agosto 2014
D S T Q Q S S
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


faculdade madre thais

:: ‘Ferrovia Norte Sul’

PAULO SÉRGIO PRETENDE RETOMAR RITMO NORMAL DAS OBRAS

Uma semana após a presidente Dilma Rousseff suspender por 30 dias as licitações, projetos, obras e serviços do Ministério dos Transportes para um pente-fino geral nos gastos excessivos da pasta, o ministro recém-empossado, Paulo Sérgio Passos, já quer revogar a medida.

Pulo Sérgio disse, ontem (quarta-feira, 13), para deputados, que pretende retomar o ritmo normal das principais obras do ministério, mas que antes conversará com a presidente sobre a urgência das construções.

A idéia de Passos é que, à medida que sejam investigados os casos de irregularidades, os processos sejam liberados imediatamente, sem esperar o fim do prazo de 30 dias estabelecido por Dilma, que acaba no dia 6 de agosto.

Entre as obras suspensas para investigação, e que podem voltar com todo o gás estão trechos das ferrovias Norte-Sul e Oeste Leste e rodovias federais em vários Estados, paralisadas por indícios de superfaturamento, cobrança por serviços não realizados, não pagamento de áreas desapropriadas e falhas de projeto.

Informações do Estadão.

DILMA CORTA ORÇAMENTO DA FERROVIA OESTE-LESTE

Em primeira mão.

A Presidenta Dilma Rousseff deu uma grande tesourada no orçamento de construção da Ferrovia Oeste-Leste.

Na última terça-feira (10), através do decreto 13040, Dilma cancelou a dotação orçamentária, cerca de 285 milhões de reais, destinados à colocação dos trilhos, locomotivas e etc, do trecho Ilhéus-Caetité.

Os recursos foram remanejados para outras obras do governo federal, dentre elas,  a ferrovia Norte-Sul.

A ferrovia Oeste-Leste é fundamental para a viabilização do Porto Sul, projeto que inclui a construção de um terminal de exportação de minério de ferro, da empresa do Cazaquistão (Bamin), idealizado em Aritaguá.

O corte joga um “mar de incertezas” na iniciativa “desenvolvimentista” do governo do estado.

Veja o decreto.

http://www.blogdogusmao.com.br/v1/2011/05/11/vila-nova-e-o-cenario-politico-de-barro-preto/13040

 

JUQUINHA DA VALEC É ACUSADO DE SUPERFATURAMENTO

Juquinha.

Segundo a edição 2162 da revista Isto É, o presidente da Valec Engenharia, Construções e Ferrovia S/A, José Francisco das Neves, o Juquinha, juntamente com outros executivos da empresa, são acusados de terem superfaturado obras da ferrovia Norte Sul, segundo o relatório de peritos criminais da Polícia Federal. A Norte Sul já tem 1,3 mil quilômetros construídos, tendo consumido o total de R$ 4 bilhões. Os peritos projetam que os desvios podem alcançar a cifra de R$ 1,1 bilhão.

Sete lotes da obra foram concluídos. O lote 4, pesquisado pela perícia, compreendido no trecho entre os municípios de Santa Isabel e Uruaçu, em Goiás, já foram desviados R$ 71 milhões, que corrigidos até o mês de janeiro deste ano atingem o valor de R$ 92 milhões.

Juquinha é aquele que, dias atrás, falou, autoritariamente, para quem duvida da concretização da Ferrovia Oeste Leste (FIOL), programada para ligar Caetité/ BA a Figueirópolis (TO): “Não fiquem na frente do traçado, porque o trem vai passar em cima de vocês”. Declaração própria de quem é acostumado a agir fora da lei.

Clique aqui para ler a matéria da Isto É.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia