setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


faculdade madre thais

:: ‘secretaria de educação de Ilhéus’

SEDUC DEBATE DIRETRIZES DA EDUCAÇÃO INFANTIL EM ILHÉUS

Foto

Alunos da rede municipal de Ilhéus. Foto divulgada pela Secretaria de Comunicação.

Gestores, supervisores, orientadores e professores das escolas municipais Creche Dom Eduardo, Vovô Isaac, Escola Nucleada de Olivença, EMEI do Teotônio Vilela e Pequeno Príncipe participaram do Seminário Itinerante da Educação Infantil. Promovido pela Secretaria Municipal de Educação na última semana, o evento reuniu 75 profissionais do magistério para discutir as novas diretrizes nacionais da educação infantil e sua implementação nas práticas pedagógicas. 

Os educadores discutiram as inter-relações entre brincadeiras e processos de aprendizagem. Também participaram de oficinas e debates sobre avaliação, planejamento e rotina da educação infantil.

A secretaria ampliará as atividades do seminário e pretende levá-lo a todos os professores do Ciclo I, nas suas primeira e segunda fase (que compreendem alunos com idades de 1 a 3 anos e de 4 a 5 anos). 

Com informações da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Ilhéus. 

PREFEITURA DISTRIBUI MATERIAL ESCOLAR EM OLIVENÇA

Foto: Gidelzo Silva.

Foto: Gidelzo Silva.

Na manhã desta quarta-feira (11), por meio da Secretaria de Educação, a Prefeitura de Ilhéus distribuiu kits escolares para estudantes do ensino fundamental, no Colégio Sérgio Carneiro, em Olivença. 

Conforme a prefeitura, todos os 495 alunos matriculados receberam os kits, que contêm lápis, borracha, caneta, caderno e régua. 

A distribuição começou nas salas nucleadas (da zona rural) Flor do Lírio, Isaías do Afonso, Aramaria, Destaque e Águas de Olivença. Conforme a professora Marlúcia Mendes, secretária de educação, todos os estudantes matriculados nas unidades de ensino dos distritos e povoados de Ilhéus serão beneficiados pela iniciativa. 

ILHÉUS: SELEÇÃO DA PREFEITURA ABRE 38 VAGAS PARA PROFESSORES

Prazo de inscrição começará nessa segunda-feira.

Prazo de inscrição começará nessa segunda-feira.

Por meio da Secretaria Municipal de Educação, a Prefeitura de Ilhéus divulgou um processo seletivo simplificado para contratar 38 professores substitutos. As oportunidades são para docentes de Ciências, Educação Física, Educação Infantil e Letras.

O prazo para inscrições começará na segunda-feira (2) e terminará na quarta (4). A inscrição deve ser realizada na Secretaria Municipal de Educação, situada da Av. Soares Lopes, nº 840, centro. O atendimento funciona entre 9 e 11 horas, e das 14 às 17h30. 

No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos: currículo vitae, devidamente comprovado, inclusive experiência na docência da Educação Infantil e nas áreas específicas; ficha de inscrição preenchida e assinada; diploma ou certificado de Licenciatura em curso de Pedagogia ou Normal Superior para a Educação Infantil, o Ensino Fundamental I e EJA e Graduação nas áreas específicas, conforme requisito da função.

Mais informações podem ser obtidas no site da prefeitura

NOTA PÚBLICA DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

Secretária Marlúcia Rocha. Foto: Secom.

Secretária Marlúcia Rocha. Foto: Secom.

Em 2013, o ano letivo de algumas escolas/turmas foi considerado inválido pelo Conselho Municipal de Educação (lembre aqui). No entanto, a Secretaria de Educação afirma que a entidade não tem autonomia legal para tomar esta decisão. Nesta quinta-feira (16) a Prefeitura de Ilhéus divulgou uma nota pública sobre o impasse. O documento é assinado por Marlúcia Rocha Mendes, secretária de Educação. Leia abaixo. 

