WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Terca-Feira, 20 de Fevereiro de 2018
cenoe faculdade madre thais

CONFIRA IMAGENS DESSA TERÇA-FEIRA DA NOVA PONTE ILHÉUS-PONTAL

Vista do lado sul da obra. Imagens: José Nazal.

O vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal (REDE), registrou e divulgou ontem (13) imagens aéreas das obras da nova ponte Ilhéus-Pontal. Confira.

Traçado da futura pista de acesso à nova ponte a partir do Centro.

(mais…)

ILHÉUS: GOVERNO INICIA CONSTRUÇÃO DAS VIAS DE ACESSO DA NOVA PONTE

Máquinas usadas na construção do “acesso norte”. Imagem: Secom-GOVBA.

O Governo do Estado anunciou hoje (8) o início da construção das pistas que vão dar acesso à nova ponte de Ilhéus a partir do Centro. Chamada de “Acesso Norte”,  a via será paralela às avenidas Dois de Julho e Soares Lopes.

Em janeiro, o vice-prefeito José Nazal (REDE) explicou a este blog que o acesso norte vai se estender até a altura do local que recebe a feirinha de verão, na Soares Lopes.

O início das obras do acesso sul, no lado do bairro Pontal, depende da conclusão das desapropriações das áreas afetadas. O governo estadual espera concluir esse processo até o mês de março. Já a entrega da nova ponte está prevista para o final deste ano.

ELISABETH ZORGETZ: NOME FEMININO PARA NOVA PONTE SOARIA “IRÔNICO”

A historiadora Elisabeth Zorgetz.

O vice-prefeito José Nazal (Rede Sustentabilidade) gosta de usar a expressão “Dona Ponte” para se referir ao novo elo em construção em Ilhéus. O apelido da obra ressaltou o feminino do substantivo ponte.

A brincadeira levou o Blog do Gusmão a sugerir, num comentário recente, que a ponte recebesse um nome de mulher – veja aqui.

Ontem (22), numa conversa via Facebook, solicitamos que a historiadora Elisabeth Zorgetz emitisse opinião sobre a possibilidade da ponte receber o nome de uma mulher, considerando sobretudo o aspecto simbólico dessa escolha.

A ideia não a empolgou. Segundo ela, numa sociedade como a ilheense, em que as mulheres têm tanta representatividade política como em “estados restritivos e teocráticos”, a escolha do nome feminino para a ponte “seria um pouco irônico”. Confira a resposta na íntegra.

“Bem, muito honestamente, não vejo com simpatia que mesmo no campo simbólico, a ponte leve o nome de uma mulher. Primeiro, porque não consigo encontrar uma relação mais estreita, que faça muito sentido. Em segundo lugar, pensando em como a dinâmica da mobilidade urbana, política e sociedade funcionam em Ilhéus, seria um pouco irônico, inclusive. Ilhéus figura entre cidades no mundo com baixíssima participação de mulheres em decisões sobre a comunidade e a cidade, perdendo proporcionalmente para estados restritivos e teocráticos. No campo do trabalho, a sujeição é gritante. A ponte pode ter um efeito positivo sobre a vida urbana, mas não há muito motivo de comemoração para as ilheenses. Mas se eu pudesse escolher um nome de mulher para ela, seria Carolaine Menezes, uma jovem ciclista atropelada e morta por um caminhão enquanto ia trabalhar. Espero que a ponte e o novo planejamento de mobilidade possam honrá-la de alguma forma”.

RUI COSTA NÃO TEM NOME PREFERIDO PARA A NOVA PONTE ILHÉUS-PONTAL

O governador Rui Costa e o vice-prefeito José Nazal. Imagem: Clodoaldo Ribeiro/Secom-Ilhéus.

O Governo da Bahia acredita que a construtora OAS vai concluir a nova ponte Ilhéus-Pontal e as suas vias de acesso ainda neste ano.

O governador Rui Costa (PT) reafirmou a previsão durante a sua visita mais recente à cidade, na manhã da última sexta-feira (19), quando conversou com a imprensa no canteiro de obras da ponte.

