Ilhéus é destaque negativo na imprensa estadual


O Blog Agravo vem denunciando desde o final de janeiro desse ano, a prática rasteira do prefeito Jabes Ribeiro, em esconder a real situação financeira do município, deixando de criar o portal da transparência. ( Clique aqui para ler )

Governando desde o primeiro dia de janeiro até o momento, sobre um decreto emergencial, o prefeito Jabes Ribeiro, vem escondendo como o dinheiro público está sendo gasto, e quanto entra nos cofres públicos durante esse período.

Hoje (26), Ilhéus aparece na matéria do Jornal Correio da Bahia,  na lista de cidades baianas que descumprem a Lei da Transparência nas contas.

Segundo a reportagem, na Bahia, das 49 prefeituras nesta situação, 30 possuem links para sites de transparência em suas páginas oficiais na internet, mas o serviço não existe ou não atende a lei. Nas outras 19, apesar das informações contábeis como as receitas e despesas estarem atualizadas, os sistemas foram feitos para não funcionar.

Para os municípios que descumprirem a lei, a punição é contra os cofres da prefeitura, que ficaria impedida de receber recursos do governo federal via convênios e de contrair empréstimos. No entanto, o órgão responsável pela fiscalização, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) reconhece a dificuldade de fazer a lei ser cumprida.

Em Ilhéus, o portal não funciona, e recentemente o que foi deixado pelo governo Newton Lima, parou de ser alimentado pela atual gestão, sob a alegação de que um novo seria feito, já que o que existia tinha sofrido ações de hackers.

A punição, entretanto, não acontece. Mesmo com a recomendação contrária, os municípios conseguiram captar recursos. Foi o caso de Ilhéus, que recebeu R$ 82 mil em fevereiro deste ano do Ministério da Cultura para a construção de centros culturais, em convênio firmado ano passado, quando a cidade já deveria cumprir as regras da transparência. O Tesouro Nacional, por meio de assessoria, assegura que não permite o repasse para prefeituras que não receberam pareceres favoráveis do TCM.

O prefeito Jabes Ribeiro que  anda chorando por falta de verba,e já foi até ironizado pelo governador,  demonstra que tem muito a temer revelando suas contas, contratos e gastos com dinheiro público .

Bispo de Ilhéus assaltado e feito refém


Do Jornal Bahia Online

Dom Mauro e a opção pelo silêncio

Guardado a sete chaves tanto pela polícia quanto por lideranças da igreja católica, o Jornal Bahia Online apurou que o bispo de Ilhéus, Dom Mauro Montagnolli é uma das mais recentes vítimas da violência na cidade.

Dom Mauro foi mantido como refém por um bandido armado, no último dia 10. O fato ocorreu no momento em que o bispo chegava em casa, à noite. O bandido aproveitou um vacilo da autoridade católica ao tentar estacionar o veículo e anunciou o assalto.

Segundo informações obtidas com exclusividade pela reportagem do JBO, uma das exigências do bandido foi entrar na casa de Dom Mauro e ter acesso aos seus pertences.O bandido levou dinheiro e, depois, fugiu no carro da diocese. O carro já foi recuperado.

Leia a matéria completa clicando AQUI