EDITAL DE CHAMAMENTO (PRORROGAÇÃO)


EDITAL DE CHAMAMENTO (PRORROGAÇÃO)

Informamos que para ampliar a quantidade de expositores a serem selecionados para o Edital Arte Livre – Minha Ilhéus, coordenado pelo Centro de Estudos e Pesquisas de Olivença e Ilhéus – CEPOI, prorrogamos as inscrições por mais três dias, vencendo o este período no dia 20/04/2021. Para se inscrever Clique Aqui. Tenha também acesso ao Chamamento Inicial. Quaisquer dúvidas ou solicitações, ou até mesmo para enviar o formulário de inscrição, favor enviar para os e-mails já apontados no rodapé do edital: [email protected] ou [email protected].

LINK DO FORMULÁRIO: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScx6bWG0BsroIM-JGQWvwj5ggX5CgWlEdOBqt5K6Qts5hNL4w/viewform

Ilhéus FM abre chamada pública para artistas regionais


Os artistas da Música Popular Brasileira que atuem no sul da Bahia tem uma oportunidade de ampliar a divulgação dos seus trabalhos na rádio Ilhéus FM 105.9. O projeto Brasileiríssimo, da emissora, está promovendo uma chamada pública para que os músicos enviem seu material de trabalho para que a produção analise o conteúdo.

O projeto Brasileiríssimo, nome homônimo de um dos programas de nossa grade de atividades, se configura como um programa de rádio que visa a valorização da música regional, sobretudo a canção ilheense.

O projeto será executado diariamente, sempre às 6h, e não se limitará a executar músicas locais, mas sim explicar o que elas significam quem são os compositores, ano de gravação, contexto do período de construção, importância cultural do artista ou banda e buscar a fundo sempre que possível quais as motivações para a construção de cada uma das canções.

Serão escolhidos, por uma comissão especial, 20 (vinte) artistas da música ilheense dos mais diversos estilos, passando por Mpb, Rock, Arrocha, Reggae, Gospel, Rap, Axé, Samba, Pagode, Forró e eletrônico para serem homenageados durante 10 (dez) semanas.

As inscrições começam no próximo dia 01° e vão até o dia 09/04. A seleção será feita de 12 a 15 de abril e o resultado será divulgado no dia 19 do mesmo. O início do projeto é dia 30 de abril.

O formulário estará no instagram oficial da rádio @ilheus_fm e pode ser acessado por aqui . É preciso fazer login com e mail pessoal para ter acesso. O projeto tem incentivo da Secretaria municipal de Cultura, Lei Aldir Blanc e Governo Federal.

Governo do Estado cadastra profissionais de eventos e entretenimento


Imagem Ilustrativa.

O Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo da Bahia (Bahiatursa), vai cadastrar profissionais do ramo de eventos e entretenimento a partir da próxima segunda-feira (22). O cadastro poderá ser feito até o dia 29 de março, no site do órgão, via formulário online que será disponibilizado.

A inciativa vai promover, por meio deste cadastramento, um panorama do perfil dos profissionais destes segmentos na Bahia, viabilizando a elaboração de políticas públicas para ampliar o desenvolvimento do setor.

O cadastro abrange os trabalhadores da música, teatro, dança, corporativos, sonorização, iluminação, produção, técnica e segurança. Entre as áreas de atuação estão cerimonialista de eventos, cinegrafista de eventos, decoradores de eventos, figurinista, fotógrafos de eventos, roadie, musicista, produção de bandas e eventos, recepcionista de eventos, segurança de artista, bandas e eventos, técnico de iluminação, montagem, sonorização e cenotécnica.

Eric Ricardo lança novo single


Eric Ricardo, artista de 17 anos de Ilhéus BA, é uma das apostas do TRAP BR. O cantor e compositor lançou ontem (25) seu mais novo single, “ORAÇÃO”.

“Hora de Ventura”, o último single de Eric Ricardo, sacudiu a cena artística no finalzinho de 2020, e viralizou nas plataformas digitais.

“Ser desafiado a produzir sempre um hit melhor que outro é terapia pra mim, cada canção tem seu lugar e valor. “ORAÇÃO” não é diferente, foi feita com muito amor, dedicação e profissionalismo, a fim de agradar aos que me curtem,” enfatiza Eric Ricardo.

