Ministério da Saúde aumenta valor do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica


Agência Brasil

O Ministério da Saúde anunciou hoje (12) o aumento da bolsa do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) de R$ 8 mil para R$ 10 mil. O novo valor, que vai começar a ser pago em setembro, equipara essa bolsa à do Programa Mais Médicos, lançado no começo da semana.

Em todo o país há 3.568 médicos atuam pelo Provab em regiões carentes de 1.260 municípios brasileiros.  Assim com o Mais Médicos, o programa leva profissionais para atuar, sob supervisão de universidades, na atenção básica da rede pública de regiões onde faltam médicos, como no interior e periferias dos grandes centros. Os programas têm carga de 40 horas semanais.

(mais…)

Empresário milionário que praticava saidinhas bancárias é preso


67f80a7ffc4baf8871782f25d8124043_621936e4232527d7e113efd630522e5b

Dois integrantes de uma quadrilha especializada em roubos na modalidade “saidinha bancária”, com atuação em Salvador e RMS, o empresário Péterson Pereira de Santana, o “Kico”, 26 anos, e Jádson Gomes Santos, o “Tóia” ou “Gordo”, 28, foram apresentados, na tarde desta sexta-feira (12), pela Polícia Civil, em seu auditório, no edifício-sede da instituição, na Piedade.

Investigadores da unidade policial acompanhavam a quadrilha, na terça-feira (9), quando perceberam que Kico e Tóia, a bordo de uma Parati Track Field, de cor prata, placa JLC-6382, planejavam executar mais um roubo. Os dois estavam na frente da agência do Bradesco, na Avenida Dorival Caymmi, em Itapuã, e contavam com o apoio de Thiago Cerqueira Cardoso e de um homem identificado pelo prenome de Luís, numa Honda NX Falcon, placa JRD-9925, que fugiram quando da aproximação policial.

(mais…)

Servidores da Prefeitura de Ilhéus decidem realizar paralisação geral


Paralisação geral 2

Trabalhadores das seis categorias de servidores públicos municipais de Ilhéus decidiram, em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira (12), em frente ao Palácio Paranaguá, sede do governo municipal, realizar uma paralisação geral de todos os serviços da Prefeitura nos próximos dias 17 e 18 de julho, quarta e quinta-feira, em sinal de protesto contra a demora do prefeito em assinar o acordo da campanha salarial 2013. Os presidentes dos seis sindicatos informaram que se reuniram por diversas vezes com representantes do governo municipal na tentativa de buscar um acordo, evitando assim a paralisação dos serviços, mas diante da falta de transparência da administração com relação aos números da folha de pagamento e a ausência de uma proposta concreta de reajuste salarial, não houve outra alternativa a não ser a interrupção dos serviços.

Paralisação geral

A decisão foi tomada em conjunto por todos os servidores públicos municipais, incluindo os setores de educação, saúde, agentes de trânsito, guarda civil municipal, agentes de saúde e endemias e demais serviços. Os trabalhadores não descartaram a possibilidade de realização de uma greve geral por tempo indeterminado, caso o governo municipal não apresente uma proposta de reajuste salarial, além da melhoria de condições de trabalho. A assembleia dos trabalhadores foi realizada após uma reunião de mais de três horas entre os representantes dos sindicatos e membros do governo municipal. Participaram da reunião representantes do Sinsepi, Sindiguarda, Sindiacs, Sintran e da APPI/APLB-Sindicato.

Os líderes sindicais foram unânimes em afirmar que os números da folha de pagamento apresentados pelo governo municipal não condizem com a realidade e não refletem a verdade. Números inclusive que foram contestados em um estudo feito pelos líderes sindicais durante reunião do governo municipal com a sociedade civil organizada. Diante da falta de transparência nesses números, os trabalhadores decidiram que não mais voltarão a se reunir com o governo para discutir índices da folha de pagamento, mas sim no momento em que for apresentada uma proposta de reajuste salarial. “O governo municipal quer ganhar tempo para nos engolir e enganar os trabalhadores e a sociedade civil organizada, colocando os servidores contra o povo. E isso não vamos aceitar”, disseram os líderes sindicais, denunciando inclusive gastos absurdos que vem sendo realizados pelo governo municipal nos últimos meses.

