Brasil tem 30 mil crianças acolhidas e 5 mil aptas para adoção


Dados são do Conselho Nacional de Justiça.

 

O Brasil tem 30.967 crianças acolhidas em unidades como abrigos e 5.154 aptas para serem adotadas. Os dados são do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA) do Conselho Nacional de Justiça.

Amanhã (12) é comemorado o Dia da Criança, data em que são destacados temas relacionados a essa faixa etária. Meninos e meninas em acolhimento se encontram em condição delicada. Essa medida é aplicada pela Justiça quando há situações de abandono, maus-tratos, negligência  ou risco.

Contudo, esse apoio é temporário e tem o prazo máximo de 18 meses. A criança pode ter a solução da situação com reintegração familiar ou a adoção. Há 4.533 unidades de acolhimento no Brasil.

Números

Do total de meninos e meninas acolhidos, 7.997 têm até 6 anos. A maioria dos abrigados é de adolescentes: são 5.886 com 12 a 15 anos e 8.634 com mais de 15 anos. A distribuição por gênero é similar, com 50,7% de meninos e 49,3% de meninas.

Conforme o painel de informações do SNA, a lista dos estados com mais crianças aptas para adoção começa por São Paulo (1.075), seguida de  Minas Gerais (677), Rio Grande do Sul (648), Paraná (519) e Rio de Janeiro (493).  Ainda de acordo com o sistema do CNJ, há 3.702 crianças em processo de adoção e 36.155 pretendentes disponíveis.

Processo de adoção

Em fevereiro, a Agência Brasil publicou uma matéria explicativa mostrando como são os procedimentos para adoção no Brasil. Há uma série de requisitos estabelecidos pela legislação para que pessoas e ou casais se candidatem ao processo.

O primeiro passo para quem quer adotar é procurar a Vara de Infância e Juventude (VIJ) da sua região. Lá, a pessoa obterá informações específicas sobre o processo e receberá uma lista de documentos pessoais a serem apresentados – como cópia do CPF, identidade, certidão de casamento ou união estável (se for o caso) – comprovante de residência, comprovante de bons antecedentes criminais e atestado de saúde física e mental.

Após protocolar a inscrição, a pessoa – ou casal – deve participar de um curso de preparação psicossocial e jurídica voltada para adoção. Nesse curso, os candidatos a adotantes adquirem uma noção mais ampla da importância da preparação emocional de toda a família e de todas as mudanças que virão com a chegada de um novo integrante.

*Com informações do repórter Marcelo Brandão/Agência Brasil.

Caos no trânsito da zona norte de Ilhéus


Até a ambulância do Samu ficou presa no engarramento na Av. Ubaitaba sentido zona Norte. Foto Jamesson Araújo

 

Essa é a pergunta dos ilheenses que residem na zona norte de Ilhéus: Quem foi esse engenheiro de trânsito “inteligente” que criou o caos no trânsito na zona norte de Ilhéus?

Moradores dos bairros da zona norte, entre eles a Barra, Iguape, Jardim Savóia, estão revoltados com mudanças na Avenida Ubaitaba, que vêm gerando congestionamentos em vários horários do dia.

Segundo os moradores, a criação da ciclovia diminuiu a pista para automóveis, que antes era dupla. Sem falar nos estacionamentos ao longo da faixa.

Além da ciclovia, existem três quebra-molas, e uma sinaleira em menos de 1,5 km. Em horário de pico, o motorista que antes gastava dois minutos para cruzar a avenida, está gastando até 20 minutos.

A situação vem gerando um grande desgaste para a gestão municipal. A Suttram conseguiu levar o engarrafamento da zona sul para a zona norte.

Caminhada de Marão leva uma multidão as ruas do bairro da Conquista


Uma multidão acompanhou a onda amarela que tomou conta da Conquista, em Ilhéus, no sábado (10), seguindo o líder Marão (55) para prefeito, e o vice, Bebeto Galvão. A caminhada da vitória percorreu as principais ruas do bairro, onde moradores se juntaram ao cortejo vencedor, aplaudindo e reverenciando o escolhido do povo ilheense para prefeito.

Muito feliz e contagiado pelo carinho recebido dos moradores, Marão destacou as principais realizações na Conquista, como a implantação da primeira Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Ilhéus, construção de uma praça próxima ao Colégio Sá Pereira, onde era um antigo lixão e que foi transformada em um lindo mirante e cartão postal; reforma da Escola Pequeno Príncipe; asfalto na Rua Monsenhor Evaristo, nas principais vias do Alto Teresópolis, na Ladeira da Vitória, com sinalização horizontal e vertical; ordem de serviço para a revitalização dos mirantes da Piqueira e do plano inclinado.

Marão, em seu plano de governo para os próximos quatro anos, além de continuar priorizando as ações para continuar fazendo de Ilhéus uma cidade bem melhor pra se viver, como na saúde, educação e infraestrutura, vai reforçar a geração de emprego e renda.

Presente na caminhada, o deputado federal Paulo Magalhães parabenizou o prefeito pelas conquistas alcançadas.

Cacá critica o transporte público em Ilhéus e diz que vai trazer o BRT Misto


Cacá Colchões promete implatar BRT em Ilhéus.

 

A notícia repercutiu em toda a cidade, que o candidato, Cacá Colchões 11, vai implantar o Transporte Rápido por Ônibus, o BRT, caso seja eleito prefeito de Ilhéus. No sábado (10), em seu programa eleitoral de rádio, Cacá apontou para a crise do atual sistema de transporte público.

“Terei coragem, de fato, para mexer nesse vespeiro, a fim de devolver ao ilheense, a dignidade retirada nos últimos quatro anos”, disparou Cacá. O candidato Progressista ouviu técnicos em transporte público, que atestaram que o valor da tarifa, em Ilhéus, devia ser de aproximadamente R$ 3,50.

O BRT Misto, segundo Cacá, já é possível em Ilhéus, graças à chegada da nova ponte, entregue pelo governo baiano. O projeto contará com ônibus articulados, dez modernas estações de transbordo, do Ceplus até o Iguape, que farão integração entre linhas auxiliares, com tarifa única.

Em seu projeto de governo, a construção de um viaduto na entrada do bairro Teotônio Vilela, obra bastante aguardada pelos moradores. O postulante pretende construir ainda 32 km de ciclofaixas, e frisou que será um enorme passo em direção a cidades mais justas, mais inclusivas e mais democráticas.