Morre Paulinho, cantor do Roupa Nova, após contrair Covid-19


Cantor Paulo César Santos, o Paulinho, integrante do grupo Roupa Nova.

O músico Paulinho, vocalista da banda Roupa Nova, morreu nesta segunda-feira aos 68 anos em um hospital do Rio de Janeiro. Ele tinha passado por um transplante de medula em setembro, para tratar de um linfoma, e no mês passado foi internado com Covid-19.

A informação da morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da banda e pela unidade de saúde. O hospital disse ainda que não tem autorização da família para divulgar mais detalhes.

Trajetória

Nascido no Rio em 1952, Paulo César Santos se apresentava em bailes cariocas antes de se juntar à banda Os Famks, nos anos 1970. O grupo depois mudaria o nome Os Motokas, antes de receber o nome definitivo, Roupa Nova, após assinar um contrato de gravação, já na década de 1980.

Sua voz se tornou uma das principais marcas da banda. Paulinho faz os vocais principais em hits como “Canção de verão”, “Sensual”, “Volta pra mim”, “Asas do prazer” e “Meu universo é você”.

Vídeo:

Pedro Tavares homenageia 68 anos de Itapetinga em moção apresentada na Assembleia


Deputado Estadual, Pedro Tavares ( DEM).

 

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM), apresentou moção de congratulações na Assembleia Legislativa da Bahia pela passagem do aniversário de emancipação política de Itapetinga, no último dia 12. O deputado ressaltou as características e a história do município, localizado na região Sudoeste e distante a 571 quilômetros de Salvador.

Em mensagem também enviada ao município, o parlamentar destacou a sua relação especial de carinho, respeito e trabalho com Itapetinga, lugar onde construiu laços para a vida inteira.
“Participar das comemorações do aniversário da cidade era uma tradição todos os anos, mas, infelizmente este ano por conta das recomendações contra a Covid-19 não será possível. Em nome do prefeito reeleito Rodrigo Hagge, cumprimento a toda população de Itapetinga por essa data especial. Muita saúde, paz e prosperidade a todos. Em breve estaremos juntos e contem sempre comigo”, afirmou.

Na moção, o deputado lembrou que a região, onde hoje se situa a cidade começou a ser conhecida a partir de 1914, quando alguns operários que trabalhavam na construção da estrada pedestre entre Vitória da Conquista e Ilhéus, fixaram-se às margens do Rio Catulé para atividades agrícolas.

Tavares destacou também os aspectos econômicos do município, conhecido nacionalmente como grande polo de pecuária.

O deputado reafirma o seu compromisso de continuar trabalhando em favor de Itapetinga, levando benefícios para a cidade.

Concurso: Polícia Civil abrirá mais de mil vagas na Bahia


Foto ilustrativa.

Cerca de mil vagas deverão ser oferecidas na Secretaria de Segurança Pública no próximo ano. Embora não haja uma previsão concreta de lançamento de edital, o Projeto de Lei Orçamentária do Estado da Bahia (PLOA) para o ano de 2021 explicita que pelo menos 1.109 vagas deverão ser oferecidas para os cargos de delegado, investigador, escrivão de Polícia Civil, embora exista a possibilidade de que outras áreas da segurança também sejam contempladas.

Vale salientar que os cargos de delegado, investigador e escrivão exigem nível superior completo, sendo que os dois últimos podem ter graduação reconhecida em qualquer área. Os que disputarão vagas para delegado, no entanto, precisam ser formados em direito. Há uma recomendação também para que os candidatos tenham Carteira Nacional de Habilitação, mas a exigência legal para possuir esse documento é apenas para o cargo de Investigador de Polícia.

De acordo com o advogado e professor Jerônimo Bezerra, o serviço público será sempre uma excelente opção dentro da realidade econômica-social do país. “No que tange a carreira policial, contudo, há um detalhe que reputo essencial para aqueles que desejam segui-la, que é a vocação. Não se pode esquecer que estamos falando uma atuação extremamente sensível, o que deve ser objeto de reflexão por quem deseja estudar com foco nos editais das Policiais”, completa.