Ficha Técnica

ORAÇÃO
Música e letra de Eric Ricardo.
Produção musical por Lucas Hórus. Produção executiva de Hélio Ricardo.
Filme de Jean Duka.

Vídeo:

Começa dia 22 a oferta de disciplinas pelos cursos da Uesc


Os estudantes dos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) devem estar atentos às datas estabelecidas no calendário acadêmico.

Desta segunda-feira (22) até a sexta-feira (26) será o período de registro da oferta de disciplinas, pelos Colegiados de cursos de graduação e pós-graduação stricto sensu para o primeiro semestre de 2021.

O calendário acadêmico foi aprovado pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa (Consepe/Uesc), e publicado no anexo único da Resolução junto com a Resolução 56/2020.

Na Resolução está definido que as aulas serão iniciadas no dia 15 de março e que o período de oferta do Ensino Não Presencial na Uesc, compreenderá o primeiro semestre 2021 e será desenvolvido em conformidade com o calendário acadêmico, podendo ser estendido ao segundo semestre, após avaliação de dados acerca da pandemia do novo coronavírus causador da SARS-CoV-2 (Covid-19).

Prefeitura de Ilhéus libera parque de diversões, música ao vivo e eventos não festivos com até 200 pessoas


Shows, festas e similares continuam proibidos, mas parque e casamento podem.

 

Publicado na noite de quarta-feira (6), o decreto nº 010/21 libera a realização de eventos não festivos para até 200 pessoas em Ilhéus, desde que respeitadas as orientações e cumpridos os protocolos de segurança sanitária de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19). Conforme o texto, estão autorizados eventos desportivos, religiosos, cerimônias de casamento, feiras, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica, respeitado o limite de pessoas disposto no decreto.

Por outro lado, fica suspensa por prazo indeterminado, até ulterior deliberação, a realização de shows, festas, públicas ou privadas, paredões de som e afins, independentemente do número de participantes. As novas medidas restritivas foram adotadas após avaliação do Gabinete de Crise sobre o cenário epidemiológico da cidade, considerando os dados divulgados diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e o Decreto Estadual nº 20.165, de 4 de janeiro de 2021.

De acordo com a Prefeitura de Ilhéus, o objetivo é estabelecer critérios, a fim de diminuir os impactos da pandemia. Os estabelecimentos que descumprirem quaisquer das medidas restritivas ficarão sujeitos às penalidades previstas no decreto.

Puxada do Mastro será simbólica em homenagem a São Sebastião por conta da pandemia


Por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a celebração de homenagem a São Sebastião neste ano será simbólica. Em virtude da tradição e importância sociocultural, a Associação dos Machadeiros de Olivença (AMAO), em parceria com a Prefeitura de Ilhéus, vai homenagear o padroeiro do município simbolicamente, com limitação do número de pessoas, exigência e rigor em respeito às medidas preventivas contra a Covid-19.

A programação inclui missas do tríduo ao padroeiro de Ilhéus, às 19h, na Paróquia Nossa Senhora da Escada, em Olivença, com distanciamento social, limite de ocupação, uso de máscaras de proteção e álcool em gel. O tríduo começa nesta quarta-feira (6) e vai até sexta-feira (8), dia da caminhada dos mascarados em lamentação e respeito às vítimas da Covid-19.

No sábado, uma exposição fotográfica da Puxada do Mastro será realizada na Praça Cláudio Magalhães, às 17h, com hasteamento das bandeiras às 17h30 e missa na Paróquia Nossa Senhora da Escada, às 19h. O acendimento do fogo simbólico, esse ano, homenageará os profissionais de saúde e de outras áreas, que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus e aos pacientes que lutam contra a doença.

A programação do domingo (10) começa com a alvorada, às 5h; fogos, às 9h; benção aos Machadeiros e, às 10h, acontece a escolha do Mastro de São Sebastião de forma simbólica para 2022.

A Prefeitura apoia a celebração simbólica por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), com disponibilização de toldos e estrutura para a exposição fotográfica. Toda e qualquer atividade, de cunho privado, fora da programação apresentada, não está autorizada pelo Município.

