INSS: veja calendário de pagamento de aposentadorias e pensões de 2020


Foto ilustrativa.

Cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já podem checar a data de depósito dos benefícios de 2020. Segundo o INSS, os depósitos seguirão a mesma sequência de anos anteriores. As datas foram divulgadas na segunda-feira (16).

Segundo o instituto, para quem recebe um salário mínimo, os depósitos de janeiro serão feitos entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro. Para saber a data exata, o beneficiário deve verificar o número final do seu cartão de benefício, sem último dígito verificador, que aparece depois do traço. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados a partir de 3 de fevereiro. A tabela completa pode ser conferida no site do INSS.

Pedro Tavares lamenta falecimento do radialista e ex-vereador de Itabuna Roberto de Souza


Roberto de Souza.

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), lamentou na Assembleia Legislativa da Bahia, o falecimento do radialista, apresentador e ex-vereador de Itabuna, Roberto de Souza. O parlamentar demonstrou solidariedade aos familiares, amigos e admiradores do radialista.

“Foi com muita tristeza que recebemos a notícia do falecimento de Roberto de Souza, uma personalidade reconhecida pela sua capacidade de trabalho e trajetória ligada a comunicação e à política de Itabuna. Infelizmente, ele nos deixa de forma precoce aos 58 anos”, afirmou.

Tavares destacou que o radialista deixará muitas saudades entre os ouvintes que admiravam a sua capacidade e uso da linguagem popular. “Ficará marcado na história de Itabuna como alguém que esteve muito presente na vida da população. Nossa solidariedade aos familiares, amigos e admiradores”, disse.

Flamengo está na final do Mundial de Clubes


Flamengo na Final do Mundial. Foto da REUTERS/Kai Pfaffenbach.

O Flamengo alcançou, na tarde desta terça (17), a final do Mundial de Clubes da Fifa após derrotar o Al Hilal, da Arábia Saudita, por 3 a 1 em partida disputada no estádio Khalifa, na cidade de Doha (Catar).

O time brasileiro enfrenta, no próximo sábado (20), o vencedor do jogo entre Liverpool (Inglaterra) e Monterrey (México), que se enfrentam pelas semifinais nesta quarta a partir das 14h30 (horário de Brasília).

O jogo

A equipe saudita começou a partida ocupando o campo do Flamengo, forçando a saída de bola da equipe brasileira e esperando alguma falha que lhe permitisse criar alguma chance de gol.

Mas, mesmo com este panorama, a primeira oportunidade de gol clara é do Flamengo. Aos 14 minutos a bola é levantada na área em cobrança de escanteio, o goleiro do Al Hilal afasta mal e a bola sobra para Gérson. O camisa 8 do time carioca pega de primeira, de fora da área, com muito perigo.

Um minuto depois a equipe saudita chega pela primeira vez com perigo. Al-Dawsari recebe lançamento em profundidade e chuta em cima do goleiro Diego Alves, que defende parcialmente. A bola sobra para o francês Gomis, que, sozinho, da marca do pênalti, chuta para fora.

Contudo, aos 17 não teve jeito, Al-Dawsari consegue vencer o goleiro brasileiro. O italiano Giovinco abre na ponta direita para Al-Buryak, que cruza na medida para o camisa 29.

Após o gol o Flamengo continuou com dificuldades de criar oportunidades. A melhor apareceu aos 29, quando o uruguaio Arrascaeta toca em profundidade para Bruno Henrique na ponta esquerda. Ele avança até a entrada da área, mas tem o chute bloqueado por Al-Buryak no último instante.

O resultado se mantém até o intervalo, com as duas equipes com números muito parecidos. 56% de posse de bola para o Flamengo e 44% para o Al Hilal, e 4 finalizações para o time brasileiro contra 6 do saudita.

Virada no segundo tempo

Contudo, logo no início da etapa final o Flamengo chegou à igualdade. Aos 3 minutos Gabriel Barbosa toca para Bruno Henrique, que cruza na medida para o uruguaio Arrascaeta apenas escorar para o fundo do gol de Al-Muaiouf.

Após o empate a equipe brasileira se anima na partida. E aos 5 chega novamente com perigo, em nova jogada de Gabriel Barbosa.

