Planos de saúde terão de cobrir exames de 29 doenças genéticas


A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou normas que ampliam a cobertura obrigatória dos planos de saúde para exames de 29 doenças genéticas. A medida começa a valer no dia 2 de janeiro de 2014, assim como o novo rol de procedimentos obrigatórios dos planos.

Um dos exames que deverá ser oferecido é para a análise dos genes BRCA1/BRCA2, usado na detecção de câncer de mama e ovário hereditários.

Outro incluído na lista é o teste para a diagnóstico da síndrome de Lynch, doença que aumenta o risco de câncer intestinal e outros tumores.

De acordo com a ANS, testes genéticos já eram obrigatórios, e com as novas diretrizes, ficam definidos critérios para uso da tecnologia e tratamento dessas doenças. No total, foram acertadas 22 normas relacionadas à assistência, ao tratamento e aconselhamento de doenças genéticas. Uma das exigências, por exemplo, é que o exame seja prescrito por um geneticista.

A lista com as doenças abrangidas está disponível no site da ANS.

Terras de pequenos produtores continuam invadidas por “Índio” no sul Bahia


População de Ilhéus, Una e Buerarema pede o fim da demarcação(1)
Protesto de agricultores  contra a invasão  de terras  por auto declarantes indígenas.

 Mesmo com o clima de negociação que paira na atmosfera sul baiana, por meio de propostas do Governo do Estado da Bahia, em reforçar a segurança nas áreas de conflitos de terras em Ilhéus, Una e Buerarema, com a fixação de três bases e aumento do efetivo da Força Nacional, a aparente e superficial ‘calmaria’, mascara graves crimes que têm assolado a produção e a vida das comunidades rurais destes municípios. O clima é de instabilidade e grande insatisfação diante das invasões e dos atos de violência praticados nas áreas rurais.

Pequenos produtores que dependem diretamente da terra para sobreviver, têm sofrido com a violação ao direito de propriedade com o esbulho possessório praticado por auto declarantes indígenas, além de não poderem colher a produção e escoar para o mercado. São os casos do assentamento de Vila Santa Aninha, de Sapucaeira, em Ilhéus, e diversas localidades em propriedades da agricultura familiar e de pequenos produtores também de Una e Buerarema.

“Estas pessoas que foram assentadas estão sendo expulsas da propriedade e indo sem preparo para as periferias. Eles não têm mais o estímulo de dizer ‘eu vou plantar para colher’, porque já perdeu”. E questiona os programas do Governo, “do que valeu tanto esforço? Para depois perder?”. 40% desses assentamentos, de 1 ha a 3 ha, foram invadidos, mais de 300 pessoas expulsas e as outras estão sob ameaça, segundo o Presidente da Cooperativa de Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar e Presidente da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Vila Santa Aninha, em Ilhéus, onde abriga 22 famílias, Erivaldo Souza.
(mais…)

Palácio Paranaguá abrigará Museu da Capitania de São Jorge dos Ilhéus


Palácio-Paranaguá-foto-Mary-Melgaço-4Em reunião do secretariado municipal, o prefeito Jabes Ribeiro determinou à Secretaria de Cultura que tome as providências para elaborar, com urgência, o projeto executivo de criação do Museu da Capitania de São Jorge dos Ilhéus. Segundo Jabes, o museu, antigo sonho dos segmentos ligados à cultura ilheense, irá funcionar no Palácio Paranaguá, prédio histórico que abriga a sede da Prefeitura Municipal desde a sua inauguração, no ano de 1907, e tombado pelo Instituto de Proteção ao Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC).

“O museu se constituirá em mais uma atração turística para Ilhéus, além de suprir uma grande lacuna hoje existente no nosso setor cultural e histórico, que é a falta de um museu da cidade”, explicou o prefeito. E completou: “O próprio Palácio Paranaguá integra uma das mais belas páginas da história de Ilhéus e com o museu, colocaremos ali, à disposição dos visitantes de outros locais e também dos estudantes de Ilhéus e região, um acervo capaz de mostrar a riqueza das nossas origens, a história dos grandes homens e mulheres públicos, as tradições e evolução do nosso município, desde os tempos da Capitania Hereditária até hoje”.

(mais…)

Antaq publica autorização para construção do Porto Sul


porto-sul-maqueteAs outorgas para a construção do Porto Sul, na região de Aritaguá, em Ilhéus (BA), foram publicadas nesta quinta-feira (12), no Diário Oficial da União (DOU), pela Agência Nacional de Transportes Aquaviário (Antaq). Com isso, o Governo da Bahia e a Bahia Mineração (Bamin) poderão prosseguir no processo para construção dos terminais de uso privativo do maior empreendimento portuário do Nordeste brasileiro.

A agência federal considerou que o projeto atende às disposições estabelecidas na nova lei dos portos (nº12.815/2013). “A outorga concedida pela Antaq demonstra a qualidade do projeto. Este é um passo decisivo rumo ao início das obras. O Porto Sul é uma iniciativa acertada do governador Jaques Wagner. Representa um ciclo de desenvolvimento duradouro e sustentável, que beneficiará toda a Bahia”, disse o secretário Rui Costa, da Casa Civil.

