Governador Rui Costa destaca diálogo com o gestor municipal e anuncia novas obras para Ilhéus


Prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e o governador Rui Costa.

 

Durante o ato de entrega da nova ponte Jorge Amado, o Governador Rui Costa, ao lado do Prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, anunciou em entrevista novas obras de infraestrutura para a cidade. Ao informar sobre o projeto de investimento para a região sul da Bahia, o Chefe de Estado noticiou que retornará para Ilhéus no mês de agosto para entregar a primeira etapa da nova estação de tratamento de esgoto da zona sul, a pedido do gestor municipal.

Rui lembrou a entrega do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) e destacou a obra do novo hospital materno infantil de alta complexidade, com investimentos de cerca de 30 milhões que está em andamento onde era o antigo Hospital Regional, no bairro da Conquista, cuja entrega está prevista para o mês de fevereiro de 2021.

“Essa semana vamos publicar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que vamos construir aqui em Ilhéus e uma Unidade Básica de Saúde (UBS), ao lado do HRCC. Em agosto volto a Ilhéus para entregar o esgotamento sanitário. São 60 milhões de investimentos para fazer todo o esgotamento sanitário com a estação de tratamento”, disse o governador, ao mencionar que para a primeira etapa dessa obra que será entregue à população, os investimentos públicos são na ordem de 44 milhões de reais.

O governador, ao lado do prefeito, destacou também a duplicação da BA 001 em continuidade à obra da nova ponte na zona sul de Ilhéus, com investimentos de aproximadamente 12 milhões de reais, no redesenho da mobilidade urbana da cidade. “São muitos investimentos. Teremos uma nova licitação de novas escolas aqui”, acrescentou, e, na sequência, disse Rui Costa: “Isso tudo, graças a Deus, ganha celeridade quando a gente consegue um diálogo e afinidade com o município [de Ilhéus] para que as coisas ocorram mais rapidamente, com menos burocracia e com menos tempo perdido”.

O prefeito Mário Alexandre agradeceu à Rui Costa. “A casa aqui é sua. O povo de Ilhéus tem visto com bons olhos essa parceria que o senhor tem realizado em Ilhéus e região. Nós queremos agradecer, em nome do povo dessa terra, pelo carinho e esforço que o senhor tem tido pela nossa cidade”.

Em contrapartida, o governador externou sua vontade de abraçar o povo ilheense fisicamente pela alegria do momento histórico dessa grande obra, mas destacou a necessidade do abraço virtual no contexto da pandemia.

Em um ano, preço da gasolina cai 11% no Brasil


Imagem ilustrativa

 

O preço médio da gasolina comum no Brasil caiu 11% entre junho de 2019 e junho de 2020. É o que aponta o levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas. Em junho, após cinco meses de queda, o combustível ficou 3,23% mais caro, com preço médio de R$ 4,14 por litro. No mês anterior, o valor médio cobrado nos postos do país foi de R$ 4,01, o menor preço registrado nos últimos 12 meses. Em comparação com o valor médio de janeiro (R$ 4,762), preço mais alto deste ano, a queda foi de 13,06%.

A gasolina ficou mais barata, sobretudo, pela crise causada pela pandemia do novo coronavírus no mundo, que diminuiu a circulação de veículos no Brasil. Antes disso, porém, os preços já sofriam impactos da guerra do petróleo travada entre Arábia Saudita e Rússia a partir de março.

Em junho, o único estado que registrou queda no valor cobrado pelo litro da gasolina foi o Amapá, com redução de 4,81%. Enquanto isso, o Distrito Federal registrou a maior alta no período: o combustível ficou 7,88% mais caro entre maio e junho.

Obtidos por meio do registro das transações realizadas em maio com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que Belém (PA), Rio de Janeiro (RJ) e Rio Branco (AC) têm os preços mais altos entre as capitais. As capitais com preços mais baixos são Curitiba (PR), João Pessoa (PB) e Vitória (ES).

Fonte: ValeCard.

 

Preço médio por Estado (R$)

Estado Junho Maio Variação (%)
RJ 4,601 4,482 2,65%
AC 4,500 4,395 2,39%
PA 4,375 4,307 1,58%
AM 4,341 4,387 -1,03%
PI 4,340 4,085 6,24%
TO 4,326 4,157 4,07%
RO 4,259 4,119 3,41%
MG 4,259 4,139 2,90%
AL 4,258 4,148 2,65%
BA 4,248 3,970 7,00%
SE 4,193 4,083 2,69%
CE 4,163 4,016 3,66%
MS 4,121 4,001 2,99%
MT 4,115 3,964 3,81%
ES 4,105 3,994 2,76%
MA 4,096 4,052 1,10%
PE 4,092 3,929 4,16%
RN 4,078 3,850 5,92%
RS 4,042 3,898 3,69%
DF 4,029 3,735 7,88%
GO 4,002 3,862 3,63%
PB 3,973 3,849 3,24%
RR 3,931 3,870 1,57%
SC 3,904 3,699 5,55%
SP 3,902 3,786 3,07%
PR 3,785 3,580 5,74%
AP 3,734 3,923 -4,81%
Média 4,140 4,010 3,23%