A partida continuou morna, mais concentrada no meio campo, até que, aos 22 minutos, Giovinco é derrubado na entrada da área por Gerson. O próprio italiano vai para a cobrança, mas a bola segue para fora.

Aos 28 minutos de partida Jorge Jesus troca Gerson por Diego, e o camisa 10 melhora muito a performance do Flamengo.

Melhora tanto que, aos 32, Diego toca em profundidade para Rafinha, que avança na ponta direita e cruza na medida para Bruno Henrique fazer de cabeça.

Com a vantagem no marcador o Flamengo melhora na partida, e chega ao 3 a 1 aos 36 minutos. Bruno Henrique recebe na esquerda e cruza rasteiro para Gabriel Barbosa. Mas Al-Bulayhi corta para o próprio gol. Gol contra.

A partir daí a equipe brasileira administrou a vitória, suficiente para lhe levar à uma nova final de Mundial de Clubes.

Final do Mundial

Com a vitória de hoje o Flamengo volta a disputar uma final de Mundial de Clubes. Na primeira vez em que isto aconteceu, a equipe brasileira derrotou o Liverpool, da Inglaterra, por 3 a 0 no ano de 1981. Naquela época a competição era disputada em partida única, envolvendo o campeão da Liga dos Campeões e da Copa Libertadores.

Ficha Técnica

Terça-feira, 17 de dezembro de 2019

FLAMENGO 3 X 1 AL HILAL

Competição: Mundial de Clubes da FIFA

Local: Estádio Khalifa Internacional, Doha (Catar)

Al Hilal: Al-Muaiouf; Al-Burayk, Jang Hyun-Soo, Al-Bulayhi e Al-Shahrani; Carlos Eduardo, Cuéllar, Carrillo e Al-Dawsari (Al-Abid); Giovinco (Khrbin) e Gomis (Otayf). T: Razvan Lucescu.

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Diego) e Arrascaeta (Piris da Motta); Everton Ribeiro, Gabriel Barbosa e Bruno Henrique (Vitinho). T: Jorge Jesus.

Gol: 1º tempo: Al-Dawsari (17). 2º tempo: Arrascaeta (3), Bruno Henrique (32) e Al-Bulayhi, contra (36).

Ilhéus: Polícia investiga envenenamento de cachorros na Vila Lídia


Animais foram mortos por envenenamento na Vila Lídia.

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPA) investiga a denúncia de moradores da Vila Lídia, bairro Jardim Savóia, zona norte de Ilhéus, de envenenamento de animais.

Em contato com a redação do Blog Agravo, os moradores informaram que dois animais morreram, mas existem outros casos.

Quantidades de Venenos foram encontrados na rua em pratos de plastico.

Em alguns locais foram encontrados pratos plástico com o veneno conhecido como chumbinho. Apesar de ser ilegal e ter sua venda proibida, o chumbinho é a arma mais utilizada para o envenenamento de cães e gatos, por ser facilmente encontrado, inclusive sendo vendido como ‘veneno para ratos’.

Os moradores informaram que registraram um Boletim de Ocorrência (B.O.) na delegacia, e haverá uma audiência no próximo dia 21. Eles esperam ação enérgica da polícia para saber quem vem cometendo esse crime contra os animais.

O responsável por esse ato pode ser enquadrado no crime de Crueldade contra Animais, que encontra respaldo legal na Lei de Contravenções Penais e Lei de Crimes Ambientais (Lei 3688/41, art. 64 e Lei 9605/98, art. 32).

Mesmo sem patrocínio, judoca de Ilhéus se mantém o 1º do ranking


Judoca de Ilhéus, Hakson Andrade.

Bicampeão da Copa Bahia de Judô Veteranos, tricampeão da Mega Etapa do Circuito Baiano, octacampeão do Circuito Baiano, 2º colocado no Campeonato Baiano Blackbelt, 3º colocado no Campeonato Brasileiro Veteranos A-66kg, e duas vezes premiado Atleta Destaque Veteranos. Essas foram algumas das conquistas do judoca de Ilhéus, Hakson Andrade nos últimos dois anos. Ainda assim, busca ajuda financeira para participar de novas competições. O atleta finaliza 2019 como o 1º do ranking.

