Governo do Estado e prefeituras definem alterações para medidas restritivas na Bahia


Após reunião do governador Rui Costa com os gestores municipais, na tarde desta quinta-feira (1º), o Governo do Estado e prefeituras fizeram mudanças nas restrições vigentes. As medidas serão publicadas na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (2). Um das novidades é a redução do toque de recolher, que passa a valer das 20h às 5h, em todo o estado, no período de 5 a 12 de abril.

Os estabelecimentos comerciais e de serviços deverão encerrar as atividades com até 30 minutos de antecedência do início da restrição de circulação de pessoas, que é das 20h às 5h, para garantir o deslocamento dos funcionários e colaboradores às suas residências.

Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres deverão encerrar o atendimento presencial às 18h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, no período de 5 de abril até 12 de abril.

Fica proibida, em todo o território da Bahia, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), das 18h de 9 de abril até as 5h de 12 de abril.

Também segue proibida, em todo o estado, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras do dia 5 de abril até 12 de abril, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações.

Fica autorizado, em todo o território baiano, o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, de 5 de abril até 12 de abril, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.

Ficam suspensos eventos e atividades, em toda a Bahia, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas coletivas em academias de dança e ginástica, durante o período de 5 de abril até 12 de abril.

Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, desde que, cumulativamente, sejam atendidos os seguintes requisitos: respeito aos protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscaras; instalações físicas amplas, que permitam ventilação natural cruzada; limitação da ocupação ao máximo de 30% da capacidade do local.

Os meios de transporte metropolitanos aquaviários obedecerão às normas editadas pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). A circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, no período de 5 de abril a 9 de abril. Fica proibido o funcionamento nos dias 10 e 11 de abril.

A circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, de 5 de abril a 12 de abril, e limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação no período de 10 e 11 de abril.

Ficam autorizados, durante os períodos de restrição previstos no decreto, os serviços necessários ao funcionamento de toda e qualquer atividade industrial, do setor eletroenergético, das centrais de telecomunicações (call centers) que operem em regime de 24h e dos Centros de Distribuição e o deslocamento dos seus trabalhadores.

Embasa rescinde contrato com empresa terceirizada em Ilhéus


Nesta quarta-feira (31), o blog Agravo publicou uma nota mostrando a denúncia do vereador Cláudio Magalhães (PC do B) sobre a situação que as empresas contratadas pela Embasa expõem seus funcionários e os abandonam à própria sorte, sem o pagamento de salários e o não cumprimento de outras obrigações trabalhistas.

Hoje, quinta-feira (01), a Embasa encaminhou uma nota a nossa redação respondendo aos questionamentos da matéria.

Confira a nota da Embasa:

Sobre matéria publicada ontem (31 de março), a Embasa informa que já rescindiu o contrato com a empresa MS Construções e Saneamento desde o dia 19 de março, devido ao descumprimento de cláusulas contratuais. A empresa também foi multada, após processo administrativo. Os trabalhadores já foram absorvidos por uma nova empresa, que ficará responsável pela manutenção das redes de água e esgoto em Ilhéus. A Embasa ressalta ainda que a obrigatoriedade do cumprimento da legislação trabalhista vigente está expressa nos contratos com as empresas terceirizadas e não é condicionada a mudanças nos termos e valor do contrato.

Embasa não pode permitir que trabalhadores terceirizados fiquem sem salários, protesta vereador Cláudio Magalhães

 

Bahia recebe mais 606.950 doses de vacinas, entre Coronavac e Astrazêneca



Mais 606.950 doses de vacinas contra a Covid-19 chegaram ao hangar do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer), em Salvador, nesta quinta-feira (1º). São 45.750 doses da vacina Astrazêneca Fiocruz e 561.200 doses da vacina Coronavac Butantan. Ainda nesta quinta-feira, as vacinas serão encaminhadas para que comecem a ser distribuídas para municípios baianos.

Segundo a coordenadora estadual de imunização, Vânia Vanden Broucke, as vacinas recebidas são em sua maioria remessas de segundas doses. “Iremos liberar hoje para os municípios duas remessas de segundas doses, referentes ao dia 10 de março. A remessa do dia 17 de março ficará retida ainda nas centrais regionais de Rede de Frio para que, na próxima semana, possa ser entregue também nos municípios”. A coordenadora destacou que somente os municípios que já utilizaram 85% das doses recebidas é que estarão agora habilitados para receber uma nova remessa de primeiras doses, que serão distribuídas nesta também nesta quinta-feira.

