Prefeitos de Itacaré e Maraú discutem medidas para acabar com os lixões


Os prefeitos de Itacaré, Antônio de Anízio, e de Maraú, Manassés Souza, se reuniram na manhã desta quarta-feira(12) com representantes do segmento empresarial para discutir alternativas para acabar de vez com os lixões nos dois municípios, implantando de forma compartilhada os aterros sanitários, evitando assim os problemas ambientais e envolvendo toda a comunidade no processo de coleta seletiva. O objetivo é que os dois municípios, juntamente com as demais cidades vizinhas interessadas em fazer parte do projeto, possam ter um aterro sanitário de forma compartilhada, seguindo todas as normas ambientais, facilitando a coleta e diminuindo os custos de manutenção.

Durante o encontro os dois prefeitos falaram das dificuldades para a destinação dos resíduos solos e do desafio que será transformar os atuais lixões em aterros sanitários, que são menos nocivos ao meio ambiente, pois são construídos para evitar a contaminação do solo, da água e do ar. Diante dos altos custos para a manutenção de um aterro sanitário, a proposta é de Itacaré e Maraú, com o apoio da sociedade civil e do segmento empresarial, criarem uma unidade compartilhada. O objetivo é que outros municípios vizinhos, a exemplo de Camamu e Ubaitaba, também possam fazer parte do projeto. Para isso os prefeitos desses municípios serão convidados para conhecerem a proposta dos aterros compartilhados.

Os prefeitos Antônio de Anízio e Manassés Souza fizeram questão de enfatizar que acabar com os lixões foram compromissos assumidos com a sociedade e que serão cumpridos pelas duas gestões municipais. E a proposta é aterro sanitário compartilhado, que será construído longe de centros urbanos, para evitar transtornos à população, como o contato com o mau cheiro, por exemplo. “Essa é uma obra de engenharia projetada para reduzir os danos que o lixo causa à natureza e à sociedade”, explicaram.

Paralelo ao aterro sanitário, os municípios também estarão implantando uma campanha educativa como forma de conscientizar a comunidade sobre a responsabilidade de todos com o ciclo de vida de um produto, desde a sua produção até o destino final. Nesse sentido, as Prefeituras vão incentivar coleta seletiva, onde o cidadão possa separar os lixos secos dos molhados, facilitando a coleta e colaborando com o meio ambiente. A comunidade também será orientada sobre os dias e horários da coleta, bem como os locais corretos para a colocação do lixo, onde a própria sociedade possa fiscalizar e colaborar com uma cidade mais limpa, com mais saúde e muito mais bonita.

Wajngarten diz que carta da Pfizer a Bolsonaro sobre vacinas ficou 2 meses sem resposta


O ex-secretário de Comunicação do Planalto, Fabio Wajngarten, depõe neste momento na CPI da Covid-19 no Senado.

Questionado pelo senador Randolfe Rodrigues, vice-presidente da CPI da Pandemia, o ex-secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten confirmou a demora brasileira na resposta à carta da farmacêutica.

A oferta foi feita no dia 12 de setembro. A Pfizer enviou a carta a seis autoridades no Brasil: o presidente, vice-presidente, ministro da Saúde, ministro da Economia, ministro da Casa Civil e o embaixador do Brasil nos EUA.

Segundo ele, apenas em 9 de novembro, quando ele teve acesso à carta enviada pela farmacêutica o Governo enviou alguma resposta aos representantes da empresa.

Wajngarten alegou que colocou o então presidente da Pfizer no Brasil, Carlos Murilo, em contato direto com o presidente Jair Bolsonaro e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que estavam em uma audiência no Palácio do Planalto. “O presidente foi informado no primeiro momento”.

Segundo o relato, Guedes concordou que era preciso comprar vacinas. “É esse é o caminho, é esse o caminho, o caminho são as vacinas”, teria dito o ministro da Economia ao falar com o representante da Pfizer, segundo o ex-secretário.

A carta em setembro foi endereçada a seis destinatários: ao presidente Jair Bolsonaro, ao vice-presidente Hamilton Mourão, ao embaixador do Brasil nos EUA, Nestor Foster, e aos ministros Paulo Guedes, Eduardo Pazuello e Walter Braga Netto.

Toque de recolher será prorrogado e passará a valer das 23h às 5h em Ilhéus


Um novo decreto que será publicado na noite desta terça-feira, 11, no Diário Oficial do Município de Ilhéus, vai prorrogar o toque de recolher, com restrição de circulação noturna, passando a viger das 23h às 5h, de 12 a 18 de maio, em todo o território municipal. A comercialização de bebidas alcoólicas estará permitida no próximo final de semana, dias 15, sábado, e 16 de maio, domingo, das 5h às 23hs, inclusive por sistema de delivery.