Em entrevista recente concedida à uma emissora de rádio da cidade, Hakson Andrade contou sua trajetória vivida nos anos de 2018 e 2019, nas competições estaduais, nacional e internacional. Durante o bate-papo, lamentou a falta de patrocínio, apesar de hoje ocupar, pelo segundo ano consecutivo, o topo do ranking estadual. Com as chamas da esperança, o judoca detalhou sua perspectiva para o ano de 2020, caso encontre apoio.

O ano de 2019 para Hakson foi aterrorizante. Com os sonhos de conquistas interrompidos, o atleta perdeu a liderança do ranking nacional por falta de apoio. O Faixa Preta não pode representar Ilhéus no brasileiro, no pan-americano e no mundial de judô fora do país, ao se esbarrar em dificuldades para arcar com os custos da viagem. Recorreu a campanhas de financiamento e sorteios de alguns produtos e serviços, ainda assim não foi suficiente.

Não é só o judoca ilheense quem perdeu patrocínio. Em diversas categorias do esporte, atletas que ganharam os holofotes e fizeram história durantes importantes competições no país, também passam por isso, como é o caso do canoísta baiano Isaquias Queiroz, que se consagrou o primeiro brasileiro a subir no pódio três vezes em uma só edição dos jogos olímpicos. O abandono do apoio põe em xeque o legado desses profissionais do esporte.

No final da entrevista, Hakson fez um agradecimento especial a equipe que apoia seu trabalho, além de alguns colaboradores durante sua trajetória, como é o caso da Prefeitura de Ilhéus. Quem quiser ajudar o atleta pode contatá-lo pelos telefones: (73) 98824-9980 ou 99993-2221. Disponibilizou o número da sua conta bancária no Banco do Brasil – Agência 0019-1 – Conta corrente 67515-6. Acompanhe seu trabalho nas redes sociais: @haksonjudo

Policiais da DT de Ilhéus realizam prisão de homicida


Conhecido como “Ua”, Uanderson da Conceição confessou a autoria do crime. Foto SSP/Bahia.

Investigações realizadas por policiais da 1ª Delegacia Territorial (DT), do município de Ilhéus, resultaram no cumprimento da prisão de Uanderson da Conceição, na segunda-feira (16). O criminoso é autor do homicídio de Sales da Silva Oliveira, ocorrido em agosto deste ano.

Conhecido como “Ua”, o homicida confessou o crime durante depoimento, na unidade policial. De acordo com a apuração realizada pela equipe da DT, o homicídio teria sido motivado por uma discussão entre a vítima e um amigo de Uanderson.

Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva, Uanderson permanece custodiado na DT/Ilhéus, à disposição do Poder Judiciário.

Município inicia credenciamento de motoristas de aplicativos em Ilhéus


A Prefeitura, por meio da Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram) iniciou na segunda-feira (16) o credenciamento de pessoas físicas para outorga de autorizações para exploração do serviço de transporte individual privado de passageiros baseado em tecnologia de comunicação em rede no Município de Ilhéus. O credenciamento foi publicado na Portaria nº 069 e tem como fundamento as disposições das Leis nº 9.503/1997 (Código de Trânsito Brasileiro), Lei Federal nº 13.640/2018 e da Lei Municipal nº 4050/2019.

Clique e acesse o edital à partir da página 31.

Os profissionais deverão se dirigir à base da Sutram, localizada à Rua 14 de Agosto, s/n, Centro (próximo ao Ginásio de Esportes), no período das 8 às 16h, local para entrega do envelope contendo todos os documentos exigidos no edital, em atendimento às seguintes condições: ser pessoa física maior de 21 anos; possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) compatível com a categoria B com EAR – Exercer Atividade Remunerada – ou superior, que não esteja suspensa por força de infrações ao Código de Trânsito Brasileiro; e apresentar uma única proposta concorrendo para uma única vaga, sob pena de desclassificação.

A prestação do serviço está condicionada ao uso de veículos automóveis, com idade máxima de 10 (dez) anos de fabricação e capacidade de até 5 (cinco) pessoas, incluindo o motorista. No ato do credenciamento os interessados deverão apresentar os documentos contidos no edital. Com a entrega da documentação, a Sutram informará a data para realização da vistoria dos veículos.