NOTA PÚBLICA 

Considerando os esforços do Governo Municipal, através da Secretaria de Educação (Seduc), para assegurar o cumprimento do Ano Letivo de 2013 na Rede Municipal de Ensino, e a manifestação de setores que integram o Conselho Municipal de Educação (CME) pela anulação de atividades escolares já realizadas em algumas unidades da Rede, a secretária municipal de Educação esclarece que:

1.    O Ano Letivo de 2013 foi considerado atípico em virtude da grave situação de abandono encontrada na Rede Municipal de Ensino, no início da atual Administração, que exigiu um regime de mutirão para adequar o funcionamento da maioria das escolas;

:: LEIA MAIS »

CONSELHO NÃO PODE INVALIDAR ANO LETIVO, REAFIRMA SECRETÁRIA

Marlúcia Rocha. Foto: Secom.

Marlúcia Rocha. Foto: Secom.

Ontem (segunda-feira, 30), a Secretária de Educação de Ilhéus, Marlúcia Rocha, reafirmou que o Conselho Municipal de Educação não tem poder para anular atos administrativos da Prefeitura de Ilhéus. Portanto, o ano letivo de 2013 não será anulado.

A secretária consultou a Procuradoria Geral do Município e este órgão também afirma que o Conselho não tem autonomia para anular um ato administrativo do governo municipal. Desse modo, o calendário de reposição das aulas será mantido. Isso significa que os alunos cumprirão o ano letivo de 2013 até abril de 2014.

Ainda de acordo com Marlúcia Rocha, os pais dos alunos também optaram pela manutenção do ano letivo, com aulas em tempo integral e em alguns sábados dos próximos 4 meses. 

JABES PODE RESPONDER NA JUSTIÇA POR “FRACASSO” DA EDUCAÇÃO

Jabes Ribeiro. Foto: José Nazal/Blog Catucadas.

Jabes Ribeiro. Foto: José Nazal/Blog Catucadas.

Em 2013, segundo o Conselho Municipal de Educação (CME) de Ilhéus, cerca de 30 escolas municipais tiveram o ano letivo de várias turmas invalidado, porque não ofereceram as condições mínimas para a realização das atividades escolares. 

O problema afetou principalmente o calendário das escolas da zona rural.  De acordo com Reinaldo Soares (presidente do CME), a Secretaria da Educação de Ilhéus não conseguiu apresentar um plano de reposição de aulas adequado, que pudesse cumprir o mínimo de 200 dias letivos ou 800 horas de aula.

Segundo o relatório-denúncia do conselho, ao contrário do que alega o governo Jabes, a greve dos servidores municipais não tem relação com o problema de boa parte das turmas cujo ano escolar foi invalidado, pois a maioria acumulava defasagem acima de 40 dias letivos até julho, antes da paralisação dos professores.

Outras escolas que também tiveram problemas para cumprir o calendário só iniciaram o ano letivo em outubro. Estas sim foram penalizadas pelos últimos dias da greve (encerrada no dia 07/10/2013). No entanto, de acordo com Reinaldo Soares, a Secretaria de Educação também não apresentou um plano de reposição de aulas  adequado para o caso desses colégios.

Segundo reportagem do Blog Agravo e do Jornal Bahia Online, com a decisão do conselho, o prefeito Jabes Ribeiro (PP) pode responder por ato de improbidade administrativa. Nesse caso, JR teria que explicar à justiça onde e como seu governo aplicou os R$ 27,9 milhões que a Prefeitura de Ilhéus recebeu em 2013 para realizar investimentos no sistema educacional.

E POR FALAR EM AUTONOMIA…

Marlucia: secretaria sem autonomia..

Marlucia: secretária sem autonomia.

A secretária de educação de Ilhéus, Marlucia Rocha, afirmou que o Conselho Municipal de Educação não tem autonomia para anular o ano letivo das escolas que iniciaram as aulas em outubro.

A palavra autonomia persegue a secretária. Fontes do PC do B, partido que fez sua indicação, garantem que ela não determina os rumos da pasta. Quem comanda os contratos, licitações e transferências dos recursos humanos é o “poderoso irmão”.

Vereadores confirmam a função puramente representativa e de mera coadjuvante da secretária. Quando encaminho um pedido, ela mesmo diz que vai consultar o “poderoso irmão”.

Outra fonte governista afirma: “sua influência está restrita a alguns aspectos pedagógicos, não dominados pelo ‘irmão do homem’. Ela também não reclama e se dá por satisfeita. O cargo e o salário lhe bastam”.

Na última segunda-feira, 23, durante um encontro com parte da imprensa, o prefeito Jabes Ribeiro admitiu que a qualidade das escolas municipais é péssima. Marlucia Rocha vai completar um ano à frente da secretaria.

