Bahia registra 3.171 casos novos de Covid-19 e 49 óbitos em 24 horas


Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.171 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +3,9%), 49 óbitos (+2,4%) e 2.173 curados (+4,0%). Dos 85.485 casos confirmados desde o início da pandemia, 57.160 já são considerados curados, 26.275 encontram-se ativos e 2.050 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 391 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (45,28%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (2.093,60), Gandu (2.024,50), Ipiaú (1.706,89), Uruçuca (1.491,30) e Itabuna (1.384,94).

O boletim epidemiológico contabiliza 85.485 casos confirmados, 178.994 casos descartados e 87.812 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (4).

Na Bahia, 9.699 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.283 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.500 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 66%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 913 leitos exclusivos para o coronavírus, 732 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 80%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.050 mortes pelo novo coronavírus.

2002º óbito – mulher, 75 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença renal crônica. Internada dia 15/06, foi a óbito dia 16/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2003º óbito – homem, 74 anos, residente em Itaberaba, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 01/07, foi a óbito dia 02/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2004º óbito – homem, 82 anos, residente em João Dourado, portador de doença cardiovascular. Internado dia 21/06, foi a óbito dia 27/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2005º óbito – mulher, 66 anos, residente em Porto Seguro, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e obesidade. Internada dia 15/06, foi a óbito dia 02/06, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2006º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 22/06, foi a óbito dia 02/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2007º óbito – mulher, 90 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, doença cardiovascular e doenças do sistema nervoso. Internada dia 11/06, foi a óbito dia 01/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2008º óbito – homem, 38 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular. Internado dia 13/06, foi a óbito dia 16/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2009º óbito – homem, 81 anos, residente em Feira de Santana, portador de doença cardiovascular. Internado dia 05/06, foi a óbito dia 16/06, em hospital da rede pública, em Feira de Santana;

2010º óbito – homem, 44 anos, residente em Feira de Santana, sem comorbidades. Internado dia 09/06, foi a óbito dia 15/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2011º óbito – homem, 77 anos, residente em Feira de Santana, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença cardiovascular e neoplasias. Internado dia 16/06, foi a óbito dia 22/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2012º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial diabetes mellitus, doença renal crônica e doença cardiovascular. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 17/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2013º óbito – homem, 79 anos, residente em Eunápolis, portador de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 20/06, foi a óbito dia 21/06, em hospital da rede pública, em Eunápolis;

2014º óbito – homem, 75 anos, residente em Irecê, portador de doença respiratória crônica. Internado dia 11/06, foi a óbito dia 12/06, em hospital da rede pública, em Irecê;

2015º óbito – mulher, 88 anos, residente em Jequié, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internada dia 20/06, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Jequié;

2016º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular. Internada dia 02/06, foi a óbito dia 25/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2017º óbito – mulher, 75 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, doença renal crônica e doença cardiovascular. Internada dia 19/06, foi a óbito dia 24/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2018º óbito – mulher, 74 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular e hipertensão arterial. Internada dia 21/06, foi a óbito dia 22/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2019º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular e neoplasias. Internada dia 29/06, foi a óbito dia 01/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2020º – homem, 66 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 14/06, foi a óbito dia 01/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2021º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internada dia 30/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2022º óbito – home, 83 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 01/06 e foi a óbito dia 20/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2023º óbito – home, 75 anos, residente em Jequié, portador de tabagismo, foi internado dia 25/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Jequié;

2024º óbito – mulher, 47 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes e obesidade, foi internada dia 24/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2025º óbito – homem, 67 anos, residente em Itabuna, sem comorbidades, foi internado dia 04/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2026º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular e doença respiratória crônica, foi internada dia 21/06 e foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2027º óbito – homem, 92 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 26/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2028º óbito – homem, 47 anos, residente em Itabuna, portador de obesidade, data de admissão não informada, foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2029º óbito – homem, 40 anos, residente em Mucuri, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2030º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 01/06 e foi a óbito dia 17/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2031º óbito – mulher, 64 anos, residente em Teixeira de Freitas, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

2032º óbito – mulher, 70 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2033º óbito – mulher, 58 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença renal crônica, foi internada dia 19/06 e foi a óbito dia 22/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2034º óbito – mulher, 88 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2035º óbito – homem, 47 anos, residente em Ilhéus, portador de hipertensão arterial e obesidade, foi internado dia 12/06 e foi a óbito dia 13/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2036º óbito – homem, 67 anos, residente em Buerarema, sem informação de comorbidades, foi internado dia 22/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2037º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, foi internado dia 25/05 e foi a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2038º óbito – homem, 71 anos, residente em São Gonçalo dos Campos, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 01/07 e foi a óbito na mesma data (01/07), em unidade da rede pública, em São Gonçalo dos Campos;

