Ilhéus recebe 6017 doses para segunda aplicação da vacina contra a Covid-19


 

A secretaria municipal de saúde recebeu nesta sexta-feira (12) 6.017 doses para a segunda aplicação da vacina da Covid-19, do Núcleo Regional de Saúde Sul (NRS Sul), secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). A destinação das doses continua para o público prioritário da primeira fase do plano de imunização, que já tomou a primeira dose, como trabalhadores de saúde na linha de frente do coronavírus, indígenas e os idosos com mais de 80 anos.A segunda dose começa a ser aplicada na próxima terça-feira, de acordo com o intervalo entre as doses, apenas para os trabalhadores de saúde na linha de frente do coronavírus e indígenas. A previsão da Sesau é que os idosos com mais de 80 anos, que já foram vacinados com a primeira dose, comecem a receber a segunda aplicação a partir do dia 22, conforme calendário a ser divulgado pelo órgão, com o intervalo de 28 dias entre as doses.

De acordo com o setor de Imunização da Sesau, não há expectativa de recebimento de novas doses para quem ainda não foi vacinado.

Os idosos acamados e assistidos no programa Melhor em Casa, que já receberam a primeira dose, serão atendidos em suas residências, enquanto que os indígenas continuam a ser vacinados nas próprias aldeias pelas equipes do Polo Indígena de saúde do município.

Familiares de idosos que são verdadeiramente acamados e que desejem realizar o cadastro para vacinação quando houver disponibilidade de doses, podem informar o endereço e demais dados diretamente aos agentes comunitários, nos postos de saúde ou na sala da Rede de Frio, que fica no Centro de Atendimento Especializado III (CAE III), antigo Sesp.

Decreto que proíbe shows e aulas na Bahia é prorrogado até 21 de fevereiro


O Governo do Estado prorrogou o decreto que suspende os shows e as aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada em toda a Bahia. A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (13) e vale até o dia 21 de fevereiro.

O decreto ainda proíbe a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Shows e festas, públicas ou privadas, seguem proibidos independentemente do número de participantes.

Cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas desde que limitadas a até 200 pessoas. A parte festiva desses eventos não está permitida.

Câmara de Ilhéus reduz em 19% salário dos vereadores e servidores comissionados


Uma decisão conjunta da Mesa Diretora da Câmara e dos demais vereadores do Poder Legislativo de Ilhéus optou pela redução de 19 por cento nos subsídios dos vereadores e nos salários de servidores comissionados e diretores de gabinetes da Casa, já a partir deste mês de fevereiro.

A medida foi tomada em virtude de dois fatores. O duodécimo para o Poder Legislativo em relação ao ano de 2020 tem uma redução projetada de 695 mil reais este ano. Somado à esta redução, a Câmara passou de 19 para 21 vereadores, com mais dois gabinetes. Soma-se a isso despesas com assessoria e diretorias vinculadas a estes gabinetes.

A medida representa uma economia anual de R$ 2.107.801,93.

De acordo com o presidente da Câmara, Jerbson Moraes, este aumento operacional provocou uma projeção acima do limite permitido pela Constituição Federal, que é de até 70 por cento da receita do duodécimo para aplicar em gastos com folha de pagamento. “Por isso decidimos cortar na própria carne”, justificou. De um pouco mais de 12 mil reais, os vereadores de Ilhéus passarão a receber cerca de 10 mil reais de subsídio.

Sindpoc se reúne com prefeito de Ilhéus e amplia as relações institucionais em prol das pautas da categoria


O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC), Eustácio Lopes e o segundo vice-presidente Diego Messias, reuniram-se na manhã desta terça-feira (12) com o prefeito do município de Ilhéus, Mário Alexandre, e o vice-prefeito, Bebeto Galvão, para tratar de demandas de urgência para os policiais civis do município.

Dentre as pautas, Eustácio solicitou do gestor um possível diálogo com o Governador Rui Costa sobre a reforma do complexo da 7ª Coorpin. A entidade relatou que a unidade encontra-se insalubre, com necessidades de reformas na parte elétrica e hidráulica, sem condições dignas de trabalho. Lopes ainda pontuou que os peritos técnicos e peritos criminais estão sem armamento, limitando o trabalho destes policiais civis.

Dentre as pautas da reunião, o presidente da entidade sindical, solicitou ao gestor sensibilidade para inserir os policiais civis na primeira fase de vacinação. “Estamos trabalhando na linha de frente e infelizmente a categoria vem sendo penalizada por diversos fatores que agravam ainda mais a proliferação do coronavírus nas Delegacias Territoriais. Solicitamos que o município siga a nova portaria do Ministério da Saúde, a qual colocou os profissionais da segurança pública na primeira fase de vacinação”, pontuou Lopes.

O gestor Mário Alexandre se dispôs a dialogar com o Governo do Estado, assim como irá oficializar reunião com o Secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino e com a Delegada-Chefe da Polícia Civil, Dra. Heloísa Brito para intermediar algumas pautas. “Estou disposto a ampliar o diálogo, e buscar melhores condições de trabalho para os policiais civis do município, enxergamos a segurança pública como prioridade em nossa gestão, vamos fazer um esforço coletivo para que as demandas sejam atendidas”, pontuou o prefeito.