Na oportunidade, o Blog do Gusmão perguntou a Rui Costa se ele tem um nome de preferência para dar à nova ponte. “Não. Nós não definimos ainda nome. É evidente que o município pode discutir. As pessoas podem discutir. Nós não temos ainda sugestão. O aeroporto de [Vitória da] Conquista, por exemplo, foi batizado de Glauber Rocha, após uma ampla discussão na cidade e na Assembleia Legislativa. [Em Ilhéus], provavelmente, quando se aproximar a inauguração, esse debate vai ficar mais forte. A ponte, além de um grande equipamento de mobilidade, será um novo cartão-postal de Ilhéus”, respondeu o governador.

Na tarde desta segunda-feira (22), numa breve conversa via WhatsApp, o vice-prefeito José Nazal (Rede Sustentabilidade) nos informou que “o assunto ainda não foi discutido” no âmbito do governo municipal.

Comentário do Blog do Gusmão.

Na praia do Cristo, após ouvir a resposta do governador, um colega da comunicação social nos disse que ainda não havia pensado sobre o nome da ponte. Depois de ouvir a pergunta, ele mesmo se perguntou se o novo elo será também “Jorge Amado”, como o aeroporto. No embalo, lembrou da vez em que itabunenses tentaram colocar o nome do escritor grapiúna na Avenida Cinquentenário. Como se sabe, a proposta não avançou.

Nada contra Jorge Amado, à memória de quem dedicamos todo o respeito, mas, pensamos que a nova ponte deve ter o nome de uma mulher, por uma questão de dívida histórica com o feminino e, sobretudo, de criatividade: há muitos nomes de homens nas coisas do mundo. A julgar pelo protagonismo que Jorge Amado atribuiu às mulheres dos seus romances, ele certamente aprovaria a ideia. Fica a sugestão para o governador e a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia.

AFETADOS POR OBRAS DA PONTE VÃO RECEBER INDENIZAÇÕES EM MARÇO, INFORMA NAZAL

Nazal recebe a comitiva do governador durante visita às obras da nova ponte Ilhéus-Pontal. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Na manhã desta sexta-feira (19), o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal (Rede Sustentabilidade), acompanhou o governador Rui Costa (PT) na vistoria das obras da nova ponte Ilhéus-Pontal.

Durante a rápida conversa do governador com a imprensa, o radialista Luk Rei, apresentador do programa A hora da verdade (Rádio Baiana), perguntou em que pé anda o processo de indenização das pessoas afetadas pelas obras, que também incluem as vias de acesso à nova ponte. Rui Costa explicou que “a PGE [Procuradoria-Geral do Estado] está finalizando o parecer este mês”.

Segundo o vice-prefeito, que também é secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, a prefeitura participou do trabalho de aproximação e reconhecimento dos moradores afetados.  

“A partir da intervenção do município, houve o acesso às pessoas e aos imóveis para fazer o cadastro. A gente está esperando agora que o cartório de registro dê as certidões de inteiro teor necessárias para compor o processo. A intenção do governo é resolver tudo de uma vez só, ao invés de sair por pedacinho”, explicou. Ainda conforme Nazal, as indenizações serão quitadas em março.

EM RITMO DE FIM DE ANO

Obra da nova ponte Ilhéus-Pontal. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Por volta das 11 horas dessa terça-feira (28), o blog visitou a obra da nova ponte Ilhéus-Pontal, com o objetivo de checar uma mensagem segundo a qual a construção estava parada. A informação não se confirmou.

Nos aproximamos do limite da área isolada e registramos a imagem acima. Naquele momento, não mais do que treze funcionários da OAS trabalhavam no lado sul da obra, perto da Maramata, onde estávamos. De longe, avistamos um grupo de obreiros em maior número na outra margem, próximo à Praia do Cristo. As máquinas pesadas também eram mais numerosas nesse lado da construção.

Durante a visita, encontramos um amigo do Blog do Gusmão que mora na Nova Brasília, a comunidade ao lado do Morro de Pernambuco. Nas últimas duas semanas, segundo ele, o “movimento [da obra] deu uma diminuída”.