Em um comparativo nacional, a Bahia está posicionada como segundo estado que vacinou o maior percentual da população. Os dados precisos, com número de pessoas vacinadas, são atualizados regularmente e podem ser encontrados no site da Secretaria da Saúde do Estado.

Informações do Repórter: Raul Rodrigues.

Vídeo: Dirigentes do Sindpoc são surpreendidos com ação da PM enquanto dormiam em hotel


Presidente do Sindpoc, Eustácio Lopes prestando queixa na DP de Porto Seguro. Foto Sindpoc.

Na última terça-feira (30) uma guarnição da Polícia Militar com três policiais adentraram em um hotel no município de Porto Seguro, onde estavam hospedados dirigentes do Sindpoc, ameaçando arrombar a porta do quarto.

Segundo Eutácio Lopes, presidente do sindicato dos policiais civis da Bahia, ele e mais dois colegas da polícia Civil e membros do Sindipoc estavam hospedados no Adriático Porto Hotel,, quando ouviram gritos para que abrissem a porta e deitassem no chão com as mãos na cabeça, e caso não fossem atendidos, a porta seria arrombada e entrariam usando a força.

Segundo o presidente do Sindpoc, sem abrir a porta do quarto, ele e os colegas informaram aos militares que eram policiais civis e realizaram a identificação nominal, e questionaram quem era o comandante da equipe policial para que pudesse ser feito o contato.

Em momentos de tensão, os membros do Sindpoc entraram em contato com o policial civil Robervan Matos, lotado na Delegacia de polícia de Porto Seguro, que foi ao local, e só depois da chegada do mencionado policial, a porta foi aberta.

Na recepção, os policiais militares, segundo a ocorrência, tentaram justificar a ação alegando que receberam denúncia anônima por parte do dono do hotel sobre homens armados. Fato negado pelo recepcionista do hotel.

A confusão foi parar na delegacia onde o presidente do Sindopc registrou ocorrência policial, e prometeu encaminhar ao Ministério Público e à corregedoria da Polícia Militar, para que o fato seja apurado.

O espaço está aberto para os policiais militares se manifestarem.

Confira o vídeo:

Ilhéus: Salobrinho registra mais um homicídio


Vítima estava indo trabalhar quando foi surpreendido pelos homicidas. Foto Redes sociais.

Nas últimas semanas, o bairro do Salobrinho, município de Ilhéus, vem registrando grande número de homicídio e violência, assustando os moradores.

Segundo informações policiais, um homem foi morto a tiros na manhã desta quinta-feira (01) por criminosos ainda não identificados. A vítima foi identificada como Joanderson Souza Carmo.

Ainda segundo a polícia, a vítima estava saindo para trabalhar quando foi surpreendida pelos homicidas.

O Departamento de Polícia Técnica fez o levantamento cadavérico, e a Polícia Civil investiga o caso.

Há exatamente uma semana, no bairro do Salobrinho houve o assassinato da jovem Gioavana dos Santos Vidal, que estava dentro de casa, quando foi atingida durante um tiroteio.

A polícia suspeita que o ataque ao bairro tenha sido liderado por Elinaldo Souza dos Santos, conhecido como “Sebinho”. Segundo apurado pela polícia, ele queria matar rivais que moram no bairro do Salobrinho.

Além de Giovana, uma criança em outra casa foi atingida na panturrilha esquerda durante o tiroteio.

Procon de Ilhéus solicita soluções da Coelba por falhas no serviço de energia elétrica


Imagem ilustrativa.

Atento aos direitos do consumidor, o Procon de Ilhéus oficiou a Coelba para explicar as recorrentes quedas de energia em bairros como Banco da Vitória, Ilhéus II, Nelson Costa, Teotônio Vilela e Esperança. Outra queixa dos consumidores é a demora nas instalações do serviço de energia elétrica, nas zonas urbana e rural. O Procon solicita à empresa concessionária que apresente soluções permanentes para estas demandas.

“É muito importante que o consumidor formalize uma reclamação no Procon, que é o órgão público de defesa do consumidor, para ter sua necessidade atendida. Estamos à disposição da população ilheense para atendimento e formalização de reclamações, denúncias relativas à falha na prestação de serviço, de segunda a sexta-feira, seja de forma presencial ou online pelo e-mail [email protected], informou o diretor executivo do Procon, Ryan Kyrie.

Hospital de Campanha de Itabuna receberá 20 pacientes nas primeiras 24 horas de operação


O Hospital de Campanha de Itabuna iniciou, na tarde de ontem (31), o atendimento a pacientes com o diagnóstico de coronavírus (Covid-19), contando com uma infraestrutura completa e tecnologia de ponta. A partir das 16h, pacientes começaram a chegar no hospital regulados de outras unidades de saúde, o que totalizará 20 pessoas até o final do dia desta quinta (1º). O primeiro paciente foi transferido do Hospital Calixto Midlej Filho, também localizado no município.