Durante a vigência do decreto, estabelecimentos comerciais e de serviços, incluindo os bares, restaurantes e congêneres, deverão encerrar as suas atividades às 22h30, a fim de garantir o deslocamento dos colaboradores às residências. Por outro lado, está permitido o delivery de alimentos, até meia noite.

De acordo com a nova medida, o transporte coletivo municipal funcionará até às 22h.

Eventos e atividades, independentemente do número de participantes, permanecem suspensos no território municipal, exceto os eventos exclusivamente científicos e profissionais, com público limitado a cinquenta pessoas, desde que respeitados os protocolos sanitários estabelecidos no art. 1º do Decreto Estadual nº 20.400.

Atividades esportivas coletivas amadoras, que promovam contato físico, também continuarão proibidas. Já as práticas individuais, funcionamentos de academias e estabelecimentos afins, voltados para a realização de atividades físicas, desde que não gerem aglomerações, dentro do horário permitido e respeito aos protocolos sanitários, permanecerão autorizadas, com distanciamento social, uso de máscaras, manutenção da circulação de ar natural dos ambientes e capacidade máxima de lotação de 50%.

Atos religiosos litúrgicos permanecerão permitidos, desde que dentro do horário autorizado; de acordo com os protocolos sanitários estabelecidos, como distanciamento social e uso de máscaras; instalações físicas amplas, que permitam ventilação natural cruzada; e limite de 30% de ocupação da capacidade.

O toque de recolher não se aplica nos casos de deslocamento para ida a serviços de saúde, farmácia, ou em situações de urgência comprovada; aos servidores e colaboradores, no desempenho de suas funções, das unidades públicas ou privadas de saúde e segurança; aos terminais rodoviários, incluído o  deslocamento dos colaboradores; serviços de limpeza pública e manutenção urbana; serviços de entrega em domicílio (delivery) de farmácia e medicamentos; atividades profissionais de transporte privado de passageiros; e quanto aos serviços necessários para o funcionamento de toda e qualquer atividade industrial, incluído o deslocamento dos colaboradores.

Plenário acompanha relatório da Comissão de Ética e Câmara vai investigar vereador Luca Lima



A Câmara Municipal de Ilhéus decidiu hoje (11) pela abertura de uma comissão processante que irá analisar e julgar os fatos contidos na denúncia de quebra de decoro parlamentar do vereador Luca Lima (PSDB). O vereador é acusado por três ex-servidoras do seu gabinete de tentar praticar “rachadinha” e utilizar servidores pagos com recursos públicos para funções em suas atividades empresariais. O plenário decidiu acompanhar parecer da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara – formada pelos vereadores Abraão Santos (PDT), relator; Fabrício Nascimento (PSB), presidente e Nerival Reis (PSL), membro – que avaliou uma série de documentações recebidas e acatou pela formalização do pedido de denúncia.

Por decisão do plenário, o vereador Luca Lima permanecerá no exercício do mandato, mas terá que se afastar da função de 2º Secretário da Mesa Diretora, enquanto durar procedimento da comissão processante. O cargo passa a ser exercido temporariamente pelo vereador Kaíque Souza (Podemos). O presidente da Câmara, Jerbson Moraes (PSD) ressaltou durante a sessão que a Comissão Permanente de Ética e Decoro Parlamentar, mesmo com a decisão pela abertura do processo, não está emitindo nenhum juízo de mérito ou julgamento antecipado com relação aos fatos denunciados. Isso caberá à Comissão Processante criada logo em seguida para avaliar com profundidade a denuncia.

Conforme determina Lei Orgânica do Município, a escolha dos três membros da Comissão Processante ocorreu através de sorteio, durante a sessão ordinária. Os vereadores Ederjúnior dos Anjos (PSL), será presidente; Alzimário Belmonte, o Gurita (PSD), será relator e Augusto Cardoso (PT), membro. A Comissão Processante irá, a partir de agora, conduzir as investigações e terá um prazo de 90 dias para uma decisão de mérito.

III Conferência marcará Semana Municipal de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual


Vereador Gurita (PSD).

Câmara Municipal de Ilhéus vai realizar a III Conferência Municipal de enfrentamento ao abuso e a exploração sexual contra crianças e adolescentes remota para comemorar a Semana Municipal de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual Infanto-Juvenil. Iniciativa do vereador Gurita (PSD), o evento reunirá na próxima segunda-feira (17), autoridades e especialistas que irão cobrar, planejar, fiscalizar e fortalecer políticas públicas e estimular atitudes de enfrentamento à violência sexual infanto-juvenil no município. O evento terá transmissão da TV Câmara através das redes sociais do Poder Legislativo, das 8h30min às 17h30min, com intervalo apenas para o almoço.

