Trânsito é alterado para melhorar trafegabilidade em ruas do Centro


Os motoristas que transitam pelo Centro devem ficar atentos à mudança no fluxo de algumas ruas. A Prefeitura de Ilhéus, sob a coordenação da Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram), implantou um novo plano de circulação, com alteração no sentido de trânsito nas avenidas Coronel Misael Tavares e Dois de Julho e nas ruas Eustáquio Bastos e Coronel Paiva.

De acordo Gilson Nascimento, diretor da Sutram, o objetivo da intervenção é diminuir os reflexos da grande movimentação na região. “O prefeito Mário Alexandre garante benefícios à população, com requalificação asfáltica e um plano de mobilidade urbana elaborado para dar mais fluidez ao tráfego local”, destacou.

Entenda a mudança

Quem sai da Praça Cairu sentido Avenida Dois de Julho não poderá mais entrar na Rua Eustáquio Bastos. Já a Avenida Misael Tavares passou a ter o fluxo em direção à Avenida Dois de Julho. O objetivo é criar uma via ligando a ponte antiga (Lomanto Júnior) à nova ponte (Jorge Amado).

Quem sair da Avenida Princesa Isabel e desejar ir à zona Sul atravessando a nova ponte, por exemplo, segue direto pela Misael Tavares, passando pela Dois de Julho para acessar o novo complexo viário pela Praia do Cristo. A Rua Eustáquio Bastos passa a ter sentido inverso, saindo da Avenida Dois de Julho em direção ao SAC.

Também tornou-se necessário a inversão do fluxo da Rua Coronel Paiva, que agora passa a ter o sentido em direção à Catedral. As vias estão sinalizadas e os agentes de trânsito estão trabalhando nos locais para prestar orientações sobre as mudanças e auxiliar os condutores durante as primeiras semanas de adaptação.

“Depois que a população estiver habituada ao modelo, passaremos para a segunda etapa. A nossa missão é induzir o comportamento do condutor, para que ele possa traçar o percurso mais viável”, detalhou Nascimento. A Sutram solicita que os motoristas respeitem a sinalização e fiquem atentos às alterações.

Prefeitura de Ilhéus requalificou 43 ruas com o Asfalto Legal, demonstra prestação de contas


Matéria da Secom/Ilhéus.A Prefeitura de Ilhéus, com o programa Asfalto Legal, realizou e concluiu a requalificação asfáltica em 43 vias do município por meio da parceria com o Governo do Estado, no convênio com a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder). A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Seinfra) realizou nesta última quarta-feira (03) a prestação de contas.

De sul, norte à oeste de Ilhéus, bairros de diversas zonas foram contemplados com 17 quilômetros de asfalto.

“O sentimento é de dever cumprido, ao mesmo tempo em que sabemos que há muito ainda o que se fazer, não tenho dúvidas. Contudo, no processo de reconstrução da cidade de Ilhéus, muito já foi realizado, a beneficiar diretamente as comunidades. É gratificante transformar a vida das pessoas para melhor e cuidar da nossa cidade”, destacou o prefeito de Ilhéus Mário Alexandre.

Do lado oeste de Ilhéus, só no Teotônio Vilela foram 7 ruas asfaltadas, tais como a José Petrúcio, São Cristóvão, Nossa Senhora Aparecida, São José, Airton Sena, Joana D’Arc e Leonardo Alves.

Na zona sul, destacam-se as melhorias no bairro Nossa Senhora da Vitória. O sonho antigo da população foi transformado em realidade. As ruas da Matriz e Arnoldo Neves foram asfaltadas, o que ajudou a valorizar o comércio local, a mobilidade urbana e o acesso para o bairro. Da mesma forma aconteceu com a comunidade do bairro São Francisco, com o asfalto na rua Diaconisa Goes e rua 2. Na Urbis, o Eixo local A e a rua Bela vista, também receberam a requalificação asfáltica. A Avenida Lotus, no Nelson Costa, também não poderia ficar de fora, e também recebeu as máquinas para as melhorias urbanas.

No Centro, a acessibilidade na ladeira da Vitória, para o Hospital São José, hoje é outra. Também foram requalificadas a Avenida 2 de Julho, as ruas Visconde de Mauá, Araújo Pinho, Bento Berilo, Tiradentes, Prado Valadares, Santos Dumont, Conselheiro Dantas, Eustáquio Bastos e Coronel Paiva.