2039º óbito- mulher, 90 anos, residente em Camacan, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 19/06, em unidade da rede privada, em Ilhéus;

2040º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2041º óbito – homem, 59 anos, residente em Teixeira de Freitas, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 16/06 e foi a óbito dia 07/07, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

2042º óbito – mulher, 60 anos, residente em Buerarema, sem informações acerca de comorbidades. Também sem informações sobre a data de internação, foi a óbito dia 29/06, em hospital filantrópico, em Itabuna;

2043º óbito – homem, 90 anos, residente em Salvador, portador de doença hepática. Internado dia 11/06, foi a óbito dia 127/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2044º óbito – homem, 38 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de obesidade. Internado dia 23/06, foi a óbito dia 29/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2045º óbito – homem, 75 anos, residente em Simões Filho, portador de hipertensão arterial. Internado dia 21/05, foi a óbito dia 05/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2046º óbito – mulher, 89 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, demências, incluindo Alzheimer. Internada dia 05/06, foi a óbito dia 17/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2047º óbito – homem, 77 anos, residente em Simões Filho, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 22/05, foi a óbito dia 24/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

2048º óbito – mulher, 95 anos, residente em Salvador, sem informações acerca de comorbidades. Internada dia 03/05, foi a óbito dia 15/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

2049º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e obesidade. Internado dia 10/06, foi a óbito dia 21/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2050º óbito – mulher, 29 anos, residente em Petrolina (Pernambuco), portadora de doença do sistema nervoso. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 21/06, em hospital da rede pública, em Juazeiro.

Faculdade de Ilhéus doa 500 quilos de alimentos para distribuição entre artistas


A Faculdade de Ilhéus realizou mais uma ação solidária em apoio a segmentos mais vulneráveis da população neste período de dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus. Esta semana, a instituição fez a entrega de 500 quilos de alimentos destinados à distribuição entre artistas da cidade que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

A adesão à campanha de apoio aos artistas foi feita durante a live Viva Ilhéus, promovida pela Prefeitura Municipal de Ilhéus, no dia 28 de junho, em comemoração ao aniversário de 486 anos de fundação da cidade. A doação de meia tonelada de alimentos não perecíveis foi realizada na quinta-feira, 2 de julho, por meio do secretário municipal de Cultura e Turismo, Fábio Manzi Cavalcante Júnior.

No mês de maio, a Faculdade de Ilhéus distribuiu 500 cestas básicas em diversas comunidades, considerando as necessidades que passam muitas famílias neste momento de distanciamento e isolamento social. A entrega das cestas básicas foi feita através de parceria com o grupo Amigos Solidários, tendo beneficiado famílias residentes nos bairros do Malhado, Conquista (Princesa Isabel e Rua do Mosquito), Nossa Senhora da Vitória, Banco da Vitória e nas localidades de Itariri e Novo Ilhéus.

Desinfecção – Com o intuito de colaborar com a força-tarefa integrada por autoridades sanitárias visando a prevenção, combate e controle da covid-19, a Faculdade de Ilhéus disponibilizou um túnel de desinfecção para uso do Centro de Triagem da Covid-19, instalado no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, na Av. Soares Lopes. A entrega do equipamento foi feita no dia 13 de maio, pelo diretor administrativo da instituição, Alan Frisso, ao prefeito Mário Alexandre, que esteve acompanhado pelo secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela.

A cessão do equipamento, mediante contrato de parceria, permite sua utilização na unidade de saúde enquanto for mantido o seu funcionamento. O túnel – que possui 8 metros de comprimento, 2m15cm de altura e 1m68cm de largura – é utilizado para desinfecção do vestuário no momento da entrada e saída das pessoas na unidade de saúde.

Maiara e Maraisa sorteiam carro em live beneficente neste sábado (4)


Foto divulgação.

 

Maiara e Maraisa sorteiam carro em live beneficente neste sábado (4). O show, que será transmitido de Uberlândia, às 21h30, arrecadará fundos para a ANAPPS, que cuida de aposentados e pensionistas da previdência social.

