PRF começa operação Rodovida nas estradas do país


Reprodução PRF

Com a movimentação intensa para as festas de fim de ano e férias, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) começa hoje (20) a operação Rodovida, com o objetivo de diminuir a violência no trânsito.

Com ações educativas e de fiscalização, a Operação Rodovida vai até o dia 1º de março nas estradas de todo o país. A ação é feita em parceria com estados, municípios, ministérios e também com o Departamento Nacional de Trânsito.

No ano de 2018, a PRF registrou a ocorrência de 183 acidentes durante a operação, um número 65% inferior em relação ao ano de 2011, quando foi lançada a primeira edição da Rodovida. Os números de feridos e mortos também caíram 24,7% e 38,5%, respectivamente.

PETO 70 apreende drogas e prende em flagrante homicida com mandado de prisão em aberto


Bruno foi preso com drogas e tinha mandado de prisão em aberto por Homicídio.

Na manhã desta sexta-fera, o PETO 70 em incursão no Alto do Carvalho, prendeu em flagrante Bruno Mateus Santiago Nascimento por tráfico e drogas.

Com o meliante foram encontrados 19 reais e 78 pedras de crack.

Em desfavor de Bruno havia um mandado de prisão preventiva por homicídio em aberto, expedido pela 1° Vara do Júri, execuções penais.

Drogas apreendidas com Bruno.

Todo material apreendido, juntamente com o meliante foram apresentados na delegacia de polícia, e estão à disposição da justiça.

Major Iranildo Bastos Brito assume comando da 70ª CIPM de Ilhéus


Maior Iranildo a Maior RivasA cerimônia de troca de comando da 70ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Ilhéus ocorreu na manhã desta sexta-feira (20), no auditório da Receita Federa da cidade. Deixa o cargo o major PM Rivas Queiroz de Souza Junior e toma posse o major PM Iranildo Bastos Brito.

O major Rivas esteve no comando da 70ª CIPM por quatro anos e cinco meses. Durante o período realizou diversas atividades e ações no combate e prevenção da criminalidade na região e abrangência da unidade. Dentre as atuações, major Rivas destacou a redução considerável do índice de homicídio na área.

“Em 2013 trabalhávamos com a marca de 73 homicídios na área. Nos últimos dois anos reduzimos para 38/ano, e em 2019, fechamos um ciclo com 33, ou seja, cinco homicídios a menos do esperado. Não é comemoração, mas é um grande passo no caminho da pacificação de uma cidade tão bela como Ilhéus”.

Rivas citou a parceria entre o Poder Executivo e fez menção ao prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, na condução administrativa da cidade e agradeceu ao gestor pela disponibilidade na cessão de uso do terreno no bairro Teotônio Vilela para implantação do Posto Policial, além de outras iniciativas.

Novo comando – Em seu discurso, Major Brito informou apresentará o planejamento da tropa. “Daremos continuidade ao trabalho que está sendo desenvolvido pelo major Rivas. A meta é a redução do crime. Quanto a Operação Verão já está toda montada e daremos continuidade a operação”.

Prestigiaram à cerimônia o comandante da Guarda Civil Municipal, Leonardo Bandeira, que representou o prefeito, também o coronel PM, Marcelo Luiz Brandão Teixeira, comandante do Policiamento Regional Sul; tenente coronel, José Diógenes Câmara; delegado da Capitania dos Portos de Ilhéus, Giovani Andrade, entre outras autoridades.

Maioria do STF vota para suspender MP que extinguiu DPVAT


Imagem Ilustrativa.

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou hoje (19) para suspender a Medida Provisória 904/2019, que extinguiu o pagamento do Seguro DPVAT, contribuição obrigatória para cobrir gastos de acidentes causados por veículos. A ação foi proposta pela Rede após a medida ter sido assinada, no mês passado, pelo presidente Jair Bolsonaro.

Até o momento, por 6 votos a 2, os ministros da Corte seguiram entendimento do relator, ministro Edson Fachin. Para o ministro, o DPVAT tem uma função social. Também votaram nesse sentido os ministros Alexandre de Moraes, Marco Aurélio, Luiz Fux, Rosa Weber e o presidente, Dias Toffoli. Luís Roberto Barroso se declarou suspeito para julgar o caso.