Na Conquista, a rua Monsenhor Evaristo tem hoje em outro patamar em questão de infraestrutura.

Na zona norte, também foram requalificadas outras vias como as avenidas da litorânea norte, Luis Eduardo Magalhães e Antônio Carlos Magalhães, no Malhado; no mesmo bairro, as ruas próximas à Coci, como a  Uberlândia, Clemente Mariano e Ipanema; a Beira Rio, no Iguape, sentido Aritaguá e a Itacanoeira, no Savóia.

Ao todo foi asfaltada uma área de 152.337,75 metros quadrados com uma extensão de 16.347,25 mestros, sendo 11.072,46 metros de ruas asfaltadas, de recapeamento, e 5.274,79 mestros de ruas em paralelo, com capeamento. Foram ao todo 5.648,07 metros cúbicos de concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) e 7.061,62 metros quadrados de sinalização horizontal. Um total de R$ 7.151.925,16 investidos e pagos em cinco parcelas.

Governo da Bahia recorre ao Superior Tribunal de Justiça para impedir circulação de transporte interestadual


Governador Rui Costa.

O governador Rui Costa comentou em entrevista ao Jornal Valor Econômico, nesta quinta-feira (4), a decisão de recorrer ao Superior Tribunal de Justiça para impedir que empresas de ônibus realizem transporte interestadual para municípios baianos. A Bahia já conta com 290 cidades que tiveram o transporte intermunicipal interrompido por decreto do Governo do Estado, até o final da manhã desta quinta-feira, para tentar conter a disseminação do novo coronavírus. Entretanto, diante do posicionamento da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que não estabelece ou recomenda a suspensão, as empresas vêm conseguindo decisões liminares na Justiça que permitem o transporte o interestadual.

Segundo o governador, a Procuradoria Geral do Estado já ingressou com uma série de pedidos de suspensão junto ao STJ. “Com a liberação dos ônibus interestaduais, já que a ANTT não se posiciona, estamos espalhando a Covid-19 para todos os municípios da Bahia. A PGE já ingressou com recurso junto ao STJ com pedido de cassação dessas liminares porque é impossível conter a doença dessa forma. Tenho recebido relatos de prefeitos informando que as pessoas desembarcam nas cidades e ao fazerem testes rápido ou medição de temperatura é detectado que estão com o vírus ou apresentam febre. É impensável que o Governo Federal libere a circulação de pessoas entre os estados em plena pandemia”.

A liberação do transporte intermunicipal é autorizada pelo governo baiano após o período de 14 dias sem que os municípios registrem novos casos do coronavírus.

Bahia tem mais 22 municípios com transporte suspenso; total chega a 281


Foto ilustrativa.

Água Fria, Andaraí, Aramari, Aurelino Leal, Caldeirão Grande, Candeal, Caravelas, Correntina, Dom Basílio, Itapitanga, Ituberá, Jandaíra, Lafaiete Coutinho, Lapão, Maetinga, Palmas de Monte Alto, Ribeirão do Largo, Ruy Barbosa, Santanópolis, Serra Dourada, Serrolândia e Wanderley terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quinta-feira (4).

A medida tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana. Ficam proibidas nesses municípios a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A decisão foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (3). O decreto ainda autoriza a retomada do transporte em Aracatu, Barro Preto, Caculé, Medeiros Neto e Pedrão, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Lista de municípios

A Bahia possui 281 municípios com transporte suspenso. São eles: Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Alcobaça, Amargosa, Amélia Rodrigues, Anagé, Andaraí, Anguera, Antas, Antônio Cardoso, Aporá, Apuarema, Araçás, Araci, Aramari, Aratuípe, Aurelino Leal, Baianópolis, Barra, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barrocas, Belmonte, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Boquira, Brumado, Buerarema, Buritirama, Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Caém, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canavieiras, Candeal, Candeias, Candiba, Cândido Soares, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Casa Nova, Castro Alves, Catu, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Cocos, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Conde, Condeúba, Coração de Maria, Coronel João Sá, Correntina, Crisópolis, Cristópolis, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira de Santana, Filadélfia, Floresta Azul, Gandu, Glória, Gongogi, Governador Mangabeira, Guanambi, Iaçu, Ibicaraí, Ibipeba, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibitiara, Igrapiúna, Iguaí, Inhambupe, Ilhéus, Ipecaetá, Ipiaú, Ipirá, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna e Itacaré.