Justiça nega liminar e mantém proibição de música ao vivo em Ilhéus


A juíza Raquel Ramires François, da 1ª Vara dos Juizados Especiais de Ilhéus, indeferiu o mandado de segurança coletivo com pedido de liminar contra o decreto publicado pela Prefeitura, que proíbe a disponibilização de música ao vivo em estabelecimentos comerciais, bares, restaurantes, clubes, hotéis e similares do município.

Na decisão, a magistrada destaca que a realização de apresentações musicais ao vivo é um vetor a mais para atrair público, gerando, assim, aglomeração de pessoas.

Ao analisar a situação, a juíza reiterou a importância do isolamento social, que segundo ela, é uma das formas eficazes de evitar o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19).

Músicos protestam contra decreto que proíbe apresentações em bares e restaurantes


Músicos protestaram nas escadarias do Palácio Paranaguá.

 

O Sindicato dos Músicos Profissionais de Ilhéus realizou, de frente ao Palácio Paranaguá, sede da Prefeitura Municipal de Ilhéus, uma manifestação na luta pelo direito fundamental de exercer seu trabalho, garantido pela Constituição da República de 1988.

Os motivos da reivindicação são os decretos publicados pelo Governador do Estado da Bahia e pelo prefeito que proibiram completamente a atividade profissional em qualquer lugar da cidade.

O principal questionamento por parte da classe é que se os bares, restaurantes e hotéis da cidade continuam a funcionar normalmente com música mecânica, recebendo clientes e respeitando as normas de segurança, por que o músico não pode trabalhar, apresentando-se no palco desses estabelecimentos, mantendo o distanciamento, como todos os demais trabalhadores de outras atividades laborais estão fazendo? Música mecânica pode, mas o músico tocando não?

Para a classe os decretos violam o art. 5º, XIII da Constituição da República — que garante o direito ao livre exercício do trabalho, ofício ou profissão, — bem como ao princípio da dignidade da pessoa humana e ao fundamento de que o Estado deve promover o bem de todos sem qualquer tipo de discriminação.

Neste aspecto, a ilegalidade do ato salta aos olhos quando se observa que todos os trabalhadores das demais áreas estão exercendo sua atividade, mas apenas os músicos sofreram proibição total, sob pena inclusive de repressão policial.

Desta forma, o SindMupi pede ao Poder Executivo Municipal que o mesmo exerça sua autonomia política e administrativa para revogar o decreto que proíbe o músico de trabalhar e libere para que a atividade seja exercida cumprindo com as normas de distanciamento e prevenção ao contágio da Covid-19, como todos os demais trabalhadores estão exercendo.

Informativo do Sindicato dos Músicos Profissionais de Ilhéus.

Vídeo:

Uesc realiza palestra sobre Tradições da cultura popular de matriz africana no litoral Sul da Bahia


Imagem UESC.

 

A Palestra Tradições da cultura popular de matriz africana no litoral Sul da Bahia será apresentada pela professora/Dra Rita Curvelo (DFCH/Uesc). O evento, ocorrerá em sábado(5), 8h30min, pelo google meet.

Inscrições para a palestra serão encerradas sexta-feira(4) às 12h., através do Google. O link de acesso à palestra será enviado para inscritas/os por e-mail no dia do evento (sugerimos checar caixa de spam do seu e-mail, caso necessário).

A professora Rita Curvelo (DFCH/Uesc) vai abordar a diversidade de tradições da arte popular de matriz africana no litoral sul da Bahia, heranças ancestrais dos povos oriundos da África, mescladas com os saberes indígenas e europeus e nacionalizadas pelo diálogo intercultural dos brasileiros, expressões artísticas que delineiam a singularidade cultural, étnica e de identidade regional.

A atividade está vinculada diretamente à disciplina Tópicos Especiais em Sociologia II: Relações Raciais e Capoeira Angola na trajetória do Mestre Virgílio de Ilhéus – FCH498 (ministrada para estudantes do curso de Ciências Sociais) e conta com apoio do Projeto de Extensão Teatro Popular e Interculturalidade e do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas – DFCH/Uesc.

Os interessados se precisarem entrar em contato podem enviar e-mail, antecipadamente, para [email protected], aos cuidados da Prof.ª Flávia Alessandra de Souza.

Inscrições:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeXJg8O12Ge72RrkWEv-HswtZIPTS_a3JxNjlUSN83W5ZZyvg/viewform?usp=pp_url

Informações da Ascom UESC.