O Porto Sul terá dois terminais de uso privativo. Um da Bahia Mineração, que será utilizado para exportação da produção própria de minério de ferro, da mina em Caetité. O outro, na Zona de Apoio Logístico (ZAL) será construído através de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), onde o Governo da Bahia será sócio minoritário de empresas com interesse em construir, operar e explorar o megaporto. O governo baiano colocará o edital de chamamento das empresas para consulta pública ainda neste mês de dezembro.

Duas audiências públicas, acordadas pelo Ibama, Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual (MPE), Governo da Bahia e Bamin estão sendo realizadas nesta quinta (12) e sexta (13) em Ilhéus e Itabuna, respectivamente, para apresentar à população os avanços obtidos com aprofundamento dos estudos técnicos ambientais.

O Porto Sul já tem a licença prévia do Ibama, que atesta sua viabilidade ambiental e aguarda apenas a concessão da Licença de Instalação  para efetivar a construção.

Fornecimento é interrompido em alguns bairros de Ilhéus, nesta sexta-feira (13)


beber-agua1Para possibilitar a realização de serviços de manutenção em reservatório de estação de tratamento de água (ETA), o abastecimento será interrompido em alguns bairros de Ilhéus a partir das 4 horas da manhã da próxima sexta-feira (13). A previsão é que o serviço seja concluído até a meia noite do mesmo dia e o abastecimento será gradativamente normalizado no prazo de 24 horas.

Os bairros afetados são: Centro, Malhado, Cidade Nova, Conquista, Pacheco, Altos do Outeiro e São Sebastião, Princesa Isabel, Teotônio Vilela, Banco da Vitória, Vila Cachoeira, Salobrinho, Moradas do Porto e das Brisas, Altos do Basílio, do Coqueiro, Esperança, Amparo e Legião. Moradores de imóveis com reservação suficiente para as necessidades diárias não sentirão os efeitos da interrupção.

Mendigo morre eletrocutado no centro de Ilhéus


choque2

Um mendigo conhecido como Vilela, morreu eletrocutado depois de subir em um poste da Coelba ao lado do Bar Vesúvio.

As imagens foram captadas pelo turismólogo Ariel Figueroa, e publicadas no site Ilhéus 24 horas.

Vale lembrar que Ilhéus foi invadida por mendigos, principalmente no centro da cidade, onde consomem drogas em público, sem nenhuma ação social por parte da prefeitura municipal de Ilhéus.

SSP inaugura sede da Base Comunitária de Itabuna


A Secretaria da Segurança Pública (SSP) inaugura hoje (12), às 10h, a sede definitiva da Base Comunitária de Segurança do município de Itabuna.. Com um espaço físico de 267m² e um Centro Digital de Cidadania (CDC), a base definitiva está instalada na rua O, s/nº, bairro do Monte Cristo, ao lado da antiga sede. O evento contará com a presença do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa e do comandante-geral da Polícia Militar Alfredo Castro.

A nova estrutura manterá o efetivo de 81 policiais da sede provisória, sob o comando da tenente Heidilane Souza Nascimento. O espaço conta com uma central de telecomunicações, salas de comando, de reunião, de meios, além de estruturas comuns a unidades similares como copa, refeitório, vestiário e sanitários.

De acordo com o superintendente de Prevenção à Violência e coordenador das bases comunitárias de segurança, coronel Zeliomar Volta, desde a instalação da antiga sede, a região já foi beneficiada com a redução de 18% nos índices de criminalidade. “A perspectiva é que com a ampliação estes índices diminuam ainda mais, já que a nova base apresentará uma maior estrutura”, disse Volta. Ainda segundo ele, “a redução destes índices é o objetivo principal das bases comunitárias”. O diferencial da nova sede é o CDC, que oferecerá acesso à internet e cursos de informática para a comunidade.

Câmara aprova adicional de periculosidade para motoboy


motoboy-seguroUm projeto (PL 2865/11) aprovado ontem (11), na Câmara dos Deputados, permite aos brasileiros que usam a moto para trabalhar com o transporte de passageiros e mercadorias, como mototaxista, motoboy e motofrete, receber dos patrões adicional de periculosidade, de 30% sobre o salário.

A proposta já tramita há quase dois anos no Congresso e sofreu algumas mudanças ao longo do período, como a ampliação das atividades de motociclistas que podem estar contempladas, a retirada de categorias específicas e a exclusão do trecho que incluía atividades relacionadas a serviços comunitários de rua entre os beneficiários.

Com o avanço da proposta hoje na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara, a matéria agora depende do aval dos senadores. O colegiado também vai enviar para o Senado o projeto de lei (PL 5068/13) que obriga as operadoras de telefonia celular a vender os aparelhos de telefone com os números de serviços de atendimento ao usuário.

A proposta é que aparelhos vendidos, a partir da aprovação do texto, incluam os números de telefone do Corpo de Bombeiros, polícias, emergência médica, Disque Denúncia, Defesa Civil, além do atendimento ao usuário da operadora responsável pela linha. ( Informações da Agência Brasil)