Ilhas querem independência de Salvador


Foto – Foto: Francisco Galvão / Tribuna

Os moradores das ilhas de Bom Jesus dos Passos, Paramana e Frades aproveitaram o dia de greve geral para fazer um protesto no mínimo inusitado. Cansados do sentimento de não pertencer a lugar algum, eles enfrentaram a chuva para pedir, entre outras coisas, que a prefeitura de Salvador oficialize o esquecimento do qual são vítimas. E deixe que sejam anexados ao município de Madre de Deus,onde muitas das suas necessidades são supridas, principalmente, as de saúde. O protesto foi em frente ao posto de saúde da Ilha de Bom Jesus dos Passos.Segundo um dos líderes das três comunidades, o presidente da Colônia de Pescadores eAquicultores de Bom Jesus dos Passos e Frades (Z3), Antônio Jorge Teixeira, cerca de 90% dos moradores querem deixar de ser soteropolitanos. Texeira explica ainda que a situação se tornou insustentável desde que o Tribunal de Contas exigiu que a prefeitura de Madre de Deus não gastassem seus recursos com a população das três comunidades. “Isso já tem dois meses. Desde então, nossos enfermos só são atendidos em casos de urgência”, relatou. Leia mais na Tribuna.

Prefeito foge do encontros de contas com sindicatos


100_4232

Presidente do Sinsepi mostra documento justificando a falta do prefeito na reunião

O prefeito Jabes Ribeiro não participou do encontro de contas entre seu governo e os sindicatos dos professores e servidores, que aconteceu hoje (12) pela manhã.

A reunião, que sempre acontecia no palácio Paranaguá, foi transferida para o 6º andar do anexo da prefeitura, não oferecendo nenhuma condição estrutural para que a reunião fosse realizada.

Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus (Sinsep), Luiz Cláudio (Lú), Jabes esconde que já gastou com empreiteiras mais de 700 mil reais, além de 40 mil mensais com consultoria.

“Que economia é essa ? ”, salientou Lú.

Semana passada o Blog Agravo divulgou que o balancete financeiro com a folha de pessoal, apresentada por Jabes à sociedade civil organizada, não batia com o levantamento dos sindicatos. ( Clique aqui para ver )

O governo do prefeito Jabes Ribeiro admitiu ter errado ao inserir despesas com assistência social, salário -família, licença-maternidade e ticket. Mas, para os sindicatos, existem muitos mais erros nos dados apresentandos pela gestão jabista.

Agora a tarde o Sinsep fará uma assembleia geral na porta da prefeitura, com direito a minitrio.

Deputado Jutahy Júnior diz que era lulopetismo chegou ao fim


juthy

Nesta sexta-feira (12), em discurso na Tribuna da Câmara, o deputado federal Jutahy Júnior (PSDB-BA) prenunciou fim da era lulopetismo no país.  “Nós estamos diante da realidade atual que demonstra que esse ciclo se encerrou. Um ciclo que teve o auge exatamente no período eleitoral de 2010 quando nós tínhamos a euforia do consumo, o crescimento rápido do PIB puxado pelo consumo, mas ao mesmo tempo a desindustrialização e investimentos baixos”, afirmou.

Na opinião de Jutahy Júnior,  tanto o governo da presidente Dilma Rousseff quando seus apoiadores ainda não compreenderam o motivo ou não quiseram entender quais os motivos pelos quais a população foi às ruas. ”Esse modelo de cooptação de partidos políticos, esse modelo de cooptação de movimentos sociais, como o da UNE e o do MST, de cooptação de centrais sindicais, como a CUT demonstrou, precisamente, ontem, no dia 11 de julho, que não tem força real para fazer um apoio governamental de massas nas ruas, acarretou, sim, muito transtorno para a população. Houve muito pouca gente presente para demonstrar a força desse movimento chapa branca que estava nas ruas”, classificou.

O parlamentar baiano também não poupou críticas ao PT. “O PT é um partido que praticou o maior crime da história política do Brasil com este Parlamento, que foi o mensalão, e lutou de todas as maneiras para que não houvesse julgamento, tentou de todas as maneiras intimidar o Supremo Tribunal Federal, pensando que a mais importante corte de Justiça do Brasil se intimidaria. Esse partido perdeu as condições morais por ter que conviver com a realidade e tentou negar através da força partidária dos movimentos cooptados. Esse partido, que perdeu essas condições, fez com que os seus aliados muitas vezes se tornassem cúmplices, porque diante dessa cumplicidade não podem renegar o que ocorreu no passado”, concluiu.

