouvir os disparos. O agente de endemias Rafael Oliveira foi casado com ela por nove anos e é o principal suspeito. 

Rafael está foragido. De acordo com Raquel Santana, irmã da vítima, ele já havia agredido Tatiana e chegou a quebrar um revólver diante dela. 

Tatiana também deixou a filha de sete anos que teve com Rafael. 

A delegada responsável pelo caso, Ana Cristina Soares, suspeita que o crime pode ter sido motivado por ciúme.

Com informações do Blog Pimenta e da TV Santa Cruz.

COARACI SUPERA META DO IDEB

Leninha Vila Nova, secretária de Educação de Coaraci.

Leninha Vila Nova, secretária de Educação de Coaraci.

O município de Coaraci superou a meta estabelecida para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2013. A nota chegou a 4,1, com elevação de 0,9 comparada ao desempenho do período anterior. O resultado foi um dos melhores da Bahia e deu continuidade a um crescimento considerável promovido desde 2005, quando o índice da cidade chegou a 2,1.

O Ideb é calculado a partir da avaliação da aprendizagem dos alunos em Português e Matemática (Prova Brasil) e do fluxo escolar, que leva em conta a taxa de aprovação.

(mais…)

PORTO SUL: O AJUSTAMENTO DE CONDUTA

Litoral norte de Ilhéus.

Litoral norte de Ilhéus.

O Termo de Ajustamento de Conduta opõe dois lados sobre a construção do Porto Sul.

O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Estado da Bahia integram a parte autora da Ação Civil Pública (ACP) nº 000369-50.2012.401-3301, que requisitou a suspensão da Licença Prévia – 447/12. Os Ministérios alegam que os responsáveis pelo Porto Sul (governo da Bahia e BAMIN) descumpriram procedimentos legais previstos para a construção de uma obra desse porte, cujo impacto socioambiental deve ser analisado, divulgado e discutido com rigor. 

Na ACP, consta que o processo de licenciamento ambiental do Porto Sul foi marcado por falhas e não atendeu o conteúdo mínimo exigido no Termo de Referência e Resoluções (CONAMA 01/86 e 237/97). Isso comprometeu o Princípio da Publicidade e Participação Popular. As entidades responsáveis pela obra não realizaram as audiências públicas necessárias para o esclarecimento profundo do projeto, que poderia interferir de modo incisivo nas realidades social e ecológica da região.

Diante do impasse, o TAC foi o instrumento escolhido para que o governo (representado pelo Departamento de Infraestrutura e Transportes da Bahia), o IBAMA e a BAMIN possam submeter o processo de licenciamento do Porto Sul às ordens vigentes.

A princípio, o MPF e o MPF-BA exigiram que novas audiências públicas fossem realizadas em Itacaré, Uruçuca, Ilhéus, Itabuna, Itajuípe, Coaraci e Barro Preto. Como alternativa, foi acertado que as reuniões acontecerão apenas em Ilhéus e Itabuna. No entanto, sob a condição de que o transporte adequado será disponibilizado a todos os habitantes interessados daquelas outras cidades, para facilitar o acesso aos eventos. 

Para ter acesso ao Termo de Ajustamento de Conduta, clique aqui

ITABUNA REGISTRA MAIOR ÍNDICE DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA DO SUL DA BAHIA

29.29-620x350Na Bahia foram notificados 3.854 casos de violência doméstica, dos quais 1.750 em Salvador.

Pelo menos 10 municípios do sul da Bahia registraram casos esse ano. Itabuna lidera em quantidade de notificações, com 32, entre primeiro de janeiro e 21 de agosto.

Outros municípios com registros são Arataca, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Coaraci, Ibirataia, Iguaí, Ilhéus, Itacaré, Itagibá e Pau Brasil.

COARACI: VICE ROMPE COM PREFEITA

Josefina e Sérgio. (Montagem: Blog do Gusmão)

Josefina e Sérgio. (Montagem: Blog do Gusmão)

Segundo informações do blog Políticos Sul da Bahia, o vice-prefeito de Coaraci, Sérgio Fraife (PP) rompeu  com a prefeita Josefina Castro (PT) e está disposto a entregar os cargos que tem no governo ainda nesta semana. 

O motivo do rompimento teria sido a insatisfação de Sérgio com o descumprimento dos acordos feitos na última corrida eleitoral. Além disso, ele já estaria de olho nas articulações feitas para as eleições de 2016.

INFORME DA COELBA

COELBADiante das chuvas fortes dos últimos dias, a Coelba tem registrado aumento no número de casos de queda de energia em Itabuna, Coaraci, Buerarema, Itajuípe e Camacã.