Vale salientar que o último concurso público da Polícia Civil foi realizado em 2018 com validade de um ano, prorrogável por mais um. Na época, foram disponibilizadas 1.000 vagas, sendo 82 vagas para o cargo de Delegado de Polícia;880 vagas para o cargo de Investigador de Polícia; e 38 vagas para o cargo de Escrivão de Polícia. Nesse certame houve um recorde de participações com mais de 48 mil participações confirmadas.

Como o novo edital ainda não saiu, a dica do professor para quem não deseja perder tempo é basear a estratégia de estudo à partir do último edital, lembrando que a seleção está embasada no Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Português, Informática e Raciocínio Lógico. Além disso, o Teste de Aptidão Física(TAF), que exigirá dos candidatos igual atenção aos conteúdos das matérias, pois tem caráter eliminatório. “Se o estudante analisar o edital do último concurso, realizado em 2018, terá uma boa referência para o estudo preparatório. A partir daí, é só criar um planejamento de estudos compatível com a realidade de cada um”, esclarece.

O professor faz questão de reforçar a importância de manter a disponibilidade de tempo para dedicar-se aos estudos. “Não dá para fazer um cronograma de estudos que seja impossível de cumprir, em razão de outras responsabilidades que a pessoa tenha ao longo do dia”, explica. O professor também sugere que os estudantes sejam criteriosos com a escolha do material de estudos (vídeo aula, resumos, pdfs) e a divisão da rotina com ciclos de matérias, além da resolução de questões de provas passadas e as revisões periódicas.

Bezerra também salienta a importância da preparação física para as carreiras policiais. “Deve ser tratada como uma verdadeira matéria, fazendo parte do cronograma acima mencionado. Aqui, o ideal é que haja um treinamento direcionado, feito por um profissional da área de educação física”, completa.

Na última seleção para a polícia civil, o cargo de maior concorrência foi o de Delegado, com 10.625 candidatos participantes e uma média de 129 intenções para cada vaga. Escrivão teve cerca de 63 candidatos disputando cada uma das vagas, totalizando 2.422 inscrições. Investigador teve quase 40 mil inscrições registradas e uma concorrência de quase 40 candidatos por vaga. Todos os documentos desse certame, do edital inicial até a última convocação, estão publicados no site da Fundação Vunesp.

Informações do Correio da Bahia.

‘Operação Faroeste revelou escândalos gravíssimos’, diz ACM Neto


Prefeito de Salvador, ACM Neto. Imagem arquivo.

 

O prefeito ACM Neto comentou nesta segunda-feira (14) a Operação Faroeste, que hoje mandou prender duas desembargadoras do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e determinou afastamento por 1 ano do secretário estadual de segurança, Maurício Barbosa.

Neto disse que tem acompanhado o caso pelo noticiário e não tem informações detalhadas para analisar o papel de cada um. “O interessante é que tudo seja passado com o máximo de transparência possível, porque são pessoas públicas, que executam ou executaram funções importantes”, analisou.

Ele lamentou os casos de corrupção que a operação tem demonstrado que existem no judiciário baiano. “Essa operação Faroeste revelou escândalos gravíssimos no âmbito do poder judiciário. Coisas que precisam ser apuradas a fundo e todos os envolvidos, todos que tenham culpa comprovada, têm que pagar o preço disso. Quem está na vida pública tem a obrigação de andar na linha, se não andar tem que ser punido. Não interessa se é juiz, deputado, governador, prefeito…”, enumerou.

Por se tratar de um escândalo na Justiça, a situação é ainda mais sensível, considera. “Óbvio que quando a gente vê escândalo de corrupção no poder judiciário é ainda mais grave, porque o  poder judiciário deveria ser o guardião, a grande segurança do país para a efetividade das leis. Quando você vê membros do judiciário envolvido em esquemas bilionários, são coisas que trazem perplexidade. Agora, não posso julgar o papel de cada um. Confio no judiciário, no STJ, que está julgando esse caso. Sou respeitador das decisões do judiciário. E que se dê oportunidade aos afastados que apresentem suas justificativas e demonstrem o seu lado”, finalizou.

