Prefeitura comunica horários de funcionamento do comércio em dezembro


A Prefeitura de Ilhéus em conjunto com o Sindicato do Comércio Varejista (Sicomércio) comunicam os horários especiais de funcionamento dos estabelecimentos comerciais durante o mês de dezembro, para as compras de Natal e fim de ano. O prefeito Mário Alexandre destaca que a época aquece a economia do município, com aumento do fluxo de pessoas no comércio. Todavia, alerta o gestor, o distanciamento social e o uso de máscara de proteção e álcool em gel continuam sendo obrigatórios para evitar a transmissão do novo coronavírus (Covid-19).

A partir do dia 7, próxima segunda-feira, até o dia 11, o comércio vai funcionar das 9h às 19h. Já no dia 12, sábado, as lojas abrem das 9h às 15h; enquanto que na semana seguinte, de segunda (14) à sexta-feira (18), o comércio abre às 9h e permanecerá em funcionamento até às 20h. No sábado do dia 19, as lojas vão estender o horário, funcionando das 8h às 17h. No domingo, que antecede o período do Natal, as lojas abrem das 16h às 22h do dia 20 de dezembro.

A partir dessa data, quem ainda não realizou as compras dos presentes de natal, vai ter a oportunidade de aproveitar o comércio aberto das 9h às 22h, de segunda a quarta-feira, dias 21 a 23. Já na quinta-feira (24), véspera de Natal, o comércio vai funcionar das 9h às 18h, que não abrirá no dia de Natal seguinte, sexta-feira.

Para as compras de ano novo, os consumidores vão ter horário especial para compras no comércio de Ilhéus no dia 26, sábado, das 9h às 18h. Dos dias 28 a 30, de segunda a quarta, o comércio vai abrir das 9h às 20h, e no dia 31, quinta-feira, das 9h às 18h.

 

Prefeitura de Ilhéus anuncia Natal Encantado 2020 em parceria com a CDL


Os ilheenses e visitantes vão contar pelo segundo ano consecutivo com a magia e alegria do Natal Encantado, é o que anuncia a Prefeitura de Ilhéus sobre o projeto realizado em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). O investimento da Administração Municipal visa promover a valorização e o fortalecimento do comércio local com uma campanha positiva para as famílias, consumidores e comerciantes. A área será ornamentada com presépio e Papai Noel gigantes e duas ilhas no circuito histórico-cultural da Praça Dom Eduardo, próximo à Catedral de São Sebastião.

“Nós reconhecemos a importância de uma iniciativa como o Natal Encantado para Ilhéus. Por isso, na parceria com a CDL, pelo segundo ano, destinamos o importante patrocínio da Prefeitura. Mais uma demonstração da nossa aposta também no desenvolvimento econômico da cidade que hoje é um forte polo atrativo de negócios e investimentos. Convidamos a todos a realizarem suas compras no comércio da nossa cidade”, destacou o prefeito Mário Alexandre.

A decoração do Natal Encantado vai adentrar o mês de janeiro de 2021, atraindo pessoas de todas as idades, movidas pela esperança e espírito natalino a consumir com segurança. Os comerciantes têm sido estimulados a promover o consumo responsável, com distanciamento social, disponibilização de álcool em gel, uso de máscaras pelos clientes e funcionários, seguindo os protocolos de segurança e as normas sanitárias.

De acordo com o presidente da CDL, Anselmo Clement, “nosso objetivo é estimular o consumo local, aumentar a autoestima da população e estimular o aumento das vendas. A pandemia não acabou, mas podemos comprar usando máscaras”. Segundo a previsão, na próxima semana deve ser iniciada a instalação das estruturas decorativas. Também serão realizados sorteios de prêmios com vale-compras de até R$ 50 mil.

Uesc iniciará 2021 com aulas não presenciais


A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) não terá aulas presenciais no inicio de 2021. Nesse sentido o Conselho Universitário (Consu/Uesc) aprovou, na 67ª reunião ordinária, realizada na tarde de quinta-feira (04), a retirada de pauta da minuta de resolução autorizando aulas presenciais ou híbridas.