De acordo com o edital, compete à Sutram, órgão integrante da estrutura da Administração Direta do Poder Executivo Municipal, planejar, organizar, fiscalizar e gerenciar a exploração do serviço no Município de Ilhéus, conforme estabelece a Lei 4.000/2018.

Bahia: Megaoperação é deflagrada contra facção criminosa


Foto divulgação SSP/Bahia.

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) deflagrou, nas primeiras horas desta terça-feira (17), uma megaoperação contra uma facção que atua na Bahia, com ramificação no Maranhão. Cerca de 450 policiais civis, militares, técnicos e rodoviários federais ocupam áreas nos dois estados.

As equipes cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão contra a organização criminosa envolvida com tráfico de drogas, roubos a bancos (entre os ataques está a subtração de R$ 100 milhões em Bacabal, no Maranhão, em novembro de 2018), homicídios, corrupção de menores, entre outras atividades ilícitas.

Em Salvador, os bairros de Pirajá e Parque São Bartolomeu foram priorizados, na Região Metropolitana as ações se concentram no município de Simões Filho e, no interior, na cidade de Conceição do Jacuípe.

Participam do trabalho integrado equipes das polícias Civil (Draco, DIP, COE, DHPP, Depom, Depin, Polinter e DCCP), Militar (Graer, Bope, Choque, Apolo, Águia, Bepe, Cavalaria, Coppa, Beptur, Gemeos, Cipes PI e LN, além dos Batalhões Rodoviário e de Guardas), do Departamento de Polícia Técnica (DPT), da Superintendência de Inteligência da SSP, da PRF e da Secretaria de Administração Penitenciária.

Em Salvador

A megaoperação deflagrada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), localizou João Teixeira Leal, 49 anos. Conhecido pelos apelidos ‘Jão de Pirajá’, ‘JJ’ e ‘Velho’, o criminoso se escondia em um flat, no Jardim de Alah, bairro de Salvador.

Jão de Pirajá usava tornozeleira eletrônica, cumprindo pena em liberdade, e permanecia controlando tráfico de drogas, roubos a bancos, determinando homicídios, entre outras ações delituosas.

No momento do cumprimento do mandado de prisão ele reagiu atirando e terminou ferido. Jão de Pirajá foi socorrido para unidade médica para receber atendimento.

“Ele era um dos nossos principais alvos. Infelizmente reagiu e as equipes precisaram usar força proporcional”, comentou a titular da Narcóticos do Draco e coordenadora da megaoperação, delegada Andréa Ribeiro.

Nota de Pesar


Faleceu nesta terça-feira (17) em Salvador, o radialista e ex- vereador de Itabuna, Roberto de Souza, em decorrência de um câncer, aos 58 anos.

Nos mais de 20 anos de microfone, Roberto pautava o noticiário regional a partir de entrevistas feitas em seu programa Resenha Cidade, que completou 22 anos no ar no último dia 22 de novembro.

Roberto foi vereador entre 1997 a 2012 e era apresentador do programa Resenha da Cidade.

O local do velório será no plenário da câmara de vereadores de Itabuna, e o sepultamento no cemitério Campo Santo.

Aos familiares, amigos e parentes, nossos mais sinceros pêsames, em nome de toda equipe do Blog Agravo.

Após acordo, CTA retoma serviços de limpeza pública na cidade


Caminhões da CTA já estão fazendo a coleta de lixo. Foto Jamesson Araújo.

Resolvido o impasse entre o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública, Asseio e Conservação, Jardinagem e Controle de Pragas do Sul e Extremo sul da Bahia (Sindilimp) e a empresa CTA, responsável pela coleta de lixo em Ilhéus. Depois de uma reunião na tarde de hoje, a direção da empresa resolveu acatar o pleito e a coleta na cidade foi retomada.

Na manhã desta segunda-feira (16), cerca de 80 trabalhadores da limpeza paralisaram as atividades e não houve coleta de resíduos sólidos nas ruas e nas praias da cidade. A paralisação foi um protesto, pois a categoria, que é terceirizada, alegava que faltavam itens como papel higiênico, copo descartável, protetor solar e ainda por melhorias nas condições de trabalho.

Em nota, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsurb) informou que notificaria a empresa, caso não retomasse as atividades. Depois do certame, o setor assegurou que irá intensificar a fiscalização dos serviços sem que haja prejuízos à população.