Polícia apreende quase 1 kg de cocaína em Maraú


Quase 1 kg de cocaína foi apreendido após ação da Polícia Militar, e a continuação da investigação conduzida pela Polícia Civil de Barra Grande, município de Maraú.

Segundo informações policiais, a Polícia Militar apresentou no Posto da Polícia Civil de Barra Grande, uma pessoa com as iniciais N.C.J com um papelote de substância aparentando ser cocaína, além de embalagens plásticas.

Ouvido pela delegada Andrea Oliveira e a equipe da PC, o suspeito acabou confessando que na Rua da Vitória, no bairro Três Coqueiros, num terreno, teria mais uma quantidade de drogas que ele teria escondido. Ao chegarem ao local indicado pelo suspeito, policiais civis e militares encontraram mais 10 (dez) papelotes de cocaína.

Durante a diligência, os policiais receberam a denúncia de que uma mulher estaria guardando grande quantidade de cocaína a mando do suspeito e outro comparsa. Na casa da citada mulher foi encontrada uma sacola, contendo em seu interior: 257 (duzentos e cinquenta e sete) papelotes de cocaína, 02 (dois) papelotes maiores da mesma droga, 02 (duas) pedras grandes de cocaína, embalagens plásticas para droga e 02 (duas) balanças de precisão. Até o presente momento, não foi possível fazer a identificação do comparsa do suspeito.

Foram apresentados da Delegacia de Polícia, 859 gramas de cocaína, duas balanças de precisão, e embalagens para a droga.

Policlínica Regional retoma atendimento em Itabuna


Após meses de suspensão do atendimento por conta da pandemia da Covid-19, a Policlínica Regional de Itabuna, mantida pelo Governo do Estado e um consórcio intermunicipal, retomou esta semana os serviços oferecidos a população regional. “Foi feito um rigoroso planejamento para o retorno gradual das atividades nas policlínicas regionais, sendo aplicados todos os protocolos de segurança; o objetivo do governador Rui Costa é, em primeiro lugar, salvar vidas”, disse o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

De acordo com a diretora geral da unidade, Elizia Meire R. Couto, o atendimento foi retomado neste primeiro momento de forma parcial, sendo atendidos apenas pacientes de Ilhéus e Itabuna. A expectativa é de que seja ampliado para os pacientes dos demais municípios na próxima semana.

“Estamos ofertando em média 200 consultas/exames por dia, das diversas especialidades: Angiologia, Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Endocrinologia, Gastroenterologia, Ginecologia/Obstetrícia, Mastologia, Neurologia, Ortopedia, Oftalmologia, Otorrino e Urologia. Vale ressaltar que o atendimento está sendo feito das 07 às 18 horas”, informou a diretora. Entre os exames disponibilizados, Mamografia, Ultrassonografia, Ecocardiograma, Eletrocardiograma, Raios-X, Ressonância Magnética e Tomografia Computadorizada.

Entre as medidas de prevenção que a direção da unidade adotou para a retomada do atendimento: testagem para detecção da Covid-19 de todos os servidores; obrigatoriedade do uso de equipamentos de proteção individual; instalação de lavatórios na área externa; triagem de todos pacientes e funcionários na entrada da Policlínica; redução em 50% dos atendimentos para evitar aglomeração; instalação de barreiras físicas nas recepções e organização dos assentos de modo que o distanciamento social seja respeitado.

Também a disponibilização de álcool em gel nas dependências da Policlínica; redução em 50% do número de pacientes no transporte sanitário; intensificação da higienização da unidade; e colocação de cartazes informativos sobre as medidas de prevenção.

Sesab não recomenda uso de cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes com Covid-19


A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) emitiu, nesta quarta-feira (22), novas orientações sobre uso compassionado da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19. De acordo com os documentos, a Sesab não recomenda que a cloroquina / hidroxicloroquina seja utilizada para tratamento ou prevenção da Covid-19 em qualquer contexto que não seja de um estudo de ensaio clínico. A pasta ainda reforça que, até o momento, não existem medicamentos aprovados para prevenção ou tratamento ambulatorial da Covid-19 com eficácia cientificamente comprovada.

Essas orientações se embasam nas manifestações da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). É levado em conta ainda que efeitos adversos potencialmente graves foram relatados em pacientes com Covid-19 que usaram cloroquina / hidroxicloroquina, associadas ou não com azitromicina.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, pontua que o Comitê Estadual de Emergência em Saúde Pública recomenda aos gestores públicos que não estabeleçam protocolos com uso dessas medicações e que não gastem recursos públicos com uso dessas drogas que não tem eficácia comprovada. “Os gestores poderão ser objeto de uma ação de órgão de controle por estarem destinando recursos de outras áreas que poderão fazer falta no combate ao coronavírus”, alerta o Secretário.

