Cientistas podem ter descoberto a cura para Alzheimer e Parkinson


Agência Brasil

alzheimer-e-parkinson

Pesquisadores da Universidade de Leicester, na Grã-Bretanha, descobriram a primeira substância química capaz de prevenir a morte do tecido cerebral em casos de doenças que causam degeneração dos neurônios, como Alzheimer, mal de Parkinson e doença de Huntington. Para a descoberta chegar aos pacientes, ainda é necessário que seja desenvolvido um medicamento com a substância.

Nos testes feitos com camundongos em laboratório, cientistas identificaram que a substância pode prevenir a morte das células cerebrais causada por doenças priônicas – que afetam as estruturas cerebrais ou outros tecidos neurais, que podem atingir o sistema nervoso tanto de humanos como de animais. A equipe do Conselho de Pesquisa Médica da Unidade de Toxicologia da universidade priorizou os mecanismos naturais de defesa formados em células cerebrais.

(mais…)

Políticos são réus em mais de 200 ações na Justiça Federal, em Itabuna e Ilhéus.


jabes

Além de acumular mais 40 processos na Justiça estadual, Jabes também é o campeão de processos por improbidade administrativa na Justiça federal  de Ilhéus

O Mapa da Improbidade Administrativa do Ministério Público Federal revela que tramitam na Justiça Federal mais de duas centenas de ações, por desvio de dinheiro público e sonegação fiscal contra políticos, empresários e servidores do sul da Bahia.

A lista de denunciados inclui políticos como Jabes Ribeiro, Newton Lima e Valderico Reis, de Ilhéus; Fernando Gomes e Geraldo Simões, de Itabuna; Jarbas Borbosa Barros e Antônio Mário Damasceno, de Itacaré; Orlando Filho, de Buerarema e Adailton Magalhães, de Ubatã.

Um dos três processos contra Newton Lima, o 00033253320054013301, está concluso para decisão do juiz federal Pedro Alberto Holliday. O MPF acusa o ex-prefeito de improbidade. Por esse mesmo crime, o antecessor de Newton, Valderico Reis, responde a dois processos.

Mas o campeão de ações por improbidade administrativa no município é o atual prefeito Jabes Ribeiro, que apareceu como réu em pelo menos 5. Já o atual de Itacaré, Jarbas Barbosa, responde a 3 ações por este tipo de crime.

Um dos processos é o 0000499-92.2009.4.01.3301, que no dia 12 de junho foi concluído para decisão do juiz federal.

Leia a matéria completa do Jornal A Região clicando aqui