Nas entrelinhas, ficou a impressão de que Jabes pensa em substituí-la.

ILHÉUS: SECRETÁRIA GARANTE MANUTENÇÃO DO ANO LETIVO

Marlúcia Rocha. Foto: Secom.

Marlúcia Rocha. Foto: Secom.

Nesta quinta-feira (19), o Conselho Municipal de Educação de Ilhéus afirmou que decidiu anular o ano letivo de 2013 de escolas ilheenses cujas atividades foram iniciadas apenas em outubro (veja aqui).

Por outro lado, segundo a secretária municipal de Educação, Dra. Marlúcia Rocha, o conselho não tem autonomia para anular qualquer ato administrativo em Ilhéus. Desse modo, afirmou: ” as aulas do ano letivo de 2013 estão mantidas”.

A secretária de Educação explicou que, nas escolas cujo ano letivo foi iniciado mais tarde, os estudantes vão ter aulas em dois turnos. A decisão de manter o calendário foi firmada em conversa com o prefeito Jabes Ribeiro (PP) e  representante da Procuradoria Geral do Município. 

BANCO CENTRAL: ALUNOS ANDAM 10 KM PARA CHEGAR NA ESCOLA

O caminho da escola é uma peregrinação diária.

O caminho da escola é uma peregrinação diária.

Nessa quarta-feira (01), mais uma mensagem reclamando sobre a situação dos estudantes do Banco Central foi encaminhada a este Blog. “Venho, mais uma vez, relatar o sofrimento daqueles alunos do Assentamento Ressurreição, no Banco Central”.

De acordo com a mensagem, para chegar até a BA 120 e pegar o ônibus que os levarão à escola, os estudantes do Banco Central precisam caminhar aproximadamente 10 km. “Isso é um descaso total, uma falta de respeito, falta de consideração pelo ser humano”, diz o texto. 

Segundo a pessoa que nos escreveu, a Secretaria de Educação de Ilhéus só tem uma resposta para o caso: “não se pode colocar transporte escolar em ramais”. No entanto, “aqui na região, os únicos alunos que andam a pé são os de Ilhéus”, contrapôs a denúncia. 

O espaço está aberto, caso a Prefeitura de Ilhéus queira se manifestar sobre a denúncia. 

PREFEITURA ACUSA APPI DE TER APRESENTADO DOCUMENTO IRREGULAR

Marlúcia Rocha, Secretária de Educação de Ilhéus. Foto: Gidelzo Silva.

Marlúcia Rocha, Secretária de Educação de Ilhéus. Foto: Gidelzo Silva.

Nesta segunda-feira (16), a Prefeitura de Ilhéus voltou a se pronunciar sobre a crise da gestão pública. Segundo o governo, atendendo determinação judicial, a Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI) apresentou a relação dos servidores que devem cumprir o mínimo de 50% de presença efetiva na rede de ensino, mesmo durante a greve.

No entanto, segundo a Prefeitura, o sindicato enviou uma relação irregular à Secretaria de Administração, o que foi descoberto pela secretária de educação de Ilhéus, Marlúcia Rocha. A secretária “descobriu que a direção da entidade optou por um processo de mistificação e de não atendimento real à determinação judicial”, diz a nota. 

Isso porque, “entre os relacionados estão os nomes de oito dirigentes sindicais, inclusive da presidente, Enilda Mendonça – que não dão aulas nem trabalham em nenhuma outra função da pasta -, de todos os comissionados, inclusive da secretária de Educação, que sequer são servidores municipais”, denuncia o governo.

A nota da Prefeitura de Ilhéus afirma ainda que, na mesma relação entregue pela APPI, foi apresentado o nome de um professor já falecido. 

Este espaço está aberto, caso a APPI também queira se pronunciar.

NOTA DE RETRATAÇÃO

Publicamente serão feitos esclarecimentos sobre a Nota de Repúdio dos Professores de Inema e Pimenteira, publicada no dia 06/09/2013, neste blog, para que não sejam feitas interpretações errôneas sobre os pontos de vistas expostos na mesma. Busca-se, por meio desta Nota, uma retratação à Secretária Municipal de Educação (Dra. Marlúcia Rocha), pelas críticas vinculadas.  O comunicado em momento algum teve como objetivo intenções diferentes destas. Vale salientar o pedido de perdão e desculpa pública.   Se o erro foi pelos excessos, os mesmos foram por amor e zelo à Ilhéus. Se por falta, foi por esquecer o fato de que nem todos estão a par do contexto da realidade vivida. Humildemente, pede-se desculpas a todos.