Fonte: ValeCard

 

Curitiba, João Pessoa e Vitória têm os menores preços nas capitais

As capitais do Paraná, da Paraíba e do Espírito Santo foram as que apresentam preços menores em junho, todas abaixo de R$ 4. Em Curitiba, o preço mais barato do Brasil, o litro custou R$ 3,67 no mês. Já Belém (PA), Rio de Janeiro (RJ) e Rio Branco (AC) tiveram os preços mais altos, entre R$ 4,44 (Rio Branco) e R$ 4,68 (Belém).

 

Capital Valor médio (R$)
BELEM 4,684
RIO DE JANEIRO 4,588
RIO BRANCO 4,449
PORTO VELHO 4,369
TERESINA 4,342
MANAUS 4,266
PALMAS 4,255
ARACAJU 4,197
SALVADOR 4,182
BELO HORIZONTE 4,131
NATAL 4,121
SAO LUIS 4,105
CAMPO GRANDE 4,074
FLORIANOPOLIS 4,035
BRASILIA 4,030
FORTALEZA 4,030
RECIFE 4,022
MACEIO 4,016
MACAPA 3,989
BOA VISTA 3,983
PORTO ALEGRE 3,949
SAO PAULO 3,943
CUIABA 3,917
GOIANIA 3,893
VITORIA 3,887
JOAO PESSOA 3,796
CURITIBA 3,671
Média                                4,108

Fonte: ValeCard

 

Amapá lidera ‘ranking’ entre estados com maior queda no preço da gasolina nos últimos 12 meses

No comparativo entre os meses de junho de 2020 e mesmo período de 2019, todos os estados brasileiros registraram quedas nos preços do litro da gasolina. O recordista em redução foi o Amapá, com o litro cotado 18,4% a menos entre junho de 2019 e junho deste ano, seguido por Paraná (queda de 14,15%) e Goiás (13,81%).

 

Estado Média Junho 2020 Média Junho 2020 Variação (R$) Variação (Percentual)
AC                                  4,500                               5,116 – 0,616 -12,049%
AL                                  4,258                               4,729 – 0,472 -9,968%
AM                                  4,341                               4,628 – 0,287 -6,192%
AP                                  3,734                               4,577 – 0,844 -18,416%
BA                                  4,248                               4,674 – 0,426 -9,117%
CE                                  4,163                               4,619 – 0,456 -9,873%
DF                                  4,029                               4,393 – 0,365 -8,283%
ES                                  4,105                               4,676 – 0,572 -12,220%
GO                                  4,002                               4,644 – 0,642 -13,817%
MA                                  4,096                               4,661 – 0,565 -12,114%
MG                                  4,259                               4,870 – 0,612 -12,547%
MS                                  4,121                               4,674 – 0,554 -11,835%
MT                                  4,115                               4,706 – 0,591 -12,548%
PA                                  4,375                               4,868 – 0,494 -10,129%
PB                                  3,973                               4,597 – 0,625 -13,566%
PE                                  4,092                               4,585 – 0,493 -10,745%
PI                                  4,340                               4,677 – 0,337 -7,201%
PR                                  3,785                               4,409 – 0,624 -14,148%
RJ                                  4,601                               5,015 – 0,415 -8,258%
RN                                  4,078                               4,648 – 0,570 -12,262%
RO                                  4,259                               4,772 – 0,513 -10,745%
RR                                  3,931                               4,521 – 0,591 -13,056%
RS                                  4,042                               4,563 – 0,522 -11,428%
SC                                  3,904                               4,185 – 0,281 -6,708%
SE                                  4,193                               4,763 – 0,571 -11,977%
SP                                  3,902                               4,259 – 0,358 -8,384%
TO                                  4,326                               4,755 – 0,429 -9,013%
Média Nacional 4,140 4,651 – 0,512 – 10,997%

Diego Messias, Vice-presidente do Sindpoc, faz visita técnica em Delegacia de Itacaré


Diego Messias e investigador Marcos Miecznikowski.

 

Na manhã desta sexta-feira (15), o vice-presidente do Sindpoc, Diego Messias, visitou a Delegacia de Itacaré para apurar as condições de trabalho dos policiais civis da unidade, sendo recebido pelo investigador Marcos Miecznikowski.