A Sesab destaca que o Estado continuará fornecendo tais medicações para os municípios e/ou unidades de Saúde da Bahia, para o uso autorizado e recomendado pelas autoridades sanitárias competentes. Reitera-se que estas são as recomendações informadas por evidências disponíveis até a presente data e estão sujeitas a revisão mediante novas publicações e estudos científicos, durante a vigência da pandemia.

Acesse os documentos na íntegra:

Nota Técnica COE Saúde nº 76 – Recomendações quanto ao uso de terapias medicamentosas não aprovadas cientificamente e não regulamentadas para o tratamento da Covid-19

Nota Técnica COE Saúde nº 77 – Novas orientações sobre uso compassionado da Hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19

Ilhéus: Avanço do mar gera prejuízo para comerciantes e moradores da praia do Norte


Situação aconteceu na madrugada desta quarta-feira (22), em Ilhéus.

 

O mar avançou e derrubou alguns coqueiros e arvores na praia do São Domingo, zona norte do município Ilhéus, no sul da Bahia. Uma barraca de praia teve a estrutura comprometida, e caso a maré continue muito alta, a barraca corre risco de cair.

Alguns donos de barracas de praia colocaram sacos de areia para impedir que o mar atinja os estabelecimentos. Mesmo assim, a maré alta arrastou as peças.

A área mais crítica tem cerca de quatro quilômetros e vai do bairro São Miguel ao São Domingos.

Vídeo enviado por leitores:

 

Obras iniciais para implantação do Porto Sul são autorizadas


Projeto do Porto Sul em Ilhéus.

A BAMIN assinou na semana passada a ordem de serviço para início da primeira fase das obras de execução para a implantação do Porto Sul, em Ilhéus. Com isto a empreiteira contratada já pode iniciar a mobilização de pessoal e equipamentos para iniciar as obras. Estes primeiros trabalhos correspondem à construção de vias, instalação de sinalização, pontes, implantação de rede elétrica e de água, entre outros. São obras que vão viabilizar a etapa seguinte, que é a construção e desenvolvimento da estrutura do empreendimento.

“Para nós da BAMIN, o início desta primeira fase do projeto demonstra nossa confiança no Porto Sul, bem como na retomada econômica das regiões nas quais atuamos. É um esforço que evidencia o nosso compromisso em participar e contribuir ativamente com esta retomada”, afirma Alexandre Aigner, Diretor Financeiro e de Relações Institucionais da BAMIN. O investimento total da BAMIN é de cerca de R$ 188 milhões para as obras iniciais do Porto Sul. “Esta fase das obras vai gerar 400 empregos diretos no pico da implantação, com a expectativa de geração de outros 1.200 empregos indiretos”, completa, lembrando ainda que além de empregos, a retomada vai dinamizar a economia local, movimentando outros setores e gerando renda, em um momento em que toda a sociedade sofre os impactos econômicos da pandemia. A construção do Porto Sul, além de dotar o estado com mais um terminal portuário também vai ampliar o corredor logístico da Bahia. “Este empreendimento entre o Governo do Estado e a Bahia Mineração vai possibilitar a saída dos nossos produtos (minério de ferro, grãos do oeste) e também será uma garantia para que a licitação da concessão da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol) possa ser realizada pelo Governo Federal”, ressalta o secretário estadual de Infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti.

Para a BAMIN, saúde e segurança são valores inegociáveis. Além de rígidas normas de segurança, que são rotina em todos os processos da empresa, neste momento de pandemia, a BAMIN redobrou os cuidados, implantando em suas atividades todos os protocolos e orientações das autoridades de saúde, adotando melhores práticas de prevenção e controle nacionais e internacionais. Para as obras iniciais do Porto Sul, foram incluídas no contrato com a empreiteira cláusulas específicas de conduta em relação às normas referentes ao combate a COVID-19.

Sobre a BAMIN

A BAMIN é uma empresa brasileira de mineração que iniciou suas atividades em 2005 com um projeto pioneiro para o estado da Bahia. O empreendimento denominado Projeto Pedra de Ferro pretende produzir 18 milhões de toneladas de minério de ferro por ano, apoiado em uma gestão de excelência e sustentabilidade. A BAMIN irá transformar a Bahia no terceiro estado maior produtor de minério de ferro do Brasil. A Companhia possui escritórios estratégicos em Caetité, Ilhéus, Belo Horizonte e sua matriz está localizada em Salvador.