A restrição também inclui Itaetê, Itagi, Itagibá, Itajuípe, Itamaraju, Itanagra, Itanhém, Itaparica, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itatim, Itiúba, Itororó, Ituaçu, Ituberá, Jaborandi, Jacaraci, Jacobina, Jaguarari, Jaguaripe, Jaguaquara, Jandaíra, Jequié, Jiquiriçá, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jussari, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedão, Lamarão, Lapão, Lauro de Freitas, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macarani, Macaúbas, Madre de Deus, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maragogipe, Maraú, Marcionílio Souza, Mascote, Mata de São João, Miguel Calmon, Milagres, Mirante, Monte Santo, Morro do Chapéu, Mucuri, Mulungu do Morro, Muniz Ferreira, Muritiba, Mutuípe, Nazaré, Nordestina, Nova Fátima, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pedro Alexandre, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Pojuca, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Queimadas, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Santanópolis, Salinas de Margarida, Salvador, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês.

Estão com restrição no transporte ainda Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santa Luzia, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Domingos, São Félix, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Sebastião do Passé, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saubara, Seabra, Senhor do Bonfim, Serra Dourada, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Simões Filho, Sobradinho, Souto Soares, Tanhaçu, Tanquinho, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Terra Nova, Tucano, Uauá, Ubaitaba, Ubatã, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Várzea da Roça, Varzedo, Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista, Wanderley, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.

Operação Tamoio apreende carro roubado com placa falsa de Ilhéus


Um carro roubado foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma abordagem no KM 198 da BR-101, em Cachoeira, no Recôncavo baiano. O fato aconteceu na noite de domingo (31). Um casal foi detido, por suspeita de receptação e uso de documento falso.

Inicialmente, foi dada ordem de parada ao veículo Hyundai/HB20, com placas de Ilhéus (BA). Durante a fiscalização, foram solicitados documentos pessoais do motorista, do veículo e da passageira.

Após realizadas consultas ao sistema de segurança e a identificação veicular, os agentes constataram que o documento apresentado pelo condutor apresentava indícios de falsificação e, também, que o carro era clonado. O veículo original havia sido roubado, em janeiro de 2020, na cidade de Salvador (BA).

Para não levantar suspeitas, as placas originais foram trocadas por outras ‘clonadas’ de um veículo com características semelhantes.

Questionado, o homem informou que comprou o Hb20 há cerca de 4 meses, mediante troca em um veículo usado e pagamento do restante em dinheiro.

Diante dos fatos, o casal foi encaminhado juntamente a documentação apreendida e o veículo à Delegacia de Polícia Civil de Santo Amaro, para os procedimentos legais.

Portaria do Detran-BA regulamenta sistema remoto para aulas teóricas em autoescolas


A pandemia do coronavírus provocou mudanças também no processo de obtenção da primeira carteira de habilitação no país, com o surgimento de novas regras para o funcionamento das autoescolas. Na Bahia, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) publicou, nesta quinta-feira (21), a portaria que regulamenta o sistema remoto para as aulas teóricas em Centros de Formação de Condutores (CFCs) credenciados ao órgão, enquanto durar a crise sanitária.

A portaria do Detran-BA cumpre a deliberação 189, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que trata das alterações no modelo de ensino dos CFCs. Os alunos podem aguardar o retorno das aulas teóricas presenciais ou dar continuidade ao curso, agora com aulas exclusivamente remotas.

Os interessados no modelo virtual devem agendar na autoescola a coleta dos dados biométricos, seguindo medidas de prevenção à Covid-19, para que eles tenham acesso ao monitorando em tempo real. Em casa, o aluno vai precisar usar dispositivos eletrônicos compatíveis com o sistema da autoescola, equipamentos exigidos pelo Contran para a aplicação da aula remota.