De acordo com a programação, a abertura oficial será feita pelo presidente do Comitê Municipal de Combate à Pedofilia e membro da Comissão Permanente de Direitos Humanos, vereador Gurita. Em seguida, às 9 horas, a primeira-dama, Soane Galvão, fará palestra com o tema “Políticas de Inclusão de jovens no mercado de trabalho”. Às 9h30min, uma representação do Conselho Tutelar, falará sobre a atuação do órgão no município. Às 10 horas, a participação será do psicólogo Gustavo Pestana. Já às 11 horas, a palestrante será a titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, Camila França de Souza. Às 11h30min, Ana Louise Oliveira, falará sobre a atuação do CREAS no contexto do abuso sexual.

Link:  https://abre.ai/cmdcaios2021

À tarde, a solenidade será reiniciada às 14 horas, com palestra da advogada Liane Cruz, especialista em casos de crimes sexuais. Em seguida, falará o presidente do Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente, Charles Santos. Às 15h30min, a juíza da Vara da Infância e da Juventude, Sandra Magali Mendonça, explicará a atuação do juizado e a realidade local. Logo depois, a promotora da Vara da Infância, Maria Amélia Sampaio, também fará palestra relacionada ao tema. Às 16h30min, será a vez do secretário municipal de Desenvolvimento Social, Rubenilton Silva.

Segundo a programação, em seguida aos debates, haverá a apresentação e aprovação de proposições, e a formação do Comitê de Proteção à Criança à Criança e ao Adolescente e de Combate à Exploração ao Abuso Sexual Infanto-Juvenil.

“ACM Neto deve ser vice na chapa de Bolsonaro”, diz Rodrigo Maia


A declaração foi dada pelo deputado federal Rodrigo maia, durante entrevista à Rádio Metropole, nesta segunda-feira (10). Embora diga que não “guarda mágoas” do atual presidente nacional do Democratas e ex-prefeito de Salvador, o deputado Rodrigo Maia por diversas vezes alfinetou ACM Neto.

Para Maia, ACM Neto (DEM) pode ser candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (sem partido). “Não tenho muita informação, mas é minha análise. É como vejo a construção do Democratas nesse momento, muito próximo do Planalto. E se minha análise estiver certa, Roma é candidato a governador da Bahia”, afirmou.

Os dois se tornaram desafetos políticos depois da eleição na Câmara dos Deputados, quando o DEM deixou de apoiar Baleia Rossi (MDB-SP), candidato apoiado pelo ex-presidente da Casa, e adversário de Arthur Lira (PP-AL), aliado do Palácio do Planalto.

“ACM Neto achou que ia enganar a todos e fez acordo com o Planalto”, disse Maia, antes de completar: “Mandei mensagem dizendo que iríamos sair mal do processo. Mas só depois compreendi que ele queria que eu saísse mal do processo. Ele fez tudo pelas minhas costas. Depois me pediu que fizesse uma visita. Mas eu disse a ele que seria uma visita ruim. Não tinha mais o que conversar com ele. Quem acompanhou o processo sabe que ele traiu. Ele desmontou nosso bloco por dentro”, disse.

Perguntado sobre a relação entre ACM Neto e João Roma, hoje ministro de Bolsonaro, o político carioca afirmou que acredita que ACM Neto trabalhou para seu ex-aliado ser ministro, mas “depois voltou atrás”.

“Na minha opinião, ele queria que Roma fosse ministro. Trabalhou efetivamente, mas depois recuou pra valer com medo da repercussão. ACM Neto não tem coragem de assumir Bolsonaro porque a rejeição é muito grande na Bahia. Depois ele tentou tirar João Roma, mas ele prevaleceu”, diz.

Ministério da Saúde distribui 1,12 milhão de vacinas da Pfizer a partir de hoje


O Ministério da Saúde começa a distribuir a partir desta segunda-feira (10) mais um lote com 1,12 milhão de doses da vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech. As doses são destinadas para a primeira aplicação em pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas e pessoas com deficiência permanente.

Segundo o ministério, todos os estados e o Distrito Federal receberão o imunizante de forma proporcional e igualitária. Na semana passada, o governo distribuiu o primeiro lote de vacinas da Pfizer com 1 milhão de doses.

De acordo com a pasta, a logística de distribuição das vacinas da Pfizer foi montada levando em conta as condições de armazenamento do imunizante. No Centro de Distribuição do ministério, em Guarulhos, as doses ficam armazenadas a uma temperatura de -90°C a -60°C.

Ao serem enviadas aos estados, as vacinas estarão expostas à temperatura de -20°C. Nas salas de vacinação, onde a refrigeração é de +2 a +8°C, as doses precisam ser aplicadas em até cinco dias.