Durante a visita, constatou-se que apenas dois policiais civis, um investigador e 1 delegado estão atuando na unidade. Nos últimos 6 meses, dois policiais saíram da lotação de Itacaré (um pediu exoneração por passar no concurso e outro foi transferido), 04 polícias estão afastados devido a pandemia e outro policial transferido temporariamente para a Delegacia de Ilhéus.

Outro fator curioso é que o Imóvel da delegacia é cedido pela prefeitura de Itacaré, a qual arca com os custos de energia elétrica, água e mantém outros servidores na recepção e em serviços gerais.

Para Diego Messias, a situação de Itacaré é semelhante a de outras delegacias do inetrior da Bahia. A Secretaria de Segurança Pública deve olhar com mais atenção para a Polícia Civil, pois, investimentos em infraestrutura e em recursos humanos refletirão em queda nos índices de criminalidade.

Devido ao período pandêmico, o funcionando da Delegacia é das 10h às 12h e das 14 às 17h.

INSS prorroga antecipação do BPC e auxílio-doença até 31 de outubro


Brasília – Foto divulgação.

 

O governo federal publicou um decreto autorizando o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a pagar antecipações de auxílios-doença e do Benefício de Prestação Continuada (BPC). A medida, publicada em seção extra do Diário Oficial da União (DOU) dessa quinta-feira (2), determina que as antecipações serão pagas até o dia 31 de outubro.

Lei nº 13.982, que trata da autorização para antecipar o pagamento, estabeleceu o prazo de três meses, a partir de abril, para o pagamento de um salário-mínimo por mês para beneficiários do BPC e do auxílio-doença. A prorrogação publicada ontem tem por objetivo evitar a aglomeração de pessoas para atendimento presencial nas agências do INSS, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

De acordo com o decreto, a concessão da antecipação do auxílio-doença no valor de um salário mínimo (R$ 1.045,00) se dará sem a realização de perícia médica. Para solicitar o benefício, o segurado deve anexar atestado médico junto ao requerimento, mediante declaração de responsabilidade pelo documento apresentado, por meio do portal ou aplicativo Meu INSS.

“O atestado médico deverá ser legível e sem rasuras e deverá conter as seguintes informações: assinatura e carimbo do médico, com registro do Conselho Regional de Medicina (CRM); informações sobre a doença ou a respectiva numeração da Classificação Internacional de Doenças (CID); e prazo estimado do repouso necessário”, informou o INSS.

O INSS informou ainda que a concessão do auxílio-doença continuará considerando os requisitos necessários, como carência, para que o segurado tenha direito ao benefício. Caso o valor do auxílio doença devido ao segurado ultrapasse um salário mínimo, a diferença será paga posteriormente em uma única parcela.

No caso do BPC, o INSS disse que a antecipação do benefício será paga com base nos dados de inscrição no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

“Além disso, para ter direito à antecipação, o requerente deve se enquadrar nas regras de renda relacionadas ao grupo familiar, que pode ser de até um quarto do salário-mínimo. Vale destacar que a antecipação do valor acima mencionado se encerrará tão logo seja feita a avaliação definitiva do requerimento de BPC”, informou o INSS.

Informações da Agência Brasil.

Vereador Augustão questiona construção de obras irregulares em Ilhéus


Foto divulgação Ascom Câmara.

 

O vereador Augustão questionou a construção de obras supostamente irregulares em várias áreas de Ilhéus. O vereador afirma que nas orlas das zonas Norte e Sul do município, muitas construções têm sido erguidas de maneira irregular.

O vereador também afirmou que uma obra que está prestes a ser finalizada, em frente à Praça Castro Alves e ao fundo da antiga Central de Turismo do município, já foi embargada e denunciada, mas segue em construção.

A referida obra foi alvo de polêmicas quanto à cessão da área pública para construção de empreendimento privado. De acordo com informações, a Prefeitura de Ilhéus doou a área pública para a instalação de uma loja de produtos gelados de açaí. Em contrapartida, o empresário vai recuperar uma quadra de skate abandonada na área.

Em fevereiro, O Poder Legislativo de Ilhéus, como órgão fiscalizador, solicitou à Prefeitura de Ilhéus, a imediata interrupção da obra particular em terreno público municipal. A construção foi realizada sem o aval popular, partindo apenas de uma iniciativa do governo municipal.

As comissões parlamentares como a de Meio Ambiente, Indústria e Comércio; Finanças e Obras; Constituição e Justiça; entre outras foram convocadas para apurar o assunto e emitir parecer, bem como solicitar esclarecimentos e justificativas à Procuradoria Geral, ao secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico.