Segundo a empresa, para agilizar o atendimento nesses casos, foram colocadas  mais equipes em campo.

Para notificar sobre queda no fornecimento, o usuário pode ligar para o telefone 0800 071 0800, ou acessar o site www.coelba.com.br. Nas duas formas de atendimento, é importante ter em mãos o número do contrato ou do CPF do titular.

COMPRA DE VOTOS EM COARACI: QUATRO SACOS DE CIMENTO E R$ 200,00

A prefeita reeleita de Coaraci, Josefina Castro, terá que se explicar depois que um vídeo onde o Secretário de Administração da Prefeitura, Lourival Junior, aparece comprando votos.

Nas imagens, Lourival, braço direito de Josefina, entrega a um eleitor notas para aquisição de 4 sacos cimento acompanhadas de duzentos reais, além de 15 litros de gasolina. Veja.

 

PORTO SUL VAI AFETAR A AGRICULTURA FAMILIAR “DE FORMA BASTANTE SIGNIFICATIVA E DIFERENCIADA”, AFIRMA O IBAMA

De Paulo Paiva para o site Esperança Conduru.

O Instituto Brasileiro dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA divulgou mais um relatório sobre o pedido de licenciamento ambiental para a construção de um novo porto em Ilhéus. O relatório de vistoria nº13/2012 é mais uma peça do processo de licenciamento, requerido pela Bahia Mineração. A empresa pretende armazenar e exportar minério de ferro a partir do litoral norte do município, em uma das áreas centrais do Corredor Ecológico Esperança Conduru.

O relatório refere-se às vistorias realizadas na área de influência do projeto, referente à segunda alternativa locacional apresentada ao IBAMA (arredores do povoado de Aritaguá), após a rejeição da localização inicialmente proposta (arredores do povoado de Ponta da Tulha). Também se refere ao acompanhamento da nova série de audiências públicas realizadas nos municípios de Uruçuca, Itacaré, Itabuna, Coaraci, Itajuípe e Barro Preto.

As vistorias e audiências ocorreram entre os dias 29 de maio e 1º de junho de 2012, e segundo o documento, “deveu-se à necessidade de melhor conhecimento da nova poligonal proposta para o Porto Sul, das comunidades existentes em sua área de influência, de aspectos relacionados à pedreira e dos acessos pretendidos”.

O documento destaca as principais dúvidas levantadas durante as audiências públicas nos municípios litorâneos vizinhos de Ilhéus. Essas audiências foram motivadas por ação do Ministério Público Federal, que considerou os municípios de Uruçuca e Itacaré como na área de influência direta dos impactos ambientais do empreendimento.

Impacto nas Praias

Litoral norte de Ilhéus.

Nas audiências obrigatórias, no caso de Uruçuca, algumas das maiores preocupações estão relacionadas ao avanço do mar, onde se projeta um recuo da linha de maré de até 80 metros em 30 anos. Esse tema foi reforçado na audiência de Itacaré, que também destacou o assoreamento das praias e em trechos de desembocadura de rios, além do impacto visual.

Em vistoria, os analistas identificaram um desses riscos de assoreamento de barras de rios nas proximidades do empreendimento, na chamada “Barra do Abelar”, sugerindo de imediato que o empreendimento se afaste da margem desse corpo hídrico de forma a garantir às comunidades locais seu uso.

Impactos na Pesca

A pesca também é um tema que levantou muitas dúvidas nas duas audiências, e nas reuniões realizadas com os pescadores de Serra Grande e Itacaré. Persistiram dúvidas relacionadas à rota dos navios, ao trânsito dos pescadores, e ao risco de afastamento dos peixes de pesqueiros próximos às estruturas do porto. Os pescadores de Itacaré relataram que a pesca é praticada “até onde o barco alcança e onde estiver o pescado”, e que, “pescam em barcos menores que costumam chegar até Canavieiras (7 a 8 horas de percurso para acessar o pesqueiro)”.

Impactos no Mar

Nos temas relacionados ao mar, ainda tivemos na audiência de Itacaré, o parecer do Instituto Baleia Jubarte, que se posicionou contrário à implantação do projeto. Em geral, os participantes da audiência de Itacaré defenderam a tese de que o empreendimento não gerará benefícios socioeconômicos.

 

Impacto na Agricultura Familiar

Outro tema destacado no relatório são os impactos na agricultura familiar, decorrentes da construção do porto e de seus acessos, que implicará em desapropriações, e impactos nas comunidades rurais. Nas vistorias in loco, os analistas afirmam que haverá impactos socioeconômicos nas comunidades de Aritaguá e Vila Juerana, onde haverá desapropriações, além de citar também, as desapropriações em condomínios, a exemplo do Loteamento Japara e Paraiso das Águas.