O Hospital de Campanha de Itabuna tem 40 leitos, sendo 20 de UTI, que serão abertos de forma gradual. O presidente da Fundação Fabamed, José Saturnino Rodrigues, que administra a unidade, destaca que “esse é um grande reforço para a assistência aos pacientes com Covid-19 na região Sul. Isso é fruto dos esforços do prefeito Augusto Castro para ampliar o atendimento e assim reduzir a pressão na rede assistencial”, afirma.

Na avaliação do médico e diretor do Hospital de Campanha, Eric Ettinger Jr, “aqui temos todas as condições de prestar um atendimento de alta qualidade, sem dever a nenhuma capital do país . E, isso, nos dá muito orgulho. Mas, também muita responsabilidade para fazer o melhor pelos nossos pacientes”, ressalta.

Eric Ettinger Jr disse ainda que a qualidade dos ventiladores, camas, monitores e de outros equipamentos, como por exemplo, monitor de atividade cerebral e manta térmica são moderníssimos e serão úteis para salvar vidas.

A secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, reforça que o apoio da população é fundamental nos esforços das autoridades sanitárias no enfrentamento do coronavírus. “As medidas mais eficientes e já conhecidas, que é o uso de máscara, distanciamento social e higiene frequente das mãos, precisam ser tomadas por todos. Outra recomendação é sair somente se for necessário”, pontua a secretária.

Live Solidária em aniversário de Jerbson Moraes vai arrecadar cestas básicas para profissionais do entretenimento em Ilhéus


Presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, Jerbson Moraes.

A ideia surgiu em abril do ano passado, quando profissionais do entretenimento acenaram com os primeiro sinais de dificuldade por conta da pandemia. Os shows caiam assustadoramente. As finanças, sempre muito apertadas para a grande maioria, começavam a desafinar. Os bares e os palcos silenciaram-se. Numa espécie de efeito cascata, a crise tomou conta de cantores, músicos, produtores, cenógrafos, técnicos de luz e de som.

Foi aí que um aniversariante do início do mês, teve uma ideia: por que não promover uma live solidária e arrecadar alimentos para atender a estes artistas que durante todo a ano promovem cultura? Assim foi feito. E foi sucesso. O aniversariante é o hoje presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, Jerbson Moraes. Ano passado, foram toneladas de cestas básicas arrecadadas que, agora, precisam ser repetidas, renovadas. Por que a crise só aumentou para eles.

Situação difícil

Não há um número exato de profissionais do entretenimento que passam por esta crise. Sabe-se, entretanto, que mais de 500 estão vivendo grandes dificuldades. “Recebo diariamente vídeos e fotos de muitos deles, já desesperados com a situação”, revela Moares. A crise que antes era apenas por conta de uma opção de mercado, que reduziu shows públicos com medo de grandes prejuízos financeiros, agora é uma imposição de decretos governamentais que tentam frear a proliferação do vírus, evitando aglomerações em festas, bares e restaurantes, especialmente no turno da noite, quando eles mais trabalhavam.

Este ano, com o agravamento da crise, Jerbson resolveu repetir a dose, pedir o “bis”. Procurou amigos, parceiros, empresários e políticos da cidade e está organizando uma nova live solidária que vai acontecer no próximo sábado (03), a partir do meio-dia, com transmissão no canal no YouTube da Rádio Bahiana AM. Toda a arrecadação será transformada em cestas básicas.

Atrações como Keketa & Mania de Pagode, Leonardo Léo, Xote Apimentado, Zabumbahia, Via de Acesso, Lê Bandê, Tonny Canabrava, Neto LX, Sinho Ferrari e Top Gan já confirmaram participação e apoiam a iniciativa solidária. “É com união que será possível somar a amenizar os problemas de muitos amigos que vivem uma situação preocupante”, elogia Jerbson Moraes.

Para arrecadar alimentos, uma comissão criou três kits Ajuda. Para aquisição de uma cesta, deve ser doada a quantia de 200 reais. Para duas cestas, 400 reais. E para cinco cestas, 600 reais. Os colaboradores devem efetuar depósito ou transferência pela Caixa Econômica, Agência 0069-001, Conta Corrente 35033-2. Maiores informações sobre a operação pode ser feitas pelos fones 73 98828 8468/ 99802 0077. Falar com Grazielle.