Bahia contabiliza 5.471 casos de Covid-19 em 24 horas e se aproxima do pico registrado em julho


Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 5.471 casos de Covid-19, segundo maior número desde o início da pandemia. Isto é reflexo, sobretudo, das festas e aglomerações ocorridas no final do ano e da retomada das notificações por parte de alguns municípios que tiveram as equipes de vigilância reestruturadas devido às novas gestões. O recorde do número de casos, dentro de 24 horas, ocorreu em 22 de julho, quando foram contabilizados 6.401 casos.

Dos 528.539 casos confirmados desde o início da pandemia, 508.189 já são considerados recuperados e 10.775 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (10.625,65), Muniz Ferreira (8.703,85), Conceição do Coité (8.593,05), Itabuna (8.272,56), Jucuruçu (8.174,45).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 932.654 casos descartados e 130.560 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (15).

Na Bahia, 38.408 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 32 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo.

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.575, representando uma letalidade de 1,81%. Dentre os óbitos, 56,52% ocorreram no sexo masculino e 43,48% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,12% corresponderam a parda, seguidos por branca com 19,29%, preta com 14,68%, amarela com 0,65%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,13% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,92%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,61%).

Antônio de Anízio é reeleito presidente do Consórcio Litoral Sul


Antônio de Anízio, Mário Alexandre, Marco Amaral e Vinícius Ibrann.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio foi reeleito por aclamação, presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – CDS Litoral Sul para o biênio 2021-2022. A eleição ocorreu na tarde desta sexta-feira, 15, na sede da Amurc, durante a Assembleia Geral, que contou com a presença e o apoio de prefeitos e representantes de 13 municípios consorciados do Território Litoral Sul. Para o Conselho de Administração foram eleitos os prefeitos, Jadson Albano, de Coaraci e Naeliton Rosa, de Itapé.

Antônio reafirmou a importância do Consórcio para a região e destacou que continuará trabalhando em conjunto com os prefeitos e as prefeitas, no sentido de atender as demandas em comuns dos municípios que podem ser solucionadas com o auxílio de deputados estaduais e federais, a partir de emendas de parlamentares para que possam ser usadas de forma coletiva. Uma das demandas mais citadas pelos gestores são as estradas vicinais, que abrange grande parte dos municípios do Território.

Outro ponto crucial citado pelo presidente reeleito foi a questão dos resíduos sólidos que será tratado em conjunto com os municípios consorciados. “Já estamos trabalhando nesse propósito, e juntos venceremos as dificuldades. Estaremos em um debate conjunto com os prefeitos consorciados, pois entendemos que o Consórcio é para fortalecer e ajudar os municípios menores e resolver os problemas da nossa comunidade”, destacou Antônio.

O prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral compartilhou da mesma ideia de Antônio e entende que é fundamental a união de todos os prefeitos para que, tanto o Consórcio como a Amurc, possam colaborar para o fortalecimento da região. Marcone integra a chapa junto com o prefeito de Buerarema, Vinícius Ibrann para a presidência da Associação, com foco na união com todos os prefeitos. “Precisamos de mais protagonismo na Bahia. Temos que unir forças para conquistar os nossos objetivos. Estou disposto e motivado para conquistar desenvolvimento para todos”.

O CDS Litoral Sul é uma entidade consorciada de 13 Municípios, que possui convênios em parceria com o Estado da Bahia. Para tratar de Gestão Ambiental Compartilhada (GAC), é acionada a Secretaria de Meio Ambiente (Sema), e sobre regularização fundiária rural, a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR/CDA). Além disso, existem outros convênios e contratos em execução e a serem executados. Um exemplo que merece especial atenção é a busca de uma solução consorciada para coleta e destino de resíduos sólidos, objetivando a eliminação dos lixões.

CDS-LS

O consórcio foi criado em 15 de maio de 2013 pelos gestores municipais do litoral sul da Bahia com o objetivo de potencializar a resolução dos problemas em comuns, com a captação e otimização dos recursos financeiros. Fazem parte do consórcio: Almadina; Barro Preto; Buerarema; Floresta Azul, Coaraci, Itapé, Ibicaraí, Itajuípe, Itapitanga, Itacaré; Maraú; Ubaitaba e Uruçuça.

