Bebeto reúne prefeitos e vice-prefeitos eleitos para discutir liberação de emendas


foto_prefeitos

O deputado federal Bebeto Galvão (PSB) promoveu um encontro nesta quinta-feira com alguns dos seus prefeitos e vice-prefeitos eleitos em 2016 para reafirmar o compromisso do seu mandato no Congresso para fortalecer as administrações municipais dos novos gestores.

Acompanhado no núcleo técnico do seu gabinete, Bebeto discutiu sobre a situação política e econômica nacional com o objetivo de orientar as gestões de seus prefeitos aliados para enfrentar o momento de crise econômica.

No encontro, Bebeto fez um levantamento da atual situação orçamentária de cada cidade e fazer um diagnóstico para encontrar os melhores caminhos para as emendas parlamentares que Bebeto destinará aos municípios este ano.

O encontro teve a presença da deputada estadual Fabíola Mansur (PSB), que também se comprometeu em contribuir com as administrações. O evento reuniu o prefeito reeleito de Mulungu do Morro, Fredson, os novos prefeitos Professor Leo (Barra do Rocha), Suka Carneiro e seu vice Jailton (Ubaitaba), Elmo Vaz (Irecê), Batista e o vice Carlos (Pintadas), o ex-prefeito de Floresta Azul, Garrafão, que elegeu a esposa Gicélia, além de Nildo Som (vice-prefeito de Uma, que também representou o prefeito Tiago de Dejair), Ezequiel Xavier (Guaratinga).

Outros prefeitos da base de Bebeto que não puderam comparecer por estarem em outras atividades participarão de um novo encontro que o deputado promoverá nos próximos dias.

Ilhéus: Polícia Militar apreende drogas no Alto do Rombudo


img-20161013-wa0012

Na tarde desta quinta-feira (13), após averiguar informações de ocorrência de tráfico de drogas no Alto do Rombudo, bairro Conquista, a guarnição do PETO 68 abordou em atitude suspeita de Filipe  Mota dos Santos, 18 anos.

Em sua posse, foram encontrados 113 pedras de crack, 17 papelotes de cocaína, 06 buchas de maconha, 01 porção bruta de maconha (10 gramas).

O indivíduo e o material apreendido foram apresentados à 7ª COORPIN para adoção das medidas legais.

Supremo confirma cobrança do ICMS na tarifa de telefonia


tele(2)

O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou nesta quinta-feira (13) que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) pode ser cobrado na tarifa de assinatura básica de telefonia. O imposto é recolhido pelas empresas de telefonia na fatura mensal de cobrança.

A questão chegou à Corte por meio de um recurso do governo do Rio Grande do Sul, que recorreu de uma decisão da Justiça gaúcha. No julgamento, o Tribunal de Justiça entendeu que o serviço de assinatura básica oferecido pelas operadoras aos consumidores não pode sofrer incidência do ICMS por tratar-se de um serviço complementar.

Por 7 votos a 2, seguindo voto do relator, ministro Teori Zavascki, o Supremo entendeu que a assinatura básica faz parte da prestação do serviço de telefonia e, dessa forma, o imposto deve ser cobrado.

Votaram com o relator os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Marco Aurélio e Cármen Lúcia.

Abastecimento é interrompido em bairros de Ilhéus nesta quinta-feira (13)


A Embasa informa que o abastecimento de água foi temporariamente interrompido, nesta quinta-feira (13), nos seguintes bairros de Ilhéus: Alto da Barra/ CSU, Alto Nerival, Alto Soledade, Aritaguá, Barra, Centro Industrial, Iguape, Jardim Savóia, Novo Ilhéus, São Domingos, São José, São Miguel e Sambaituba. A interrupção ocorreu devido a alterações na qualidade da água bruta, afetada pelas chuvas dos últimos dias. Técnicos estão trabalhando para corrigir as mudanças nos aspectos físico-químicos da água e a previsão é que o serviço seja normalizado gradativamente nas próximas 24 horas. Haverá compensação no fornecimento de água pelo mesmo número de horas que o serviço ficou interrompido. 

Novo teste para detectar o zika vírus recebe registro da Anvisa


testezika

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu registro para mais um teste rápido para detectar o zika vírus. Com a autorização, o produto poderá ser fabricado e distribuído pelo laboratório público do Estado da Bahia (Bahiafarma).

O registro na Anvisa permite que a Bahiafarma produza e distribua o teste a partir do antígeno NS1. Com o exame rápido, é possível identificar se o paciente tem o zika vírus no organismo– independente de quanto tempo está infectado– ou se a pessoa já teve o vírus. Segundo o laboratório, essa possibilidade não existia em outros métodos de diagnóstico existentes no mercado.

Com maior rapidez no resultado, o tratamento pode ser iniciado imediatamente, bem como se tornar mais eficaz, pois o contágio pode ser confirmado assim que surgem os sintomas da doença. No primeiro semestre deste ano, outro teste rápido foi lançado. Porém, a iniciativa podia detectar os anticorpos no organismo por volta de cinco dia após a infecção pelo vírus.

A Bahiafarma é o primeiro laboratório público do País a desenvolver e registrar o teste rápido Zika NS1. Em relação a outros países, a entidade informou que há interesse no produto brasileiro, pois poucos fabricantes têm a tecnologia, e o preço é considerado atrativo por serem testes “de alta qualidade a preços muito competitivos”.

De acordo com a última atualização da Secretaria de Saúde da Bahia, o Estado registrou cerca de 55 mil casos suspeitos de zika vírus, somente este ano, em 357 municípios baianos.