Ainda faltam os votos de dois ministros, que podem interromper a votação e levar o caso ao plenário físico da Corte. O julgamento é realizado por meio de votação eletrônica, na plataforma virtual de julgamentos do STF. A votação será finalizada à meia-noite.

Na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6.262, a Rede defendeu a suspensão da MP por entender que os recursos são utilizados para proteção social de vítimas de acidentes de trânsito no Sistema Único de Saúde (SUS). O partido também alegou que não há urgência e relevância na matéria para justificar a edição por meio de medida provisória.

Caixa paga hoje valor complementar do saque imediato do FGTS


Os trabalhadores sem conta na Caixa Econômica Federal nascidos de janeiro a outubro poderão retirar hoje (20) o valor complementar do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Têm direito à retirada complementar os beneficiários com contas ativas ou inativas com saldo de até R$ 998 em 24 de julho.

O trabalhador poderá sacar, de cada conta, até R$ 498, a diferença entre R$ 500 e R$ 998. As retiradas poderão ser feitas pelos mesmos canais onde o trabalhador retirou os R$ 500 do saque imediato nos últimos meses.

Os clientes da Caixa com conta no FGTS terão o valor depositado automaticamente na conta corrente ou poupança. Quem nasceu em novembro e dezembro terá até R$ 998 creditado de uma vez. Quem nasceu nos outros meses receberá a diferença entre R$ 500 e R$ 998, caso tenha direito.

Atendimento

Os saques podem ser feitos nas casas lotéricas e nos terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

No caso dos saques de até R$ 100, a orientação da Caixa é procurar casas lotéricas, com apresentação de documento de identificação original com foto.

Segundo a Caixa, mais de 20 milhões de trabalhadores podem fazer o saque só com o documento de identificação nas lotéricas.

Quem não tem senha nem cartão cidadão e vai sacar mais de R$ 100 deve procurar uma agência da Caixa.

Embora não seja obrigatório, a Caixa orienta, para facilitar o atendimento, que o trabalhador leve também a carteira de trabalho para fazer o saque. Segundo o banco, o documento pode ser necessário para atualizar dados.

As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

A data limite para o saque é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

Retirada extra

Os trabalhadores com saldo acima de R$ 998 em 24 de julho puderam sacar até R$ 500 por conta de FGTS ao longo dos últimos meses. Esses não terão direito à retirada extra.

Somente aqueles com até um salário mínimo (R$ 998) na conta do FGTS na mesma data poderão sacar a diferença entre R$ 500 e R$ 998. Dessa forma, um trabalhador que tinha R$ 998 numa conta do FGTS e R$ 1 mil em outra conta em 24 de julho e já retirou R$ 500 das duas contas só poderá sacar R$ 498 da primeira.

Segundo a Caixa, no total os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 40 bilhões na economia em 2019. Originalmente, o saque imediato iria até março, mas o banco antecipou o cronograma e todos os trabalhadores receberão o dinheiro este ano.

Horário especial

Para facilitar o atendimento, a Caixa vai abrir 2.302 agências em horário estendido nesta sexta-feira (20). As agências que abrem às 8h terão o encerramento do atendimento duas horas depois do horário normal de término.

As que operam desde as 9h terão atendimento uma hora antes e uma hora depois. Aquelas que abrem às 10h iniciam o atendimento com duas horas de antecedência. E as que abrem às 11h também iniciam o atendimento duas horas antes do horário normal.

A lista das agências com horário especial de atendimento pode ser consultada no site da Caixa. Nesses pontos, o trabalhador poderá tirar dúvidas, fazer ajustes de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.

A Caixa destaca que o saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso o trabalhador seja demitido sem justa causa ou em outras hipóteses previstas em lei.

Essa modalidade de saque não significa que houve adesão ao saque aniversário, que é uma nova opção oferecida ao trabalhador, em alternativa ao saque por rescisão do contrato de trabalho.

Por meio do saque aniversário, o trabalhador poderá retirar parte do saldo da conta do FGTS, anualmente, de acordo com o mês de aniversário.