Ministério da Saúde solicita ao Butantan entrega imediata de 6 milhões de doses da CoronaVac


Em um documento assinado pelo Diretor do Departamento de Logística em Saúde do Ministério da Saúde, o Governo Federal solicitou na tarde desta sexta-feira, 15, que o Instituto Butantan entregasse de forma imediata 6 milhões de doses da CoronaVac, vacina de tecnologia chinesa contra Covid-19 desenvolvida na farmacêutica em São Paulo, para agilizar a logística de distribuição do imunizante no país. “Ressaltamos a urgência na imediata entrega do quantitativo contratado e acima mencionado, tendo em vista que este Ministério precisa fazer o devido loteamento para iniciar a logística de distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa”, diz trecho do ofício.

Informações da Rádio Jovem Pan.

Polícia Federal publica edital de concurso com 1,5 mil vagas


Em sua edição de hoje (15), o Diário Oficial da União (DOU) publicou o edital do concurso para a Polícia Federal (PF). No total, serão ofertadas 1,5 mil vagas para os cargos de agente, escrivão, papiloscopista e delegado. Os interessados deverão se inscrever no site.

Os salários iniciais variam de R$ 12 mil a R$ 23 mil. As inscrições terão início em 22 de janeiro e terminam no dia 9 de fevereiro.

Os valores da inscrição variam conforme a carreira: R$ 180 para os cargos de agente, escrivão e papiloscopista e R$ 250,00 para delegado. O pagamento deverá ser efetuado até 3 de março.

Candidatos que desejam solicitar a isenção da taxa de inscrição poderão fazê-lo em link específico no site da banca organizadora, no período das inscrições.

Além das 1,5 mil vagas, o certame ainda vai reservar 500 vagas para a formação de cadastro de reserva.

O concurso será composto por provas objetiva e discursiva, além de demais etapas: teste de aptidão física, avaliação médica, avaliação psicológica e outras.

As provas objetiva e discursiva estão previstas para 21 de março de 2021.

Rui Costa entra com ação no STF para compra direta de vacina russa


 

Governador Rui Costa.

 

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), quer comprar diretamente a vacina russa, Sputnik V, sem intermediação do governo federal. Ele citou que tem um acordo de cooperação, a, e por isso entrou com ação no STF (Supremo Tribunal Federal).

O governador baiano criticou o governo federal, afirmando que “eles não têm capacidade de fazer nada” e que deviam pedir demissão ou renunciar.

“Determinei à Procuradoria Geral do Estado da Bahia que ingresse com uma ação no Supremo Tribunal Federal para que possamos efetivar a compra direta da vacina russa Sputnik V, com a qual já assinamos um acordo de cooperação para o fornecimento de até 50 milhões de doses. Não podemos assistir passivamente baianos e brasileiros morrendo diariamente diante da incapacidade do Governo Federal. Se eles não têm capacidade de fazer nada, melhor que peçam demissão ou renunciem. O povo brasileiro não merece ser maltratado e humilhado. Precisamos reagir!”

 

Ilhéus: Polícia Militar apreende arma e drogas na Rua Santarém


A 68ª CIPM desencadeou uma operação para realizar flagrante de posse de arma e tráfico de drogas.

Por volta das 20h de ontem, quinta-feira (14), os policiais foram informados de que um indivíduo estaria armado na localidade da Rua Santarém. Os policiais abordaram o meliante, que foi encontrado em posse de um revólver calibre 38. Durante a ação, o meliante acabou informando que na residência dele havia uma certa quantidade de drogas.

Na residência foram encontrados 782 gramas de pasta base, 64 gramas de maconha, R$500,00 , 1 balança de precisão, 1 revólver cal. 38, marca Modelo Rossi n° J044535,munições intactas,munições picotadas.

O material apreendido e o indivíduo flagranteado foram apresentados na DT de Ilhéus /BA- 7a. COORPIN

Bahia terá mais de 50 mil profissionais de saúde na operação de vacinação


O governador Rui Costa utilizou as redes sociais para anunciar, nesta sexta-feira (15), parte da logística do Governo do Estado para a vacinação contra a Covid-19 na Bahia. “Teremos mais de 5 mil salas de vacina e 50 mil profissionais de saúde envolvidos nesta gigantesca operação contra a Covid-19”, disse o governador.

Rui também destacou que a operação terá início com a distribuição de 10,2 milhões de seringas e agulhas que já estão em estoque na Bahia. Outras 19,8 milhões de seringas e agulhas foram compradas pela Secretaria Estadual da Saúde para vacinação após as 4 primeiras fases estabelecidas pelo Ministério da Saúde.