Informações do Correio da Bahia.

Uesc realiza Seminário Integrador de Residência Multiprofissional em Saúde da Família nesta terça (15) e quarta (16)


Uesc.

 

Nesta terça (15) e quarta-feira (16), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) realiza o “II Seminário Integrador da Turma de Nesta terça (15) e quarta-feira (16), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) realiza o “II Seminário Integrador da Turma de Residência Multiprofissional em Saúde da Família”. O encontro celebra um marco entre os participantes, que discutem temas relacionados à “Saúde, família e sociedade: territórios e determinantes sociais da saúde.”

O evento, online, é composto por estudos de casos, narrativas e situações problemas advindas das práticas vivenciadas nas Unidades de Saúde da Família USFs e articuladas aos conteúdos temáticos. Trata-se de mais um exemplo de espaços de construção coletiva de políticas e ações institucionais voltadas para população em geral.

Os Seminários Interdisciplinares Integradores (SII), constantes no Projeto Político Pedagógico do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família [PRMSF], são compostos por estudos de casos, narrativas e situações-problemas advindas das práticas vivenciadas nas USFs e articuladas aos conteúdos temáticos.

O objetivo é articular as atividades curriculares teóricas, práticas e teórico-práticas orientadas nas duas primeiras UET’s (Unidade Educacional Temática), com o tema “Saúde, família e sociedade: territórios e determinantes sociais da saúde” e possibilitar a troca de saberes e práticas que contribuem na produção do cuidado à saúde integral no contexto da Estratégia de Saúde da Família”. O encontro celebra um marco entre os participantes, que discutem temas relacionados à “Saúde, família e sociedade: territórios e determinantes sociais da saúde.”

O evento, online, é composto por estudos de casos, narrativas e situações problemas advindas das práticas vivenciadas nas Unidades de Saúde da Família USFs e articuladas aos conteúdos temáticos. Trata-se de mais um exemplo de espaços de construção coletiva de políticas e ações institucionais voltadas para população em geral.

Os Seminários Interdisciplinares Integradores (SII), constantes no Projeto Político Pedagógico do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família [PRMSF], são compostos por estudos de casos, narrativas e situações-problemas advindas das práticas vivenciadas nas USFs e articuladas aos conteúdos temáticos.

O objetivo é articular as atividades curriculares teóricas, práticas e teórico-práticas orientadas nas duas primeiras UET’s (Unidade Educacional Temática), com o tema “Saúde, família e sociedade: territórios e determinantes sociais da saúde” e possibilitar a troca de saberes e práticas que contribuem na produção do cuidado à saúde integral no contexto da Estratégia de Saúde da Família.

Gmail e Youtube apresentam instabilidade e ficam fora no ar nesta segunda


Uma falha afeta neste momento os serviços do Google em nível mundial, incluindo Gmail, Drive e YouTube.

Já há relatos de problemas de acesso em diversos países do mundo, incluindo o Brasil. No Twitter, usuários estão usando a hashtag #googledown.

Atualização às 14h

Após sair do ar na manhã desta segunda-feira (14), os serviços do Google têm o funcionamento estabilizado. Conforme aponta o painel do Google Workspace, o Gmail, YouTube, Google Drive e o Google Play estão funcionando normalmente.

Do mesmo modo, o Google Maps e o Google Meet, serviço que permite a realização de videoconferências por vídeo, deixaram de apresentar problemas em funcionalidades.

Os produtos do Google ficaram fora do ar, na manhã de hoje (14). A dificuldade de acesso aos serviços foi relatada em redes sociais e apontada pela equipe Downdetectorsite que emite avisos quando situações como essa ocorrem.

