Bahia: Presidente do Sindpoc testa positivo para Covid-19


Eustácio Lopes. Foto arquivo.

 

O policial civil e presidente do SindPoc/Bahia, Eustácio Lopes, anunciou nas redes sociais, através de um vídeo, que testou positivo para a Covid-19. Na publicação ele falou que está bem.

O Blog Agravo entrou em contato com Eustácio, que afirmou estar em isolamento, e que o sindicato, cuja sede é em Salvador, vai passar por higienização e ficará fechado por 14 dias.

Todos os diretores, os funcionários que tiveram contato com o presidente estão realizando exames.

Confira o vídeo de Eustácio que comenta a situação dele e dos policiais civis durante a pandemia:

Vídeo: Prefeitura de Ilhéus anuncia Toque de Recolher entre 9 da noite e 5 da manhã


Vista aérea de Ilhéus.

 

Diante dos números crescentes apresentados nas cidades circunvizinhas, na região cacaueira e na Bahia, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, com vistas a contribuir com as medidas preventivas e de contigenciamento à Covid-19, publicou um decreto municipal n° 49 na tarde deste sábado (11) que determina a restrição da circulação e permanência de pessoas em vias, equipamentos, locais e praças públicas da cidade, das 21h às 5h, bem como o acesso ao território neste período de horário. A duração dessa medida restritiva é de 8 dias, com vigência a partir da 00h do dia 13 de julho de 2020 até as 24h do dia 19 de julho de 2020. Bloqueios serão realizados nas vias de entrada da cidade. A medida se faz necessária diante do contexto regional, em que há o aumento alarmante do número de casos em cidades circunvizinhas.

Resultado da parceria e alinhamento do município com o Estado, a determinação é realizada para evitar a disseminação do vírus na região e na Bahia. Esta ação de enfrentamento ao coronavírus também está sendo realizada em outros municípios, todos em consonância com as ações adotadas pelo governo estadual, visando evitar um colapso na saúde em cidades do interior.

De acordo com o prefeito Mário Alexandre, “no diálogo e ações em conjunto com o Governo do Estado, entre as cidades mais populosas, Ilhéus saiu do segundo para o sétimo lugar na lista que registra os municípios com maior número de casos, fruto de muito trabalho, perseverança, implantação de novos leitos e ações restritivas. Nesse ranking, nosso objetivo é ficar cada vez mais longe. Para isso, conto com a colaboração e adesão de todos”.

Conforme o decreto, a exceção à restrição da circulação de pessoas se aplica somente em caso de necessidade de deslocamento para ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência. A referida restrição não se aplica para servidores, funcionários e colaboradores, que no desempenho de suas funções, atuam nas unidades públicas ou privadas de saúde e segurança.

Estão autorizados a funcionar no horário de restrição apenas os serviços essenciais, como os serviços de delivery, farmácias, unidades de saúde, serviços de segurança privada, serviços funerários, postos de combustíveis, indústrias e estabelecimentos voltados a cuidado a animais. O mesmo se aplica às atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

O gestor Mário Alexandre ressaltou o compromisso entre a Prefeitura de Ilhéus e o Governo do Estado em salvar as vidas dos cidadãos ilheenses e do povo da região sul da Bahia.

Vídeo: 

View this post on Instagram

Adotaremos novas medidas restritivas agora para conter o avanço do coronavírus na nossa região e em Ilhéus. A ideia é restringir a circulação de pessoas das 21h às 05h, para evitar que no período noturno haja aumento de ocorrências de aglomerações, tanto por parte de nossos cidadãos ilheenses quanto por parte de nossos amigos de cidades vizinhas que estão em situação de toque de recolher. Então, só funcionarão nesse período as atividades essenciais e de delivery, conforme estará em nosso decreto. Além disso, serão realizados bloqueios nas entradas da cidade, para inibir circulação entre municípios. Vamos tomar essa medida um pouco mais drástica, para continuarmos avançando no enfrentamento dessa pandemia. E sei que venceremos, e para isso acontecer, precisamos nos unir e cumprir todas as medidas. #ilheuscontraocovid_19 #ilhéuscontraocoronavírus #ilheus #ilheusbahia #compromisso #combateaocororavírus #medidasrestritivas #parceria

A post shared by Mário Alexandre (@marioalexandreoficial) on

Devido à pandemia, Prefeitura oferece serviços itinerantes de saúde na zona rural de Ilhéus


Com a proposta de diminuir os riscos de contágio e disseminação do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Ilhéus está ofertando diversos serviços para a população residente na zona rural do município. De acordo com Geraldo Magela, titular da Secretaria de Saúde (Sesau), a iniciativa atende a uma solicitação do prefeito Mário Alexandre, que pretende descentralizar os serviços, prestando assistência necessária para que as pessoas sejam atendidas na própria comunidade. O trabalho é realizado pelas equipes da Central de Regulação e do departamento de Atenção Básica.