A construção da nova ponte é fruto de um investimento de noventa milhões de reais do Governo da Bahia. Originalmente, o novo elo seria inaugurado em junho de 2015, já que a primeira ordem de serviço foi expedida dois anos antes. Conforme a previsão atual, a entrega da obra não vai passar de 2018.

RUI COSTA RECEBE IMPRENSA NA OBRA DA NOVA PONTE ILHÉUS-PONTAL

Governador Rui Costa. Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

Governador Rui Costa. Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

Noticiamos ontem (26) que o governador Rui Costa (PT) vai marcar presença no aniversário de Ilhéus. Hoje a assessoria do governo confirmou que o petista reservará parte da estadia no município para uma conversa com os meios de comunicação do sul da Bahia. O encontro com a imprensa está marcado para as 15 horas, no canteiro de obras da nova ponte Ilhéus-Pontal.

O NOME DA NOVA PONTE ILHÉUS-PONTAL

Ilustração.

Ilustração.

O presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, Elias Reis, pretende encaminhar ofício ao prefeito Mário Alexandre (PSD), com o objetivo de agendar visita dos profissionais da imprensa ao canteiro de obras da nova ponte Ilhéus-Pontal.

Um dos propósitos da iniciativa é descobrir como o nome do novo elo será escolhido, além de conhecer o cronograma da construção.

A visita também vai abrir um canal entre a imprensa e os representantes da OAS, construtora responsável pela obra.

Conforme Elias Reis, o radialista e vereador Gil Gomes (PV) subscreverá o ofício endereçado ao prefeito.

ILHÉUS EM TRANSE: TEMPO, ESPAÇO E PERCEPÇÃO

Imagem registrada por José Nazal nessa quinta-feira (2).

Imagem registrada por José Nazal nessa quinta-feira (2).

Por Thiago Dias

O Blog do Gusmão publicou ontem (2) matéria sobre a abertura do caminho das pistas de acesso da nova ponte Ilhéus-Pontal – veja aqui.

No mesmo dia, o vice-prefeito José Nazal (Rede Sustentabilidade) voltou a sobrevoar a cidade para registrar imagens aéreas. Uma delas (acima) mostra o traçado das vias que darão acesso à ponte a partir do Centro. A perspectiva proporciona visão ampla do local. A vegetação ajuda a visualizar a linha que ganha forma com o trabalho do rolo compressor.

Nazal gosta de contar uma história para ilustrar o modo como não nos damos conta das mudanças que acontecem diante dos nossos olhos. Com 61 anos, ele sempre morou na Avenida Soares Lopes. Ao longo das últimas cinco décadas, os impactos ambientais da construção do Porto do Malhado transformaram a paisagem à frente da sua casa. “E eu não vi!”, exclama, quando lembra do “recuo” do mar. Antes do porto, as ondas da praia da Avenida beiravam o terreno onde a Catedral de São Sebastião foi erguida.

(mais…)

OAS ABRE CAMINHO NA AREIA PARA AS PISTAS DA NOVA PONTE

Operário opera rolo compressor na área que vai receber pistas de acesso da nova ponte Ilhéus-Pontal. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Trecho de areia vai receber pistas de acesso da ponte. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Registrada na manhã desta quinta-feira (2), a imagem acima mostra parte da área que vai receber as pistas de acesso da nova ponte Ilhéus-Pontal. No primeiro plano, aparece trecho de areia já comprimido por rolo compressor. Ao fundo, um funcionário da OAS, empresa responsável pela obra, opera a máquina.

Ontem à tarde, o Blog do Gusmão observou o trabalho de topógrafos no local. Pedaços de madeira cravados na areia indicam o traçado das futuras vias da BA-001, à margem direita das avenidas Dois de Julho e Soares Lopes, no sentido Pontal-Centro.

O governador Rui Costa (PT) estima que a construção será concluída em 2018. Antes disso, no entanto, o governo vai ter que lidar com um aspecto delicado do empreendimento. Trata-se da desapropriação dos imóveis no trajeto das pistas da ponte no lado do Pontal.