Durante um período, enquanto parte dos serviços já havia voltado ao normal, em algumas localidades, usuários das redes sociais ainda relatavam que não conseguiam acessá-los ou que a interface funcionava apenas parcialmente.

IPVA na Bahia terá redução de até 5% em 2021


Os contribuintes baianos vão pagar em 2021, em média, cerca de 3,2% a menos no valor do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), de acordo com portaria que será divulgada pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) na edição desta terça-feira (15) do Diário Oficial do Estado, juntamente com o calendário de pagamento do imposto. A redução mais significativa é de 5% para os automóveis. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa em publicação nas redes sociais na manhã desta segunda-feira (14).

O IPVA dos utilitários registra queda de 4,7%, o dos ônibus e microônibus, de 2,7%, os caminhões irão pagar menos 1,8%, e para as motos a queda é de 1,7%. A pesquisa foi realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) com base nos preços praticados em outubro de 2020.As informações estarão disponíveis também no www.sefaz.ba.gov.br.

A frota tributável da Bahia é de cerca de dois milhões de veículos, e o IPVA constitui a segunda fonte de arrecadação tributária do Governo do Estado. O valor arrecadado com o imposto, lembra o secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório, é dividido meio a meio com o município onde o veículo foi emplacado.

Descontos em pagamentos antecipados

A tabela traz descontos para quem pagar o imposto antecipadamente. O prazo final para o pagamento do tributo com 10% de desconto, em cota única, é 10 de fevereiro. Existe ainda a opção de pagamento com 5% de desconto para quem fizer a quitação do valor integral do imposto no dia do vencimento da primeira das três cotas do parcelamento padrão do imposto, data que varia de acordo com o número final da placa do veículo.

Parcelar o imposto em três vezes, por fim, é outra opção para os proprietários de veículos, bastando para isso observar a data de vencimento da primeira cota na tabela, de acordo com o número final da placa. O pagamento pode ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, bastando apenas apresentar o número do Renavam.

Os débitos referentes à taxa de licenciamento e às multas de trânsito deverão ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela, e os débitos anteriores do IPVA ainda não notificados também podem ser divididos em três vezes, juntamente com o IPVA 2021. Vale ressaltar que o proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter o direito ao parcelamento em três vezes. Já o seguro obrigatório deverá ser pago integralmente até o vencimento da primeira parcela do imposto, em caso de parcelamento do IPVA.

Isenção e imunidade

Estão isentos do pagamento do IPVA os veículos de empresas concessionárias de serviço público de transporte coletivo, aqueles com mais de 15 anos de fabricação, veículos terrestres com motor de potência inferior a 50 cilindradas e embarcações com motor de potência inferior a 25 HP.

Também estão na faixa de isenção máquinas agrícolas, táxis de propriedade de motoristas profissionais autônomos, e veículos pertencentes a embaixadas, a representações consulares, a funcionários de carreira diplomática e a pessoas jurídicas de direito privado instituídas pelo poder público estadual ou municipal.
O IPVA também não é devido pelos veículos da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios, dos partidos políticos, inclusive suas fundações, e das entidades sindicais, instituições de educação ou assistência social sem fins lucrativos e dos templos religiosos.

Todas as informações poderão ser consultadas através do site www.sefaz.ba.gov.br ou do call center da Secretaria, pelo 0800 071 0071

PF cumpre mandados no gabinete e na residência do secretário Maurício Barbosa e contra desembargadoras


Secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa.

 

O secretário da Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, está entre os alvos da nova fase deflagrada da Operação Faroeste. Pela decisão do STJ, ele ficará afastado por 180 dias do cargo.

Ainda segundo informações, a Polícia federal amanheceu na residência do secretário, e também cumpriu mandados no gabinete de Barbosa.

As desembargadoras do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Lígia Maria Ramos Cunha Lima e Ilona Márcia Reis, são alvos de prisão temporária.