Justiça eleitoral manda Gabriela FM abrir espaço para outros pré-candidatos a prefeito


O prefeito Mário Alexandre e empresário Valderico Junior travam batalha judicial na justiça eleitoral.

 

Se a política anda morna, na área jurídica a movimentação é intensa, com ações e representações denunciando crimes eleitorais.

A Justiça Eleitoral, por intermédio da juíza da 25ª Zona Eleitoral de Ilhéus, Raquel Ramires François, atendeu ao pedido do PSD e concedeu direito ao prefeito Mário Alexandre de ser entrevistado na emissora Gabriela FM, que é de propriedade do pré-candidato a prefeito Valderico Junior (DEM).

Segundo a ação do PSD, a emissora não vem abrindo espaço para outros pré-candidatos e tem usado o tempo da programação para promover a pré-candidatura de Valderico Junior.

Na decisão, a juíza manda abrir espaço para outros pré-candidatos a prefeito, como também decidiu que o atual prefeito terá o mesmo tempo que Valderico teve durante o mesmo horário e programa da emissora.

“Ante o exposto, concedo o direito da entrevista ao pré-candidato do PSD, ora representante, e determino que a emissora representada, Rádio Gabriela FM LTDA providencie, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas programação, no mesmo espaço e tempo de duração da programação normal da emissora, no mesmo horário e programa, onde foi concedida a entrevista pelo segundo representado, qual seja, o programa “Tropa de Elite”, a fim de garantir o mesmo espaço dado ao representado Valderico Luiz dos Reis Junior, devendo tal entrevista ser exibida, nos próximos 15 (quinze) dias, a contar da intimação. Bem como, determinar que a rádio sempre que faça entrevistas, com outros identificados como pré-candidatos, que garanta as mesmas condições elencadas acima, a fim de garantir a paridade de tratamento para todos os candidatos majoritários do pleito vindouro”, explicita a juíza.

Confira a decisão na íntegra clicando AQUI.

Itabuna e Itapetinga terão toque de recolher a partir desta sexta-feira


Cidade de Itabuna. Foto de José Nazal.

 

A locomoção noturna fica restrita em Itabuna e Itapetinga a partir desta sexta-feira (3). A medida de enfrentamento ao novo coronavírus foi publicada em decretos no Diário Oficial do Estado (DOE), com atuação conjunta dos poderes públicos estadual e municipal.

Em Itabuna, a restrição compreende o período das 18h às 5h e é válida até 8 de julho, quando ficam proibidos a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, com exceção de deslocamento para serviços de saúde ou farmácias. Já em Itapetinga, a circulação noturna não será permitida até 19 de julho, das 19h às 5h.

Outro decreto publicado no DOE desta sexta-feira (3) prorroga a medida em Itaberaba, onde a restrição noturna continua até 9 julho, das 18h às 5h.

Informações Secom Bahia.

PF faz ação na casa de José Serra após denúncia de lavagem de dinheiro


Senador José Serra. Foto: Beto Barata/PR

 

O senador José Serra (PSDB-SP) e sua filha, Verônica Allende Serra, foram denunciados nesta sexta-feira (3) pelo MPF (Ministério Público Federal) por lavagem de dinheiro no exterior. Nesta manhã, agentes da PF (Polícia Federal) estão na casa de Serra, em São Paulo (SP).

Segundo denúncia da Lava Jato, em 2006 e 2007 Serra “valeu-se de seu cargo e de sua influência política para receber, da Odebrecht, pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul”. A empreiteira teria pago milhões de reais por meio de uma rede de offshores no exterior.

As investigações demonstraram que José Amaro Pinto Ramos e Verônica Serra constituíram empresas no exterior, ocultando seus nomes, e por meio delas receberam os pagamentos que a Odebrecht destinou ao então governador de São Paulo. Neste contexto, realizaram transferências para dissimular a origem dos valores, e os mantiveram em uma conta de offshore controlada, de maneira oculta, por Verônica Serra até o final de 2014, quando foram transferidos para outra conta de titularidade oculta, na Suíça.

Operação Revoada

Paralelamente à denúncia, a força-tarefa da Lava Jato também deflagrou a operação Revoada para aprofundar as investigações sobre outros fatos relacionados ao mesmo esquema de lavagem de dinheiro em benefício de Serra.

As autoridades cumprem oito mandados de busca e apreensão em São Paulo (SP) e no Rio de Janeiro (RJ).

Em São Paulo, a PF cumpre mandados no Alto de Pinheiros e na Vila Nova Conceição.

Com as provas que as autoridades têm sobre o caso, a Justiça Federal autorizou o bloqueio de R$ 40 milhões em uma conta na Suíça. ( R7).