Os conselheiros recomendaram cautela e a análise mais aprofundada de indicadores epidemiológicos antes de alguma definição, diante do recrudescimento dos casos confirmados de pessoas infectadas com a Sars-CoV-2 (Covid-19), especificamente nas cidades do Sul da Bahia.

O reitor Alessandro Fernandes de Santana, presidente do Consu, destacou “a independência do Conselho da Uesc, cujas deliberações sempre estiveram livres de interferências externas. Os conselheiros decidem com maturidade e à luz do conhecimento científico”.

Segundo o reitor, “a comunidade acadêmica jamais será colocada em risco” para retornar com as atividades presenciais em meio ao crescimento de casos confirmados da doença (Covid-19) na Bahia e no Brasil.

A Uesc não chegou a iniciar o ano letivo de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. Foi a primeira Instituição de Ensino Superior da Bahia a suspender as suas atividades presenciais. As funções administrativas da gestão e pós-graduação permaneceram em home office.

O reitor da instituição lembrou o processo da retomada das atividades com as aulas online quando realizou uma reunião extraordinária do Conselho Superior da Universidade e, após uma ampla discussão para deliberar pelo retorno das atividades de graduação e pós-graduação, foi aprovada a Resolução permitindo a realização das aulas com auxílio de tecnologia de informação e comunicação em substituição às aulas presenciais. “Essa decisão foi tomada tendo como ponto principal a garantia da segurança da comunidade acadêmica”, frisa Alessandro Santana.

O documento foi submetido ao Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), que fez a regulamentação das atividades, como também estabeleceu um novo calendário acadêmico, que está sendo concluído no dia 22 de dezembro.

A Uesc também preparou um suporte para dar auxílio aos alunos que não dispõem de acesso à internet, para que não ficassem prejudicados durante semestre excepcional”, completou o reitor.

Leilão online do Detran-BA oferece 610 lotes de veículos e sucatas


O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) realiza no dia 10 de dezembro, a partir das 9h, mais um leilão exclusivamente na modalidade online. Serão oferecidos 610 lotes de veículos em bom estado de conservação e sucatas aproveitáveis, que se encontram custodiados em pátios de Salvador, Camaçari, Alagoinhas e Feira de Santana. Os lances já podem ser registrados no site www.nordesteleiloes.com.br, onde também estão disponíveis fotos e os endereços para visitação aos lotes até 9 de dezembro.

Os lances iniciais partem de R$100 e chegam a R$5 mil. Adquirir carros ou motos, por preços abaixo do valor de mercado, pode ser uma boa oportunidade para usar o veículo como ferramenta de trabalho, em tempos de pandemia da Covid-19. O arrematante não assume dívidas pendentes, exceto o IPVA do atual exercício. O edital completo do leilão está disponível no site do órgão de trânsito (www.detran.ba.gov.br).

“Pelo lado do órgão, o leilão é importante porque desafoga os pátios e contribui para a proteção do meio ambiente. Para o cidadão, é uma chance diferenciada de comprar um veículo em bom estado, principalmente neste momento de crise econômica. Por isso, esperamos uma grande participação pela internet”, ressalta a presidente da Comissão de Leilão do Detran-BA, Júlia Sanches.

Governo do Estado proíbe shows e festas independentemente do número de participantes


Foto divulgação réveillon 2016 em Ilhéus.

 

A realização de shows e festas está suspensa em toda a Bahia. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (4), faz parte do decreto nº 19.586.

Conforme a publicação, ficam proibidos os “shows, festas, públicas ou privadas, e afins, independentemente do número de participantes”. O decreto tem validade até 17 de dezembro, com indicativo de renovação.

“Não será permitida nenhuma festa de final de ano em dezembro. Vamos fazer um monitoramento rigoroso inclusive em redes sociais para que qualquer estabelecimento que esteja fazendo festa seja fiscalizado e até interditado pela polícia se desrespeitar as regras e fazer festas no Réveillon. Isso não será permitido e a polícia atuará preventivamente”, alertou Rui, durante entrega de viaturas novas no CAB.

Na última quarta-feira (2), o Governo do Estado já havia prorrogado o decreto, que também suspende as aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada e proíbe eventos e atividades com presença de público superior a 200 pessoas.

Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica


Live da semana Presidente Jair Bolsonaro, 03/12/2020.

