WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Terca-Feira, 12 de Dezembro de 2017
cenoe faculdade madre thais

NORTE E NORDESTE NÃO ADOTAM HORÁRIO DE VERÃO

Norte e Nordeste não adotam a medida. Imagem: Rádio Cidade FM.

Norte e Nordeste não adotam a medida. Imagem: Rádio Cidade FM.

O horário de verão de 2017 começa na primeira hora do próximo domingo (15). À meia-noite de sábado, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem adiantar o relógio em uma hora. A medida segue até à meia-noite do dia 18 de fevereiro de 2018.

O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal). O Norte e Nordeste não adotaram a medida.

O horário de verão foi instituído com o objetivo economizar energia no país em função do maior aproveitamento do período de luz solar.

QUASE 17 MILHÕES DE DOMICÍLIOS TÊM TV PAGA

O país contava até o fim de abril com 16,97 milhões de domicílios com TV por assinatura. Somente no mês passado foram adicionados à rede 160,4 mil novos assinantes. Os dados foram divulgados ontem (quarta,5) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

As regiões com maiores índices de crescimento do serviço foram a Centro-Oeste, 1,49%, com mais 17.013 novos assinantes de TV paga; seguida pela Sul, com 1,44% (36.317 usuários); a Norte, 1,20% (8.794 clientes); Nordeste, 1,16% (25.531); e a Sudeste, 0,72% (74.693).

Se for considerado o número médio de 3,2 pessoas por domicílio, divulgado pelo IBGE, os serviços de TV paga já são distribuídos para cerca de 54,3 milhões de pessoas e estão presentes em 28,1% das residências do país.

A Net/Embratel, do grupo América Móvil, contava até o final de abril com 8,842 milhões de clientes, enquanto a Sky/DirectTV tinha 5,342 milhões de assinantes. A Oi vinha em seguida, com 857.313 clientes; a Telefonica prestava serviço para 532.033; a GVT tem 500,9 mil clientes; a Algar 126,2 mil; e a ViaCabo 111,3 mil. Os outros grupos atendem a 656,7 mil residências.

Os serviços de TV por assinatura via satélite (DTH) representavam em abril 60% do mercado ou 10,524 milhões de consumidores. A segunda mais procurada é a TV a cabo que detinha 37,6% da preferência, com 6,375 milhões dos assinantes. Informações do O Globo.