O controle acionário da BAMIN é da Eurasian Resources Group (ERG). Com mais de 25 anos de sucesso na área de mineração, a empresa tem um portfólio de ativos de produção e projetos de desenvolvimento em 15 países, cruzando quatro continentes. A ERG é a maior produtor mundial de ferrocromo, uma importante produtora de minério de ferro, uma das dez principais produtoras de alumina e uma das maiores produtoras de cobalto e cobre.

 

Caixa credita hoje parcela do auxílio emergencial


Aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial.

 

A Caixa credita hoje (22) a primeira parcela do auxílio emergencial para beneficiários nascidos em janeiro. Os beneficiários entram no ciclo 1 do novo calendário de pagamento, que passou a ser organizado em ciclos de crédito na poupança social digital e saque em espécie.

Aqueles que vão receber a primeira parcela do auxílio emergencial no ciclo 1 fizeram o cadastro entre 17 de junho e 2 de julho. O crédito e o saque são escalonados pelo mês de aniversário.

Segundo esse calendário, nascidos em janeiro recebem no dia 22; em fevereiro, em 24 de julho; em março, 29 de julho; em abril, 31 de julho; em maio, 5 de agosto; em junho, 7 de agosto; em julho, 12 de agosto; em agosto, 14 de agosto; em setembro, 17 de agosto; em outubro, 19 de agosto; em novembro, 21 de agosto; e em dezembro, 26 de agosto. O saque em dinheiro será entre os dias 25 de julho e 17 de setembro.

Outras parcelas

Também recebem hoje os beneficiários nascidos em janeiro que tenham recebido a primeira parcela em abril de 2020. Nesse caso, será feito o crédito da quarta parcela

Os beneficiários que tenham recebido a primeira parcela em maio de 2020 receberão o crédito da terceira parcela em poupança social digital seguindo o mesmo cronograma.

Esse cronograma também será válido para os beneficiários que receberam a primeira parcela em junho de 2020 ou até 4 de julho de 2020. Nesse caso, será feito o crédito

Prefeitura de Ilhéus autoriza abertura da terceira fase com medidas restritivas contra a Covid-19


Vista aérea de Ilhéus.

 

Após 52 dias desde a publicação do último decreto de flexibilização da segunda fase do plano para reabertura do comércio de Ilhéus, o Prefeito Mário Alexandre, após avaliação durante reunião do Gabinete de Crise, publicou na manhã desta terça-feira (22) no Diário Oficial do município, um novo decreto, nº 52,que autoriza a retomada dos segmentos da terceira fase, que são as atividades consideradas de risco médio. O funcionamento dos estabelecimentos está condicionado ao integral cumprimento das exigências de higiene e demais medidas de prevenção e controle da Covid-19. O acesso à praia também foi liberado, exceto para a prática de atividades em grupo como futebol, vôlei e afins, assim como as que gerem aglomeração. Com os serviços essenciais e de baixo risco das fases 1 e 2 já autorizados,  novos segmentos, com essa medida, passam a funcionar a partir da 0 hora desta quarta-feira (22). Confira quais.

De acordo com o decreto, estão autorizados a retomar as atividades comerciais negócios como floriculturas; papelaria e livraria; lojas de eletrodomésticos, áudio e vídeo; varejo de equipamentos de telefonia e comunicação; tabacarias, cigarros e afins; lojas de brinquedos e artigos recreativos; lojas de departamentos e variedades ou magazines; comércio varejista de equipamentos e suprimentos de informática; lojas de cosméticos; hotéis e afins; estabelecimentos bancários e financeiras. A autorização da terceira fase está respaldada pelo relatório elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde, conforme exigências e condições de índole técnica.

“Estamos tomando as medidas de forma gradativa e com todas as exigências de higiene para a prevenção do coronavírus. É de fundamental importância que todos os segmentos, sem exceção, cumpram rigorosamente a higienização dos estabelecimentos e sigam os protocolos de prevenção e controle da Covid-19, assim como as demais medidas de proteção à saúde e às vidas humanas. Queremos salvar vidas e a economia de Ilhéus, mas com responsabilidade e consciência”, destacou o Prefeito Mário Alexandre.

Além das demais medidas comuns a todos os estabelecimentos em funcionamento, o setor hoteleiro deve seguir orientações específicas constantes no anexo 3 do Decreto, disponível por meio do link  https://cutt.ly/ta1uHOj