Os pacientes passam por uma triagem, com consulta médica e entrega de medicamentos, seguindo as recomendações de prevenção. A Central de Regulação oferta exames laboratoriais; eletrocardiograma e ultrassom, conforme a demanda de cada localidade. Cerca de 300 pessoas já foram atendidas, através da alternativa que garante a manutenção das medidas de isolamento social.

“Essa ação é fundamental para minimizar os efeitos da pandemia e manter a assistência prestada à população do interior. Neste momento de isolamento social definimos estratégias para evitar que as pessoas se dirijam às unidades de saúde sem necessidade e, consequentemente, para evitar possíveis transmissões do vírus”, enfatizou o prefeito Mário Alexandre.

Na última semana, o trabalho foi realizado na zona Norte, nas localidades de Juerana; Ponta da Tulha, que também é referência também para os povoados de Tibina e Aderno; Ponta do Ramo, Mamoan; Vila Olímpio e Banco do Pedro. Na próxima semana, as equipes levarão a ação aos distritos de São José, Sambaituba e Itariri. De acordo com a Central de Regulação, a ideia é prestar assistência em toda zona rural. O órgão informa que a população deve aguardar o atendimento, pois as equipes seguem um cronograma de ação, já que os exames são de rotina.

Rui Costa prorroga suspensão de aulas e eventos na Bahia até o final de julho


O Governo do Estado publicou, no Diário Oficial deste sábado (11), decreto que mantém suspensas em todo território baiano, até o dia 31 de julho, as aulas nas redes pública e privada e as atividades que envolvem aglomeração de pessoas , religiosos, shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, aulas em academias de dança e ginástica, além da abertura e do funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros.

Todas essas restrições estão estabelecidas no decreto n° 19.586, que teria validade até este domingo (12). A prorrogação do decreto também inclui a suspensão do transporte intermunicipal em 385 cidades baianas, conforme anexo publicado no DOE. Central, Iramaia, Lafaiete Coutinho, Macaúbas, Marcionílio Souza, Mirante e Saúde passaram a fazer parte desta lista neste sábado.

Nesta sexta-feira (10), o governador Rui Costa também afirmou que os jogos de futebol, sem público, não poderão ser realizados na Arena Fonte Nova. No estádio foram instalados leitos de enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva para tratar pacientes contaminados pelo novo coronavírus. “Entendemos que a Arena Fonte Nova não deve ser utilizada até porque, para a plena alegria e comemoração do futebol e jogadores é melhor que os jogos sejam realizados no estádio de Pituaçu”, destaca.

Governo do Estado decreta medidas mais duras para 62 municípios e prorroga medidas na RMS


Após reuniões virtuais com prefeitos e prefeitas entre quarta e sexta-feira (10), o governador Rui Costa estabeleceu, em conjunto com as administrações municipais, medidas mais duras para barrar o crescimento da disseminação da Covid-19 em 62 cidades. O decreto que estabelece as decisões tomadas foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (11). De acordo com Rui Costa, estes municípios apresentam as maiores taxas de crescimento da doença na Bahia.

Entre as ações que serão adotadas estão a restrição de circulação de pessoas à noite, a restrição de atividades econômicas e a delimitação do horário de funcionamento dos serviços essenciais. O governo da Bahia ainda encaminhou ofício ao Tribunal de Justiça da Bahia e o Ministério Público com solicitação de apoio ao Estado e Municípios.

Divisão em grupos

O decreto 19.829 estabelece medidas voltadas a três grupos distintos de municípios, distribuídos da seguinte maneira:

Fazem parte do anexo 1, 22 cidades: Cachoeira, Camamu, Campo Formoso, Catu, Conceição do Coité, Filadélfia, Gentio do Ouro, Guaratinga, Ibirapitanga, Igrapiúna, Ipiaú, Ituberá, Maragogipe, Nazaré, Nilo Peçanha, Nova Soure, Paulo Afonso, Ruy Barbosa, Santo Estêvão, Taperoá, Uauá e Valença.