Para garantir a segurança no procedimento, o Detran-BA determinou que os CFCs façam um relatório das atividades, que deverá ser enviado ao órgão em até 72 horas, após o término da aula, contendo as seguintes informações:

– Identificação do Centro de Formação de Condutores ;

– Data e horários de início e término da aula remota, com o registro biométrico facial do instrutor e do aluno;

– Conteúdo da aula agendada;

– Quantidade de alunos, com a presença de cada um registrada virtualmente.

Bahia tem mais 14 municípios com transporte suspenso; total chega a 154


Imagem ilustrativa

O transporte intermunicipal será suspenso em 14 cidades baianas a partir deste sábado (16). A decisão inclui Anagé, Araçás, Conceição da Feira, Itarantim, Licínio de Almeida, Mucuri, Muritiba, Queimadas, Santa Maria da Vitória, São Desidério, Sobradinho, Teofilândia, Várzea da Roça e Vereda.

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. A medida, que foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (15), tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana.

O decreto também autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Guaratinga e Rio Real, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19.

Lista de municípios

A Bahia totaliza 154 municípios com restrição no transporte. São eles: Abaíra, Aiquara, Alagoinhas, Amargosa, Anagé, Anguera, Araçás, Barra do Choça, Barreiras, Barrocas, Boa Vista do Tupim, Boquira, Buerarema, Cachoeira, Caetanos, Cairu, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Canavieiras, Candeias, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Castro Alves, Catu, Coaraci, Conceição da Feira, Conceição do Coité, Coração de Maria, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Governador Mangabeira, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ibirataia, Ilhéus, Ipiaú, Irará, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itagibá, Itajuípe, Itamaraju, Itaparica, Itapé, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itarantim, Itatim, Ituberá, Jacobina, Jaguarari, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Juazeiro, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedo do Tabocal, Lauro de Freitas, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Madre de Deus, Manoel Vitorino, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mata de São João, Morpará, Morro do Chapéu, Mucuri e Muritiba.

O transporte está suspenso ainda em Nazaré, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Soure, Nova Viçosa, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Paramirim, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pilão Arcado, Pojuca, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Ribeira do Pombal, Rodelas, Ruy Barbosa, Salvador, Santa Bárbara, Santa Cruz Cabrália, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santa Teresinha, Santaluz, Santanópolis, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Felipe, São Félix, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São Sebastião do Passé, Sátiro Dias, Saubara, Seabra, Senhor do Bonfim, Serra do Ramalho, Serrinha, Serrolândia, Simões Filho, Sobradinho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Tucano, Ubaitaba, Ubatã, Umburanas, Una, Uruçuca, Valença, Valente, Várzea da Roça, Várzea Nova, Vera Cruz, Vereda e Vitória da Conquista.

Prefeitura realiza barreiras de contenção para combate à Covid-19 em Ilhéus


A operação começa nesta sexta-feira (15), às 7h, seguindo ininterruptamente até segunda-feira (18), com equipes da Vigilância Sanitária e Sutram, em conjunto com o efetivo da GCM e apoio da Polícia Militar da Bahia (PMBA)

A Prefeitura de Ilhéus vai instalar barreiras de contenção de isolamento para monitorar e controlar o acesso de pessoas vindas de outros municípios e diminuir a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. A ação foi definida hoje (14), com representantes do Gabinete de Crise, secretarias de Meio Ambiente e Saúde, Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram) e Guarda Civil Municipal (GCM).

A operação começa nesta sexta-feira (15), às 7h, seguindo ininterruptamente até segunda-feira (18), com equipes da Vigilância Sanitária e Sutram, em conjunto com o efetivo da GCM e apoio da Polícia Militar da Bahia (PMBA). Mozart Aragão, secretário de Meio Ambiente, explica que as pessoas que moram em Ilhéus precisam comprovar o domicilio. A abordagem é realizada por técnicos, com utilização de termômetro digital para aferição da temperatura, além de perguntas direcionadas à identificação de casos suspeitos da Covid-19.

“Essa medida será tomada para a segurança de todos. Pedimos encarecidamente que a população fique em casa, mas se for necessário sair, utilize máscara. Só assim vamos combater essa doença perigosa”, ressaltou Aragão. Durante a abordagem, o condutor também responderá a um questionário para os preenchimento dos seguintes dados: endereço, número do RG e CPF. Se a pessoa residir em Ilhéus e apresentar sintomas da doença será acompanhada pela equipe da Vigilância Epidemiológica do município.

