WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

sind sefaz vog torres do sul


transporte ilegal
outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘secretário estadual de infraestrutura’

MÁRIO ALEXANDRE DEFINE VISITAS TÉCNICAS AO AEROPORTO JORGE AMADO

Governo debate situação do aeroporto de Ilhéus.

Governo debate situação do aeroporto de Ilhéus.

Nessa quarta-feira (11), em reunião com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, o prefeito Mário Alexandre (PSD) definiu a realização de visita técnica que será realizada no Aeroporto Jorge Amado, por representantes do Governo da Bahia, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Infraero e Ministério da Defesa. A visita ainda não tem data confirmada.

No dia 6, o prefeito já tinha ido a Brasília conversar com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, para debater as questões de segurança do aeroporto. Na oportunidade, ele explicou os transtornos e os prejuízos causados à cidade e aos usuários no período de chuvas. Relembre aqui.

Após o encontro em Salvador, Mário Alexandre afirmou que a visita técnica é fruto dos entendimentos que mantem com os governos da Bahia e federal e que trata-se de uma esperança da população regional para que o aeroporto volte a operar por instrumentos.

ÂNGELA NÃO DEMONSTRA INTERESSE PELA RODOVIA ILHÉUS-BUERAREMA

Indiferença.

Indiferença.

A deputada estadual Ângela Sousa está entre as primeiras lideranças políticas que decidiram entrar no PSD do vice-governador Otto Alencar.

O cacique do partido no estado também é secretário estadual de infraestrutura, responsável pelas rodovias e estradas intermunicipais.

Por que a deputada não abraça a causa da BR 251 (rodovia Ilhéus-Buerarema), reivindicação antiga de várias famílias de produtores rurais e de comunidades de alguns distritos, vilas e povoados?

A 251 é lama e sofrimento. Os ônibus não circulam com regularidade. Produtos agrícolas chegam à zona urbana após grande esforço dos produtores.

Como aliada de Otto e dona de um “capital eleitoral” importante, a “irmã” Ângela poderia condicionar seu apoio a projetos imprescindíveis às suas bases eleitorais. Em Ilhéus ela conseguiu mais de 13 mil votos em 2010.

Vale lembrar que a rodovia dá acesso a várias pequenas igrejas da Assembléia de Deus.

Ex-integrante do grupo de Ângela tem justificativa para o desinteresse.

Quando senta para negociar, a deputada não faz prevalecer a execução dos seus projetos. Ela prioriza a conquista de cargos para as lideranças da igreja. Em Salvador, ela fez muitas indicações.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia