PF realiza amanhã paralisação pela ‘Marcha dos Elefantes Brancos’


Polícia-FederalNesta semana, nos dias 11, 12 e 13, ocorre mais uma etapa da greve nacional dos agentes, escrivães e papiloscopistas federais. O ponto alto do evento acontece na quarta-feira (12), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, onde haverá uma passeata com centenas de policiais vindos de todas as partes do país, com enormes elefantes brancos infláveis, que simbolizam a burocracia e a politicagem na Segurança Pública.

A Federação Nacional dos Policiais Federais representa sindicalmente mais de 20 mil policiais federais, e protesta por uma Segurança Pública eficiente, “padrão FIFA”. A entidade denuncia que servidores burocratas, sem experiência operacional em campo, estão sendo indicados por critérios políticos para planejarem e coordenarem a segurança da Copa 2014.

Os agentes federais estão preocupados, pois a cúpula do Governo aparenta estar mal assessorada, sem noção da realidade. Na tomada de decisões, policiais especializados e experientes em campo não são ouvidos. E devido às falhas gerenciais, o que se observa é uma tendência emergencial à militarização, com tanques e fuzis apontados para os brasileiros.

(mais…)

Sul da Bahia tem mais médicos cubanos


Nos próximos dias, o atendimento nas unidades básicas de saúde de pelo menos 10 municípios do sul da Bahia contará com o reforço de 15 médicos cubanos. Gandu está recebendo o maior número. São 4 profissionais.

Os demais municípios que contarão com o reforço são Barro Preto, Buerarema, Camacã, Coaraci, Ilhéus, Itabuna, Una, Uruçuca e Santa Cruz da Vitória. Apesar da enorme carência, Itabuna contará com reforço de apenas dois profissionais de saúde.

Os demais municípios foram contemplados com um médico cada. Nessa fase chegaram à Bahia mais 230 profissionais do programa Mais Médicos, do governo federal.

Os profissionais vão atuar em 112 localidades. Antes, vão participar de um curso de especialização em Atenção Básica na Bahia. Com a chegada dos novos profissionais, sobe para 321 os municípios baianos beneficiados pelo programa.( A Região)

Deputada discute com moradores sobre melhorias para Taboquinhas


1A deputada estadual Ângela Sousa (PSD) se reuniu neste domingo(09) com produtores rurais, agentes de endemias, professores e lideranças políticas de Taboquinhas, distrito de Itacaré, onde discutiu uma série de melhorias e investimentos para a localidade. Ângela Sousa também participou do culto em homenagem às mulheres, realizado pela Igreja Assembleia de Deus de Taboquinhas, onde destacou a importância da participação da mulher nos mais diversos setores.

Durante o encontro os moradores solicitaram serviços como o início das obras de pavimentação da estrada Itacaré-Taboquinhas, um investimento que vai garantir muito mais desenvolvimento para o turismo e a economia do local. De acordo com a comunidade, a situação nesse trecho é precária é quando chove a estrada fica intransitável com milhares de pessoas ilhadas. Outra reivindicação foi a melhoria da estrada Taboquinha-Uruçuca, que está interditada, já não passa mais ônibus e os moradores estão tendo que andar muitos quilômetros para chegar ao ponto mais próximo.

(mais…)

Vacinação contra o HPV começa hoje em todo o país


15012014114155Meninas de 11 a 13 anos começam a ser imunizadas hoje (10) contra o papiloma vírus humano (HPV), principal causador do câncer de colo de útero. A orientação do Ministério da Saúde é que a primeira dose seja oferecida nas escolas (públicas e particulares), mas a vacinação também poderá ser feita em postos de saúde de todo o país.

A meta do governo é vacinar 80% do público-alvo, formado por 5,2 milhões de meninas. A vacina distribuída na rede pública previne contra quatro subtipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os subtipos 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo do útero em todo o mundo.

Para se imunizar é preciso apresentar o cartão de vacinação ou um documento de identificação. Cada adolescente deverá tomar três doses para completar o esquema de proteção, sendo a segunda aplicada depois de seis meses, e a última, cinco anos após a primeira.

Em 2015, a vacina contra o HPV será oferecida para meninas de 9 a 11 anos e, em 2016, para as de 9 anos.

O câncer de colo de útero tem a terceira maior taxa de incidência entre os cânceres que atingem as mulheres, atrás apenas do câncer de mama e do câncer de cólon e reto. ( Agência Brasil)