 

O presidente Jair Bolsonaro fez um apelo, nesta quinta-feira (3), para que a população economize energia elétrica. Em sua live semanal, transmitida pelas redes sociais, Bolsonaro alertou sobre o baixo nível de água nos reservatórios de usinas hidrelétricas, que respondem pela maior parte da geração elétrica do país.

“Já estamos numa campanha para economizar energia. Tenho certeza que você, que está em casa agora, pode apagar uma luz, evitar o desperdício. Tome um banho um pouquinho mais rápido, que ajuda a manter os reservatórios um pouco mais altos”, afirmou, ao lado dos ministros de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e de Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Bento Albuquerque relatou que o país vive a maior seca dos últimos anos e o nível dos reservatórios das usinas estão em uma situação preocupante. “Os reservatórios estão muito baixos, presidente. Dentro dos registros que temos no Ministério de Minas e Energia, desde 2000, não se tem uma seca tão grande nos nossos reservatórios do Sul, e desde 2015, nos [reservatórios] do Centro-Oeste e Sudeste do país. E isso nos levou a adotar medidas, como colocar nossas usinas termelétricas gerando energia. 65% da nossa energia é gerada por hidrelétricas, e com os reservatórios de água estando baixos, temos que utilizar as usinas termelétricas para suprir essa energia, gerar segurança de abastecimento e preservar aquilo que temos de água nos reservatórios”, explicou.

Nesta semana, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reativou o sistema de bandeiras tarifárias. A bandeira definida foi a vermelha patamar 2 para o mês de dezembro, a mais alta, com custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. A medida é adotada sempre que há queda no nível dos reservatórios e o custo da geração de energia aumenta no país.

“Não é maldade da gente, não é pra arrecadar mais. É porque estamos usando energia de fonte mais cara, como termoelétrica, e daí fica bem mais caro pra pagar essa diferença. Por isso que se bota a bandeira a bandeira vermelha a R$ 6 [a cada 100 quilowatts de energia consumida]”, enfatizou Bolsonaro.

Nos próximos dias, de acordo com o ministro de Minas e Energia, o governo vai apresentar uma atualização do Plano Nacional de Energia, que prevê ações no setor até 2050. Um dos objetivos, disse ele, é ampliar a capacidade de geração de energia nuclear para 10 gigawatts. “Vamos triplicar a geração de energia nuclear, que é fundamental para a manutenção dos nossos reservatórios, porque elas geram 365 dias por ano, e os nossos reservatórios de água poderão ser mantidos na época de escassez de chuva”, destacou.

Eletrobras

O ministro ainda comentou, durante a live, sobre o andamento do projeto de lei de privatização da Eletrobras, que tramita no Congresso Nacional, e é considerado prioritário pelo governo federal.

“Encaminhamos, ano passado, um projeto de lei para a Câmara dos Deputados. Desde então, estamos trabalhando junto com a Câmara e com o Senado, com as lideranças políticas para que esse projeto seja apreciado. Acreditamos que será. Já conversamos com deputados e senadores. E tem tudo para ser aprovado no ano de 2021. Realizaremos não diria uma privatização, uma venda da Eletrobras. Ela vai ser capitalizada, vai virar uma grande empresa de energia com a participação de investidores, todos poderão participar desse empreendimento. Isso é muito importante para que o país tenha os investimentos necessários, com mais segurança energética e melhor prestação de serviço aos consumidores”, disse o ministro, que prevê aumentar os investimentos da empresa para R$ 12 bilhões ao ano, frente aos atuais R$ 4 bilhões.

O projeto de lei de privatização da Eletrobras, encaminhado ao Congresso Nacional pelo governo em novembro de 2019, enfrenta resistência por parte do Senado, em razão do papel estratégico da empresa em diversas regiões do país. A Eletrobras é responsável por 30% da geração de energia no país e por 50% da transmissão.

Amapá

Ainda durante a live, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que, se não fosse o apoio do governo federal, o Amapá levaria mais tempo para restabelecer a energia elétrica, após os apagões ocorridos em novembro, durante cerca de 20 dias. Mais de 765 mil pessoas ficaram sem luz ou com o serviço limitado a poucas horas por dia.

