Ministério suspende repasses para Ilhéus por irregularidades no mês de fevereiro


O Ministério da Saúde suspendeu o repasse de dinheiro para a manutenção de equipes dos Programas Saúde da Família, de Saúde Bucal e de Agentes Comunitários de Saúde de diversos municípios do sul da Bahia.

A suspensão dos repasses ocorreu por causa de irregularidades, em fevereiro, no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. Estão no prejuízo os moradores de Almadina, Arataca, Gandu, Ibirapitanga e Ibicuí.

Também integram a lista dos municípios que tiveram o repasse suspenso Ilhéus, Itacaré e Itajuípe. Em todo o estado, cerca de 50 foram punidos por causa de irregularidades em um dos programas da rede de atenção básica.

Em todo o País, 469 municípios tiveram os repasses suspensos. A lista de punidos foi divulgada no Diário Oficial da União desta sexta-feira. Entre as capitais estão Salvador e Fortaleza. ( Jornal A Região )

Ilhéus conta agora com duas ambulâncias do Samu depois de denúncia do Blog Agravo


Na última segunda-feira (1), o Blog Agravo fez a denúncia que o SAMU de Ilhéus estava trabalhando com apenas uma ambulância para atender toda a população de Ilhéus a mais de 15 dias, além de precárias condições de trabalho e falta de medicamentos. ( Clique aqui para ver )

A Matéria do Agravo repercutiu, e foi alvo de uma matéria da TV Bahia, na última quarta-feira, divulgada para todo estado. (Clique aqui para ver)

Nessa quinta-feira, uma das três ambulâncias que se encontrava na oficina  a mais de 15 dias, teve o pagamento liberado pela secretaria de saúde e voltou a funcionar. Agora o Samu funciona com duas ambulâncias, número ainda muito pequeno para atender uma cidade do porte de Ilhéus.

Radialista Elias Reis fará representação no MP contra vereadores da Câmara Municipal de Ilhéus.


ELIAS REIS

Diante dos absurdos que vem ocorrendo no legislativo ilheense, sem que ninguém tome qualquer providência ou se freie a baixaria parlamentar promovida por alguns dos supostos representantes do povo, o radialista ilheense, Elias Reis, estará nesta 2ª feira, 08, solicitando ao legislativo municipal, cópias de todas as Atas e áudios/vídeos das sessões ordinárias desde o último dia 19/02, as quais serão anexadas à representação que será entregue ao Ministério Público Estadual, na pessoa da Promotora Dra. Karina Gomes Cherubini, titular da 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus. A denúncia Também será apresentada a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, através dos seus representantes desta comissão permanente, em Ilhéus.

A falta de decoro parlamentar de alguns vereadores ilheenses já passa do ridículo e a conduta inadequada individual por chacotas, vocábulos impróprios, ofensivos, rudes, obscenos, agressivos e imorais precisam findar. Ofensas pessoais não condizem com o papel exemplar que se espera serem adotadas pelos políticos, representantes eleitos de sua sociedade. E, as formas inadequadas que vem sendo utilizadas por alguns vereadores não se enquadram, em nenhuma hipótese, por linguagem ‘popular’. É pura ofensa e desrespeito com a sociedade e os poucos que se presta a ouvir baboseiras de meia-dúzia de oportunistas. A coisa estar tão baixa no legislativo municipal ilheense, que até mesmo agressão física e ameaça de morte já ocorrerão. Tudo lavrado!

(mais…)

Três presos fogem de delegacia em Jequié após terem entrada recusada em presídio


Do Correio Da Bahia

Três homens fugiram na madrugada desta sexta-feira (5) da carceragem da 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Jequié, a cerca de 360 quilômetros de Jequié. Eles haviam sido presos nesta última quarta-feira (3) com mais três comparsas e tiveram a transferência para o Conjunto Penal de Jequié recusada pelo pelo vice-diretor do presídio, Nelson Moisés.

Na última quinta-feira (5) todos os seis membros da quadrilha, especializada em roubo a bancos, foram levados para o Conjunto Penal de Jequié, mediante ordem judicial expedida pelo juiz da Vara Crime do município, e após serem recusados, retornaram para a carceragem da Coorpin, onde José Edson Melo Silva, Cloves Arlindo dos Santos e Fernando Carvalho Santana encontraram um buraco em uma das paredes e escaparam pelos fundos da delegacia.

A assaltante e mulher Fernando, Micaela dos Santos Silva, de 18 anos, foi presa também na última madrugada no bairro Alagarobas. Ela estava com R$ 9 mil que seriam usados para pagar o advogado do seu companheiro. Ela tinha um mandado de prisão em aberto, expedido pela Comarca de Maracás, por envolvimento em roubo a um banco e já deu entrada na Coorpin quando o trio havia escapado.