Toda e qualquer família tende a conviver com problemas de ordens estruturais – e estar à frente de uma secretaria não se constitui uma simples tarefa. Sabe-se das dificuldades, das rotinas e demandas diárias, afinal de contas, administrar nossa própria casa às vezes torna-se uma difícil missão, imaginemo-nos comandar toda uma rede de ensino, com problemas de naturezas diversas – realmente não é fácil. Mas não se pode perder de vista que ao assumir esse tipo de responsabilidade torna-se suscetível receber elogios e críticas.

Prossegue interpretações daquela nota:

A ideia contida no primeiro parágrafo foi sinalizar à falta de solução para a ausência de aulas naquelas localidades por conta do vale transporte, uma vez que, documentos tinham sido encaminhados a vários setores da prefeitura.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS – PRORROGADAS INSCRIÇÕES PARA EDUCADOR DO PROJOVEM

1358348981051-projovemA Prefeitura de Ilhéus prorrogou até sexta-feira (23) as inscrições para o processo seletivo de educador do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano). Interessados devem se dirigir à Secretaria Municipal de Educação (Seduc), Avenida Soares Lopes, nº 840,  nos períodos das 8h30 às 12 horas e das 13h30 às 18 horas.

São oferecidas cinco vagas para educadores do Ensino Fundamental, além de inscrições para formadores nas áreas de manicure, depilação e maquiagem, sendo uma vaga para cada área. Ainda poderão participar da seleção, educadores do Participação Cidadã. Há também três vagas para merendeira.

É necessária a qualificação especifica para cada área. A carga horária varia entre 20 e 30 horas, e os salários entre R$ 847,50, para merendeira, e R$ 1.356,00, para os demais postos. A seleção será por meio de análise de títulos. Informações sobre o edital completo, a lista de documentos exigidos e a ficha de inscrição estão disponíveis na Imprensa Oficial do Município.

ESTUDANTES ILHEENSES VOLTARÃO A TER MERENDA ESCOLAR, DIZ PREFEITURA

Marlúcia Rocha, Secretária de Educação de Ilhéus.

Marlúcia Rocha, Secretária de Educação de Ilhéus.

Em Ilhéus, durante o primeiro semestre de 2013, a falta de merenda nas escolas municipais foi rotineira. Segundo a Secretaria de Educação da cidade (Seduc), na última sexta-feira (9), os recursos destinados à compra da merenda escolar foram repassados para os gestores dos colégios ilheenses. 

De acordo com a Secretária Malúrcia Rocha, esse é “um passo importante para a reestruturação da rede municipal” de ensino. 

O governo municipal atribuiu a falta de merenda ao descaso do passado e o consequente acúmulo de uma dívida de R$ 638.286,73, com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. 

 

“SECRETÁRIA NÃO INTERFERIU NA CONTRATAÇÃO DE ÔNIBUS ESCOLARES”, AFIRMA GOVERNO

Nota enviada pela SECOM/Ilhéus.

O secretário de Administração de Ilhéus, Ricardo Machado esclarece, a respeito da nota publicada neste blog, intitulada “Secretária de Educação barra ônibus velhos”, que não houve nenhuma interferência da professora Marlúcia Rocha, secretária de Educação do Município, no processo de contratação emergencial de uma empresa de ônibus para a operação do transporte escolar. O secretário assegura que o critério seguido no processo de dispensa de licitação que resultou na contratação da empresa Terra Nova foi, como é natural naquele procedimento administrativo, o menor preço.

Ricardo Machado ainda observa que a realização do processo é uma atribuição da Secretaria de Administração e que já está em andamento o procedimento licitatório para a contratação em definitivo de uma empresa que irá prestar o serviço de transporte escolar.

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO BARRA ÔNIBUS VELHOS

Malu disse "não" às latas velhas.

Malu disse “não” às latas velhas.

Fontes palacianas da mais alta confiabilidade contaram a este blog que a secretária de educação de Ilhéus, Marlucia Rocha, não aceitou a contratação emergencial dos ônibus da ST Transportes.