O relatório afirma que na nova poligonal prevista, na parte rural de Aritaguá, encontram-se áreas residenciais, de beneficiamento de cacau, plantações de laranja, cajá, banana, cacau, aipim, coco e mangaba, produtos escoados através da Cooperativa da Agricultura Familiar do Sul da Bahia – Coofasuba. Em conversas com trabalhadores da região avalia-se que o processo de desapropriação (ou reassentamento) afetará estes grupos sociais, de forma bastante significativa e diferenciada, e teme que as medidas de mitigação/compensação atinjam somente os proprietários das terras, desconsiderando outros grupos mais vulneráveis do ponto de vista social e econômico.

Impacto dos Acessos, Canteiros e Obras

O impacto das duas pontes de acessos sobre o rio Almada, e a intensificação do tráfego nas rodovias BA-645, BR-101 e BA-001 também foram mencionados como impactos preocupantes. Esses fatos foram observados na vistoria da área resultante da nova poligonal, onde os técnicos avaliaram os impactos nas áreas de instalação do canteiro de obras, e construção de novos acessos.

Conforme informado pelo empreendedor, parte da estrada hoje existente deverá ser utilizada como canteiro de obras. Posteriormente, parte deverá ser mantida como via interna, e outra parte deverá ser recomposta/recuperada (PRAD). Estão planejadas duas pontes sobre o rio Almada. Uma servirá para acesso rodoviário e outra, de maior porte, dará acesso aos píeres Offshore.

Outra preocupação da equipe é com a Estrada Centenária de Sambaituba (BA-648), planejada para ser usada por seis meses pelo projeto, e, sendo muito estreita, causaria problemas com o tráfego já existente (veículos leves, ônibus escolares, caminhões das fazendas, entre outros).

Também, o acesso pela Estrada de Itariri deverá iniciar-se na BA-262 (Ilhéus-Uruçuca), passando por um trecho de 5 km a ser construído, e que possui um traçado que implicará em mais desapropriações de pequenos agricultores.

Impactos do Manejo de Pedras

A vistoria na área da pedreira, em uma dos locais previstos como fonte de rochaa para o empreendimento, observou-se a existência, nas proximidades da poligonal do projeto, de habitações que podem ser afetadas por ruídos e vibrações. Torna-se necessário ainda, contemplar aspectos relativos aos impactos sobre os acessos já utilizados pelos habitantes locais.

Dúvidas que Persistem

Segundo o documento, a maior parte das manifestações nas audiências diz respeito à demanda por empregos e a carências de serviços públicos, tais como saúde, educação, saneamento básico, segurança, transportes, etc. E que “é entendimento desta equipe que tais carências, historicamente acumuladas, não serão supridas em sua totalidade por medidas pontuais vinculadas a empreendimentos também pontuais, sejam eles públicos ou privados”.

Rio Almada.

Nas demais audiências, os temas abordados foram menos específicos. Em Itabuna, alguns questionamentos referiam-se à Ferrovia Leste-Oeste – FIOL e, indiretamente, ao Porto Sul. Foram feitas perguntas sobre os tipos de cargas que seriam transportadas pela FIOL e escoadas através do Porto Sul. O empreendedor informou que está previsto o transporte de minério de ferro, clínquer, fertilizantes, etanol, granéis sólidos, e outros.

Já nas audiências públicas de Barro Preto, Itajuípe e Coaraci, o rio Almada foi um tema recorrente. Considerado por muitos como “esquecido das políticas públicas”, os analistas afirmam que esse aspecto será analisado nos estudos apresentados, mas que, previamente, é plausível requerer que melhorias sejam comtempladas pelo empreendedor, já que o mesmo planeja fazer captação de água no rio.

Em Coaraci foram colocadas questões relacionadas às compensações ambientais, e benefícios diretos para o município. Também foi feita uma demanda pela criação da Estação Ecológica do Alto Almada.

Sobre os impactos nas comunidades, e a resolução da série de problemas que afetam a vida das pessoas, o documento enfatiza que “deve restar claro que tais responsabilidades podem e devem ser compartilhadas, mas que, o equacionamento de tais problemas devem se dar através de políticas públicas mais abrangentes, não se circunscrevendo à programas/projetos pontuais.

O relatório propõe que sejam realizados novos estudos complementares, e foi acatado pela coordenadora de Portos, Aeroportos e Hidrovias, Mariana Graciosa Pereira, e foi assinado pelos analistas ambientais Beatriz Magno Moreira, Elizabeth Eriko Uema, Gabriel Angotti Magnino e Liana Neves Salles Nascimento Silva.

Leia o relatório.

Página 1 de 21...Última »
error: Content is protected !!