Na oportunidade convidou o Secretário de Saúde do Município, Dr. Geraldo Magela para ver as viabilidades técnicas de inserir os policiais civis ainda na primeira fase de vacinação. De acordo as informações de Magela, essa viabilidade depende também do próximo lote de vacinas destinados pela Secretária Estadual de Saúde e pelo Ministério da Saúde.
O prefeito Mário Alexandre e o vice-prefeito, Bebeto Galvão, se comprometem em ajudar nas pautas dentro do território de identidade que compõe a regional de Ilhéus, para que os policiais civis tenham mais condições de trabalho.

PRF inicia Operação Carnaval 2021 nas rodovias federais


PRF intensifica fiscalização de condutas imprudentes.(Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou hoje (12) à 0h a Operação Carnaval 2021, que seguirá até a meia-noite da quarta-feira de cinzas (17) nas rodovias federais do país. A atividade tem como objetivo conscientizar os motoristas para que dirijam com atenção e não cometam infrações e, consequentemente, diminuir o número de acidentes graves, feridos e mortos durante o período carnavalesco.

Mesmo com a pandemia, a PRF tem a expectativa de aumento no fluxo rodoviário em comparação aos dias comuns. Entre as ações da operação, estão a realização de blitz, principalmente, nos pontos com maiores índices de acidentese nos horários de maior fluxo de veículos, e ações de educação dos condutores.

Para os motoristas que vão pegar a estrada, a PRF orienta fazer uma revisão preventiva no veículo, com checagem dos pneus, dos sistemas de iluminação e suspensão, assim como dos equipamentos obrigatórios.

Além disso, a polícia lembra que também é necessário respeitar os limites de velocidade e a sinalização das rodovias, evitar a ingestão de bebidas alcoólicas e manter distância de segurança em relação aos demais veículos.

De acordo com a PRF, este ano, a operação contará também com uma campanha voltada para discutir a “responsabilização dos causadores dos acidentes como forma de reduzir a violência no trânsito e os custos sociais decorrentes.”

A ideia é sensibilizar motoristas e pedestres a respeito do seu papel, das suas obrigações e dos cuidados necessários para proteger a vida.

Tamanduá machucado é resgatado na BR 101 em Itabuna


Na manhã de hoje (12), um tamanduá que se encontrava em machucado foi resgatado por um cidadão e entregue na unidade policial da PRF BA, trecho do município de Itabuna, no sul da Bahia.

Equipe da PRF encontrava-se de plantão, quando se aproximou um homem apresentando o animal. Ele relatou que encontrou o animal em situação e resolveu resgatá-lo.

Após acalmarem o animal, os policiais levaram o tamanduá para o INEMA, para cuidados de profissionais. Ele passará por exame médico veterinário para determinar sua condição de saúde. Assim que estiver saudável, será solto na mata e devolvido a seu habitat natural longe da pista.

Animais silvestres são encontrados com bastante frequência na rodovia. Muitas vezes em situações de risco, principalmente atropelamentos. A PRF recomenda atenção redobrada aos motoristas, sobretudo à noite quando a visibilidade é reduzida. Ao avistar animais na pista, reduza a velocidade e jamais buzine, para não assustá-los.

Fim dos lixões está próximo com consórcio e projeto piloto de resíduos sólidos no Território Litoral Sul


O Consórcio de Desenvolvimento Sustentável (CDS) vai criar um projeto piloto para estruturar, organizar e destinar corretamente os resíduos sólidos para os municípios do Território Litoral Sul. A notícia foi anunciada na manhã desta quinta-feira (11), no Teatro Candinha Dórea, em Itabuna, pelo secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia, Nelson Pelegrino, durante uma reunião de gestão integrada com a presidência da Associação dos Municípios da Região Cacaueira da Bahia (Amurc), gestores e representantes de quinze municípios, inclusive o de Ilhéus, com a presença do prefeito Mário Alexandre, e seu vice, Bebeto Galvão.

Participaram do encontro prefeitos e representantes dos municípios de Itabuna, Itapé, Jussari, Itajú do Colônia, Una, Coaraci, Floresta Azul, Ibicaraí, Barro Preto, Ubaitaba, Aurelino Leal, Arataca, Maraú e Itapitanga. Ainda estiveram presentes representantes dos Consórcios da Mata Atlântica e do Consórcio Interfederativo de Saúde Policlínica Regional de Itabuna e Ilhéus, e o deputado Estadual Rosemberg Pinto.

A ação faz parte de uma determinação da Lei 12.305 de 2010, que diz sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos e exige dos setores públicos e privados o gerenciamento correto dos resíduos. Durante uma apresentação, o secretário destacou que o Território Litoral Sul produz 6 % dos resíduos sólidos do Estado da Bahia, sendo que apenas 15 % dos municípios têm o plano Municipal de Resíduos Sólidos.