COMUNIDADE QUER AJUDA DO MP CONTRA EXTINÇÃO DO COLÉGIO LUIZ PALMEIRA

Em reunião, grupo decidiu visitar a unidade do Ministério Público em busca de apoio. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Grupo decidiu visitar a unidade do MP em busca de apoio. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

O Blog do Gusmão acompanhou na manhã desta quinta-feira (9) mais um encontro do grupo que luta contra a extinção do Colégio Estadual Padre Luiz Palmeira.

A comunidade escolar e ativistas sociais querem o apoio do Ministério Público do Estado da Bahia para convencer o governo Rui Costa a construir uma nova sede para a escola, que será demolida para dar lugar às vias de acesso da nova ponte Ilhéus-Pontal.

Na manhã da próxima terça-feira (14), o grupo visitará a unidade do Ministério Público em Ilhéus. Depois, às 18h30min, voltará a se reunir na sede da escola, com o objetivo de avaliar o andamento da mobilização e o resultado da visita ao MP.

OBRA DA PONTE VAI EMPREGAR ATÉ 500 OPERÁRIOS

Foto mostra trajetória da ponte ganhando forma. Imagem: José Nazal.

Foto mostra trajetória da ponte ganhando forma. Imagem: José Nazal.

A estimativa é do governo Rui Costa. De acordo com a Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia, a empresa OAS emprega hoje 150 operários na construção da nova ponte de Ilhéus. A pasta espera que esse número chegue a 500 no auge da obra.

O secretário de infraestrutura, Marcus Cavalcanti, falou sobre o andamento da construção. “Já estamos concluindo o aterro provisório, que cria uma acessibilidade viária para os equipamentos e materiais que vão compor a fundação dos apoios da ponte”, explicou Cavalcanti.

ESPIGÃO DA OBRA DA PONTE É PROVISÓRIO, AFIRMA SECRETÁRIO

Espigão será removido após etapa da obra. Imagem: José Rezende Mendonça.

Espigão será removido após etapa da obra. Imagem: José Rezende Mendonça.

A deputada estadual Ângela Sousa (PSD) se reuniu ontem (8) com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, para discutir dois temas que interessam à população do sul da Bahia. A recuperação de trechos da rodovia BA-001 e as obras da nova ponte de Ilhéus.

A deputada solicitou ao secretário o envio de técnicos a Ilhéus, com o propósito de prestar esclarecimentos sobre a execução das obras da nova ponte. A presença de um espigão tem gerado questionamentos. Segundo Marcus Cavalcanti, os espigões são estruturas provisórias. Servem apenas para dar sustentação ao trabalho de homens e máquinas. 

Deputada Ângela Sousa durante audiência com o secretário de infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti.

Deputada Ângela Sousa durante audiência com o secretário de infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti.

O secretário reafirmou que a estrutura da ponte será estaiada, modelo considerado economicamente viável e a melhor opção para distâncias maiores que 150 metros. O governo vai enviar a equipe técnica solicitada por Ângela Sousa.

A deputada também demonstrou ao secretário a necessidade de intervenções urgentes nos trechos da BA-001 entre Ilhéus e Itacaré e entre o litoral sul ilheense e o município de Canavieiras. Segundo a deputada, a alta estação vai aumentar o fluxo de veículos nas estradas litorâneas, por isso a urgência da realização dos serviços.

REDUÇÃO DE VALOR NÃO ALTERA PROJETO DA NOVA PONTE, AFIRMA SUPERINTENDENTE

Saulo Pontes explica como projeto orçado inicialmente em 180 milhões de reais vai custar R$ 96 milhões.

Saulo Pontes explica como projeto orçado inicialmente em R$ 180 milhões vai custar R$ 96 milhões.

O Blog do Gusmão publicou questionamentos sobre a construção da nova ponte entre o Pontal e o Centro de Ilhéus. Lembre aqui e aqui.

Nessa segunda-feira (31), solicitamos informações ao governo Rui Costa. Entre outros pontos, o superintendente de infraestrutura de transportes, Saulo Pontes, explicou que a redução significativa do valor não alterou o projeto inicial da obra.

Ou seja, em 2013, quando anunciou a construção da ponte e das vias de acesso, o governo fechou contrato de R$ 180 milhões com a Constran. Três anos depois, agora sob a responsabilidade da OAS, o mesmo projeto será executado com R$ 96 milhões.