Para participar do “Show da Sorte”, será preciso telefonar para realizar as doações de alimentos. O espectador também poderá adquirir um bilhete no valor de R$ 15 para concorrer ao sorteio por meio do site deles.

https://www.instagram.com/p/CCLnM1ohg_D/?utm_source=ig_embed

Policiais civis aprovam paralisação de 24h, a partir da próxima quarta-feira (8)


Delegacia de Polícia de Ilhéus. Imagem Ilustrativa.

 

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC) decidiu por maioria em assembleia extraordinária, realizada na noite desta quinta-feira (2) por paralisar as atividades por 24h, no dia 08 de julho, próxima quarta-feira.

Segundo o presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, a categoria vem sofrendo com os descasos da Gestão da Polícia Civil e do Governo do Estado já que, todas as tentativas de diálogo e negociação foram pífias.

“Enquanto a Secretaria de Segurança ignora a pauta da categoria, cresce o número de policiais civis infectados, que até a presente data, já contabiliza 218 policiais positivados pelo novo coronavírus, e até o momento continua ignorando leis, normas e os protocolos de biossegurança, sem fornecer regularmente os Equipamentos de Proteção Individual, assim como, a testagem para todos os policiais civis, que hoje servem de carcereiros para presos custodiados, que muitas vezes estão positivados para à Covid-19”, pontua Eustácio.

Lopes também denuncia a omissão da Secretaria de Segurança Pública diante do aumento diário de policias civis infectados pela Covid-19 em todo Estado.

Governo do Estado decreta toque de recolher em mais 11 cidades baianas


Decretos publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (4) estabelecem toque de recolher em mais 11 cidades baianas. A medida adotada pelo Governo do Estado visa conter o avanço da contaminação pelo novo coronavírus no interior da Bahia.

Nos municípios de Camaçari, Candeias, Conde, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé e Simões Filho fica estabelecida a restrição de locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 18h às 5h. O decreto passa a vigorar a partir do domingo (5) e tem validade até o dia 12 de julho.

Ainda nessas 10 cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS) fica autorizado, das 5h às 17h, somente o funcionamento dos serviços essenciais e, em especial, as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

Correntina

Já no município de Correntina, outro decreto estadual estabelece o toque de recolher a partir deste sábado (4) e tem validade até o dia 10 de julho. Na cidade do oeste baiano, a restrição também será entre 18h e 5h.

Tanto em Correntina quanto nas cidades da RMS, ficam excetuadas da vedação o deslocamento noturno para ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência. A restrição não se aplica aos servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, que atuam nas unidades públicas ou privadas de saúde. A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) apoiará as medidas necessárias adotadas pelos Municípios.

Itabuna, Itapetinga e Itaberaba

Na sexta-feira (3), o Estado estabeleceu toque de recolher em Itabuna e Itapetinga até o dia 8 de julho. Em Itabuna, a restrição compreende o período das 18h às 5h e é válida até 8 de julho  Já em Itapetinga, a circulação noturna não será permitida até 19 de julho, das 19h às 5h. Outro decreto publicado no DOE de sexta (3) prorrogou a mesma medida em Itaberaba, onde a restrição noturna continua até 9 julho, das 18h às 5h.

Advogado é flagrado com 110.000 reais sem comprovação de origem em rodovia


Foto divulgação PRF/Bahia.

 

No início da tarde desta sexta-feira (03), policiais rodoviários federais realizavam fiscalização de combate a criminalidade no KM 429 da BR 116, em Feira de Santana (BA), quando abordaram um veículo Toyota/ Etios, com 01 ocupante.

Inicialmente, foram solicitados os documentos de porte obrigatório, momento em que a equipe percebeu que um certo desconforto da ação policial por parte do motorista.

Os PRFs realizaram uma vistoria minuciosa no Etios, sendo localizada a quantia de R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais) em dinheiro de origem imprecisa. As cédulas distribuídas em notas de cem e cinquenta reais estavam escondidas em sacolas.

Questionado, o advogado de 41 anos, apresentou informações desencontradas. No momento da abordagem, ele relatou que as embalagens, onde foi encontrado o dinheiro, seria um presente para um amigo. Logo após os policiais encontrarem as cédulas, o homem informou que o dinheiro seria entregue a um preposto em um hotel da cidade.

A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Judiciária para os procedimentos cabíveis. Ele poderá responder pelo crime de lavagem de dinheiro, cuja pena varia de três a dez anos de prisão.