Hospital Beira Rio completa 25 anos


Há 25 anos, quatro médicos oftalmologistas, Dr. Carlos Ernani, Dr. Ronaldo Netto, Dr. Wandick Rosa e Dr. Vável Andrade, apaixonados pela profissão e por Itabuna, decidiram fundar uma clínica que servisse como referência em qualidade dos serviços e responsabilidade social. Nascia a Clínica de Olhos de Itabuna, que posteriormente se tornou o Hospital de Olhos Beira Rio e mais recentemente o Hospital Beira Rio, que nesta semana completa um quarto de século, enfrentando os imensos desafios do presente e apostando no futuro.

Encarar e superar desafios, unidos, sempre foi uma marca dos quatro médicos, sócio-fundadores do Hospital.

Ao longo desses anos, o Hospital Beira Rio vem passando por um processo permanente de modernização e capacitação de seu corpo clínico e colaboradores, sempre com foco no atendimento de qualidade aos pacientes.

Atualmente o Hospital Beira Rio possui uma estrutura completa que oferece serviços de excelência em todas as áreas da oftalmologia e um moderno Day Hospital, com capacidade para realizar cirurgias de todas as especialidades médicas, de baixa e média complexidades.

QUALIDADE RECONHECIDA

A excelência dos serviços prestados pelo Hospital Beira Rio foi reconhecida com a conquista do Iso 9001, um selo de qualidade, sustentabilidade e responsabilidade social.

ATUAÇÃO SOCIAL

O envolvimento com a sociedade sempre foi prioridade e uma importante ação do Hospital Beira Rio é a realização anual, em parceria com a ONG Unidos pelo Diabetes, do Mutirão do Diabetes de Itabuna, coordenado pelo Dr. Rafael Andrade. O Mutirão é considerado o maior evento de tratamento e prevenção da doença no Brasil.

MEDIDAS PREVENTIVAS NA PANDEMIA

Em função da pandemia da Covid 19, o Hospital Beira Rio adotou uma série de protocolos determinados pela Organização Mundial de Saúde, como adequação e higienização permanente dos espaços de circulação, consultórios e salas de cirurgia, sinalização para distanciamento, dispensers com álcool em gel e treinamento dos colaboradores, além de atendimento aos pacientes com hora marcada.

SUCESSÃO E SUPERINTENDÊNCIA

Atualmente, o corpo clínico do Hospital Beira Rio conta com mais de 20 médicos, incluindo as novas gerações dos sócios-fundadores.

A Superintendência Médica é assinada pelo Dr Rafael Andrade que possui trajetória profissional reconhecida internacionalmente, mas que decidiu manter suas raízes no Sul da Bahia. Filho do Dr. Vável Andrade, faz parte do processo de renovação do Hospital, mantendo a chama empreendedora dos fundadores.

Itabuna reforça sistema de vans para o transporte no primeiro dia do ENEM


A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria de Transportes e Trânsito informa que o transporte público operado temporariamente por vans escolares no sistema bairro-centro neste domingo, dia 17, será reforçado em razão da primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Pelo esquema montado com os donos dos veículos um total de 72 vans farão o transporte dos passageiros, a partir das 10 horas.

Para isso, o secretário Thales Rodrigues da Silva e os técnicos da Settran seguiram a recomendação do prefeito Augusto Castro mantiveram contato com os donos de vans escolares orientando-os para que estejam de prontidão para atender às necessidades de transporte no domingo tanto da população, nas primeiras horas, como dos participantes do ENEM. Fiscais e agentes de trânsito também foram mobilizados para dar suporte à operação para evitar congestionamentos e falta de veículos utilitários.

ENEM

Depois de adiamentos causados pela pandemia da covid-19, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, de acordo do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), terá prova aplicada nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, dois domingos consecutivos. Pela primeira vez, haverá a alternativa da aplicação de forma digital. Para quem optou pelo novo formato, as provas serão em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

As duas versões terão a mesma estrutura. No primeiro dia, serão aplicadas 45 questões objetivas de Linguagens e Códigos e 45 de Ciências Humanas, além da redação. Já no segundo dia, serão mais 45 questões de Ciências da Natureza e 45 de Matemática. Para ambas as avaliações, os portões abrem às 12h, fecham às 13h e as provas, nos dois dias, começam às 13h30. No primeiro dia, terminam às 19h, e no segundo, às 18h30.