Na manhã dessa terça-feira (1º), o radialista Vila Nova disse no programa O Tabuleiro (Conquista FM) que a redução drástica do custo da ponte foi um “milagre”.

Em nota enviada ao Blog do Gusmão, o superintendente Saulo Fontes explicou a diminuição do custo. “O escopo da licitação anterior para a Ponte estaiada Ilhéus-Pontal está mantido, com vias de acesso e comprimento da ponte que contempla a área de inundação provocada pelas marés. Estas definições evitam dividir o uso das praias pela comunidade e o fluxo dos veículos nas ruas existentes. As mudanças realizadas no método construtivo permitirão um plano executivo com maior praticidade e consequentemente maior economia. Com as otimizações realizadas pelo Controle de Qualidade do Projeto (CQP), a ponte sofreu ajustes na simetria do balanço estaiado, e seu comprimento foi ampliado no lado norte (Ilhéus)”, esclareceu o engenheiro.

CONSTRUÇÃO DA NOVA PONTE ILHÉUS-PONTAL LEVANTA QUESTIONAMENTOS

nova-ponte

Suposto “espigão” levanta dúvidas em muitas pessoas. Transparência no trato com as informações pode dirimir questionamentos. Foto: José Rezende Mendonça.

A construção da nova ponte Ilhéus-Pontal, obra executada pela empreiteira OAS, tem despertado questionamentos.

Por falta de transparência do Governo do Estado e da construtora, muitas pessoas não sabem precisar se o projeto original da “ponte estaiada” foi ou não modificado. Em junho de 2013, o então governador Jaques Wagner assinou a ordem de serviço da obra e inseriu a palavra “estaiada” na expectativa e no vocabulário dos moradores de Ilhéus. Conforme anunciado, o novo elo mediria 497 metros de extensão.

Com todo o direito, cidadãos querem saber se o projeto anunciado em 2013 foi modificado. Imagem: SECOM/BA.

Com todo o direito, cidadãos querem saber se o projeto anunciado em 2013 foi modificado. Imagem: SECOM/BA.

A desconfiança também é alimentada pela redução no valor final da obra, antes avaliada em R$ 180 milhões, hoje em R$ 96 milhões. O senso comum relacionou a queda no custo à operação Lava Jato, do juiz Sergio Moro. A impressão foi reforçada pelo fato da Constran (a primeira empreiteira que construiria a ponte) ter sido flagrada como parte do grande esquema de corrupção.

O surgimento de um suposto “espigão” bem próximo da Praia do Cristo também merece esclarecimentos. Até hoje as autoridades e a empreiteira não explicaram por quais motivos foi erguido e por quanto tempo ficará no local.

De acordo com informações chegadas a este blog, o Ministério Público Estadual já pediu explicações aos órgãos responsáveis.

Comentário do blog.

Atenção turma que acredita no mito do progresso. Não somos contra a ponte. 

O governo estadual deve realizar uma audiência pública para explicar às pessoas interessadas como a obra vai acontecer. É óbvio que a nova ponte é mais do que necessária, mas, por acontecer num espaço público, diga-se de passagem, no local mais belo da cidade, merece sim transparência e explicações.

RUI COSTA CONHECE DETALHES DO PROJETO DA PONTE

Encarregados da OAS, Marcus Cavalvante e o governador diante da ilustração da ponte. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Encarregados da OAS, Marcus Cavalvante e o governador diante da ilustração da ponte. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

O governador Rui Costa visitou Ilhéus na tarde dessa quarta-feira, 21, para ver de perto o andamento das obras da nova ponte do Pontal.

Acompanhado de engenheiros da OAS, empresa responsável pela construção, o secretário estadual de infraestrutura, Marcus Cavalcante, apresentou detalhes do projeto ao governador.

Rui comentou a importância que a nova ponte vai ter para a cidade. O governo estima que a obra será concluída no primeiro semestre de 2018. “Nós vamos ter realizado o sonho do povo de Ilhéus de ter uma nova ponte, melhorando a vida das pessoas e o tráfego, além do turismo. Nós vamos gerar mais empregos e receber mais turistas”, disse o governador.

Página 1 de 41...Última »