Segundo Pelegrino, um diálogo permanente vem sendo construído na Sedur junto com os municípios, tendo em vista a necessidade de regularização em conjunto dos resíduos, principalmente nas cidades menores, abaixo de 50 mil habitantes. “A ideia é estruturar e organizar a destinação dos resíduos sólidos na região visando transformar o projeto piloto em uma experiência exitosa para ser replicado em outras cidades do Estado”.

O presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral, parabenizou a iniciativa do governo do Estado e destacou que está muito feliz em ver o interesse do Governo do Estado em tornar o Consórcio Litoral Sul aportando o projeto piloto que será exemplo para toda a Bahia. “Nós saímos extremamente otimistas, foi uma das reuniões mais produtivas direcionada para os resíduos sólidos que tivemos. Os prefeitos e prefeitas da região estão empenhados na resolução dos resíduos sólidos”.

“Ilhéus tem realizado um trabalho incansável na questão da coletiva seletiva de resíduos sólidos. O empenho só aumenta para continuarmos o trabalho de uma cidade mais sustentável. E, agora, em parceria com outros municípios, para que juntos possamos tornar a região adequada às leis ambientais, com a correta destinação e manejo dos resíduos sólidos, pela governança consorciada, eliminando os lixões”, comemorou o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre.

“Sabemos que os municípios sozinhos não tem condições de fazer o gerenciamento do lixo de maneira individualizada, mas através do consórcio, com o apoio do estado e também da sociedade será possível criarmos a solução para o destino correto aos resíduos sólidos”, disse otimista Antônio de Anízio. “Nós gestores precisamos fazer o dever de casa lá no início, na coleta seletiva para que a sociedade entenda e possa replicar. Esse é o passo principal, começar na nossa casa, partir para os prédios públicos. Esse debate fortalece a nossa vontade de resolvermos a situação do descarte dos lixos em toda a nossa região”, complementou o prefeito de Itacaré.

Ilhéus: Polícia prende três por tráfico e porte ilegal de arma no Alto da Tapera


Na manhã desta sexta-feira (12), a Polícia Militar por intermédio da 68ª CIPM, incursionou no Alto da Tapera, depois de denúncia de populares acerca de três indivíduos estarem armados na localidade.

Os três indivíduos identificados pelas iniciais, I.S.A (19 anos), A.S.A (23 anos) e A.F.S.S ( 20 anos) foram alcançados e presos. Com ele os policiais encontraram um revólver calibre 38, duas munições calibre 38, 354 gramas de maconha, 30 g de cocaína, 29 g de crack, além de balança de precisão e três celulares.

Todo o material apreendido, juntamente com os meliantes, foram apresentados na delegacia de polícia, e estão à disposição da Justiça Criminal.

ALBA aprova por unanimidade projeto de lei que institui o Programa Mais Estudo na rede estadual de ensino


 

Assembleia Legislativa da Bahia.

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aprovou, por unanimidade, nesta quinta-feira (11), o projeto de Lei nº 24.087 do Governo do Estado, que institui o Programa Mais Estudo no âmbito das escolas da rede estadual de ensino. O projeto de lei teve a relatoria da deputada Olívia Santana (PC do B). O Mais Estudo tem o objetivo de estimular a participação dos estudantes em ações de auxílio e reforço de aprendizagem, especialmente nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre a aprovação. “O Mais Estudo é uma das políticas para a juventude desenvolvidas pelo governo do Estado. Esta aprovação é animadora, ainda mais neste contexto de preparação pedagógica para a volta às aulas quando for possível, pois teremos 52 mil estudantes monitores em todas as escolas estaduais da Bahia”, afirmou.

Como parte do Mais Estudo, cada turma terá dois monitores, que serão selecionados dentre os estudantes do Ensino Médio, da Educação Profissional e do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental, a partir das notas obtidas no ano anterior ou no trimestre anterior ao da etapa de seleção. As atividades de monitoria ocorrerão no turno em que o estudante não estiver em atividade escolar.

A bolsa de monitoria, no valor de R$ 100, será paga por período correspondente aos meses do ano letivo em cada edição do programa. O bom desempenho escolar e a frequência regular são os critérios obrigatórios para a concessão da bolsa aos monitores. Em 2019, na fase piloto do Mais Estudo, a Secretaria da Educação do Estado ofertou 10 mil vagas para os estudantes para ajudar os colegas com notas abaixo da média nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, com direito a bolsas.

Em 2020, ano marcado pela pandemia do novo Coronavírus, os monitores superaram barreiras impostas pelo isolamento social e criaram uma versão virtual do programa, que envolveu o uso de múltiplas ferramentas, como Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA), salas virtuais e grupos de WhatsApp, para manter o contato com os colegas e auxiliar nos estudos. O investimento no programa, em 2020, foi de R$ 4.119.400,00.

A estudante Ana Camila Nogueira, 19, 4º ano do curso técnico em Agropecuária da Escola Família Agrícola Mãe Jovina, em Rui Barbosa, foi uma das monitoras de Matemática no programa, em 2020, e falou sobre a experiência. “A tecnologia foi a minha aliada. Outro ponto que me ajudou bastante foi a bolsa que recebemos”, afirmou.