“Sem a participação do governo federal, e participamos porque somos solidários, faríamos isso em qualquer estado do Brasil, a previsão era levar 60 dias. Com a nossa participação, foram três semanas para o restabelecimento total da energia”. Desde o último dia 24 de novembro, após a ativação de um transformador em Macapá, o estado normalizou a distribuição de energia para a população. Por causa dos apagões, o governo federal isentou mais de 185 mil imóveis do pagamento da conta de luz de novembro.

Desmatamento

Sobre o índice de desmatamento na Amazônia em 2020, atualizado essa semana pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o ministro Ricardo Salles disse que os números estão estáveis em relação aos últimos anos e afirmou que é preciso gerar alternativa de renda e emprego para a região.

“O desmatamento desse ano está mais ou menos no patamar do ano de 2018, portanto, bem abaixo do que foi 2004 e 2005. Isso não quer dizer que estamos contentes com isso, mas tem que trazer prosperidade para a região”, afirmou. Para ele, a população da Amazônia foi esquecida em governos anteriores. “Nos anos de 2012 para trás, quando se fez essa política de combate ao desmatamento, não se preocupou em cuidar das pessoas, dos 23 milhões de brasileiros que vivem na Amazônia. E quando você não cuida das pessoas, a pressão das atividades ilegais, por ganhar recurso de alguma forma, aumenta muito”, destacou.

Segundo o Inpe, a área desmatada na Amazônia foi de 11.088 quilômetros quadrados entre agosto de 2019 e julho de 2020, de acordo com números oficiais divulgados na última segunda-feira (30). Os dados representam um aumento de 9,5% em relação ao período anterior, entre agosto de 2018 a julho de 2019, quando foram registrados 10.129 quilômetros de área desmatada.

Informações da Agência Brasil.

Nordeste é destaque em malha da Gol para alta temporada de verão


Com todas as bases em que opera no Brasil reabertas, a Gol Linhas Aéreas anunciou sua malha para a alta temporada de verão e terá mais voos nos meses de dezembro e janeiro, recompondo, segundo a empresa, 75% de sua oferta de assentos versus o mesmo período do ano passado.

Os aeroportos de São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Brasília, Fortaleza e Salvador são os hubs da empresa para acesso a mais destinos pelo País.

NORDESTE

Salvador terá mais seis novos destinos: Aracaju, Curitiba, Palmas, Porto Alegre (este a partir de 17/12), São Luís e Teresina. Ainda na Bahia, Porto Seguro terá voos diretos a partir de Brasília, São Paulo/Congonhas, Belo Horizonte/Confins e Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont). E Ilhéus terá voos diretos a partir de Brasília.

Já Fortaleza ganha mais três rotas novas: Belo Horizonte/Confins, Goiânia e Campinas (SP).

Outras seis cidades da região estarão ligadas diretamente com o Sudeste pela capital paulista, no aeroporto de Congonhas: Aracaju, Ilhéus, Jericoacoara (também com Guarulhos), João Pessoa, Maceió e Natal. Campo Grande e Foz do Iguaçu fecham estas novidades para o aeroporto paulistano.

CENTRO-OESTE E NORTE

No Centro-Oeste, Cuiabá (CGB) terá voos para Curitiba e Rio de Janeiro/Galeão. Já na região Norte, Belém terá a volta da rota direta para Marabá, Carajás e São Luís, neste período de festas de fim de ano. A capital paraense ainda ganha aumento de oferta para Santarém, Macapá e Fortaleza. Em Manaus, os clientes terão aumento de operações para Fortaleza, Rio de Janeiro e Santarém.

A Gol terá 556 voos por dia no período (aumento de 50% dos voos e de 54% de oferta de assentos no comparativo com o mês de novembro/2020), para 62 destinos (58 próprios e 4 através de parceiras regionais), com 30 novas rotas versus o mês anterior.

Com a reabertura das bases de Jericoacoara (2/12), Caldas Novas e Cabo Frio (27/12), todas tendo como ponto de partida a cidade de São Paulo, todos os destinos em que a companhia opera no País estarão em funcionamento. Os voos internacionais da Gol continuam com previsão de retorno gradual a partir de março/2021. Todas as frequências e horários em vigor pela empresa estão em: https://www.voegol.com.br/pt/informacoes/voos-gol.

Informações do site Pan Rotas.