Deputada discute ampliação do Luz para Todos em Una e Canavieiras


Luz para Todos Una - Foto Cristiano Cruz

Luz para Todos Una

Luz para Todos Canavieiras 1 - Foto Cristiano Cruz

Luz para Todos Canavieiras

A deputada estadual Ângela Sousa (PSD) participou nesta quinta-feira (11) de audiências públicas em Canavieiras e Una para discutir sobre a implantação e ampliação do Programa Luz para Todos para que possa beneficiar milhares de moradores desses municípios. O pedido para a realização das audiências públicas foi feito pela deputada Ângela Sousa ao secretário de Infraestrutura e vice-governador Otto Alencar (PSD), através do ofício 109/2013, com o objetivo de esclarecer dúvidas das comunidades desses municípios e apresentar os projetos de ampliação do Luz para Todos, um programa que se destina ao atendimento da população residente no meio rural.

Durante as audiências públicas, que contaram com as presenças dos prefeitos Almir Melo, de Canavieiras, e Diane Rusciolleli, de Una, além de vereadores e secretários municipais, o diretor de energia do Luz para Todos, Gilson morais, falou sobre como está o programa nesses dois municípios, as etapas de cada projeto, o número de comunidades beneficiadas e as metas para os próximos anos. O representante do Luz para Todos também falou sobre pendências que tem dificultado a conclusão de alguns projetos, mas adiantou que medidas estão sendo adotadas para que mais famílias sejam beneficiadas com a eletrificação rural. Gilson Mendes esclareceu dúvidas das comunidades, anotou sugestões e solicitações dos moradores de Una e Canavieiras.

(mais…)

Sesab abre processo seletivo simplificado para médicos


A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) de ontem (11), Edital de Abertura de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado destinado à contratação de 62 médicos, por tempo determinado, através do Regime de Direito Administrativo (REDA). Estes profissionais contarão com todos os benefícios previstos nessa nova lei.

O processo seletivo, com prazo de duração de 01 ano, podendo ser prorrogável por igual período, será executado pela Fundação CefetBahia. De acordo com o edital, o salário, acrescido de insalubridade, será de R$ 5.304,00, para uma carga horária de plantão de 24h semanais. O valor da taxa de inscrição é de R$ 60,00. Estão sendo requisitados profissionais para Salvador, Feira de Santana, Ilhéus, Jequié e Vitória da Conquista. As especialidades médicas são: fisiatria, infectologia, pediatria, psiquiatria, urgência/clínico, ultrassonografia e cancerologia clínica.

O edital completo está disponível nos sites do DOE: www.egba.ba.gov.br, páginas 82 a 87 e da Sesab: www.saude.ba.gov.br .

Ilhéus: árvore cai na ladeira Teresópolis e atrapalha trânsito


foto

Evite pegar a Ladeira da Teresópolis se você vem da zona sul de Ilhéus nesta sexta (12).

Durante a madrugada, uma árvore caiu no local e dificulta o acesso à Escola Piedade e ao hospital São José, além do bairro da Conquista. O transporte público que faz a linha pelo local, também foi desviadas.

Quem desce pela ladeira a pé para o trabalho, também enfrenta problemas.

Até o momento, nenhuma equipe da prefeitura foi enviada ao local para desobstruir a ladeira.

Itabuna reduziu gastos com quase tudo


A Prefeitura de Itabuna anunciou nesta quinta-feira que reduziu em 61% os gastos com combustíveis, em relação ao governo anterior. A média de mensal de gastos está em R$ 114 mil.

No ano passado, a média foi de R$ 293 mil por mês. Em cinco meses a economia já foi de R$ 892 mil. Segundo a prefeitura, a economia com a compra de material de expediente no semestre chegou a 74,67%

Neste ano o município gastou com o ítem R$ 28.219, enquanto no mesmo período de 2012 foram gastos R$ 110.955. Houve também economia com tonners e recarga de cartuchos para impressoras.

(mais…)