Mais cinco municípios têm o transporte suspenso na Bahia


Foto ilustrativa.

O Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (14) acrescenta Boquira, Morro do Chapéu, Ruy Barbosa, Santa Luzia e Seabra à lista de cidades com transporte intermunicipal suspenso. A decisão tem como objetivo conter o avanço do coronavírus na população baiana.

A partir de sexta-feira (15), nesses municípios, ficam proibidas a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

O decreto publicado no DOE também autoriza a retomada do transporte em Arataca e Caldeirão Grande, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19.

Lista de municípios

No total, 142 municípios estão com restrição do transporte na Bahia. São eles: Abaíra, Aiquara, Alagoinhas, Amargosa, Anguera, Barra do Choça, Barreiras, Barrocas, Boa Vista do Tupim, Boquira, Buerarema, Cachoeira, Caetanos, Cairu, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Canavieiras, Candeias, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Castro Alves, Catu, Coaraci, Conceição do Coité, Coração de Maria, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Governador Mangabeira, Guaratinga, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ibirataia, Ilhéus, Ipiaú, Irará, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itagibá, Itajuípe, Itamaraju, Itaparica, Itapé, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itatim, Ituberá, Jacobina, Jaguarari, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Juazeiro, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedo do Tabocal, Lauro de Freitas, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Madre de Deus, Manoel Vitorino, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mata de São João, Morpará e Morro do Chapéu.

O transporte está suspenso ainda em Nazaré, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Soure, Nova Viçosa, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Paramirim, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pilão Arcado, Pojuca, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Ribeira do Pombal, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salvador, Santa Bárbara, Santa Cruz Cabrália, Santa Luzia, Santa Teresinha, Santaluz, Santanópolis, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Felipe, São Félix, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São Sebastião do Passé, Sátiro Dias, Seabra, Saubara, Senhor do Bonfim, Serra do Ramalho, Serrinha, Serrolândia, Simões Filho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Tucano, Ubaitaba, Ubatã, Umburanas, Una, Uruçuca, Valença, Valente, Várzea Nova, Vera Cruz e Vitória da Conquista.

Bahia tem mais 13 municípios com transporte suspenso


Foto ilustrativa.

Cairu, Catu, Encruzilhada, Entre Rios, Itamaraju, Jaguaquara, Lafaiete Coutinho, Ouriçangas, Prado, Quixabeira, Rodelas, Santaluz e Senhor do Bonfim terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quinta-feira (14). A medida tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A decisão foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (13). O decreto ainda autoriza a retomada do transporte em Aracatu e Seabra, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19.

Cidades com transporte suspenso

A Bahia totaliza 139 municípios com transporte suspenso. São eles: Abaíra, Aiquara, Alagoinhas, Amargosa, Anguera, Arataca, Barra do Choça, Barreiras, Barrocas, Boa Vista do Tupim, Buerarema, Cachoeira, Caetanos, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Canavieiras, Candeias, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Castro Alves, Catu, Coaraci, Conceição do Coité, Coração de Maria, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Governador Mangabeira, Guaratinga, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ibirataia, Ilhéus, Ipiaú, Irará, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itagibá, Itajuípe, Itamaraju, Itaparica, Itapé, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itatim, Ituberá, Jacobina, Jaguarari, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Juazeiro, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedo do Tabocal, Lauro de Freitas, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Madre de Deus, Manoel Vitorino, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mata de São João e Morpará.

Também estão com transporte suspenso: Nazaré, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Soure, Nova Viçosa, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Paramirim, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pilão Arcado, Pojuca, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Ribeira do Pombal, Rio Real, Rodelas, Salvador, Santa Bárbara, Santa Cruz Cabrália, Santa Teresinha, Santaluz, Santanópolis, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Felipe, São Félix, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São Sebastião do Passé, Sátiro Dias, Saubara, Senhor do Bonfim, Serra do Ramalho, Serrinha, Serrolândia, Simões Filho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Tucano, Ubaitaba, Ubatã, Umburanas, Una, Uruçuca, Valença, Valente, Várzea Nova, Vera Cruz e Vitória da Conquista.