A pedido do MPF, também foram autorizados o afastamento de sete investigados de suas funções públicas pelo prazo de um ano, a partir de hoje, e os requerimentos para que a SSP/BA e a Procuradoria-Geral de Justiça do MP/BA apresentem, em 30 dias, as informações e documentos solicitados pelos investigadores. Os detentores de funções públicas foram, ainda, proibidos de acessar as dependências dos respectivos órgãos onde trabalham e de manter contato com funcionários desses órgãos.

Operação Faroeste – A Operação Faroeste foi deflagrada pelo MPF em novembro de 2019, com a instauração do Inquérito 1.258/DF. O objeto inicial era a existência de suposto esquema de venda de decisões no Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) com o envolvimento de pelo menos quatro desembargadores.

O esquema criminoso criado por Adailton Maturino dos Santos – que passou a contar com a participação de magistrados – consistia na legalização de terras griladas no Oeste do estado. A orcrim conta, ainda, com laranjas e empresas para dissimular os benefícios obtidos ilicitamente. Há suspeitas de que a área objeto de grilagem supere os 360 mil hectares e de que o grupo envolvido na dinâmica ilícita tenha movimentado cifras bilionárias.

Com o aprofundamento das investigações e a deflagração de outras fases da Operação Faroeste pelo MPF foi descoberto também o envolvimento de integrante do alto escalão e de servidores do Ministério Público do Estado da Bahia, de servidores da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP/BA) e de advogados.

Até o momento, foram tomadas várias medidas cautelares, como prisões temporárias e preventivas, buscas e apreensões, afastamento de funções públicas, quebras de sigilo bancário, fiscal e telemático de diversos alvos. As investigações apontam para a existência de uma engrenagem criminosa com várias ramificações com a participação de dezenas de pessoas e a possibilidade do envolvimento de autoridades da alta cúpula do Poder Público baiano.

Em virtude da complexidade do esquema criminoso, o MPF fatiou as apurações e ofereceu três denúncias autônomas com o objetivo de delimitar os fatos e individualizar as condutas de cada investigado no Inquérito 1.258/DF. As denúncias deram origem às ações penais 940, 953 e 965, que tramitam no Superior Tribunal de Justiça.

Bahia: PF cumpre mandados durante novas fases de operação contra venda de decisões judiciais


Imagem ilustrativa.

 

Duas desembargadoras do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) são alvo de mandados de prisão temporária uma operação da Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (14) em uma operação contra um esquema criminoso voltado à venda de decisões judiciais.

Os mandados de prisão temporária foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Og Fernandes.

A pedido do MPF, também foram autorizados o afastamento de sete investigados de suas funções públicas pelo prazo de um ano, a partir de hoje, e os requerimentos para que a SSP/BA e a Procuradoria-Geral de Justiça do MP/BA apresentem, em 30 dias, as informações e documentos solicitados pelos investigadores. Os detentores de funções públicas foram, ainda, proibidos de acessar as dependências dos respectivos órgãos onde trabalham e de manter contato com funcionários desses órgãos.

Segundo informações do site Bahia Notícia, agentes cumprem mandados no gabinete do secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa.

São cumpridos 36 mandados de busca e apreensão em Salvador, em outras três cidades baianas (Barreiras, Catu, Uibaí) e em Brasília (DF). O objetivo da ação é desarticular um possível esquema criminoso voltado à venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores da Bahia, com a participação de membros de outros poderes, que operavam a blindagem institucional do esquema.

São investigados possíveis crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência.

Também há mandados de prisão preventiva do operador de um juiz. Foram solicitados o afastamento do cargo e função de todos os servidores públicos envolvidos nestas fases.

A quinta fase da Operação Faroeste ocorreu no dia 24 de março. Na ocasião, a Polícia Federal cumpriu 11 mandados expedidos, três deles de prisão temporária e outros oito de busca e apreensão. A primeira fase da operação ocorreu em 19 de novembro de 2019, com a prisão de quatro advogados, o cumprimento de 40 mandados de busca e apreensão e o afastamento dos seis magistrados.

Matéria atualizada às 08h.