“Em função disso, o Ministério da Saúde orienta que, neste momento, a vacinação com o imunizante da Pfizer seja realizada apenas em unidades de saúde das 27 capitais brasileiras, de forma a evitar prejuízos na vacinação e garantir a aplicação da primeira e segunda doses com intervalo de 12 semanas entre uma e outra”, informou o ministério.

A vacinação contra a covid-19 começou no país no dia 18 de janeiro. Até o momento, contando com esse novo lote, foram destinadas a todas as unidades da Federação aproximadamente 75,4 milhões de doses de imunizantes.

”Duplicação da BR-415 será um divisor de águas para o desenvolvimento das cidades”, afirma Mário Alexandre


O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, que recebeu o governador Rui Costa ontem em Ilhéus numa agenda propositiva de desenvolvimento para o Sul da Bahia, destacou que a duplicação da rodovia Jorge Amado que liga Ilhéus à Itabuna, com recursos próprios do Governo do Estado, será um divisor de águas para o desenvolvimento e maior ligação entre as cidades coirmãs.

O secretário de Infraestrutura do Estado da Bahia, Marcus Cavalcanti, já havia mencionado que o governador iria trazer uma surpresa positiva para Ilhéus e Itabuna, consolidada no anúncio da duplicação. O projeto custará aos cofres públicos do estado cerca de 150 milhões de reais . Uma nova licitação será realizada para a obra pública. De acordo com o governador, o trecho federal compreendido até o Banco da Vitória, passará a ser uma rodovia estadual, e as desapropriações serão iniciadas a partir deste mês de maio.

Ilhéus: Governador atende pedido de Bebeto e descarta construção das estações elevatórios na Sapetinga e na Praça do Pontal


Marão e Bebeto ao lado do governador Rui Costa, em Ilhéus.

Durante a visita do governador Rui Costa a Ilhéus nesta quinta-feira (06), o vice-prefeito, Bebeto Galvão, abordou o assunto da construção das estações elevatórias de esgoto na Praça São João Batista, no Pontal, e na Sapetinga.

O governador entendeu as colocações de Bebeto, e disse que vai conversar com dirigentes da Embasa, e descartou de imediato a construção das estações elevatórias de esgoto na localidade abordadas por Bebeto, salientando que a empresa terá que procurar outro local. A conversa foi presenciada pelo secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, que recebeu de Rui a missão de resolver o problema.

A futura construção desses elevatórios pela Embasa vem gerando protestos e debates da população devido à localização, numa praça pública de Ilhéus (Praça São João Batista) e numa área verde (Sapetinga).

Em março, a Embasa enviou um documento à Câmara de Vereadores confirmando a construção das estações elevatórias de esgoto na Praça São João Batista, no bairro Pontal, na Sapetinga e na Maramata, todas do sistema de esgotamento sanitário da zona sul de Ilhéus.

Prefeito Mário Alexandre comemora anúncio da requalificação da zona norte após pedido ao governador


Em um dia histórico para a cidade de Ilhéus, marcado por entregas de obras, o prefeito Mário Alexandre comemorou o anúncio do governador Rui Costa sobre a solicitada requalificação da zona Norte da cidade, realizado durante visita das comitiva baiana, nesta quinta-feira, 6.

“Sempre fiz questão de convidar e receber o governador Rui Costa aqui na nossa amada cidade de Ilhéus. Temos conversado muito sobre a necessidade do desenvolvimento ir além da zona Sul e chegar com força na zona Norte. E, hoje, os pedidos foram confirmados com esta grande e positiva notícia que o governador nos trouxe, motivo de orgulho para nós ilheenses”, disse o prefeito Mário Alexandre.

Ao recordar a requalificação da zona Sul, que recebeu a nova ponte, viários, a nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e a duplicação da BA-001, o governador Rui Costa foi conhecer em loco a realidade da zona norte. “Precisa de uma requalificação. Anuncio aqui a minha determinação para o secretário de Infraestrutura Marcus Cavalcanti, que nós vamos requalificar também a zona norte”, declarou o chefe do executivo do Estado da Bahia.

No lado norte de Ilhéus, as autoridades visitaram o Comando de Policiamento da Região Sul (CPRS), a 70ª Companhia Independente de Polícia Militar e o 2º Batalhão da Polícia Militar. Rui Costa afirmou que os espaços da PM vão receber melhorias. No 2º Batalhão, foi garantida a instalação de campo society com grama sintética, pista de cooper, cobertura da quadra e um auditório para treinamento da unidade.  “Tive a grata surpresa de saber que o Batalhão em Ilhéus é o primeiro da Bahia, edificado no ano de 1800”, disse o governador.