WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017
cenoe faculdade madre thais

VÍDEO: HOMEM JOGA ENTULHO NA BAÍA DO PONTAL

A Baía do Pontal é um dos lugares mais bonitos de Ilhéus. Infelizmente, tamanha beleza esconde perigos, como o risco de contaminação num simples banho. Com frequência, o Inema insere a baía entre áreas que devem ser evitadas por banhistas. Grande parte do problema resulta do lançamento de esgoto não tratado.

A mesma beleza também não impede que ela seja vítima de outro tipo de poluição. Encontra-se até carcaças de eletrodomésticos à margem da baía. Em determinado nível de condicionamento cultural, o belo não sensibiliza.

Nesse domingo (19), um leitor do Blog do Gusmão nos enviou fotografias e vídeo que mostram um homem jogando entulho na beira da baía. A cena é só um exemplo do cotidiano de maus-tratos. Confira abaixo.

Sequência de imagens mostra momento em que homem joga entulho.

Sequência de imagens mostra momento em que homem joga entulho.

Imagens enviadas por um leitor do blog.

Imagens enviadas por um leitor do blog.

POLUIÇÃO MATA 1,7 MILHÃO DE CRIANÇAS POR ANO, DIZ OMS

Crianças expostas a esgoto a céu aberto. Imagem do site da Universidade Federal de Alagoas.

Crianças expostas a esgoto a céu aberto. Imagem do site da Universidade Federal de Alagoas.

Da ANSA/BOL

Relatórios divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que 1,7 milhão de mortes de crianças ao ano no mundo são causadas por condições ambientais, poluição e pela falta de saneamento básico.

Em um dos relatos, a OMS afirma que boa parte das mortes causadas pela pneumonia, diarreia e malária podem ser evitadas com intervenções no meio ambiente, com o acesso à água potável e a combustíveis atóxicos para cozinhar.

As doenças são as que mais matam no mundo há pelo menos cinco anos consecutivos. Em primeiro lugar no ranking, com 570 mil vítimas, estão as infecções respiratórias causadas pela poluição e pelo fumo passivo. Já a diarreia, que pode ser evitada com melhores condições de higiene e de saneamento, faz 361 mil vítimas ao ano. Além disso, mais de 200 mil mortes são causadas pela malária, que pode ser prevenida com intervenções no meio ambiente.

“Um ambiente poluído é letal, especialmente para as crianças”, afirma Margaret Chan, diretora geral da OMS.

ATENÇÃO: EVITE O BANHO DE MAR EM QUATRO PRAIAS DE ILHÉUS

Praia em frente ao Hotel Opaba está imprópria para banho de mar, alerta o Inema. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Praia em frente ao Hotel Opaba está imprópria para banho de mar, alerta instituto. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

A recomendação é do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema). As praias que devem ser evitadas são as do Marciano (próxima ao Bar Litrão), do Sul (em frente às barracas do quilômetro zero da BA-001), do Malhado (perto da escultura da sereia) e do Opaba (na direção da pista do Aeroporto Jorge Amado).

O diagnóstico de balneabilidade é obtido por meio do recolhimento de amostras. O instituto divulgou os resultados dos últimos testes nessa quinta-feira (23). Todas as outras praias de Ilhéus têm condições normais para banho, no entanto, o banho de mar deve ser evitado em dias chuvosos.

PLÁSTICO, COMO SERIA BOM VOLTAR NO TEMPO E DESINVENTÁ-LO

Garrafas plásticas retiradas do mar.

Garrafas plásticas retiradas do mar.

Por Suzana Padua/O Eco

suzana paduaO plástico tem causado danos terríveis ao meio ambiente e à saúde humana. Em menos de 100 anos, quando iniciou-se seu uso em larga escala, o estrago tem sido avassalador e crescente. A vontade nesse, e em outros tantos exemplos danosos causados pela humanidade, é rebobinar o filme da história, até que se voltasse ao momento da invenção do plástico em 1907, feita por Leo Beekeland, para que pudéssemos alterar o destino. Imagino que nem ele e nem os cientistas que anos depois trabalharam no aprimoramento do plástico, o ganhador do Prêmio Nobel, Hermann Staudinger, conhecido como o “pai da química dos polímeros”, e Herman Mark, chamado de “pai da física dos polímeros”, imaginavam o estrago que causariam ao planeta com suas invenções. Na verdade, a culpa não é do plástico em si e nem de seus inventores, mas da irresponsabilidade dos que o usam em larga escala, já que hoje é vasta a evidência dos seus efeitos nefastos.

O plástico passou a ser utilizado em maior escala durante a segunda guerra mundial por conta da escassez de materiais comuns à época como metais e vidros. Em menos de 100 anos o plástico transformou o mundo e, infelizmente, na maioria dos casos não para melhor! O fato é que hoje estamos tão acostumados a facilidades que os utensílios plásticos nos propiciam, que nem imaginamos a vida sem ele. Em muitas situações ajudou e ajuda a resolver problemas sérios para a humanidade, mas na maioria dos casos seu uso é totalmente irresponsável pela falta de perspectivas de solucionar seus efeitos.

(mais…)

VOLKSWAGEN VENDEU 1,8 MILHÃO DE VEÍCULOS ADULTERADOS

volksDa Agência Lusa

A Volkswagen vendeu 1,8 milhão de veículos utilitários equipados com o software que altera os resultados dos testes antipoluição, confirmou hoje (29) um porta-voz da fabricante alemã, citado pela AFP.

“Dos 11 milhões de veículos diesel manipulados vendidos no total, 1,8 milhão são utilitários”, declarou Günther Scherelis, diretor da Comunicação da Divisão de Utilitários do grupo, confirmando uma informação da imprensa regional.

A Volkswagen admitiu na semana passada que equipou 11 milhões de veículos em todo o mundo com um software com capacidade para modificar os resultados dos testes antipoluição.

(mais…)

OFICINA DE ITABUNA É NOTIFICADA POR POLUIÇÃO AMBIENTAL

Imagem divulgada pela Prefeitura de Itabuna.

Imagem divulgada pela Prefeitura de Itabuna.

A Prefeitura de Itabuna notificou uma oficina mecânica localizada no Jardim Alamar. A empresa é acusada de poluição ambiental. De acordo com os fiscais da Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente (Seagrima), o estabelecimento queimou resíduos sólidos em local impróprio e a fumaça tóxica se dispersou na atmosfera.

A fiscalização também constatou que a empresa não tinha licenciamento ambiental. O empresário foi advertido a comparecer ao Centro Administrativo Firmino Alves para regularizar a oficina.

Denúncias de moradores do Jardim Alamar nas redes sociais levaram os servidores ao local.