Compõem o anexo 2, outros 22 municípios: Alagoinhas, Amélia Rodrigues, América Dourada, Barra do Choça, Barro Preto, Buerarema, Casa Nova, Ibirataia, Iraquara, Irecê, Jaguaquara, Jequié, João Dourado, Macururé, Mucuri, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Santa Bárbara, São Gonçalo dos Campos, Serrinha, Ubaitaba e Wenceslau Guimarães.

Por fim, o anexo 3 lista 18 cidades: Apuarema, Caravelas, Conceição do Almeida, Conceição do Jacuípe, Cruz das Almas, Gandu, Ibotirama, Ilhéus, Itapetinga, Jacobina, Luís Eduardo Magalhães, Nova Ibiá, Porto Seguro, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Ubatã, Uma e Vera Cruz.

As medidas

1 – O toque de recolher está determinado das 18h às 05h, a partir da 0h da próxima segunda-feira (13) até as 24h do dia 19 de julho, para os municípios dos anexos 1 e 2, em conformidade com as condições estabelecidas nos respectivos Decretos Municipais. A circulação noturna estará liberada apenas para ida a serviços de saúde ou farmácia, ou ainda em situações em que fique comprovada a urgência.

2 – Nos municípios que integram o anexo 2, também entre 13 e 19 de julho, está autorizado entre 5h e 16h apenas o funcionamento dos serviços essenciais, e em especial as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

3 – O decreto também ratifica as medidas adotadas pelos Municípios que integram o anexo 3, na forma dos respectivos Decretos Municipais.

4 – A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) apoiará as medidas necessárias adotadas pelos Municípios, em conjunto com a Guarda Municipal.

5 – Os órgãos especiais vinculados à Secretaria da Segurança Pública observarão a incidência dos arts. 268 e 330 do Código Penal, nos casos de descumprimento do quanto disposto neste Decreto.

Alinhamento com Municípios

O governador explica que após três dias de reuniões foi possível ter um diagnóstico mais preciso das dificuldades enfrentadas pelos gestores municipais, bem como pactuar o conjunto de medidas aprovado de forma unânime. “Estaremos com as medidas de restrição de circulação à noite para evitar, por exemplo, que muitos jovens se reúnam para beber em festas e encontros. Os prefeitos têm relatado muita dificuldade com essa situação que ajuda no aumento da contaminação. Também iremos aumentar a testagem das pessoas nestes municípios. Além disso, iremos adotar maior rigor na fiscalização para que os contaminados não saiam de casa”, assegurou o governador.

Rui pontuou que pessoas com diagnóstico positivo para o novo coronavírus não têm respeitado os decretos já publicados e tampouco seguem as orientações das equipes de saúde. “Se for o caso, orientaremos que seja realizada denúncia à polícia e ao Ministério Público para providências junto ao juiz local. Todas as medidas nesse sentido serão para que quem estiver contaminado não saia de casa”, acrescenta.

Rui ainda ressaltou que todas as novas medidas foram acordadas com os gestores municipais. “O estado só estabelece tais medidas porque houve concordância plena dos prefeitos. Esse tem sido o padrão desde o início da pandemia. Só aplicamos um novo protocolo com 100% de concordância”.

Toque de recolher na RMS e outras regiões

Está publicado, também no DOE deste sábado (11), decreto que prorroga a suspensão da circulação noturna em municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS), e inclui outras cidades na medida restritiva. Camaçari, Candeias, Dias d’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho, Mata de São João, Pojuca, que fazem parte da RMS, além de Conde e Terra Nova, terão toque de recolher, entre 18h e 5h, até 19 de julho.

O decreto estadual, que está em conformidade com as condições estabelecidas nos respectivos Decretos Municipais, também restringe o funcionamento do comércio. Fica autorizado, das 5h às 17h, somente o funcionamento dos serviços essenciais, e em especial as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários à manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

Megas-Sena sorteia neste sábado prêmio estimado em R$ 40 milhões


Imagem ilustrativa

 

O concurso 2278 da Mega-Sena deste sábado (11) deve pagar um prêmio estimado em R$ 40 milhões aos apostadores que acertarem as seis dezenas sorteadas.

Também são premiados os que acertam a cinco e quatro números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Em cada volante devem ser marcados de seis 6 a 15.

A aposta mínima, com seis números, custa R$ 4,50. A mais cara, com 15 dezenas, sai por R$ 22.522,50.

Os jogos podem ser feitos das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h.