A empresa, ligada por laços de amizade ao secretário de relações institucionais Jailson Nascimento, tradicionalmente faz o transporte escolar na zona rural do município.

Marlucia não gostou do estado de conservação dos veículos. Ela disse ao prefeito Jabes Ribeiro que se a empresa fosse contratada, num dia ele assinaria o contrato, no outro teria que assinar sua exoneração. 

Outra empresa, a Terra Nova, foi contratada por um preço bem abaixo e com ônibus em bom estado. O erário economizou 80 mil reais por mês.

Segundo as fontes, Jailson Nascimento não estaria satisfeito com o governo.

PROFESSOR FALTOSO VAI SENTIR NO BOLSO

bater pontoProfessor da rede municipal de ensino que faltar e não justificar a ausência terá o ponto cortado. Segundo a Secretaria de Educação de Ilhéus, a medida começa a valer nos próximos dias.

O remanejamento dos professores que trabalham em unidades onde há um número excedente de docentes será outra medida adotada pela secretaria para a regularização das aulas no ensino municipal.

De acordo com a secretária de Educação, Marlúcia Rocha, um dos principais problemas enfrentados pela secretaria, neste início de ano, tem sido a evasão dos professores da rede, o que tem prejudicado os alunos.

Nesses primeiros dias do ano letivo, algumas escolas ainda estão fechadas por falta de professores.  

MATRÍCULAS SÃO PRORROGADAS EM ILHÉUS

Marlúcia Rocha.

Marlúcia Rocha.

Motivada pela grande quantidade de vagas não preenchidas, a secretaria de educação de Ilhéus prorrogou por tempo indeterminado as matrículas na rede municipal de ensino.

O prazo inicial terminaria amanhã (sexta, 25). As matrículas são feitas na escola onde o interessado pretende estudar, das 8h às 12h. No Instituto Municipal de Ensino (IME) Eusínio Lavigne, além do turno matutino, também é possível realizar a matrícula à noite, das 19h às 21h.

Segundo a secretária Marlúcia Rocha, também houve receio de que pais e alunos perdessem o prazo. 

MARLUCIA MENDES PODE ASSUMIR SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

Professora Marlucia. Foto: facebook.

Professora Marlucia. Foto: facebook.

O prefeito eleito Jabes Ribeiro pode nomear a professora Marlucia Mendes da Rocha para a secretaria de educação de Ilhéus, a partir de 1º de janeiro.

Conhecida como “Malu”, ela foi a primeira coordenadora do curso de comunicação social da UESC, implantado em 1998.

A professora é formada em letras, com especialização em planejamento educacional. Fez mestrado em artes cênicas na USP e concluiu o doutorado em comunicação e semiótica na PUC/SP.

A indicação é do PC do B, mas ainda depende do crivo de JR.

Comentário do blog.

Este blogueiro teve o privilégio de ser aluno da professora Marlucia na UESC. Trata-se de uma profissional muito competente e grande figura humana. Se for confirmada, será uma escolha à altura.

Terá missões complexas pela frente. As escolas estão sucateadas (principalmente na zona rural) e os alunos sofrem devido à falta de merenda escolar e transporte estudantil adequado.

Determinados vícios que prejudicam a rede municipal de educação são fatores comuns à política local. Não será nada fácil evitá-los.

ILHÉUS: CONVOCADOS DEVEM SE APRESSAR

Lidiney Campos.

A secretaria de educação de Ilhéus credita aos professores aprovados no concurso público a demora nas admissões.

Segundo a secretária Lidiney Campos, a prefeitura convocou cerca de 150 aprovados, mas somente 98 se apresentaram e já estão aptos a dar aulas.

Caso os outros não apareçam, de acordo com a secretária, o município vai considerá-los desistentes e uma nova relação será divulgada.

A lista dos convocados está disponível no diário oficial, clique aqui para ver.

PROFESSORES SEM SALÁRIOS

Já se aproxima o fim de janeiro e a secretaria de educação de Ilhéus continua enrolando os professores contratados. O salário de dezembro ainda não foi quitado, nem mesmo previsão há.

Professores efetivos, que recebem salários maiores, como os mais antigos e diretores de escolas, também aguardam ansiosos os vencimentos de dezembro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia