Ministro diz que investigação da Lava Jato trará turbulência


wagnerUm dos ministros mais próximos da presidente Dilma Rousseff, o petista Jaques Wagner, da Defesa, afirmou nesta segunda-feira, 2, que o pedido de investigação de políticos envolvidos no esquema de corrupção da Petrobrás causará “turbulência” no momento em que o País precisa de “calma e tranquilidade”.

Nesta semana, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que comanda a equipe de investigadores do Ministério Público Federal, apresentará os inquéritos ao Supremo Tribunal Federal (STF). “Qualquer fato novo com esse tipo de característica de denúncia, de inquérito, tira a tranquilidade momentaneamente de qualquer instituição. Não sei qual é a dimensão, nem a quem atinge. É bom no sentido de que as coisas estão funcionando e é ruim no sentido de que tem turbulência e o País precisa de calma e tranquilidade para tocar. Não a calma da omissão, mas de separar inquérito do funcionamento normal do País”, afirmou o ministro, depois proferir aula magna no Curso Superior de Defesa da Escola de Guerra Naval, no Rio.

“A melhor forma para que as investigações continuem é elas estarem ladeadas pelo funcionamento normal do País. Porque, se começarem a perturbar tudo, daqui a pouco muita gente vai dizer ‘acaba logo essa investigação porque o País precisa voltar à normalidade’. É óbvio que tem turbulência”, disse Jaques Wagner em entrevista. Para o ministro, a nova CPI da Petrobrás, que começa a analisar requerimentos esta semana, não chegará a fatos novos. “A CPI terá dificuldade de chegar além do Ministério Público Federal e do Judiciário (…) A CPI em si vira palco, mas dificilmente irá além do que a Polícia Federal já investigou”, declarou.

(mais…)

Deputado federal Bebeto Galvão doa salário a instituições sociais


Bebeto doou o salário de janeiro a quatro instituições sociais.
Bebeto doou o salário de janeiro a quatro instituições sociais.

O deputado federal Bebeto Galvão esteve em Ilhéus na última sexta-feira (27) para cumprir a promessa de doação do salário, a quatro instituições sociais.

O salário é originado da suplência por um mês de mandato, no período de recesso parlamentar no mês de janeiro/2015.

Confira a reportagem em vídeo feito pela Gênesis Comunicação:

Funcionários terceirizados do governo da Bahia estão com dois meses de salários atrasados


onde esta o dinheiroFuncionários terceirizados que trabalham na educação estadual em contato com o Blog Agravo, denunciam o atraso de salários que já chega há dois meses, por parte da empresa LOCSERV de serviços e empreendimentos LTDA.

“Uma verdadeira falta de respeito com o trabalhador, estamos prestes a começar as aulas dos colégios estaduais e até agora nossos salários de Janeiro e Fevereiro não foram depositados. Temos contas em casa e temos que comprar comida. Como vamos nos manter, mesmo depois de trabalhar ?”, desabafou uma funcionária terceirizada do Núcleo Regional de Educação.

Segundo eles, já tentaram contato com a empresa como também com a secretaria de administração do estado e não tiveram nenhuma resposta sobre a solução do problema.

E ai governador Rui Costa?

Quadrilha rouba carro-forte, atira em segurança e faz refém na Bahia


Carro-forte ficou bastante danificado após a ação (Foto: Welington Ribeiro Simões/Site: lettosimoes).
Carro-forte ficou bastante danificado após a ação (Foto: Welington Ribeiro Simões/Site: lettosimoes).

Homens fortemente armados com fuzis calibre 1.50 (anti-aéreo) e a bordo de uma caminhonete e um carro de passeio roubaram um carro-forte na manhã desta segunda-feira (2), no entroncamento de Santa Rita de Cássia, na altura do Km-80 da BR-135, no município de Riação das Neves, região oeste da Bahia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os suspeitos atiraram em um segurança, roubaram dinheiro do carro-forte, explodiram o veículo e fizeram um pessoa como refém durante a fuga. A quantia levada não foi divulgada.

A polícia ainda informa que a vítima feita como refém foi liberada pela quadrilha ainda durante a fuga, teve ferimentos leves e foi conduzida para o hospital. O estado de saúde, bem como a identificação dela são desconhecidos.

A PRF acrescenta que os suspeitos queimaram um dos veículos usados na ação, nas proximidades da cidade de Mansidão, no extremo oeste do estado. Até por volta das 14h30 os suspeitos ainda não haviam sido presos. ( G1/Bahia)

Demarcação de terras na região será discutida na audiência pública em Ilhéus


angela
Ângela Sousa voltou a cobrar dos governos Federal e Estadual uma solução pacifica e justa para o problema da demarcação de terras no Sul da Bahia. Foto Cristiano Cruz

A deputada estadual Ângela Sousa (PSD) participou na manhã deste domingo (1º), em Buerarema, da reunião realizada pela Associação dos Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una e Buerarema, onde foi discutido sobre a realização de uma audiência pública para buscar soluções para o problema da demarcação de terras no Sul da Bahia. A audiência vai acontecer no próximo dia 13 de março, às 14 horas, no auditório do escritório da Ceplac em Ilhéus, contando com a participação de representantes dos governos estadual e federal, pequenos agricultores e lideranças políticas regionais.

Ângela Sousa voltou a cobrar dos governos Federal e Estadual uma solução pacifica e justa para o problema da demarcação de terras no Sul da Bahia. De acordo com Ângela Sousa, se houver a necessidade de realizar a demarcação, é preciso que se utilizem critérios justos e coerentes, ao contrário do que propõe a Funai, que prevê a destinação de 47 mil hectares de terras produtivas, tirando de pequenos agricultores para entregar a pessoas que se autodeclararam índios.

(mais…)

Reforma da nova sede da prefeitura de Ilhéus é iniciada


DSC04568
Antiga sede da Coelba será sede da prefeitura municipal de Ilhéus, que abrigará os gabinetes do prefeito e vice, além da Secretaria de relações institucionais. Foto Jamesson Araújo

A antiga sede da Coelba, situada no alto da Conquista, desapropriada pela prefeitura de Ilhéus para ser sua nova sede do governo, teve início em sua obra na última sexta-feira (27). Orçada em R$ 547.325,44 a obra será realizada pela empresa Itacaré Construções LTDA-EPP, que tem sede em Salvador e tem previsão de término em oito meses.

Inicialmente, somente sete funcionários foram vistos na obra, que é de fundamental importância para o bairro da Conquista. Para os moradores, a prefeitura sendo instalada no local, vai trazer melhorias em infraestrutura para a comunidade.

A instalação da sede da prefeitura no local foi alvo de críticas por parte do vereador Nerival (PC do B), que idealizava um centro comunitário no local. A prefeitura acabou passando pela vontade do vereador da base, decidindo pela nova sede.

Vereadores ilheenses elegem comissões e oposição recorre à justiça


DSC04822
Vereadores da oposição, com o vereador Gurita, durante retirada do plenário em protesto a suspensão da primeira eleição da comissão de justiça. Foto Jamesson Araújo

A Câmara Municipal de Ilhéus realizou na última quarta-feira, 25, extraordinariamente no auditório da Faculdade de Ilhéus, as eleições para escolha dos novos componentes que farão parte das Comissões Permanentes do Poder Legislativo ilheense, para o biênio 2015/2016.

Ao todo, são 12 comissões que terão a finalidade de examinar matéria em tramitação na Câmara, e emitir parecer sobre a mesma, ou de proceder estudos sobre determinados temas de interesse da Administração. “Cabe às comissões temáticas analisar as proposições e os assuntos distribuídos ao seu exame, manifestando sua opinião para orientação do plenário”, informa o Presidente da Casa, Tarcísio Paixão.

Para o experiente advogado e municipalista, Dr. Carlos Silas Lins, todo o processo eleitoral ocorrido foi legal e seguiu os ritos regimentais. “Em cada comissão foi assegurada a representação proporcional dos blocos parlamentares, como determina o Art. 50 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Ilhéus. E mais: É preciso que se respeite a lei, precisamente o Art. 44 da LOMI, em que reza claramente que é competência dos líderes indicarem os nomes a concorrem. E, não de forma aleatória, como aconteceu com um vereador que impôs seu nome”, adverte.

A novidade neste biênio será a inclusão de uma nova comissão permanente (Comissão de Segurança), que terá por finalidade trabalhar coletivamente nas ações do poder público local, nas discussões de assuntos relacionados à segurança municipal e propostas de amenização da violência e da criminalidade, inclusive, acompanhadas diligências quando necessário em situações de interesse do legislativo e, principalmente da sociedade.

A oposição vai recorrer à justiça contra a eleição da comissão de Justiça

O clima entre esses vereadores de oposição é de revolta perante a submissão do legislativo aos caprichos do prefeito. Depois de voltar atrás na eleição da comissão de Justiça, Tarcísio acabou acatando a vontade do prefeito, e refazendo a eleição.

O líder da oposição, o vereador Alisson Mendonça conversou com a redação do Blog Agravo, afirmando que já está tomando as medidas judiciais, e vai entrar com um mandado de segurança contra a mesa da câmara, para que se respeite a proporcionalidade.

Vereadores da oposição deixaram claro que vão partir pra cima, com um pente fino junto ao TCM, nas contas e contratos do atual presidente, Tarcísio Paixão.

Ilhéus perdeu 320 vagas de emprego em janeiro


como-tirar-carteira-de-trabalho-7A crise na economia brasileira refletiu forte na geração de empregos em Ilhéus. O município teve saldo negativo de 320 vagas. Segundo o Ministério do Trabalho, o número é um recorde negativo para o mês de janeiro nos últimos 6 anos.

Os setores que mais demitiram em Ilhéus, neste início de ano, foram serviços e comércio. Somente na área de serviços foram eliminados 281. Em janeiro, o setor contratou 250, mas demitiu outros 531 funcionários. No comércio foram cortados 135 empregos.

No primeiro mês do ano, apenas o setor da construção civil trouxe boa notícia no campo da geração de emprego, ao criar 69 novas vagas. Nos últimos 12 meses, o setor criou 790 empregos. Em segundo lugar aparecem as empresas de serviços, com 230 empregos no acumulado de 12 meses.

O saldo não foi melhor por causa do desempenho ruim em janeiro. Nos últimos 12 meses, o comércio ilheense eliminou 280 vagas. Em dezembro a economia de Ilhéus já dava sinais claros de que sofria com a crise do país.

No mês em que circula o maior volume de dinheiro, em que tradicionalmente o comércio mais vende, graças ao Natal, o município cortou 46 vagas. O mais incrível é que, destas, 26 foram eliminadas justamente no comércio.

*Com informações do Jornal A Região

PGR é favorável à suspensão de seleção temporária para servidores da saúde de Ilhéus


Parecer de Janot sustenta que as contratações deveriam ser feitas por concurso para quadro efetivo.
Parecer de Janot sustenta que as contratações deveriam ser feitas por concurso para quadro efetivo.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF), parecer contra o pedido de Suspensão de Liminar 848/BA, ajuizado pelo Município de Ilhéus. O pedido contesta a suspensão de concurso temporário para servidores de saúde da cidade. Para o PGR, o concurso que selecionou, temporariamente, 277 servidores deve continuar suspenso.

O município defendeu que as contratações se destinavam à prestação de serviços em atividades vinculadas a programas de saúde mantidos por outros entes da Federação ou decorrentes de convênios, caracterizando contratação transitória. Além disso, a administração municipal argumentou que as despesas com pessoal estavam acima do limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, tornando inviável admissão de novos servidores com vínculo efetivo.

No parecer, o PGR sustenta que a medida contrariou acordo judicial com o Ministério Público do Trabalho que, entre outras cláusulas, previa a realização de concurso para o quadro efetivo de servidores. O documento destaca, ainda, que a administração municipal não conseguiu provar o caráter transitório da seleção, “limitando-se a aduzir que as contratações impugnadas são imprescindíveis para assegurar a prestação de serviços públicos essenciais na área de saúde, como os de urgência, emergência e aqueles prestados nos postos de saúde municipais”. Para o PGR, o argumento não pode fundamentar a manutenção das contratações, contrariando a própria Constituição Federal (Art. 37, II), que prevê concurso público para investidura em cargo da administração pública.

(mais…)